A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Experiências no armazenamento de Matérias Primas e Biodiesel Prof. Donato Aranda Laboratório Greentec Escola Nacional de Química UFRJ ABNT Outubro, 2005.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Experiências no armazenamento de Matérias Primas e Biodiesel Prof. Donato Aranda Laboratório Greentec Escola Nacional de Química UFRJ ABNT Outubro, 2005."— Transcrição da apresentação:

1 Experiências no armazenamento de Matérias Primas e Biodiesel Prof. Donato Aranda Laboratório Greentec Escola Nacional de Química UFRJ ABNT Outubro, 2005

2 Processo Agropalma-ENQ/UFRJ Álcool: Atmosfera de N 2 Óleo de Palma Bruto: A acidez pode passar de 4% para 10% em uma semana de estocagem. Catalisador: Material Inorgânico estocado sem problemas. Pré-tratamento Necessário.

3 Biodiesel Agropalma/UFRJ PROPERTIESUNITYEN 14214AGROPALMA DENSITY, 20ºCkg/m ,87 VISCOSITY, 40°C,mm 2 /s ,3 WATER, MAX.% vol.0,050,000 CONTAMINATIONmg/kg2415 FLASH POINT, MIN.°C100,0177 ESTER%96,599,5 DISTILATION; 90% VOL.°C--350 CARBON RESIDUE.%0,300,01 ASHES, MX.%0,0200,001 SULPHUR (*)%0,001 Na + K, MAX.mg/kg52 Ca + Mgmg/kg52 P 101 CORROSION, 3 H, 50 °C, MAX CETANE ASPECT---CLEAN ACIDITY, MAX.mg KOH / g0,50 FREE GLYCEROL, MAX.%0,020,001 TOTAL GLYCEROL, MAX.%0,250,00 MONOGLYCERIDES%0,80,01 DIGLYCERIDES%0,20,0 TRIGLYCERIDES%0,20,O METHANOL OR ETHANOL, MAX.%0,20,01 IODINE12050 OXIDATION STABILITY 110°C, MINh612

4 Estabilidade de Biodiesel de Borra de Soja

5

6

7

8

9 Fonte: IPCC, 2001 Este acréscimo na temperatura tem sido atribuído ao aumento da concentração de gases de efeito estufa (GEE) na atmosfera, predominantemente oriundos da queima de combustíveis fósseis. Os Combustíveis Fósseis

10 Tendências Climáticas

11 Emissões do Biodiesel

12 Emissões O National Renewable Energy Laboratory (NREL), vinculado ao Governo dos EUA, fez simulações computacionais do impacto sobre a toxicidade do ar, do uso de uma mescla B20 na frota de veículos pesados para as grandes regiões metropolitanas do Sul da Califórnia. Foram considerados dois cenários: Um com uso de B20 por 100 % da frota de veículos pesados; outro com 50 % de uso de B20 pela mesma frota.

13 Emissões Desta forma, os autores estimaram que o uso da mescla B20 impactaria em uma redução de 2 % e 5% nos riscos de morte prematura pela exposição a toxicidade do ar na área de estudo para os cenários em que fosse utilizado por 50% e 100% da frota de veículos pesados diesel, respectivamente. No que se refere as emissões de NOx, o uso de B20 nas regiões de estudo implicaria em um aumento dos níveis globais de NOx em até 0,5 %, considerado pouco significativo pelos autores. Os efeitos sobre os níveis de ozônio, não poderiam ser mensurados, por serem inferiores aos limites de detecção e resolução dos métodos analíticos

14 Emissões

15 Conclusões Álcoois devem ser armazenados sob atmosfera de N 2; Óleos Vegetais e Gorduras Animais tendem a aumentar a acidez durante o armazenamento; Biodiesel de Palma possui excelente estabilidade à oxidação; Biodiesel de Soja precisa de aditivos; Biodiesel de Mamona aumenta a estabilidade à oxidação do biodiesel de soja. O Biodiesel reduz as emissões de SOx, CO e MP. Estudos recentes mostram que as emissões de NOx seriam praticamente inalteradas até B20.

16 Obrigado !


Carregar ppt "Experiências no armazenamento de Matérias Primas e Biodiesel Prof. Donato Aranda Laboratório Greentec Escola Nacional de Química UFRJ ABNT Outubro, 2005."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google