A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Em Foco: Pesquisa-ação sobre a prática docente Pesquisa-ação: Uma introdução metodológica David Tripp Universidade de Murdoch.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Em Foco: Pesquisa-ação sobre a prática docente Pesquisa-ação: Uma introdução metodológica David Tripp Universidade de Murdoch."— Transcrição da apresentação:

1 Em Foco: Pesquisa-ação sobre a prática docente Pesquisa-ação: Uma introdução metodológica David Tripp Universidade de Murdoch

2 Dados históricos Não há certeza sobre quem inventou a pesquisa-ação, alguns atribuem Lewin (1946). A investigação da própria prática com a finalidade de melhorá-la é antiga, logo não temos como saber quando começou. Quando o termo apareceu na literatura ele se referia a quatro processos distintos: pesquisa- diagnóstico, pesquisa participante, pesquisa empírica e pesquisa experimental.

3 Investigação-ação A pesquisa-ação é um tipo de investigação- ação, que é um temo geral para qualquer processo que siga um ciclo no qual se aprimora a prática pela oscilação sistemática entre agir no campo da prática e investigar a respeito dela. Ação AGIR para implantar a melhora planejada Monitorar e DESCREVER os efeitos da ação AVALIAR os resultados da ação PLANEJAR uma melhora da prática Investigação

4 Características da pesquisa-ação pesquisa-ação é um termo que se aplica a projetos em que os práticos buscam efetuar transformações em suas próprias práticas... pesquisa-ação é uma forma de investigação- ação que utiliza técnicas de pesquisa consagradas para informar a ação que se decide tomar para melhorar a prática. Nesse sentido, a pesquisa-ação requer ação tanto nas áreas da prática quanto da pesquisa, ou seja, poderá está próxima da prática rotineira quanto da pesquisa científica.

5 Características da pesquisa-ação LinhaPrática rotineiraPesquisa-açãoPesquisa científica 01habitualinovadoraOriginal / financiada 02repetidacontínuaOcasional 03Reativa contingênciaPro-ativa estrategicamenteMetodologicamente conduzida 04individualparticipativaColaborativa / colegiada 05naturalistaintervencionistaExperimental 06Não questionadaproblematizadaContratual (negociada) 07Com base na experiênciadeliberadaDiscutida 08não-articuladadocumentadaRevisada pelos pares 09pragmáticacompreendidaExplicada / teorizada 10Específica do contextoGeneralizada 11privadadisseminadapublicada

6 Teoria em pesquisa-ação A pesquisa-ação é muitas vezes levada a efeito por um tipo de teorização indutiva, que o autor chama de teorização-ação, porém ele concorda com Elliot (1994) que afirma que os teóricos acadêmicos fornecem recursos para reflexão e desenvolvimento da prática da pesquisa- ação.

7 Pesquisa-ação e prática pesquisada O autor utiliza dois critérios para distinção: –O processo de mudança está sendo conduzido por meio da análise e interpretação de dados adequados, válidos e confiáveis? –O alvo principal da atividade é a criação de conhecimento teórico ou aprimoramento da prática?

8 Na pesquisa-ação, tendemos a nos engajar em teorização indutiva apenas quando não há uma explicação preexistente ou uma teoria que explique satisfatoriamente o que quer que tenhamos observado ou estejamos tentando observar, de modo que os pesquisadores de pesquisa-ação freqüentemente operam dedutivamente, especialmente nos estágios iniciais.

9 Participação Quais os motivos que levam as pessoas a participarem de um projeto de pesquisa- ação? Obrigação Cooptação Cooperação (muitas dissertações) Colaboração Observação: Por esse motivo faz crítica as pesquisas com GC e GE

10 Cinco modalidades de pesquisa-ação O projeto trata da melhora da eficiência e da eficiência de práticas comuns ou da introdução de novas? O projeto está introduzindo uma prática nova para a situação, ou seja, o pesquisador está implementando, adaptando ou adotando uma idéia ou prática extraída de algum outro lugar ou está utilizando o projeto para desenvolver idéias ou práticas próprias inteiramente novas e originais? O projeto está preocupado em trabalhar dentro da cultura institucional existente e das limitações sobre prática, criadas por essa cultura, ou o projeto trata da mudança dessa cultura e de suas limitações?

11 Cinco modalidades de pesquisa-ação Pesquisa-ação técnica Pesquisa-ação pratica Pesquisa-ação política Pesquisa-ação socialmente crítica: existe quando se acredita que o modo de ver e agir dominante do sistema é injusto e precisa ser mudado. Pesquisa-ação emancipatória: tende a mudar não uma pequena comunidade e sim um grupo social mais amplo.

12 Eficiência da pesquisa-ação Ainda não foi realizada uma avaliação nesse sentido. O autor vê vantagens e desvantagens. É quão eficaz quanto as pessoas que a realizam. O pesquisador deve se preocupar em responder: o que tornará mais efetiva a minha pesquisa-ação?

13 Conclusões Embora existam críticas, o autor ver a pesquisa- ação como uma variedade de investigação- ação, na qual se empregam técnicas de pesquisa, de qualidade suficiente para enfrentar a crítica dos pares na universidade, para informar o planejamento e a avaliação das melhoras obtidas. O uso da metáfora: pesquisa-ação com P maiúsculo, para se referir a pesquisa-ação de dissertações, para diferenciar das reflexões sobre a prática que, nos dias atuais, muitos chamam freqüentemente de pesquisa-ação.


Carregar ppt "Em Foco: Pesquisa-ação sobre a prática docente Pesquisa-ação: Uma introdução metodológica David Tripp Universidade de Murdoch."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google