A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Criação de Apresentações Formadora: Vanda Martins.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Criação de Apresentações Formadora: Vanda Martins."— Transcrição da apresentação:

1

2 Criação de Apresentações Formadora: Vanda Martins

3 Conteúdos 2 Inquéritos Exemplos Princípios Formato Texto Cores Grafismo Animações e Transições Resumo

4 Inquéritos 3

5 4

6 Maus Exemplos 5 Evolução Tecnológica verver Seminário de Gestão Escolar verver Dia da Europa verver IST verver Evolução verver SOL verver Estado verver

7 Princípios 6 Utilizar sempre um Diapositivo Modelo (Modelo Global de Diapositivos): Ajudá-lo-á a criar um estilo para a sua apresentação. Ligará visualmente os diapositivos individuais. Fará com que os seus ficheiros fiquem menores.

8 Princípios 7 Ensaios Ensaie sempre a sua apresentação no lugar onde a irá executar. Verifique os seus diapositivos do fundo da sala.

9 8 FAÇA FAÇA !!! FAÇA (RE)FAÇA ASNEIRA (RE)FAÇA FAÇA

10 9 ATÉ FICAR PERFEITO

11 Formato 10 Fontes Representações Texto Gráficos

12 Formato 11 Pense na sua apresentação como um livro Cada diapositivo deve ligar-se com o seguinte como as páginas de um livro. O mesmo estilo deve ser mantido ao longo da apresentação. O diapositivo de início deve ser igual ao último diapositivo da apresentação.

13 Formato 12 Os diapositivos devem todos começar no mesmo local dentro da sua apresentação. O olhar da audiência irá automaticamente para aquele ponto em cada novo diapositivo que apresentar. Esta técnica é conhecida como o ponto de referência.

14 Formato 13 Fundo Mantenha-o simples e relevante. Use um logótipo ou símbolo.

15 Formato 14 Visualmente equilibre os seus diapositivos – não centre tudo.

16 Texto (muito pouco) 15 BLAH BLAH BLAH BLAH BLAH BLAH BLAH BLAH BLAH BLAH BLAH BLAH BLAH BLAH BLAH BLAH BLAH BLAH BLAH BLAH BLAH BLAH BLAH BLAH BLAH BLAH BLAH BLAH BLAH BLAH BLAH BLAH BLAH BLAH BLAH BLAH BLAH BLAH BLAH BLAH BLAH BLAH BLAH BLAH BLAH BLAH BLAH BLAH BLAH BLAH BLAH BLAH

17 Texto - Quantidade 16 Utilizar Palavras Chave (pontos chave) do seu Guia de Sessão e não todo o seu conteúdo. Minimizar a pontuação. Máximo de 8 palavras/linha e 8 linhas por slide (64 palavras) - isto dependerá do tamanho da audiência.

18 Texto (tamanhos de referência) 17 Tamanho fontes 44pt 40pt 36pt 32pt 28pt Nº Max Linhas Nº Max Palavras Sala de aulas   8 64 Auditório    6 30  Sala conferências   7 35 

19 Texto 18 Letras Clássicas e Testadas Tamanhos Título 36 a 44 Sub-Título 28 + Bold Corpo Nunca Inferior a 24 Informação “Marginal” 12/14

20 Texto 19 As maiúsculas poderão ser usadas: Em Títulos Em Anotações No Cabeçalho Para dar Ênfase Nunca use maiúsculas em blocos de texto Torna-se difícil de ler e atrasa a leitura

21 Texto 20 TEXTO EM MAIÚSCULAS É MAIS DIFÍCIL DE LER. NÓS LEMOS RECONHECENDO A FORMA DAS PALAVRAS – OS ALTOS E BAIXOS DESSAS FORMAS. MAIÚSCULAS NÃO TÊM ALTOS NEM BAIXOS NAS FORMAS, ASSIM OS OLHOS TÊM QUE PARAR LETRA A LETRA PARA RECONHECER A PALAVRA.

22 Texto 21 Texto em maiúsculas é mais difícil de ler. Nós lemos reconhecendo a forma das palavras – os altos e baixos dessas formas. Maiúsculas não têm altos nem baixos nas formas, assim os olhos têm que parar letra a letra para reconhecer a palavra.

23 Texto 22 Nunca sublinhe texto para lhe dar ênfase (a linha confundir-se-á com o texto) Use uma das seguintes alternativas: Texto em Itálico Mude o tamanho do texto Use uma cor diferente Use MAIÚSCULAS

24 Texto - Espaçamento 23 O espaçamento deste parágrafo é de 1.5 Este espaçamento separa os parágrafos através de espaço e visualmente também. O Espaçamento entre parágrafos é encontrado no separador Base > Parágrafo > Espaçamento entre linhas.

25 Texto 24 Não reduza o espaçamento entre linhas para caber mais texto. Texto muito apertado é muito mais difícil de ler. Em vez dessa opção comece outro diapositivo.

26 Texto 25 Este texto tem o espaçamento demasiado pequeno. Nós lemos através do reconhecimento das formas das palavras e das letras, e o espaçamento ajuda-nos. Este texto está configurado de forma deficiente. O espaço entre cada linha isola cada palavra tornando-a mais fácil de identificar. Contudo o espaço ainda não é o mais aconselhável para uma leitura agradável.

27 Texto – Alinhamento 26 Este bloco de texto foi centrado.. Blocos de texto centrado são muito mais difíceis de ler, porque os olhos têm de procurar o início de cada linha. E é muito mais difícil quando as linhas têm tamanhos diferentes.

28 Texto – Alinhamento 27 Este bloco de texto foi justificado. O texto utilizado em regra nos diapositivos de uma apresentação não é extenso o suficiente para que se justifique o texto. Vai criar buracos e espaços que obrigam os nossos olhos a saltar de palavra em palavra. Vai atrasar o leitor. Os espaços parecem maiores quando vistos a distância.

29 Texto – Alinhamento 28 Este bloco de texto está alinhado à esquerda. Para os mais variados propósitos o alinhamento à esquerda será a melhor opção. É o melhor para se ler. Os olhos sabem exactamente onde é o início do linha.

30 Texto – Alinhamento 29 Resumindo: Alinhe à esquerda os blocos de texto. Títulos podem ser centrados ou alinhados à esquerda. Não justifique.

31 Fontes = Tipos de Letra 30

32 Fontes = Tipos de Letra 31 Assegure-se que as fontes: São possíveis de ler São apropriadas à mensagem a transmitir. As fontes de fantasia não deverão ser usadas quando se pretende transmitir uma mensagem séria. Estão disponíveis no computador – senão arrisca- se a sua apresentação fique desformatada.

33 Fontes = Tipos de Letra 32 Não utilize mais que 2 fontes por diapositivo e mais de 3 fontes por apresentação. Use o itálico, o negrito ou MAIÚSCULAS no caso de querer realçar algo e não uma nova fonte.

34 Fontes = Tipos de Letra 33 Serifadas ????

35 Fontes = Tipos de Letra 34 Este tipo tem linhas mais grossas – linhas grossas são mais fáceis de ler. Logo a apresentação fica mais fácil de ler. Este tipo tem linhas mais finas – linhas finas são mais difíceis de ler. A A

36 Cores 35 Restrinja o número de cores que vai usar na sua apresentação. Não use mais do que 5 cores por diapositivo. Cores suaves conseguem ser mais eficazes que cores com um grande contraste.

37 Cores 36 Vermelho e verde ….. …Tendem a saltar

38 Cores 37 Contraste A

39 Cores 38 Contraste

40 Cores 39 Seja coerente – use as mesmas cores durante a sua apresentação. Use mudanças subtis para dar ênfase, não grandes contrastes – é mais agradável para os nossos olhos.

41 Cores 40 Escolha cores escuras para o fundo dos seus diapositivos. Azuis e verdes escuros são os mais eficazes. São confortáveis para a vista mas ao mesmo tempo providenciam contraste suficiente para texto e imagens. Cores brilhantes e claras são cansativas para a vista.

42 Cores – Fundo 41 O fundo branco fornece um bom contraste. Quase todas as cores se conseguem ver bem. Contudo, é muito cansativo para a audiência. Cores claras e brilhantes cansam os olhos.

43 Cores – Fundo 42 Poucas cores trabalham com o fundo amarelo. Pode ser usado para um diapositivo singular, mas não é apropriado para uma apresentação inteira. Cores claras e brilhantes cansam os olhos.

44 Cores – Fundo 43 Poucas cores trabalham com o fundo vermelho. Pode ser usado para um diapositivo singular, mas não é apropriado para uma apresentação inteira. Cores claras e brilhantes cansam os olhos.

45 Cores – Fundo 44 Um fundo verde é agradável para os olhos. Fornece-nos um bom contraste e não é cansativo. Estas cores são aconselhadas para usar neste fundo.

46 Cores – Fundo 45 Um fundo azul é agradável para os olhos. Fornece-nos um bom contraste e não é cansativo. Este diapositivo mostra-nos algumas cores a utilizar. Este diapositivo mostra-nos algumas cores a utilizar.

47 Cores – Fundo 46 Um fundo preto é agradável para os olhos. Mas como o fundo branco, pode ser cansativo para os seus olhos. De qualquer forma, muitas são as cores que funcionam num fundo preto.

48 47

49 Grafismo 48 Use gráficos para auxiliarem a sua explicação - não como decoração ou preencher espaço. Use o ClipArt com moderação. Uma figura vale mais que 1000 palavras – mas só se for relevante.

50 Grafismo 49 Seja coerente – Se está a usar setas, use sempre o mesmo estilo de setas

51 Grafismo 50 Aumente/encolha as imagens utilizando os cantos mas mantenha as mesmas proporções.

52 Grafismo 51 Se não se mantiver as proporções a figura ficará distorcida.

53 Utilização das Animações 52 O texto pode: Surgir da esquerda Surgir da direita Aumentar Surgir de chicoteada Todas as direcções em simultâneo podem colocar a audiência tonta Surgir de baixo

54 Utilização de Transições 53 Nunca ou quase nunca!

55 Utilização de Transições Pode experimentar Barras verticais aleatórias…

56 Utilização de Transições Pode experimentar Desvendar

57 Utilização de Transições Pode experimentar Dissolver

58 Utilização de Transições Pode experimentar Varrimento de fora para dentro…

59 Utilização de Transições Pode experimentar Varrimento da Esquerda para baixo

60 Utilização de Transições Pode experimentar Varrimento a rodar Mas se fosse a você… eu não me cansava

61 Em resumo 60 Para apresentações eficazes: Mantenha-as simples – menos é mais! Use o mínimo de texto Evite animação excessiva Seja consistente e objectivo Ensaie, ensaie, ensaie, …

62 61


Carregar ppt "Criação de Apresentações Formadora: Vanda Martins."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google