A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Nutrição: Prevenção e Indução do Câncer Monitora Andressa Michels Monitora Ester Zoche Orientadora Profa Tatiana Roman.

Cópias: 1
Nutrição: Prevenção e Indução do Câncer Monitora Andressa Michels Monitora Ester Zoche Orientadora Profa Tatiana Roman.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Nutrição: Prevenção e Indução do Câncer Monitora Andressa Michels Monitora Ester Zoche Orientadora Profa Tatiana Roman."— Transcrição da apresentação:

1 Nutrição: Prevenção e Indução do Câncer Monitora Andressa Michels Monitora Ester Zoche Orientadora Profa Tatiana Roman

2 Epidemiologia Pulmão, estômago, cólon e reto, próstata, boca e faringe, são os locais acometidos de maior freqüência em homens; As mulheres são mais atingidas pelos cânceres de mama, colo de útero, cólon e reto, estômago e pulmão.

3 Segundo a OMS, a mortalidade total acarretada por cânceres foi de 12,6% em 2000; 21,6% e 9,8% nos países desenvolvidos e em desenvolvimento, respectivamente. Não existe um padrão global para a ocorrência de câncer.

4 Câncer Doença multifatorial: causas endógenas e ambientais; 70-80% dos casos sofrem grande influência de causas ambientais; A dieta é o principal agente ambiental, estando envolvido em até 35% dos diversos tipos de cânceres.

5 Influências da Dieta O dano oxidativo ao DNA pode ser alterado por alguns fatores dietéticos: Aumentado pela presença de gorduras poliinsaturadas; ou Reduzido por antioxidantes.

6 O risco para mutações pode ser acentuado no caso de baixa ingestão de componentes necessários para a síntese de DNA; Os níveis de hormônios endógenos podem influenciar o ciclo celular e resultar em uma ação potencial na incidência de câncer.

7 Outros fatores Tabagismo; Obesidade; Atividade física; Exposição a vírus, bactérias e parasitas; Contato freqüente com substâncias carcinogênicas como produtos de carvão e amianto.

8 A nutrição pode modificar o processo carcinogênico em qualquer estágio, incluindo metabolismo carcinogênico celular e defesas do hospedeiro, diferenciação celular e crescimento do tumor.

9 Fatores de Risco A gordura como fator de risco para os cânceres de cólon, mama, próstata, reto, endométrio e pulmão; Peso corpóreo e calorias como fatores de risco para cânceres de cólon, mama, próstata e endométrio.

10 Álcool como fator de risco para câncer de boca, esôfago, mama e reto; Alimentos queimados, defumados, em conserva e salgados como fatores de risco o câncer de esôfago e estômago.

11 O benzopireno nos alimentos defumados ou assados no carvão; Conservas em sal e farináceos ou grãos contaminados com aflatoxina.

12 Fatores de Proteção Frutas e vegetais como fatores protetores para o câncer de pulmão, cólon, mama, próstata, boca e estômago. Fibras com fatores protetores para câncer de cólon; Legumes e grãos como fatores de proteção para câncer de estômago e pâncreas.

13 Prevenção do Câncer Ingerir uma variedade de alimentos saudáveis, com ênfase em alimentos de origem vegetal. Consumir cinco ou mais porções de uma variedade de vegetais e frutas por dia. Escolher sucos de frutas ou de vegetais frescos, em detrimento aos refrigerantes e sucos industrializados.

14 Limitar o consumo de fritura. Preferir grãos inteiros em relação aos processados e açucarados. Limitar o consumo de carboidratos refinados, incluindo massas, cereais adoçados e açúcar.

15 Escolher grãos inteiros, como arroz, pão, massas e cereais. Limitar o consumo de carnes vermelhas, especialmente as ricas em gordura e processadas. Preferir carnes brancas à carne vermelha.

16 Quando consumir carne, selecionar cortes magros. Preferir carnes assadas, grelhadas ou ensopadas em vez de frituras.

17 Tabela Câncer prevenidoAlimentosMecanismo de açãoComponente PulmãoCenoura, tomate, abóbora, couve, espinafre, brócolis, linhaça. Anti-oxidanteBeta-caroteno e/ou Ômega 3. Cólon e mamaPeixes e linhaçaAnti-oxidante Ômega 3 Mama, próstata, cólon e reto, estômago e pulmão. Soja e derivadosGenisteína, que possui ação estrogênica, prevenindo cânceres relacionados com esse hormônio. Genisteína Próstata, boca, esôfago, estômago, colo, reto e faringe Tomate, melancia e linhaça. Anti-oxidanteLicopeno e/ou Ômega 3 Cânceres em geralVinho e UvaPossuem compostos fenólicos, que são antioxidantes Isoflavonas Cânceres em geralÓleo de girassol, oleoginosos e gérmen de trigo. Atuação no Sistema Imunológico. Vitamina E Cólon, retoLaticíniosAumento da atividade de enzimas intestinais. Probióticos

18 Conclusão Por ser uma doença multifatorial, o aparecimento do câncer pode ser decorrente de diversas causas. Como os fatores genéticos não podem ser modificados, a prevenção deve ser realizada no que diz respeito aos fatores exógenos, sendo a nutrição atuante como fator de prevenção para diferentes tipos de câncer.

19 É importante lembrar também que nenhum alimento isolado é capaz de prevenir ou induzir ao câncer

20 No entanto, depois de a doença estar instalada, a dieta toma dimensões diferentes, devendo ser concomitante ao tratamento terapêutico, a fim de minimizar os prejuízos decorrentes da doença, bem como aumentar a defesa imunológica do organismo.

21 Bibliografia Livro: (?) Artigo: =S &lng=pt&nrm=iso =S &lng=pt&nrm=iso Artigo: =S X &lng=pt&nrm=iso =S X &lng=pt&nrm=iso

22 Site:http://www1.uol.com.br/cyberdiet/colunas/010618_n ut_alimentos_funcionais.htmhttp://www1.uol.com.br/cyberdiet/colunas/010618_n ut_alimentos_funcionais.htm Site:http://www.abcdasaude.com.br/artigo.phphttp://www.abcdasaude.com.br/artigo.php Site:http://www.saudenarede.com.br/?p=av&id=Aliment os_X_Cancerhttp://www.saudenarede.com.br/?p=av&id=Aliment os_X_Cancer Site:http://www.nutrimais.com/nutri/patol/cancer.asphttp://www.nutrimais.com/nutri/patol/cancer.asp


Carregar ppt "Nutrição: Prevenção e Indução do Câncer Monitora Andressa Michels Monitora Ester Zoche Orientadora Profa Tatiana Roman."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google