A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

11/1/2014 1 Psicologia Aplicada e Ética Profissional Professor Marco Antonio Vieira Modolo II aula III.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "11/1/2014 1 Psicologia Aplicada e Ética Profissional Professor Marco Antonio Vieira Modolo II aula III."— Transcrição da apresentação:

1 11/1/ Psicologia Aplicada e Ética Profissional Professor Marco Antonio Vieira Modolo II aula III

2 11/1/ Como superar dificuldades de dar FEEDBACK. Estabelecendo uma relação reciproca,para quebrar as barreiras entre o comunicador ea pessoa que recebe informação. Psicologia Aplicada e Ética Profissional

3 11/1/ Psicologia Aplicada e Ética Profissional Reconhecendo que o FEEDBACK é um processo de exame conjunto. Aprendendo a ouvir,a a receber FEEDBACK sem reações emocionais(defensivas)intensas. Aprendendo a dar FEEDBACK de forma habilidosa,se conotações emocionais intensas.

4 11/1/ Psicologia Aplicada e Ética Profissional Fale do comportamento do outro,sendo concreto e específico;descreva objetivamente qual o comportamento está trazendo conseqüências,com fatos observáveis e,se possível,indiscutíveis,e existe hora e local certo para o FEEDBACK.

5 11/1/ Psicologia Aplicada e Ética Profissional Imediatamente após entrar em atrito com um paciente por uma postura profissional inadequada não é o momento certo para FEEDBACH,mas esperar por semanas também não é o mais indicado. Escolha o momento em que o FEEDBACK possa ocorrer sem interrupções e de forma reservada.

6 11/1/ Psicologia Aplicada e Ética Profissional Nunca dê um FEEDBACK negativo na presença de outras pessoas e evite o hábito de colecionar figurinhas:ir ajuntando mentalmente diversas atitudes negativas do outro e depois despejar um caminhão de queixas é negativo para as partes e tende a tornar uma discussão destrutiva.

7 11/1/ Psicologia Aplicada e Ética Profissional Todos nos precisamos de FEEDBAK tanto para a manutenção,quanto para a mudança do comportamento. Necessitamos saber o que estamos fazendo inadequadamente,como também,o que conseguimos fazer com adequação,de modo que possamos corrigir as ineficiências e mantermos os acertos.

8 11/1/ Psicologia Aplicada e Ética Profissional Posso mudar meus pensamentos e consequentemente meus sentimentos: a base do relacionamento que estabeleço comigo está em meus pensamentos. Apenas posso me conhecer e me relacionar comigo quando sou capaz de escutá-los e identificá-los em sua totalidade;e quando sou capaz de expressa-los livremente a mim e a outra pessoa.

9 11/1/ Psicologia Aplicada e Ética Profissional Assumindo a responsabilidade por minhas emoções: ninguém pode causar ou ser responsável por minhas emoções.A diferença entre causar e estimular emoções é crucial para o processo de autoconhecimento e para o relacionamento com outro.

10 11/1/ Psicologia Aplicada e Ética Profissional Quando acreditamos que o outro é que causa as minhas emoções eu o acuso por isso,considerando-o pelo culpado pelo meu sofrimento e me afasto dele.Se por outro lado,admito que o outro,admito que o outro apenas estimula emoções que já estão latentes em mim,eu as reconheço e aproveito a oportunidade para me tornar responsável por mim mesmo e me conhecer um pouco mais,perguntando-me: de onde vem o meu medo?Porque esta raiva tão grande?Em que ponto vulnerável o outro me tocou?

11 11/1/ Psicologia Aplicada e Ética Profissional Quando acredito nisso,posso lidar com minhas emoções de maneira saudável,não preciso fugir de mim mesmo,julgando e condenando os outros. Posso ficar,cada vez mais,em contato comigo mesmo.

12 11/1/ Psicologia Aplicada e Ética Profissional Controle das emoções: Demonstre o equilíbrio e autoconfiança.Você só conseguirá demonstrar isso através de sua experiência. Quando tiver de enfrentar uma situação nova,não se descontrole,pois este é o momento de histeria,lágrimas,confusões ou temperamento exaltado.

13 11/1/ Psicologia Aplicada e Ética Profissional Se você estiver dominado,pela tensão,fica difícil pensar com clareza e resolver o problema com eficiência.Neste momento,procure manter-se calmo.Sua irritação bloqueará seu entendimento daquilo que está,realmente,sendo dito. Não se torne refém dos outros.

14 11/1/ Psicologia Aplicada e Ética Profissional Reconheça suas limitações e seus erros:toda e qualquer pessoa tem virtudes e defeitos,alcances e limitações e comete erros. O aprendizado do T.E. se tempera na prática e na experiência,especialmente das frustrações,desde que ele tenha condições para se deprimir,ou seja,reconhecer e se responsabilizar por suas e,a partir daí,procurar corrigir a trajetória de sua ininterrupta formação pessoal e profissional.

15 11/1/ Psicologia Aplicada e Ética Profissional O contrário disso ocorre com aqueles que apresentam exagerados traços caractelógicos do tipo paranóide ou narcisista,o que faz com que o,no primeiro caso,estejam procurando ver a responsabilidade nos outros,enquanto os mais narcisistas não conseguem olhar além do seu próprio umbigo,pois estão convictos que o acerto e a verdade sempre lhes pertence e por isso mesmo não toleram contestações e se dão mal com os pacientes que não melhoram logo.Uma boa elaboração da faltaabre os caminhos para a discriminação autonomia reflexão e criatividade.

16 11/1/ Psicologia Aplicada e Ética Profissional Conscientização: É compreender,atende algo.Modelo que acredito nele e pauto minha conduta.A consciência se pauta em paradigmas.A medida que me torno mais consciente,mudo os meus paradigmas e conseqüentemente o meu comportamento.Só posso mudar quando eu puder pautar em outro paradigma.

17 11/1/ Psicologia Aplicada e Ética Profissional Tomada de decisão Conscientizando-se de algo,provavelmente virá a tomada de decisão. Esta é uma vontade interna e uma deliberação que o sujeito tem sobre determinada situação ou problema.

18 11/1/ Psicologia Aplicada e Ética Profissional A tomada de decisão vai de acordo com a percepção e do aspecto cognitivo do sujeito. Quanto maior o conhecimento,mais assertiva a tomada de decisão. Quanto mais complexo o aspecto cognitivo,maiores as saídas encontradas pela pessoa.

19 11/1/ Psicologia Aplicada e Ética Profissional Ação: Fazer acontecer,colocar em prática,estando consciente que as modificações da decisão anterior poderão ser necessárias. A ação como conseqüência de todo processo anterior,abre a possibilidade de cinco direcionamentos na vida do individuo.

20 11/1/ Psicologia Aplicada e Ética Profissional Mudança: Mudar paradigmas e conseqüentemente mudar o comportamento,o pensamento e o sentimento.


Carregar ppt "11/1/2014 1 Psicologia Aplicada e Ética Profissional Professor Marco Antonio Vieira Modolo II aula III."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google