A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 T HE G ALLUP O RGANIZATION. 2 Introdução T HE G ALLUP O RGANIZATION 3 Copyright © 2004 The Gallup Organization, Princeton, NJ. All rights reserved.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 T HE G ALLUP O RGANIZATION. 2 Introdução T HE G ALLUP O RGANIZATION 3 Copyright © 2004 The Gallup Organization, Princeton, NJ. All rights reserved."— Transcrição da apresentação:

1 1 T HE G ALLUP O RGANIZATION

2 2 Introdução

3 T HE G ALLUP O RGANIZATION 3 Copyright © 2004 The Gallup Organization, Princeton, NJ. All rights reserved. Quantificar as cirurgias plásticas (estéticas e reparadoras) efetuadas no ano de 2004 no território Nacional por médicos das categorias ”titular” e “especialista” filiados à Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. Foi considerada cirurgia as intervenções em hospitais ou clínicas com internação de 12 horas ou mais. Dimensionar o número de cirurgias plásticas por gênero do paciente e incidência de cirurgia entre jovens de 14 a 18 anos e crianças de 07 a 13 anos. Dimensionar as cirurgias estéticas efetuadas em 2003 por tipo de intervenção: - cirurgias de face (em geral) - cirurgias de pálpebra - cirurgias de nariz - cirurgias de mento (queixo) - cirurgias de orelha - cirurgias de pescoço (em geral) - cirurgias de mama (em geral) - cirurgias de implante mamário - cirurgias de abdome - lipoaspirações isoladas - lipoaspirações associadas Objetivos

4 T HE G ALLUP O RGANIZATION 4 Copyright © 2004 The Gallup Organization, Princeton, NJ. All rights reserved. Dimensionar o número de cirurgias reparadoras entre particulares, SUS e convênios. Verificar o volume de cirurgias por local de realização: Clínicas ou Hospitais. As informações obtidas são segmentadas por Região e categoria de sócio. As regiões são as seguintes: - São Paulo (GSP) - São Paulo (Interior) - Rio de Janeiro - Minas Gerais - Região Sul (Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul) - Região Centro Oeste (Goiás, Distrito Federal, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Espírito Santo) - Região Norte/Nordeste Objetivos

5 T HE G ALLUP O RGANIZATION 5 Copyright © 2004 The Gallup Organization, Princeton, NJ. All rights reserved. Pesquisa quantitativa, aplicada através de questionário estruturado. Entrevistas conduzidas por telefone, através do Sistema CATI (Computer Assisted Telephone Interviewing), permitindo um acesso facilitado e um controle efetivo do trabalho de campo. Amostra de 500 médicos, com amostra aleatória sistemática estratificada desproporcional por região e categoria de sócio. Erro amostral de 4% em um intervalo de confiança de 95%. Ponderação e projeção por região e categoria de sócio de acordo com a distribuição da população para obtenção dos resultados gerais. Trabalhos de Campo Os trabalhos de campo foram conduzidos entre os dias 24 de outubro e 07 de novembro de Metodologia

6 T HE G ALLUP O RGANIZATION 6 EstéticasReparadoras Cirurgias Plásticas Realizadas Total, Reparadoras e Estéticas Q1. Quantas cirurgias o(a) Dr.(a) fez em 2004 em hospitais ou clínicas, que necessitaram uma internação de 12 horas ou mais? - 0,8 % - 2,3 % + 1,4 %

7 T HE G ALLUP O RGANIZATION 7 Q1. Quantas cirurgias o(a) Dr.(a) fez em 2004 em hospitais ou clínicas, que necessitaram uma internação de 12 horas ou mais? Cirurgias Plásticas Realizadas Total, Reparadoras e Estéticas por Tipo de Associado

8 T HE G ALLUP O RGANIZATION 8 Q1. Quantas cirurgias o(a) Dr.(a) fez em 2004 em hospitais ou clínicas, que necessitaram uma internação de 12 horas ou mais? Cirurgias Plásticas Realizadas Total, Reparadoras e Estéticas por Regiao São Paulo (Capital) São Paulo (Interior) Rio de Janeiro Minas Gerais Região Sul Região Centro-Oeste Região Norte / Nordeste

9 T HE G ALLUP O RGANIZATION 9 FemininasMasculinas Cirurgias Plásticas Realizadas por Sexo Total, Reparadoras e Estéticas Q2a. Desse total de cirurgias estéticas, quantas foram em pacientes de sexo feminino? Q2b. Desse total de cirurgias reparadoras, quantas foram em pacientes de sexo feminino? Valores Projetados

10 T HE G ALLUP O RGANIZATION 10 Outras Faixas Estárias7 a 13 anos Cirurgias Pl Realizadas Jovens de 7 a 13 anos Q3b. Qual foi a porcentagem dos pacientes que realizaram cirurgias estéticas que tinham entre 07 e 13 anos de idade? Q4b. Qual foi a porcentagem dos pacientes que realizaram cirurgias reparadoras que tinham entre 07 e 13 anos de idade?

11 T HE G ALLUP O RGANIZATION a 18 anosOutras faixas etárias Cirurgias Reparadoras Realizadas 14 a 18 anos Q3a. Qual foi a porcentagem dos pacientes que realizaram cirurgias estéticas que tinham entre 14 e 18 anos de idade? Q4a. Qual foi a porcentagem dos pacientes que realizaram cirurgias reparadoras que tinham entre 14 e 18 anos de idade?

12 T HE G ALLUP O RGANIZATION 12 Cirurgias Estéticas Realizadas por Procedimentos Total 2003: Cirurgias Total 2004: Cirurgias Q5. Com relação ao número de cirurgias estéticas realizadas no ano de 2004, o (a) Dr.(a) poderia estimar o número de cirurgias de ___________ ?

13 T HE G ALLUP O RGANIZATION 13 Cirurgias Estéticas Realizadas por Procedimentos Q5. Com relação ao número de cirurgias estéticas realizadas no ano de 2004, o (a) Dr.(a) poderia estimar o número de cirurgias de ___________ ? Total 2003: Cirurgias Total 2004: Cirurgias

14 T HE G ALLUP O RGANIZATION Cirurgias Esteticas Realizadas por Procedimentos Q5. Com relação ao número de cirurgias estéticas realizadas no ano de 2004, o (a) Dr.(a) poderia estimar o número de cirurgias de ___________ ? Total 2003: Cirurgias Total 2004: Cirurgias

15 T HE G ALLUP O RGANIZATION Cirurgias Esteticas Realizadas por Procedimentos Q5. Com relação ao número de cirurgias estéticas realizadas no ano de 2004, o (a) Dr.(a) poderia estimar o número de cirurgias de ___________ ? Total 2003: Cirurgias Total 2004: Cirurgias

16 T HE G ALLUP O RGANIZATION Cirurgias Reparadoras Realizadas por Procedimentos Q5. Com relação ao número de cirurgias estéticas realizadas no ano de 2004, o (a) Dr.(a) poderia estimar o número de cirurgias de ___________ ? Total 2003: Cirurgias Total 2004: Cirurgias

17 T HE G ALLUP O RGANIZATION 17 SUSConvênioParticular Q7. Com relação ao total de cirurgias reparadoras realizadas em 2004, o Dr. (a) poderia estimar a porcentagem de cirurgias realizadas para cada um dos seguintes tipos? Cirurgias Reparadoras Realizadas por Tipo

18 T HE G ALLUP O RGANIZATION 18 ( ) (xxx.xxx) AmbosHospitaisClínicas Local de Realização das Cirurgias Q8. Na maioria das vezes, o(a) Dr.(a) opera seus pacientes em:

19 T HE G ALLUP O RGANIZATION 19 Local de Realização das Cirurgias Total de respondentes = 500 Q8. Na maioria das vezes, o(a) Dr.(a) opera seus pacientes em:


Carregar ppt "1 T HE G ALLUP O RGANIZATION. 2 Introdução T HE G ALLUP O RGANIZATION 3 Copyright © 2004 The Gallup Organization, Princeton, NJ. All rights reserved."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google