A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Hidrosfera Colégio dom bosco Professora: Lucilene Pires Disciplina: Geografia Ano: 7°

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Hidrosfera Colégio dom bosco Professora: Lucilene Pires Disciplina: Geografia Ano: 7°"— Transcrição da apresentação:

1 Hidrosfera Colégio dom bosco Professora: Lucilene Pires Disciplina: Geografia Ano: 7°

2 Introdução Hidrosfera composta pelo conjunto das águas doces e salgadas, fundamentais para a existência de vida. Hidrosfera composta pelo conjunto das águas doces e salgadas, fundamentais para a existência de vida. A água é a base da existência da erosão da superfície terrestre. Devido ao seu incessante movimento que vai da atmosfera até a superficie terrestre da crosta, a água percorre os mais diversos ambientes do nosso planeta até formar e / ou abastecer os aceanos, os mares, os lagos, as lagoas e as bacias hidrográficas. A água é a base da existência da erosão da superfície terrestre. Devido ao seu incessante movimento que vai da atmosfera até a superficie terrestre da crosta, a água percorre os mais diversos ambientes do nosso planeta até formar e / ou abastecer os aceanos, os mares, os lagos, as lagoas e as bacias hidrográficas.

3

4 A distribuição das águas A terra é formada por ¾ de água (doce e salgada) e apenas ¼ de terra (continentes e terras). Apesar da abundância de água no nosso planeta, a água doce representa apenas 2,5% do total de águas do mundo; os outros 97,5% são de águas salgada, vinda de mares e oceanos. Distribuição de água doce no planeta Terra: 1% nos rios e lagos; 22% nas águas subterrâneas; 77% nos polos, geleiras e icerbergs. A terra é formada por ¾ de água (doce e salgada) e apenas ¼ de terra (continentes e terras). Apesar da abundância de água no nosso planeta, a água doce representa apenas 2,5% do total de águas do mundo; os outros 97,5% são de águas salgada, vinda de mares e oceanos. Distribuição de água doce no planeta Terra: 1% nos rios e lagos; 22% nas águas subterrâneas; 77% nos polos, geleiras e icerbergs.

5 A Água no Brasil O Brasil possui 13,7% da água doce do planeta e metade da água disponível na Ámerica do Sul. No entanto, essa água está mal distribuída: 70% da água doce do Brasil está na Amazônia, onde está apenas 7% da população. O Brasil possui 13,7% da água doce do planeta e metade da água disponível na Ámerica do Sul. No entanto, essa água está mal distribuída: 70% da água doce do Brasil está na Amazônia, onde está apenas 7% da população.

6 A Água no MS Em Mato Grosso do Sul, além do Aquífero Guarani, existem duas importantes bacias que abastecem o Estado: a bacia do rio Paraguai e a Bacia do rio Paraná. Em Mato Grosso do Sul, além do Aquífero Guarani, existem duas importantes bacias que abastecem o Estado: a bacia do rio Paraguai e a Bacia do rio Paraná. Apesar de nosso Estado ser rico em águas, precisamos estar atentos à nossa água, em relação à quantidade e qualidade. Apesar de nosso Estado ser rico em águas, precisamos estar atentos à nossa água, em relação à quantidade e qualidade.

7 O volume total de água não está se reduzindo, porque não há perdas no ciclo da evaporação e precipitação; o que pode causar escassez da água é o aumento do consumo e a degradação dos mananciais. E a poluicão afeta tanto as águas superficiais quanto as subterrâneas, exigindo tratamentos cada vez mais complexos. O volume total de água não está se reduzindo, porque não há perdas no ciclo da evaporação e precipitação; o que pode causar escassez da água é o aumento do consumo e a degradação dos mananciais. E a poluicão afeta tanto as águas superficiais quanto as subterrâneas, exigindo tratamentos cada vez mais complexos.

8 Aquifero Guarani - Segundo especialistas em hidrologia, a quantidade de água doce seria capaz de abastecer a população mundial por mais de cem anos. Numa possível falta de água doce no futuro, este recurso será de extrema importância para a humanidade. Aqüífero Guarani é uma reserva subterrânea de água doce (considerada até o momento a maior do mundo), localizada na região sul da América do Sul (partes do território do Brasil, Argentina, Uruguai e Paraguai). Aqüífero Guarani é uma reserva subterrânea de água doce (considerada até o momento a maior do mundo), localizada na região sul da América do Sul (partes do território do Brasil, Argentina, Uruguai e Paraguai).

9 Hidrosfera do Brasil (I) O Atlântico Sul apresenta temperaturas médias em torno de 25,7° C, o que significa que as águas são quentes ( maior parte em zona Tropical). O Atlântico Sul apresenta temperaturas médias em torno de 25,7° C, o que significa que as águas são quentes ( maior parte em zona Tropical). O índice de salinidade são altos, sobretudo no Nordeste, onde a evaporação é bastante elevada e ocorrem os ventos. O índice de salinidade são altos, sobretudo no Nordeste, onde a evaporação é bastante elevada e ocorrem os ventos.

10 A utilização das águas oceânicas Em áreas de plataforma continental, ocorre a extração petrolífera. Em áreas de plataforma continental, ocorre a extração petrolífera. Outra atividade importante é a pesca comercial. Essa atividade tem-se desenvolvido muito, com tecnologia cada vez mais sofisticada,inclusive na costa sul, com o processo de marinicultura (criação de mariscos), transformando aquela área numa das mais destacadas na exportação de pescado. Outra atividade importante é a pesca comercial. Essa atividade tem-se desenvolvido muito, com tecnologia cada vez mais sofisticada,inclusive na costa sul, com o processo de marinicultura (criação de mariscos), transformando aquela área numa das mais destacadas na exportação de pescado.

11 Além disso, não podemos esquecer que o Brasil é um país que tem, tradicionalmente, sua economia voltada para a exportação e as vias para isso são os inúmeros portos marítimos, que escoam os produtos brasileiros para todo o mundo. Além disso, não podemos esquecer que o Brasil é um país que tem, tradicionalmente, sua economia voltada para a exportação e as vias para isso são os inúmeros portos marítimos, que escoam os produtos brasileiros para todo o mundo. Sem falar no litoral brasileiro que se concentra a maior infraestrutura de turismo para as maravilhosas praias que se estendem de norte a Sul do País. Sem falar no litoral brasileiro que se concentra a maior infraestrutura de turismo para as maravilhosas praias que se estendem de norte a Sul do País.

12 Alguns conceitos importantes sobre um rio: 1° fluvial – relativo a rio. Próprios dos rios; que vive nos rios. 1° fluvial – relativo a rio. Próprios dos rios; que vive nos rios. 2º pluvial – relativo a chuva. 2º pluvial – relativo a chuva. 3º nível – relativo a altura, igual. 3º nível – relativo a altura, igual. 4º foz – ponto final de um rio, desembocadura de um rio. 4º foz – ponto final de um rio, desembocadura de um rio. 5º delta – tipo de foz de forma triangular. 5º delta – tipo de foz de forma triangular. 6º estuário – foz ou desembocadura extensa em que a corrente de um grande rio se encontra com as águas do mar. 6º estuário – foz ou desembocadura extensa em que a corrente de um grande rio se encontra com as águas do mar.

13 7º regime – variações no volume de água. 7º regime – variações no volume de água. 8º Afluente – rio que deságua no rio principal. 8º Afluente – rio que deságua no rio principal. 9º subafluente – rio que deságua em afluente do rio principal. 9º subafluente – rio que deságua em afluente do rio principal. 10º confluência – área de encontro entre dois rios de uma bacia hidrográfica. 10º confluência – área de encontro entre dois rios de uma bacia hidrográfica. 11º rede hidrográfica – rede composta por um rio principal, seus afluentes e subafluentes. 11º rede hidrográfica – rede composta por um rio principal, seus afluentes e subafluentes. 12º bacia hidrográfica – área drenada por um rio principal e seus afluentes. 12º bacia hidrográfica – área drenada por um rio principal e seus afluentes.

14

15 2. Existem três tipos de mares Abertos ou costeiros – quando estão ligados aos oceanos por amplas aberturas. Por exemplo: Mar do Norte, o Mar as Antilhas e o Mar Arábico. Abertos ou costeiros – quando estão ligados aos oceanos por amplas aberturas. Por exemplo: Mar do Norte, o Mar as Antilhas e o Mar Arábico. Mediterrâneo ou interiores – quando se unem aos oceanos ou a outros mares por meio de pequenas aberturas chamadas estreitos ou canais, como por exemplo: Mar Mediterrâneo, Negro, Vermelho e Báltico. Mediterrâneo ou interiores – quando se unem aos oceanos ou a outros mares por meio de pequenas aberturas chamadas estreitos ou canais, como por exemplo: Mar Mediterrâneo, Negro, Vermelho e Báltico. Fechados e Isolados – quando não se comunicam com os oceanos nem com os outros mares. Exemplo: Mar Morto, Mar Cáspio e o Mar de Aral. Fechados e Isolados – quando não se comunicam com os oceanos nem com os outros mares. Exemplo: Mar Morto, Mar Cáspio e o Mar de Aral.

16 Observe a figura abaixo

17 3. As águas brasileiras – principais características da hidrografia Há um predomínio de rios; Há um predomínio de rios; A maioria dos rios correm em direção ao oceano; A maioria dos rios correm em direção ao oceano; A maioria dos rios tem sua foz em forma de delta; A maioria dos rios tem sua foz em forma de delta; Predominam os rios que correm sobre os planaltos, com desníveis provocando cachoeiras; Predominam os rios que correm sobre os planaltos, com desníveis provocando cachoeiras; A maioria dos rios brasileiros são perenes (rios que não secam, durante todo o ano). A maioria dos rios brasileiros são perenes (rios que não secam, durante todo o ano).

18 4. Bacias hidrográficas Brasileiras Bacia do Rio Amazonas Bacia do Rio Amazonas Bacia do Tocantins Bacia do Tocantins Bacia do Rio São Francisco Bacia do Rio São Francisco Bacia do Rio Paraguai Bacia do Rio Paraguai Bacia do Rio Uruguai Bacia do Rio Uruguai Bacia do Paraná Bacia do Paraná Bacia Secundária do Leste Bacia Secundária do Leste Bacia Secundária do Norte e Nordeste Bacia Secundária do Norte e Nordeste Bacia Secundária do Sudeste Bacia Secundária do Sudeste

19 Bacias Hidrográficas Bacias Hidrográficas

20 Nasce nos Andes peruanos, maior do mundo em extensão e volume d água, recebe chuva o ano todo é um rio de planície e maior potencial elétrico. Nasce nos Andes peruanos, maior do mundo em extensão e volume d água, recebe chuva o ano todo é um rio de planície e maior potencial elétrico. Nascem nos Estados de Goiás e Tocantins, Tocantins é seu rio principal, maior ilha fluvial do mundo. Nascem nos Estados de Goiás e Tocantins, Tocantins é seu rio principal, maior ilha fluvial do mundo. Nasce em Minas Gerais, rio de planalto, porém pouco navegável e possui quatro usinas. Nasce em Minas Gerais, rio de planalto, porém pouco navegável e possui quatro usinas. Nasce na Chapada dos Parecis- MT, rio de planície e forma a região do Pantanal Matogrossense. Nasce na Chapada dos Parecis- MT, rio de planície e forma a região do Pantanal Matogrossense. Nasce na Serra Geral (sul do Brasil), rio de planalto e pouco usado. Nasce na Serra Geral (sul do Brasil), rio de planalto e pouco usado. Nasce na confluência dos Rios Paranaíba e Grande, em Goiás e Minas Gerais, o mais usado no aproveitamento hidrelétrico, 2 maior potencial e possui muitas usinas presentes. Nasce na confluência dos Rios Paranaíba e Grande, em Goiás e Minas Gerais, o mais usado no aproveitamento hidrelétrico, 2 maior potencial e possui muitas usinas presentes.

21 5. As hidrelétricas: aproveitamento de energia Renovável Como ocorre a produção de energia elétrica? Como ocorre a produção de energia elétrica? Como esta a situação espacial do Brasil? Como esta a situação espacial do Brasil? Como esta sua utilização? Como esta sua utilização?

22 6. A eletricidade é produzida por três tipos de usinas: Eletricidade Termonucleares 17% Termelétricas 64% Hidrelétrica 19%

23 A produção de energia elétrica no Brasil O Brasil é ainda um país que depende da compra de petróleo e de carvão mineral de outros países e também em termos de tecnologia própria é ainda muito limitado. No entanto, a rede hidrográfica é bastante extensa e apresenta declives naturais que facilitam a ação das águas para a obtenção de força necessária para alimentar as usinas hidrelétricas cerca de 92 % da energia elétrica vêm das hidrelétricas e somente 8% vêm das termoelétricas. O Brasil é ainda um país que depende da compra de petróleo e de carvão mineral de outros países e também em termos de tecnologia própria é ainda muito limitado. No entanto, a rede hidrográfica é bastante extensa e apresenta declives naturais que facilitam a ação das águas para a obtenção de força necessária para alimentar as usinas hidrelétricas cerca de 92 % da energia elétrica vêm das hidrelétricas e somente 8% vêm das termoelétricas.

24 Mas como funciona uma hidrelétrica?

25 As hidrelétricas utilizam a água dos rios. A força da queda d água move as turbinas ligadas aos geradores, que produzem energia elétrica. A energia elétrica é transportada da usina geradora para os consumidores pelas linhas de transmissão. As hidrelétricas utilizam a água dos rios. A força da queda d água move as turbinas ligadas aos geradores, que produzem energia elétrica. A energia elétrica é transportada da usina geradora para os consumidores pelas linhas de transmissão. A grande vantagem dessa energia (hidrelétricas) é a de não poluir o ambiente, dizemos que é uma energia limpa. A grande vantagem dessa energia (hidrelétricas) é a de não poluir o ambiente, dizemos que é uma energia limpa. Para que uma usina funcione é necessário represar o rio. Assim, forma-se um reservatório. Para que uma usina funcione é necessário represar o rio. Assim, forma-se um reservatório.

26 Fique sabendo que! A maior parte das usinas hidrelétricas esta instalada na bacia do rio Paraná, pois atravessa a área econômica industrial mais desenvolvida no país, além do número populacional têm-se um grande consumo. A maior parte das usinas hidrelétricas esta instalada na bacia do rio Paraná, pois atravessa a área econômica industrial mais desenvolvida no país, além do número populacional têm-se um grande consumo. Já na Bacia Amazônica, verifica que se encontra longe dos centros urbanos de maior consumo. Ali a instalação é pequena. Já na Bacia Amazônica, verifica que se encontra longe dos centros urbanos de maior consumo. Ali a instalação é pequena. Bacia do Rio São Francisco ali também estão grandes hidrelétricas, como a de Sobradinho, que têm ajudado a desenvolver a atividade industrial da região, além de beneficiar a população segundo lugar em energia domiciliar. Bacia do Rio São Francisco ali também estão grandes hidrelétricas, como a de Sobradinho, que têm ajudado a desenvolver a atividade industrial da região, além de beneficiar a população segundo lugar em energia domiciliar. Grande parte dos rios brasileiros não está sendo utilizada como produtora de energia, isso quer dizer que existe uma grande capacidade de produção disponível. Grande parte dos rios brasileiros não está sendo utilizada como produtora de energia, isso quer dizer que existe uma grande capacidade de produção disponível.

27 Para finalizar: Porque o Brasil não ocupa esses rios que estão disponíveis para a produção de energia? Instalação é muito cara Instalação é muito cara Utilizar rios distantes significa transportar energia Utilizar rios distantes significa transportar energia Há problemas ambientais gerados pelas grandes empresas ( que acabam inundando extensas áreas territoriais, cobrindo a fauna e a flora, e até extinguindo-as, quando não há um cuidado maior). Há problemas ambientais gerados pelas grandes empresas ( que acabam inundando extensas áreas territoriais, cobrindo a fauna e a flora, e até extinguindo-as, quando não há um cuidado maior).

28 O Brasil possui em seu território duas das maiores hidrelétricas do mundo: Tucuruí (Rio Tocantins) Estado do Pará Tucuruí (Rio Tocantins) Estado do Pará Itaipu ( Rio Paraná) divisa entre Paraná e o Paraguai Itaipu ( Rio Paraná) divisa entre Paraná e o Paraguai

29 Poluição das águas

30

31


Carregar ppt "Hidrosfera Colégio dom bosco Professora: Lucilene Pires Disciplina: Geografia Ano: 7°"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google