A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

XIX Clinic Internacional ANJB 2011 Elaborado por: Lisbete Simões e Álvaro Martins.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "XIX Clinic Internacional ANJB 2011 Elaborado por: Lisbete Simões e Álvaro Martins."— Transcrição da apresentação:

1 XIX Clinic Internacional ANJB 2011 Elaborado por: Lisbete Simões e Álvaro Martins

2 O Que é ser Oficial de Mesa?  Equipa: Dinâmica, Pró-Activa, Competente, Profissional, De Excelência, Com Atitude, Empenho e Determinação. XIX Clinic Internacional ANJB 2011

3 COMPETÊNCIAS  Marcador  Marcador Auxiliar  Cronometrista  Operador de 24” Material COMUM … XIX Clinic Internacional ANJB 2011

4 COMPETÊNCIAS  Marcador (Artigo 48)  Procedimentos: antes do Jogo Começar ….. XIX Clinic Internacional ANJB 2011

5 COMPETÊNCIAS  Marcador (Artigo 48)  Registo das Equipas,  Registo da Marcha dos Pontos,  Faltas do Jogador / Treinador,  Substituições,  Descontos de Tempo. XIX Clinic Internacional ANJB 2011

6 Questões…  No intervalo de 15 minutos, é assinalada falta técnica ao jogador A15, que já tinha sido desclassificado. A falta conta para as faltas de equipa do terceiro período? Não  O jogador A4 lança do meio campo para o seu próprio cesto por engano, devem ser concedidos 2 pontos ao capitão em campo da equipa B? Sim  Nos últimos 2 minutos do quarto período a equipa A comete violação de 8 segundos, o treinador da equipa B solicita um desconto de tempo. O jogo recomeça com reposição de bola para a equipa B no ponto médio da linha oposta à mesa dos oficiais? Não XIX Clinic Internacional ANJB 2011

7 Questões…  É assinalada falta pessoal desqualificante de B7 sobre A14 que fica lesionado, mas ainda que a coxear permanece em jogo, pode outro jogador que não A14 efectuar os lances livres? Não  O jogador B5 efectua um lançamento de campo quando a bola se encontra no seu movimento descendente e ainda acima do nível do aro, o jogador B11 toca-a de forma a que a bola entre no cesto. Legal? Não  A oportunidade para pedir um desconto de tempo termina quando o jogador que vai repor a bola em jogo já tem a bola à sua disposição? Sim XIX Clinic Internacional ANJB 2011

8 COMPETÊNCIAS  Marcador Auxiliar (Artigo 48)  Procedimentos: antes do Jogo Começar ….. XIX Clinic Internacional ANJB 2011

9 COMPETÊNCIAS  Marcador Auxiliar (Artigo 48)  Ajuda o Marcador na confirmação das Licenças,  Auxilia o Marcador: Comunicação Constante,  Opera o Marcador Electrónico,  Seta da Posse de Bola Alternada,  Saber o jogador que sofreu Falta. XIX Clinic Internacional ANJB 2011

10 Questões…  No decorrer do jogo, o Marcador Auxiliar constata que o resultado do jogo (visível no quadro de marcação) é diferente do resultado constante no Boletim de jogo. O marcador Auxiliar não corrige o resultado no marcador electrónico pois tem a certeza que esse mesmo resultado está correcto. Decisão correcta? Não  B4 sofreu falta pessoal de A7. São concedidos 2 LL a B4. Em vez de B4, é B15 que está pronto para a execução dos LL. O Marcador Auxiliar não chama a atenção deste erro pois (segundo o mesmo) é da responsabilidade exclusiva do Marcador identificar esse erro. Procedimento certo? Não  Na falta de Marcador Auxiliar, é da responsabilidade (em primeira instância) do Marcador a ‘Seta de posse de bola alternada’? Sim XIX Clinic Internacional ANJB 2011

11 Questões…  Na bola ao ar de início de jogo, a bola foi legalmente tocada por A4, sendo que esta vai directamente para fora. É concedida à equipa B a reposição pela linha lateral, resultante da bola fora de A4. B5 ao efectuar a reposição entrega a bola a A5. A próxima posse de Bola alternada pertencerá à equipa A? Não  A equipa A já só tem 5 jogadores disponíveis para jogar. Nessa altura, A4 lesiona-se, é assistido pelo fisioterapeuta da equipa e fica apto a continuar em 30 segundos. A4 tem de abandonar o jogo e só voltar a entrar na próxima oportunidade de substituição? Não  No intervalo de início do jogo A4 é sancionado com falta técnica. Antes da bola ao ar, B5 vai efectuar 2 LL. B5 não consta do cinco inicial da equipa B. Correcta a decisão? Não XIX Clinic Internacional ANJB 2011

12 COMPETÊNCIAS  Cronometrista (Artigo 49)  Procedimentos: antes do Jogo Começar ….. XIX Clinic Internacional ANJB 2011

13 COMPETÊNCIAS  Cronometrista (Artigo 49)  Cronometrar o Tempo de Jogo, Desc. Tempo, Substituições, Intervalo de Jogo. XIX Clinic Internacional ANJB 2011

14 Questões…  Por lapso, o Cronometrista deixou andar indevidamente o cronómetro de jogo 7 segundos. Ao detectar o erro, reparou que mais ninguém se tinha apercebido do acontecido e nada fez para o corrigir. Antes de reiniciar o jogo, o treinador da equipa A contesta o tempo de jogo pois deveriam estar no marcador 1minuto e não 53”. O cronometrista confirma que o tempo de jogo está correcto e segue o jogo sem qualquer alteração. Decisão correcta? Não  A Equipa A está de posse de bola (a efectuar passes entre si) quando toca o aparelho de 24”, sendo uma violação de 24” para a equipa A. Deverá o cronometrista, neste momento da violação, parar o tempo de jogo, não esperando pelo sinal convencional do árbitro? Sim XIX Clinic Internacional ANJB 2011

15 Questões…  A5 converte 2 pontos de cesto de campo, quando estamos nos últimos 2 minutos de um período suplementar. É solicitado por esta ordem desconto de tempo: 1º para a equipa B e 2º para a Equipa A. O jogo deverá recomeçar com reposição de bola pela linha final para a equipa B? Não  B5 simultaneamente com o som de fim de tempo de jogo, comete falta sobre A4. Os árbitros nada assinalam. O treinado da equipa A solicita a visualização do vídeo aos árbitros para retirar as dúvidas se a falta foi efectuada antes ou depois do tempo de jogo. Os árbitros não concedem esse direito, decisão correcta? Sim XIX Clinic Internacional ANJB 2011

16 COMPETÊNCIAS  Operador de 24” (Artigo 50)  Procedimentos: antes do Jogo Começar ….. XIX Clinic Internacional ANJB 2011

17 COMPETÊNCIAS  Operador de 24” (Artigo 50)  Responsável pela marcha do aparelho dos 24”. XIX Clinic Internacional ANJB 2011

18 Questões…  É possível, em alguma circunstância, ocorrer violação de 24 segundos estando a equipa de posse de bola no seu meio campo defensivo? Sim  A1 estando com um pé de cada lado da linha central, proveniente da defesa, passa a bola para A5 que se encontra na sua zona de defesa. A5 volta a passar a bola a A1 que ainda se encontra com um pé de cada lado da linha central. Neste momento, passaram 6 segundos no aparelho dos 24”. Existe nova contagem de 8 segundos? Não  A4 efectua uma reposição na linha lateral. Na reposição que seria para A5, o passe foi de tal forma mal feito que a bola toca primeiro em B5 e só depois A5 ganha a posse de bola. O operador de 24segundos acciona o aparelho quando o jogador A5 tem a posse de bola. Decisão correcta? Não XIX Clinic Internacional ANJB 2011

19 Questões…  Nos últimos 2minutos do 4ºperíodo A5 dribla a bola na sua defesa há 6 segundos. Num passe de A5, a equipa B (B5) intercepta a bola e esta sai na zona de ataque da equipa A. Ao recomeçar o jogo, o operador de 24 segundos desmarca o aparelho e dá à equipa A novos 24 segundos. Decisão correcta? Não  A5 na sua zona de ataque, e quando já tinham passo 20 segundos de ataque, faz um passe para A7. No entanto B5 intercepta a bola com o punho fechado. O árbitro apita violação e concede a bola à equipa A com o restante 4 segundos de ataque que lhe faltavam. Decisão correcta? Não  A bola vai no ar no caminho do cesto, lançado por A4, quando soa o sinal do aparelho de 24 segundos. A bola fica presa entre o aro e a tabela. Aplica-se a regra de posse de bola alternada? Não XIX Clinic Internacional ANJB 2011

20 A Excelência ….  Profissionalismo e Competência  Perfeita COMUNICAÇÃO  CONCENTRAÇÃO  CONFIANÇA  Atitude PREVENTIVA  CONTROLO do Jogo  Assumir o ERRO XIX Clinic Internacional ANJB 2011

21 Comunicação  A Importância da Comunicação Sem comunicação …. Como comunicamos? Comunicação Vs Cooperação Vs Coordenação XIX Clinic Internacional ANJB 2011

22 Comunicação  “ Há um tipo de pessoas que é infeliz: a que não sabe e a que não pergunta" V. Beda XIX Clinic Internacional ANJB 2011

23 Comunicação  Exercício ….. A Importância da Boa COMUNICAÇÃO XIX Clinic Internacional ANJB 2011

24 Concentração  Os Rasgos de Luz são raros.  As ideias são geradas de uma forma estruturada, sistemática e resultam frequentemente da experiência anterior.  Ideias, por si, só não valem nada.  A TENTATIVA, O ERRO, A REPETIÇÃO, O REFINAMENTO, SÃO ESSENCIAIS!!! XIX Clinic Internacional ANJB 2011

25 Concentração  O segredo da criatividade:  Quanto Mais se Praticar Mais Criativo se Será!  E crie um CICLO VIRTUOSO de CRIATIVIDADE!  Percepção Vs Perfeição XIX Clinic Internacional ANJB 2011

26 Teste de Concentração  Vai ver um vídeo de 26 segundos, com dois grupos de estudantes a passar bolas de basquete entre si.  Conte o número de passes feitos neste vídeo entre estudantes vestidos com t-shirts brancas. XIX Clinic Internacional ANJB 2011

27 Teste de Concentração Abrir o vídeo concentração.wmv XIX Clinic Internacional ANJB 2011

28 Teste de Concentração  Os resultados do vídeo:  Quantos passes foram efectuados pela equipa vestida de branco?  Notou alguma coisa estranha durante o vídeo?  Reparou em mais alguma coisa para além dos seis jogadores?  Viu um gorila a passar pelo campo de basquete? XIX Clinic Internacional ANJB 2011

29 Teste de Concentração  O Intruso… XIX Clinic Internacional ANJB 2011

30 Concentração  Não podemos ficar agarrados ao que já sabemos ou que os outros dizem.  Temos de procurar novas experiências.  As coisas não estão fora do nosso alcance, só temos de estar atentos. XIX Clinic Internacional ANJB 2011

31 Concentração  Totalmente concentrados no jogo;  Abstraído das distracções ou bloqueá-las eficazmente;  Despreocupados com alguma decisão anterior e com as reacções subsequentes;  Estar com prazer/motivação, aumentando assim a concentração;  Horizontes abertos. XIX Clinic Internacional ANJB 2011

32 Confiança  Exercício ….  Confiança em nós próprios e nas nossas capacidades.  Um Oficial de Mesa confiante, mantém o controlo do seu trabalho e transmite segurança para o desempenho dos colegas.  Devemos confiar nos nossos colegas, na nossa EQUIPE. XIX Clinic Internacional ANJB 2011

33 Atitudes Preventivas  Esperar o Inesperado….  Jogador que faz ¾ faltas muito cedo – Possível substituição,  Equipa que sofre cestos seguidos – atenção a possível desconto de tempo,  Tomada de decisão rápida e convicta – erros  Suprir eventual falha de um colega … se não apitou, apita outro. XIX Clinic Internacional ANJB 2011

34 Controlo do Jogo  O que é controlar o jogo?  Como podemos controlar?  Qual a atitude a adoptar? XIX Clinic Internacional ANJB 2011

35 O Erro  Assume o erro, não o escondas.  Esconder o erro é proporcionar o aparecimento de outro. Não cries uma “Bola de Neve”.  Confia nos teus colegas e pede ajuda. XIX Clinic Internacional ANJB 2011

36 O Erro  “É essencial compreender que o processo de aprendizagem envolve explorar, tomar riscos, cometer erros e aprender ao longo deste caminho. O processo é tão importante quanto a resposta certa, e os erros são uma parte desse processo” Leggett XIX Clinic Internacional ANJB 2011

37 Atitude  "A vida é como atirar uma bola à parede: se for atirada uma bola azul, há de voltar azul; se for atirada uma bola verde, há de voltar verde; e for atirada com pouca força, há de voltar com pouca força; e se for lançada com muita força, há de voltar com muita força. Por isso, atire sempre a bola como quer que ela volte. A vida não dá, nem empresta. Tudo quanto ela faz é retribuir e transferir aquilo que nós lhe oferecemos.” Albert Einstein XIX Clinic Internacional ANJB 2011

38 Conclusão  Ser Oficial de Mesa deve ser sinónimo de Orgulho, de Entrega e de Dedicação.  Trabalhar em equipa é um meato para a excelência. Não queiras dar nas vistas, passa despercebido.  Lembra-te de todos os pontos abordados, coloca- os em prática e serás de TOPO. XIX Clinic Internacional ANJB 2011

39 Conclusão XIX Clinic Internacional ANJB 2011

40 Lisbete Simões e Álvaro Martins


Carregar ppt "XIX Clinic Internacional ANJB 2011 Elaborado por: Lisbete Simões e Álvaro Martins."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google