A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Técnicas Relacionais em Saúde Sessão nº 4 14.10.2014 Maria Filomena Capucho.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Técnicas Relacionais em Saúde Sessão nº 4 14.10.2014 Maria Filomena Capucho."— Transcrição da apresentação:

1 Técnicas Relacionais em Saúde Sessão nº Maria Filomena Capucho

2 Sumário 1.Comportamentos não verbais e construção do sentido 2.3ª observação na clínica dentária – a gestão da comunicação não verbal Maria Filomena Capucho

3 Comportamentos não verbais e construção do sentido O que é o não-verbal A importância do não verbal na interação comunicativa Comportamentos e comunicação Códigos não-verbais Comportamentos em contexto do acto médico Maria Filomena Capucho

4 Comunicação não verbal: definição “[T]he nonverbal part of communication is that aspect of the communication process that deals with the transmission and reception of messages that are not a part of the natural language systems” 1 (p.8) Maria Filomena Capucho

5 Mais precisamente “A process of creating meaning in the minds of receivers whether intentionally or unintentionally, by use of actions other than, or in combination with, words or language. Nonverbal communication includes norms and expectations, usually imposed by society, for the expression of experiences, feelings and attitudes. In other words, nonverbal communication occurs when some nonverbal subcode (eg. appearance, touch, space, body movements) creates meaning for a receiver, which can happen on purpose or unintentionally” 1(p.15) Maria Filomena Capucho

6 Comportamento não verbal vs comunicação não verbal  “We use the word communication only when a receiver has interpreted a message as having some meaning. For communication to occur, a receiver must be present and must interpret (decode) the transmission of symbols (messages). ” 1(p.10)  “Nonverbal communication occurs when a message is decoded (or interpreted) as having some meaning regardless of the sender’s intent” 1 (p.11)  “As long as the receiver perceives intent, the communication has occurred 1(p.12) Maria Filomena Capucho

7 Comunicação verbal vs comunicação não verbal  Não se excluem  Podem ser complementares  Podem ser contraditórias  Podem ser simultâneas Maria Filomena Capucho

8 Códigos não verbais 1.Tacto e espaço – “haptics” e proxémica (a ser desenvolvido na próxima aula) 2.Aparência física 3.Movimentos do corpo e gestos – quinésica 4.Voz – aspectos paraverbais 5.Tempo – cronémica (a ser desenvolvido na próxima aula) Maria Filomena Capucho

9 Aparência física  Por que razão “o hábito faz o monge”  A importância das primeiras impressões na co- construção identitária  A imagem pessoal na construção da identidade coletiva  A noção de equipa de desempenho Uma equipe, por conseguinte, pode ser definida como um conjunto de indivíduos cuja íntima cooperação é necessária, para ser mantida uma determinada definição projetada da situação. Uma equipe é um grupo mas não um grupo em relação a uma estrutura ou organização social, e sim em relação a uma interação, ou série de interações, na qual é mantida a definição apropriada da situação. 2 (p. 99). Maria Filomena Capucho

10 Numa sociedade dinâmica e relacional, a comunicação apresenta-se como essencial no quotidiano pessoal e profissional de qualquer pessoa. Numa equipa multidisciplinar de saúde a comunicação constitui-se como uma necessidade vital, pelo que é imperativo comunicar com eficácia. As falhas de comunicação poderão comprometer o desempenho tanto do profissional como também de toda a equipa, pondo em causa a qualidade dos cuidados prestados. 3 Maria Filomena Capucho

11 Quinésica Definição  Estudo dos movimentos do corpo humano, incluindo fenómenos como gestos, postura, expressões faciais, comportamento ocular e forma de andar.

12 Quinésica  A importância do olhar

13 Quinésica  Gestos  Tipos e significação dos gestos  Postura  Interpretações relacionadas com fenómenos proxémicos

14 Quinésica Há 7 emoções que são consideradas universalmente expressas na expressão facial: –Medo –Ira –Surpresa –Repulsa –Repugnância (só sentida em relação a pessoas ou a acções realizadas por pessoas) –Infelicidade –Felicidade

15 A Voz  A importância do paraverbal na comunicação  38% na construção da mensagem 4  Assertividade  Segurança  Empatia Maria Filomena Capucho

16 Funções da comunicação não verbal 1.Identificação e apresentação de si: construção identitária 2.Controle da interacção 3.Relação dos interactantes 4.Transmissão de informação cognitiva 5.Transmissão de informação emocional 6.Transmissão de falsidades Maria Filomena Capucho

17 Observação do não-verbal em clínica Vamos agora observar o funcionamento do não- verbal na clínica dentária. Com a ajuda da grelha distribuída, anotem todo o que conseguirem observar e retirem as conclusões possíveis dos resultados da vossa observação. Maria Filomena Capucho

18 Bibliografia citada 1.Hickson III, Stacks, D. W. & Moore, L. Nonverbal Communication: Studies and applications (5th edition). Los Angeles: Roxbury Publishing Company; Goffman E. A representação do eu na vida cotidiana. Petrópolis: Vozes; (4ª ed. trad. Do original The Presentation of Self in Everyday Life 1959). 3.Lucas PH. Comunicação Interdisciplinar em Saúde – Importância e Desafios. Rev. Nursing nº 257; [online tecnico/revistas/nursing/item/3569-comunicacao-interdisciplinar- em-saude-importancia-e-desafios#.VDuysl50xLM ] tecnico/revistas/nursing/item/3569-comunicacao-interdisciplinar- em-saude-importancia-e-desafios#.VDuysl50xLM 4.Mehrabian A. Silent messages. Wadsworth, California: Belmont; Maria Filomena Capucho

19 Leituras aconselhadas  Goffman E. A representação do eu na vida cotidiana. Petrópolis: Vozes; (4ª ed. trad. do original The Presentation of Self in Everyday Life 1959) – pp. 76 – 100.  Ramos AP, Bortagarai FM. Non-verbal communication in the health area. Rev CEFAC. 2012;14(1):  Silva LMG, Brasil, VV, Guimarães HC, Savonitti BH, Silva MJP. Comunicação não-verbal: reflexões a cerca da linguagem corporal. Rev. latino-am.enfermagem; 2000, 8(4): Maria Filomena Capucho

20 Referências biliográficas fundamentais Moore NJ, Hickson III M, Stacks, D. W. Nonverbal Communication: Studies and applications (6th edition). New York: Oxford University Press; Maria Filomena Capucho


Carregar ppt "Técnicas Relacionais em Saúde Sessão nº 4 14.10.2014 Maria Filomena Capucho."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google