A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Prof. Robyson Camilo. PORÍFEROS CARACTERÍSTICAS MARCANTES: Presença de poros no corpo Pluricelulares Heterótrofos Adultos fixos Larvas móveis Habitat:

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Prof. Robyson Camilo. PORÍFEROS CARACTERÍSTICAS MARCANTES: Presença de poros no corpo Pluricelulares Heterótrofos Adultos fixos Larvas móveis Habitat:"— Transcrição da apresentação:

1 Prof. Robyson Camilo

2 PORÍFEROS CARACTERÍSTICAS MARCANTES: Presença de poros no corpo Pluricelulares Heterótrofos Adultos fixos Larvas móveis Habitat: aquático (água doce e do mar). Estrutura característica: Células denominadas coanócitos.

3

4 CORPO DAS ESPONJAS As células das esponjas não se organizam para formar tecidos e órgãos. O corpo das esponjas é formado pelas seguintes células: pinacócitos, coanócitos e amebócitos. As esponjas são os únicos animais que não apresentam células nervosas Seu corpo é sustentado por uma rede de fios de proteína e pelas espícula de calcário (carbonato de cálcio) ou de sílica

5 ATIVIDADES DAS ESPONJAS Para se alimentar, as esponjas movimentam os flagelos dos coanócitos, que fazem uma corrente de água penetrar pelos minúsculos poros do seu corpo. Em seguida se dirige para o átrio e sai pelo ósculo. A água também leva o oxigênio para as células.

6

7 REPRODUÇÃO ASSEXUADA REPRODUÇÃO SEXUADA

8 Celenterados ou Cnidários Características marcantes: Presença de cavidade digestória Pluricelulares Heterótrofos Adultos fixos ou móveis Larvas móveis Habitat: aquático ( a maioria na água do mar). Estrutura característica: Células denominadas cnidoblastos.

9 PRINCIPAIS CLASSES DOS CNIDÁRIOS Hidrozoários: Representados pelas hidras e caravelas. Cifozoários: Representados pelas águas-vivas. Antozoários: Representados pelas actínias ou anêmonas- do-mar e pelos corais.

10 CARACTERÍSTICAS CNIDÁRIOS São animais urticantes. São um pouco mais desenvolvidos que os poríferos. São todos aquáticos, sendo a maioria de habitat marinho. Apresentam duas formas: pólipos e medusas.

11 Pólipos: Formato de um tubo cheios de tentáculos. Podem viver fixos como as anêmonas-do-mar e os corais, ou móveis, como as hidras.

12 Medusas Corpo em forma guarda-chuva, abertura correspondente à boca na parte inferior do animal. Tem vida livre, flutuam na água, como é o caso da água- viva

13 Atividades vitais dos cnidários Possuem vários tentáculos cheios de cnidoblastos, junto à boca (defesa e alimentação) Apresentam cavidade digestiva (primitiva) Digestão extracelular e intracelular Apresentam boca, mas não possuem ânus Respiração semelhante à dos poríferos

14 Não há sistema circulatório: nutrientes passam de célula em célula. O filo dos cnidários é o primeiro a apresentar células nervosas.

15 Alternância de geração: Fase Sexuada e Assexuada REPRODUÇÃO

16 Platelmintos Características marcantes: Presença de tubo digestório incompleto Corpo achatado como fita Pluricelulares Heterótrofos Habitat: aquático, terrestre e parasitário Aquisição evolutiva marcante: Surgimento do sistema muscular Cordões nervosos longitudinais

17

18 ESQUISTOSSOMOSE

19 TENIASE

20 Nematelmintos Características marcantes: Presença de tubo digestório completo Corpo cilíndrico e roliço Pluricelulares Heterótrofos Habitatát: aquático, terrestre e parasitário Aquisição evolutiva marcante: Sistema digestório completo

21

22 ENTEROBIASE

23 ELEFANTÍASE

24 ASCARIDÍASE

25 Anelídeos Características marcantes: Corpo segmentados em anéis Pluricelulares Sistema circulatório fechado Presença de pigmentos respiratórios Heterótrofos Habitat: aquático, terrestre e parasitário Grupo de anelídeos: Oligoquetas: Poucas cerdas e vivem geralmente em água doce ou terrestres. Grupo das minhocas. Poliquetas: Possuem muitas cerdas. Geralmente marinhos. Ex.: O Palolo. Hirudíneos: Não possuem cerdas. Mais conhecidos são as sanguessugas. Principais exemplos: Minhoca e sanguessuga

26 A importância das minhocas para a fertilização e recuperação dos solos já era conhecida há mais de 2000 anos pelos antigos. O filósofo Aristóteles definia as minhocas como "arados da terra", graças à sua capacidade de perfurar os terrenos mais duros. Além desse trabalho, a minhoca ainda "aduba"o solo, ingerindo terra e matéria orgânica e defecando o precioso húmus, produto rico em nutrientes. Sabe-se que a minhoca produz diariamente uma quantidade de matéria orgânica equivalente ao seu próprio peso e que devolve à terra cinco vezes e meia mais nitrogênio, duas vezes mais cálcio, duas vezes e meia mais magnésio, sete vezes mais fósforo e onze vezes mais potássio do que contem o solo do qual se alimenta.

27 Reprodução As minhocas são hermafroditas, mas não são capazes de se auto reproduzir.

28 Até ao século XIX, as sanguessugas eram utilizadas na medicina oriental e mesmo na medicina ocidental (nas sangrias). Hoje em dia ainda há necessidade de utilizar anticoagulantes na medicina convencional, ainda que sejam artificiais. Recentemente, as sanguessugas voltaram a ser utilizadas em medicina em casos de grandes dificuldades circulatórias em membros, com possibilidade de gangrena, visto que a sua ação sugadora força o sangue a circular, ajudando a manter vivas as células. Porém, seu uso se restringe à medicina alternativa, já que essas técnicas exóticas não são aceitas na medicina tradicional. A eficácia destes tratamentos e outras propriedades das sanguessugas na medicina ainda são bastante pesquisadas, mas, por enquanto, não são utilizadas na medicina tradicional.

29 Moluscos Características marcantes: Corpo macio e flexível Presença de concha externa ou interna (alguns não possuem) Sistema circulatório aberto ou fechado Pluricelulares Heterótrofos Habitat: aquático e terrestre Aquisição evolutiva marcante: Sistemas excretor e respiratórios mais evoluídos

30 Os Grupos de Moluscos: Bivalves: Moluscos com duas valvas na concha. Ex.: Mexilhão, ostras... Gastrópodes: São moluscos que tem o pé ligados a massa visceral. Ex.: Caracóis, caramujos, lesmas... Cefalópodes: Possuem tentáculos ligados à cabeça. Ex.: Polvos, lulas, náutilos e sépias.

31

32 Artrópodes Características marcantes: Presença de patas articuladas Presença de exoesqueleto Corpos segmentados Pluricelulares Sistema circulatório aberto Heterótrofos Habitat: aquático, terrestre e parasitário Aquisição evolutiva marcante: Estruturas sensoriais complexas (olhos e antenas) Presença de gânglios nervosos ventrais

33 Grupos dos Artrópodes Crustáceos

34 Aracnídeos

35 Insetos

36 Quilópodes e Diplópodes

37 Equinodermos Características marcantes: “Espinhos” na superfície do corpo Endoesqueleto Sistema ambulacrário Pluricelulares Heterótrofos Habitat: marinho Aquisição evolutiva marcante: Endoesqueleto

38


Carregar ppt "Prof. Robyson Camilo. PORÍFEROS CARACTERÍSTICAS MARCANTES: Presença de poros no corpo Pluricelulares Heterótrofos Adultos fixos Larvas móveis Habitat:"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google