A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

CULTURA ORGANIZACIONAL Cultura Organizacional Prof. Antonio Carlos Grafietti Nossas aulas: Dia 04/02/15.......das 19:30 / 22:55 hs Dia 11/02/15.......das.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "CULTURA ORGANIZACIONAL Cultura Organizacional Prof. Antonio Carlos Grafietti Nossas aulas: Dia 04/02/15.......das 19:30 / 22:55 hs Dia 11/02/15.......das."— Transcrição da apresentação:

1 CULTURA ORGANIZACIONAL Cultura Organizacional Prof. Antonio Carlos Grafietti Nossas aulas: Dia 04/02/ das 19:30 / 22:55 hs Dia 11/02/ das 19:30 / 22:55 hs Dia 14/02/ das 14:00 / 17:15 hs Parte I

2 CULTURA ORGANIZACIONAL Ementa: Conceito de Cultura Organizacional Preceitos da Cultura Organizacional Vantagens e desvantagens da Cultura Organizacional Características da Cultura Organizacional Cultura Empresarial

3 CULTURA ORGANIZACIONAL Ementa: Ética aplicada: ética, moral, valores e virtudes; Noções de ética empresarial e profissional. A Gestão da Ética nas empresas públicas e privadas. Código de ética do Banco do Brasil. Estatuto Social do Banco do Brasil. Gestão da Sustentabilidade.

4 Cultura Organizacional O que é cultura organizacional? Cultura organizacional é um sistema de valores compartilhados pelos seus membros, em todos os níveis, que diferencia uma organização das demais. Quanto mais você entender a cultura da sua empresa, maior a chance de sobrevivência no mercado. Segundo Chiavenato; As organizações são formadas, principalmente, por grupos de pessoas.

5 Cultura Organizacional O que significa cultura organizacional? Talvez você não conheça o real sentido do termo, mas, seguramente, é capaz de reconhecê-lo quando está inserido dentro dele. Talvez você o reconheça pelo lado negativo, por meio das suas amargas experiências no ambiente de trabalho ou ainda pelo lado positivo decorrente de uma carreira profissional de sucesso proporcionada pelo seu espírito empreendedor na organização.

6 Cultura Organizacional Todas as empresas, independentemente do tamanho, do segmento em que atuam e dos bens ou serviços que produzem, possuem cultura organizacional, formalmente instituída ou não. Aliás, as empresas são bem mais do que isso. Elas possuem personalidade própria e podem ser rígidas ou flexíveis, apoiadoras ou hostis, inovadoras ou conservadoras, de cultura fraca ou cultura forte.

7 Cultura Organizacional Assim, cultura organizacional é um sistema de valores compartilhados pelos seus membros, em todos os níveis, que diferencia uma organização das demais. Em última análise, trata-se de um conjunto de características-chave que a organização valoriza, compartilha e utiliza para atingir seus objetivos e adquirir a imortalidade

8 Cultura Organizacional No estudo das organizações, a cultura equivale ao modo de vida da organização em todos os seus aspectos, como ideias, crenças, costumes, regras, técnicas etc. Nesse sentido, todos os seres humanos são dotados de cultura, pois fazem parte de algum sistema cultural. Em função disso, toda pessoa tende a ver e julgar as outras culturas a partir do ponto de vista da sua própria cultura. Daí o relativismo: as crenças e atitudes só podem ser compreendidas em relação ao seu contexto cultural.

9 Cultura Organizacional A cultura organizacional, também chamada de cultura corporativa, é o conjunto de hábitos e crenças estabelecidos por normas, atitudes e expectativas, compartilhado por todos os membros da organização. Ela se refere ao sistema de significados compartilhados por todos os membros e que distingue uma organização das demais. Constitui o modo institucionalizado de pensar e agir que existe em uma organização

10 Cultura Organizacional Diante de tudo isso, a cultura organizacional é construída socialmente e representa o ambiente da organização e traz uma referencia de padrões. Padrões dos quais influenciam as atividades dos funcionários, bem como o nível de comprometimento destes para com a organização. A cultura organizacional é formada por elementos que são fruto das relações, experiências, dos conhecimentos e aspectos que têm participação e interação das pessoas da organização

11 Cultura Organizacional Observação importante: “A cultura exprime a identidade da organização. Ela é construída ao longo do tempo e passa a impregnar todas as práticas, constituindo um complexo de representações mentais e um sistema coerente de significados que une todos os membros em torno dos mesmos objetivos e do mesmo modo de agir.”

12 Cultura Organizacional Nesse contexto, é a cultura organizacional que define a missão da empresa e provê quais serão as metas e objetivo da organização. A cultura deve ser harmônica com as decisões e ações da organização, como planejamento, organização, direção e controle para poder conhecer melhor a organização.

13 Cultura Organizacional Vários aspectos da cultura podem ser facilmente percebidos (visíveis), outros, porém são mais difíceis de serem observados (ocultos). Diversos autores retratam esses aspectos com um iceberg, os aspectos formais ficam na parte visível e envolvem, os comportamentos (ações expressas é visível), as políticas e diretrizes, métodos e procedimentos, objetivos, estrutura e tecnologia adotada. Os aspectos informais envolvem as premissas, convicções, percepções, sentimentos, atitudes, valores e interações grupais.

14 Cultura Organizacional ASPECTOS FORMAIS E VISIVEIS:...Estrutura Organizacional...Títulos e descrições de cargos...Objetivos e estratégias...Tecnologia e prática da organização...Políticas e diretrizes explicitas da empresa...Métodos e procedimentos utilizados

15 Cultura Organizacional ASPECTOS INFORMAIS E INVISIVEIS: Valores Expectativas Padrões e influência de poder Percepções e atitude das pessoas Sentimento e normas de grupos Interações informais típicas Norma de como agir em grupo Afetividade

16 Cultura Organizacional Segundo Chiavenato, “ cada organização tem a sua cultura organizacional ou cultura corporativa. Para se conhecer uma organização, o primeiro passo é conhecer sua cultura. Fazer parte de uma organização significa assimilar sua cultura. Viver em uma organização, trabalhar nela, atuar em suas atividades, desenvolver carreira nela é participar intimamente de sua cultura organizacional”.

17 Cultura Organizacional As organizações precisam fazer com que todo o seu contingente desenvolva uma visão responsável, um compromisso real com esta. Isso só é possível através dessa percepção de que todos fazem parte de um sistema. Quando uma parte não funciona bem todo esse sistema é abalado. A aprendizagem organizacional dá-se a partir da interação entre pessoas. A organização precisa favorecer o contato pessoal ou a socialização tanto entre pessoas de um mesmo grupo departamental como entre os próprios departamentos

18 Cultura Organizacional O modo como as pessoas interagem em uma organização, as atitudes predominantes, as pressuposições subjacentes, as aspirações e os assuntos relevantes nas interações entre os membros fazem parte da cultura da organização. A cultura organizacional representa as normas informais e não escritas que orientam o comportamento dos membros de uma organização no dia-a-dia e que direcionam suas ações para a realização dos objetivos organizacionais.

19 Cultura Organizacional Observação importante: “A cultura organizacional é o conjunto de hábitos e crenças estabelecido através de normas, valores, atitudes e expectativas compartilhados por todos os membros da organização. A cultura espelha a mentalidade que predomina em uma organização. Também não é algo físico, que se possa tocar. Não é percebida ou observada em si mesma, mas através dos seus efeitos e consequências”.

20 Cultura Organizacional CHIAVENATO ensina ainda que a cultura organizacional reflete a maneira como cada organização aprendeu a lidar com o seu ambiente. É uma complexa mistura de pressuposições, crenças, comportamentos, histórias, mitos, metáforas e outras ideias que, tomadas juntas, representam o modo particular de uma organização funcionar e trabalhar. A cultura organizacional apresenta seis características principais:

21 Cultura Organizacional 1) Regularidades nos comportamentos observados:... as interações entre os participantes se caracterizam por uma linguagem comum, terminologias próprias e rituais relacionados com condutas e deferências. 2) Normas:... são padrões de comportamento e que incluem guias sobre a maneira de fazer as coisas. 3) Valores dominantes:... são os principais valores que a organização advoga e espera que seus participantes compartilhem, como qualidade do produto, baixo absenteísmo, alta eficiência

22 Cultura Organizacional 4) Filosofia:... são políticas que afirmam as crenças sobre como os empregados ou clientes devem ser tratados. 5) Regras:... São guias estabelecidos e relacionados com o comportamento na organização. Os novos membros devem aprender essas regras para serem aceitos no grupo 6) Clima organizacional:... É o sentimento transmitido pelo local físico, como os participantes interagem, como as pessoas tratam aos outros, clientes, fornecedores etc,

23 Cultura Organizacional Cada uma dessas características se apresenta em vários graus e controvérsias. Para facilitar a compreensão das características culturais de cada organização, podemos salientar dois tipos extremos dentro de uma continuidade de gradações:.....o estilo tradicional e autocrático e.....o estilo participativo e democrático de cultura que veremos a seguir

24 Cultura Organizacional De acordo com Robbins, há sete características essenciais para entender a cultura de uma organização. Para considera-las é preciso entender que para cada uma delas, as organizações podem dar bastante ou pouca ênfase. As características são:

25 Cultura Organizacional A... Inovação e assunção de risco: O grau em que os funcionários são estimulados a inovar e assumir riscos. B... Atenção aos detalhes: O grau em que se espera que os funcionários demonstrem precisão, análise e atenção aos detalhes. C... Orientação para os resultados: O grau em que os dirigentes focam mais os resultados do que as técnicas e os processos empregados para seu alcance D... Orientação para as pessoas: O grau em que as decisões dos dirigentes levam em consideração o efeito dos resultados sobre as pessoas dentro da organização.

26 Cultura Organizacional E... Orientação para as equipes: O grau em que as atividades de trabalho são mais organizadas em termos de equipes do que de indivíduos. F... Agressividade: O grau em que as pessoas são competitivas e agressivas em vez de dóceis e acomodadas G... Estabilidade: O grau em que as atividades organizacionais enfatizam a manutenção do “status quo” em contraste com o crescimento

27 Cultura Organizacional Apesar da cultura organizacional criar a identidade organizacional, ela não é padronizada/única na organização. Na organização existe diversos tipos de cultura, a saber:

28 Cultura Organizacional Culturas adaptativas: Caracterizam-se pela sua maleabilidade e flexibilidade e são voltadas para a inovação e a mudança. São organizações que adotam e fazem constantes revisões e atualizações, em suas culturas adaptativas se caracterizam pela criatividade, inovação e mudanças. De um lado, a necessidade de mudança e a adaptação para garantir a atualização e modernização, e de outro, a necessidade de estabilidade e permanência para garantir a identidade da organização. O Japão, por exemplo, é um país que convive com tradições milenares ao mesmo tempo em que cultua e incentiva a mudança e a inovação constantes

29 Cultura Organizacional Culturas conservadoras: Se caracterizam pela manutenção de ideias, valores, costumes e tradições que permanecem arraigados e que não mudam ao longo do tempo. São organizações conservadoras que se mantêm inalteradas como se nada tivesse mudado no mundo ao seu redor.

30 Cultura Organizacional Culturas fortes: Seus valores são compartilhados intensamente pela maioria dos funcionários e influencia comportamentos e expectativas. Empresas como IBM, 3M, Merk, Sony, Honda, estão entre aquelas que ostentam culturas fortes. Culturas fracas: São culturas mais facilmente mudadas. Como exemplo, seria uma empresa pequena e jovem, como está no início, é mais fácil para a administração comunicar os novos valores, isto explica a dificuldade que as grandes corporações tem para mudar sua cultura.

31 Cultura Organizacional Os mais cobrados em provas são a Forte e a Fraca, por isso, memorize: Cultura Dominante/Forte: Representa os valores que são essenciais na organização e são compartilhados pela maioria dos integrantes. Há pouca divergência de opiniões e alto impacto sobre o comportamento.

32 Cultura Organizacional Subculturas/Fraca São os valores disseminados por grupos específicos. Não está agregada por todos os integrantes da organização. Há grande índice de divergência e baixo impacto no comportamento

33 Cultura Organizacional Então quer dizer que a cultura organizacional é mutável (pode ser alterada)? Sim,!!! A mudança organizacional ocorre a partir de fatores internos ou externos. Os fatores internos são decorrentes de ações estratégicas dos dirigentes, como alterações dos objetivos da empresa, mudança de tecnologia, mudança de estrutura e de processos, entre outros. As oscilações de mercado, concorrência e reformulações de políticas governamentais podem ser consideradas como fontes externas de mudança. (RODRIGUES, 1991)

34 Cultura Organizacional Veja como esse assunto é cobrado em provas: Questão 24 (FCC TST - Técnico Judiciário - Área Administrativa) Em relação à cultura organizacional, é correto afirmar que a) o nível visível da cultura é o de comportamento, enquanto que no nível invisível estão os valores, as premissas e as convicções. b) convicções e premissas são parte do nível visível da cultura, enquanto que valores são parte do nível invisível. c) valores, convicções e premissas fazem parte do nível visível da cultura, e o comportamento, do nível invisível. d) valores e comportamento são parte do nível visível, e as convicções e premissas integram o nível invisível. e) as premissas e valores são parte do nível visível, e o comportamento integra o nível invisível.

35 Cultura Organizacional COMENTÁRIOS: Muitos aspectos da cultura organizacional são percebidos com facilidade e são denominados formais e abertos (VISÍVEIS), enquanto outros são de difícil percepção e são denominados aspectos informais e ocultos (INVISÍVEIS). Tal como um iceberg, os aspectos formais ficam na parte visível e envolvem, os comportamentos (ações expressas é visível), as políticas e diretrizes, métodos e procedimentos, objetivos, estrutura e tecnologia adotada. Os aspectos informais envolvem as premissas, convicções, percepções, sentimentos, atitudes, valores e interações grupais GABARITO DA QUESTÃO: LETRA “A”.

36 Cultura Organizacional QUESTÃO 25 (UFLA UFLA – Administrador) Conforme Chiavenato (2008), São características principais da cultura organizacional, EXCETO: a) Política salarial b) Valores dominantes c) Clima organizacional d) Regularidade nos comportamentos observados e) Regras

37 Cultura Organizacional COMENTÁRIOS: A cultura representa a maneira como a organização visualiza a si própria e seu ambiente. Os principais elementos da cultura organizacional são: O cotidiano do comportamento observável. Como as pessoas interagem, a linguagem e os gestos utilizados, os rituais, rotinas e procedimentos comuns. As normas. Ou regras que envolvem os grupos e seus comportamentos, como nos momentos de lazer, nas refeições, nos dias informais. Os valores dominantes. Defendidos por uma organização, como a ética, o respeito pelas pessoas, a qualidade de seus produtos ou preços baixos. A filosofia administrativa. Que guia e orienta as políticas da organização quanto aos funcionários, clientes e acionistas. As regras do jogo. Como as coisas funcionam, o que um novo funcionário deve aprender para sair-se bem e ser aceito como membro de um grupo. O clima organizacional. Os sentimentos das pessoas e a maneira como elas interagem entre si, com clientes ou elementos externos." Com isso, observamos que política salarial não é uma característica. GABARITO DA QUESTÃO: LETRA “A”.

38 Cultura Organizacional Schein(apud Chiavenato) leciona que toda cultura se apresenta em três diferentes níveis: CULTURA Artefatos, ORGANIZACIONAL Valores compartilhados e Pressuposições básicas:

39 Cultura Organizacional Artefatos: Constituem o primeiro nível da cultura, o mais superficial, visível e perceptível. Artefatos são as coisas concretas que cada um vê, ouve e sente quando se depara com uma organização. Incluem os produtos, serviços e os padrões de comportamento dos membros de uma organização. Quando se percorre os escritórios de uma organização, pode-se notar como as pessoas se vestem, como falam, sobre o que conversam, como se comportam, o que é importante e relevante para elas. Os artefatos são todas as coisas ou eventos que podem nos indicar visual ou auditivamente como é a cultura da organização. Os símbolos, as histórias, os heróis, os lemas, as cerimônias anuais são exemplos de artefatos e modificam sobremaneira a maneira de pensar dos colaboradores, que passam juntos a desenvolver crenças idênticas e que favorecem a construção de uma identidade corporativa. Esta identidade é que estabelecerá o tipo de cultura que a empresa desenvolverá.

40 Cultura Organizacional Valores compartilhados: Constituem o segundo nível da cultura. São os valores relevantes que se tornam importantes para as pessoas e que definem as razões pelas quais elas fazem o que fazem. Funcionam como justificativas aceitas por todos os membros. Em muitas culturas organizacionais, os valores são criados originalmente pelos fundadores da organização. Exercem funções essenciais no quadro funcional da organização. Tal processo pode representar um intenso mecanismo de motivação para as pessoas que se encontram inseridas naquela cultura.

41 Cultura Organizacional Pressuposições básicas: Constituem o terceiro nível da cultura organizacional, o mais íntimo, profundo e oculto. São pressuposições importantes, as quais devem ser seriamente consideradas pelos gestores de modo geral. Tais contribuições podem modificar positivamente o alcance dos resultados. São as crenças inconscientes, percepções, sentimentos e pressuposições dominantes em que os membros da organização acreditam. A cultura prescreve “a maneira certa de fazer as coisas” adotada na organização, muitas vezes, através de pressuposições não escritas e nem sequer faladas – são verdades implícitas que o conjunto de membros compartilham. (CHIAVENATO: 2005).

42 Cultura Organizacional A cultura é difícil de mudar, principalmente em um nível mais profundo, como os valores e pressuposições básicas. Todavia, a natureza da força de trabalho vem mudando em grandes proporções, trazendo um fenômeno novo, que é o multiculturalismo: um misto de pessoas provenientes de diferentes culturas, várias etnias e diferentes estilos de vida. Para que a organização consiga adaptar-se a essa realidade multivariada, ela precisa compreender o multiculturalismo e seu impacto (CHIAVENATO: 2005).

43 Cultura Organizacional Para memorizar: ARTEFATOS “Primeiro Nível” Mais superficial, visível e perceptível (coisas que cada um vê, ouve e sente quando se depara com uma organização) Produtos, serviços, padrões, processos de comportamento, símbolos, as histórias, os heróis, os lemas e cerimônias anuais

44 Cultura Organizacional VALORES COMPARTILHADOS “Segundo Nível” Valores relevantes que justificam comportamentos e que são aceitos por TODOS os membros Funções essenciais, estratégias, objetivos

45 Cultura Organizacional PRESSUPOSTOS BÁSICOS “Terceiro Nível” Mais íntimo, profundo e oculto Verdades implícitas decorrentes de experiências compartilhadas, crenças inconscientes, percepções, sentimentos e pressuposições dominantes

46 Cultura Organizacional Para se realizar o diagnóstico cultural na organização deve-se utilizar diversos instrumentos para que se possa capturar os mais diversos aspectos existentes, destacando, entre eles, as entrevistas, pesquisas de opinião, questionários, observação, análise de documentos, pesquisa etnográfica e outras técnicas quantitativas e qualitativas.

47 Cultura Organizacional Os colaboradores aprendem a cultura organizacional de várias formas, como histórias, rituais, símbolos materiais e linguagem

48 Cultura Organizacional Histórias: Contos e passagens sobre o fundador da companhia, lembranças, sobre dificuldades ou eventos especiais, regras de conduta, corte e recolocação de funcionários. Acertos e erros do passado geralmente ancoram o presente no passado e explicam a legitimação das práticas atuais

49 Cultura Organizacional Rituais e Cerimônias: São sequências repetitivas de atividades que expressam e reforçam os valores principais da organização. As cerimônias de fim de ano e as comemorações do aniversário da organização são rituais que reúnem e aproximam a totalidade dos funcionários para motivar e reforçar aspectos da cultura da organização, bem como reduzir os conflitos.

50 Cultura Organizacional Símbolos Materiais: A arquitetura do edifício, as salas e mesas, o tamanho e arranjo físico dos escritórios constituem símbolos materiais que definem o grau de igualdade ou diferenciação entre as pessoas e o tipo de comportamento ( como assumir riscos ou seguir a rotina, autoritarismo ou espírito democrático, estilo participativo ou individualismo, atitude conservadora ou inovadora) desejado pela organização. Os símbolos materiais constituem a comunicação não verbal

51 Cultura Organizacional Linguagem: Muitas organizações e mesmo unidades dentro das organizações utilizam a linguagem como um meio de identificar membros de uma cultura ou subcultura. Ao aprender a linguagem, o membro confirma a aceitação da cultura e ajuda a preserva-la. As organizações desenvolvem termos singulares para descrever equipamentos, escritórios, pessoas - chaves, fornecedores, clientes ou produtos. Também a maneira como as pessoas se vestem e os documentos utilizados constituem formas de expressar a cultura organizacional.

52 Cultura Organizacional A cultura organizacional se caracteriza pela sua aceitação implícita pelos seus membros. Ela é também reforçada pelo próprio processo de seleção, que elimina as pessoas com características discrepantes com os padrões estabelecidos e ajuda a preservar a cultura.

53 Cultura Organizacional Segundo DEAL e KENNEDY (1990), ritos e rituais são expressões culturais planejadas e que têm consequências práticas para a organização. Para TRICE E BEYER (1985), os ritos são regras sociais que guiam o comportamento das pessoas na vida empresarial e são representações dos valores culturais básicos da companhia. E, os rituais podemos comparar a um roteiro, com o qual os funcionários, no ambiente corporativo, podem dar sentido a suas experiências, de acordo com DEAL E KENNEDY (1990). A seguir iremos classificar e entender a tipologia dada por alguns autores aos ritos e rituais.

54 Cultura Organizacional Por DEAL E KENNEDY (1990) são identificados quatro tipos de rituais, vejamos: Os Rituais Sociais e de Comunicação, que permitem que as pessoas saibam onde estão, reforça a identidade individual dentro da organização e definem um tom para a forma em que as pessoas se relacionam entre si, sem esse ritual ninguém saberia como se comportar na organização. Os Rituais do Trabalho, os quais as empresas podem utilizar para ajudar a construir uma cultura forte que produza melhores resultados.

55 Cultura Organizacional Os Rituais de Gestão, que descrevem os rituais que os gestores desenvolvem ao longo de sua carreira e, Os Rituais de Reconhecimento, que são aqueles eventos que a empresa realiza quando existem promoções ou aposentadoria. Os Rituais de Reconhecimento são muito parecidos com os rituais que TRICE E BEYER (1984) chamam de Rituais de Passagem, que são os rituais referentes ao reconhecimento por algum objetivo alcançado tendo como resultado alguma promoção profissional ou alguma mudança de função.

56 Cultura Organizacional Já para TRICE E BEYER (1984) existem seis tipos básicos de ritos: Os Ritos de Passagem, facilitam a transição de indivíduos para novos papéis e status; são utilizados em processos de admissão, mudança de funções, promoção na carreira profissional. Os Ritos de Degradação, dissolvem identidades sociais e seu poder; São utilizados em casos de demissões, para denunciar falhas, violação de normas, afastamento de altos dirigentes. Os Ritos de Confirmação ou de Reforço, fortalecem identidades sociais e seu poder; são utilizados para reconhecer publicamente "feitos heroicos", conquistas profissionais, superação de metas.

57 Cultura Organizacional Os Ritos de Reprodução ou de Renovação, renovam estruturas sociais e melhoram o seu funcionamento; como adoção de novas formas gerências, programas de treinamento organizacional. Os Ritos para Redução de Conflitos, reduzem conflitos e agressões e restabelecem o equilíbrio das relações e Os Ritos de Integração, que encorajam e revivem sentimentos comuns que agregam os indivíduos e os mantêm em um sistema social. Esses ritos recebem denominações específicas e que variam de organização para organização; como festas de aniversário da organização, datas festivas (Natal, Páscoa, Dia das Mães, entre outras), encontros das "sextas-feiras", reuniões para comemoração de aniversários

58 Cultura Organizacional Observação Importante: JOANNE MARTIN (2001) acrescenta mais dois tipos ao modelo de TRICE E BEYER (1984) que são: Os Rituais de Finalização ou Término, que marcam a saída da empresa, servem como transição entre o mundo interno e externo; por exemplo quando o funcionário é transferido de uma área ou de uma unidade para outra, ou até mesmo quando um funcionário aposenta. E, os Rituais Compostos, que são quando acontecem dois ou mais rituais ao mesmo tempo.

59 Cultura Organizacional (para leitura) Para finalizar, vamos falar um pouco de Clima Organizacional. Segundo Chiavenato: O clima organizacional está intimamente relacionado com a motivação dos membros da organização, Quando há elevada motivação entre os participantes, o clima organizacional tende a ser elevado e proporciona relações de satisfação, de animação, de interesse e de colaboração entre os participantes. Todavia, quando há baixa motivação entre os membros, seja por frustração ou por barreiras à satisfação das necessidades individuais, o clima organizacional tende a baixar.

60 Cultura Organizacional O clima organizacional baixo é caracterizado por estados de desinteresses, apatia, insatisfação, depressão, podendo, em casos extremos, chegar a estados de inconformidade, agressividade, tumulto, típicos de situações em que os membros se defrontam aberta e ostensivamente contra a organização (como nos casos de greves, piquetes etc.) O conceito de clima organizacional traduz a influência ambientai sobre a motivação dos participantes. Assim, ele pode ser descrito como a qualidade ou propriedade do ambiente organizacional que é percebida ou experimentada pelos membros da organização e que influencia seu comportamento,

61 Cultura Organizacional O termo refere-se especificamente às propriedades motivacionais do ambiente organizacional, ou seja, aos aspectos da organização que provocam diferentes tipos de motivação em seus participantes. O clima organizacional é alto e favorável em situações que proporcionam satisfação das necessidades pessoais e elevação do moral. É baixo e desfavorável em situações que proporcionam a frustração daquelas necessidades. No fundo, o clima organizacional influencia o estado motivacional das pessoas e é por ele influenciado: é como se houvesse uma retroação recíproca entre o estado motivacional das pessoas e o clima organizacional

62 Cultura Organizacional E quais são as Vantagens e Desvantagens do clima organizacional?

63 Cultura Organizacional Vantagens....tende a evitar o surgimento de problemas internos, reduzindo o nível de conflitos;....desenvolve uma imagem clara sobre a organização;.....proporciona um senso de identidade aos membros de uma organização.....demarca claramente as diferenças entre diferentes organizações.....possibilita melhor controle pela gestão;....Uma cultura adaptativa permite uma melhor adaptação da organização ao meio;....favorece o comprometimento dos colaboradores com a organização.

64 Cultura Organizacional Desvantagens:....Uma cultura forte pode dificultar os processos de mudança e adaptação da organização, fazendo com que as pessoas não aceitem bem os processos de mudança;....Uma cultura forte pode dificultar a aceitação da diversidade na organização

65 Cultura Organizacional Relembrando e treinando QUESTÃO 26 (FCC TRT - 23ª REGIÃO (MT) - Analista Judiciário - Área Administrativa) Schein (1992) propõe que a cultura organizacional seja analisada sob três camadas: artefatos; valores compartilhados e pressuposições básicas. Os valores compartilhados a) são pressuposições importantes, as quais devem ser seriamente consideradas pelos gestores de modo geral. Tais contribuições podem modificar positivamente o alcance dos resultados. b) indicam as verdades implícitas que o conjunto dos membros da corporação compartilham. Tais verdades surgem em decorrência das experiências compartilhadas. c) exercem funções essenciais no quadro funcional da organização. Tal processo pode representar um intenso mecanismo de motivação para as pessoas que se encontram inseridas naquela cultura. d) são os padrões de comportamento facilmente detectados no trabalho cotidiano das pessoas da organização. Eles é que exercem uma ligação com a ideia de que todos fazemos parte de um grupo de trabalho. e) modificam sobremaneira a maneira de pensar dos colaboradores, que passam juntos a desenvolver crenças idênticas e que favorecem a construção de uma identidade corporativa. Esta identidade é que estabelecerá o tipo de cultura que a empresa desenvolverá.

66 Cultura Organizacional COMENTÁRIOS: Segundo o autor as três camadas são: Artefatos: primeira camada representada pelas atitudes visíveis das pessoas da organização (padrões de comportamento); Valores compartilhados: segunda camada, exercem funções essenciais no quadro funcional da organização, pode representar um intenso mecanismo de motivação para as pessoas (crenças); e Pressuposições básicas: diz respeito à camada mais profunda da análise cultural (valores), aspecto subjetivo da cultura, formado pela informalidade, a qual é construída com base nas experiências

67 Cultura Organizacional Analisando as assertivas : a) Alternativas incorreta. Pressuposições básicas é que são pressuposições importantes, as quais devem ser seriamente consideradas pelos gestores de modo geral. Tais contribuições podem modificar positivamente o alcance dos resultados. Remete a PRESSUPOSIÇÕES BÅSICAS b) Alternativas incorreta. Novamente são as pressuposições básicas que indicam as verdades implícitas que o conjunto dos membros da corporação compartilham. Tais verdades surgem em decorrência das experiências compartilhadas. c) Alternativas correta. d) Alternativas incorreta. São os artefatos que são os padrões de comportamento facilmente detectados no trabalho cotidiano das pessoas da organização. Eles é que exercem uma ligação com a ideia de que todos fazemos parte de um grupo de trabalho. e) Alternativas incorreta. Novamente são artefatos que modificam sobremaneira a maneira de pensar dos colaboradores, que passam juntos a desenvolver crenças idênticas e que favorecem a construção de uma identidade corporativa. Esta identidade é que estabelecerá o tipo de cultura que a empresa desenvolverá. GABARITO DA QUESTÃO: LETRA “C”.

68 Cultura Organizacional QUESTÃO 27 (FCC TRF - 1ª REGIÃO - Analista Judiciário - Área Administrativa) Com relação à cultura organizacional de uma empresa, considere as afirmativas abaixo : I.Artefatos são os indícios visíveis, materiais ou simbólicos, da cultura da empresa. II. O terceiro nível da cultura corporativa são as crenças inconscientes nas quais todos os membros acreditam. III. Premissas básicas são como os membros se comportam, interagem e trabalham no cotidiano da organização. IV. Cerimônias e eventos são rituais, de caráter positivo ou negativo, que reforçam as normas e enfatizam o que é importante para a organização. V. O poder numa organização depende apenas do controle das estruturas formais da organização. Está correto o que se afirma SOMENTE em: a) I e IV. b) II e III. c) I, II, III e V. d) I, II e IV. e) III, IV e V.

69 Cultura Organizacional Vamos as assertivas: Resposta letra D I- CORRETO II-CORRETO III-ERRADO, como os membros se comportam, interagem e trabalham são artefatos, indicam visual e auditivamente como é a cultura da organização IV-CORRETO V- ERRADO depende das estruturas formais, informais, hierarquias e etc. GABARITO DA QUESTÃO: LETRA “D”.

70 Cultura Organizacional QUESTÃO 28 (FCC MPE-SE - Analista do Ministério Público – Especialidade Administração) Valores, ritos, mitos e tabus são componentes a)das variáveis estratégicas não controláveis. b) dos objetivos e metas. c) do planejamento estratégico organizacional. d) da gestão por competências. e) da cultura organizacional. COMENTÁRIOS: Tranquilo não é mesmo!!!! Valores, ritos, mitos e tabus são componentes da cultura organizacional. GABARITO DA QUESTÃO: LETRA “E”.

71 Cultura Organizacional QUESTÃO 29 (FCC TRT - 4ª REGIÃO (RS) - Analista Judiciário - Área Administrativa) Com relação ao conceito de cultura organizacional é correto afirmar que ela a)é o resultado de um acordo entre líderes e colaboradores que se expressa em normas formais que todos os membros da organização devem cumprir. b) expressa-se através de rituais, mitos, hábitos e crenças compartilhadas pelos membros de uma organização. c) resulta de um longo processo de adaptação às influências ambientais. As mudanças na cultura da organização dependem de mudanças nos fatores externos. d) expressa os valores e o estilo de ação dos seus líderes e são necessariamente incorporados pelos subordinados. e) refere-se ao conjunto de competências, atribuições e tarefas que se expressam em normas e regulamentos, e definem o tipo de visão, missão e estratégias de uma organização

72 Cultura Organizacional COMENTÁRIOS: A cultura organizacional é formada por seus valores éticos e morais, princípios, crenças, políticas internas e externas, sistemas, e clima organizacional. São “regras” que todos os membros dessa organização devem seguir e adotar como diretrizes e premissas para guiar seu trabalho. Cultura pode ser definida como um modelo de suposições básicas que os grupos inventam, descobrem ou desenvolvem com a experiência para enfrentar seus problemas A cultura organizacional envolve artefatos (padrões de comportamento), valores compartilhados (crenças) e pressupostos (valores, verdades). Também pode conter componentes visíveis, que são sempre orientados pelos aspectos organizacionais, ou componentes ocultos, que são sempre orientados pela emoção e situações afetivas. GABARITO DA QUESTÃO: LETRA “B”.

73 Cultura Organizacional E a cultura empresarial? É o conjunto dos valores, dos símbolos e sinais partilhados pelos membros de uma empresa e que marcam os seus comportamentos e as suas atitudes. Sobre ela agem tanto variáveis culturais externas como particularidades de cada empresa. É um conceito que se vulgarizou a partir de 1981, com a publicação de várias obras americanas relativas à excelência da gestão de certas empresas. Até 1985, coexistem duas orientações: a cultura como um dos elementos da empresa, ou seja, a empresa tem uma cultura, meio de aceder aos valores e comportamentos da mesma; a cultura como sinônimo da empresa, isto é, a empresa é uma cultura, sistema de conhecimentos e de valores a interpretar por cada um dos seus membros. É esta segunda que se tem imposto ultimamente.

74 Cultura Organizacional A cultura de empresa é aquele pequeno nada que faz com que toda a gente se reveja no todo ou na parte da sua atividade, nos membros, na publicidade e nos produtos. Não se decreta, vive-se. Ela recolhe e divulga os princípios, os valores e os objetivos da empresa. Entre os seus objetivos conta-se a homogeneização do espírito comum do grupo através da partilha de aspetos como a comunicação, a integração, a motivação e a animação.

75 Cultura Organizacional QUESTÃO 30 (FUNRIO SEBRAE-PA - Analista Técnico – Logística) Cada organização empresarial é um universo peculiar, possui características próprias, diferindo-se de todas as demais. Estas diferenças envolvem recursos físicos, localização geográfica, estilo de liderança, tradição etc. O sistema de valores, crenças, normas e hábitos compartilhados que rege a interação dos elementos de uma organização, denomina-se a)Desenvolvimento organizacional. b)Clima organizacional. c)Estilo de liderança. d)Psicologia industrial. e)Cultura organizacional.

76 Cultura Organizacional COMENTÁRIOS: Segue perfeitamente o conceito de Cultura organizacional: é o conjunto de hábitos e crenças, estabelecidos por normas, valores, atitudes e expectativas, compartilhado por todos os membros da organização. GABARITO DA QUESTÃO: LETRA “E”.

77 Cultura Organizacional QUESTÃO 31 (FCC Sergipe Gás S.A. - Assistente Técnico Administrativo – RH) [...] conjunto de premissas que um grupo aprendeu a aceitar, como resultado da solução de problemas de adaptação ao ambiente e de integração interna. [...] funcionam suficientemente bem para serem consideradas válidas e podem ser ensinadas a novos integrantes como sendo a forma correta de perceber, pensar e sentir-se em relação a esses problemas de adaptação externa e integração interna. Trata-se de a)Estrutura organizacional. b)Cultura organizacional. c)Clima organizacional. d)Planejamento organizacional. e)Mudança organizacional.

78 Cultura Organizacional COMENTÁRIOS: A cultura organizacional, é definida por Edgar Schein como um conjunto de premissas que um grupo aprendeu a aceitar, como resultado da solução de problemas de adaptação ao ambiente e de integração interna. Essas premissas funcionam suficientemente bem para serem consideradas válidas e podem ser ensinadas a novos integrantes como sendo a forma correta de perceber, pensar e sentir-se em relação a esses problemas de adaptação externa e integração interna. (SCHEIN, 1985, apud MAXIMIANO, 2007, p.440.) Uma forte cultura organizacional dá direção à empresa e também fornece direção aos funcionários ao ajudar a formar uma compreensão clara acerca do modo como as coisas se procedem na organização, além de oferecer estabilidade. GABARITO DA QUESTÃO: LETRA “B”

79 Cultura Organizacional QUESTÃO 32 (CESPE TJ-RO - Analista Judiciário – Administração) Assinale a opção que apresenta aspecto da cultura organizacional influenciado pelas ações voltadas a modificar crenças, preconceitos ideológicos e julgamentos de integrantes de uma organização. a)hábito b)símbolo c)artefato d)valor e)cerimônia

80 Cultura Organizacional COMENTÁRIOS: A cultura organizacional ou cultura corporativa é o conjunto de hábitos e crenças estabelecidos através de normas, valores, atitudes e expectativas compartilhados por todos os membros da organização. Ela refere-se ao sistema de significados compartilhados por todos os membros e que distingue uma organização das demais. Constitui o modo institucionalizado de pensar e agir que existe em uma organização. Componentes da cultura organizacional

81 Cultura Organizacional Artefatos: Constituem o primeiro nível da cultura, o mais superficial, visível e perceptível. Artefatos são as coisas concretas que cada um vê, ouve e sente quando se depara com uma organização. Incluem os produtos, serviços, e os padrões, de comportamento dos membros de uma organização. Quando se percorre os escritórios de uma organização, pode-se notar como as pessoas se vestem, como elas falam, sobre o que conversam, como se comportam, o que são importantes e relevantes para elas. Valores compartilhados: Constituem o segundo nível da cultura. São os valores relevantes que se tornam importantes para as pessoas e que definem as razões pelas quais elas fazem o que fazem. Funcionam como justificativas aceitas por todos os membros. Pressuposições básicas: Constituem o nível mais íntimo, profundo e oculto da cultura organizacional. São as crenças inconscientes, percepções, sentimentos e pressuposições dominantes nos quais as pessoas acreditam.

82 Cultura Organizacional Os funcionários aprendem a cultura organizacional através de várias formas, como histórias, rituais, símbolos materiais e linguagem. Histórias: Contos e passagens sobre o fundador da companhia, lembranças, sobre dificuldades ou eventos especiais, regras de conduta, corte e recolocação de funcionários. Rituais e Cerimoniais: São sequências repetitivas de atividades que expressam e reforçam os valores principais da organização Símbolos Materiais: A arquitetura do edifício, as salas e mesas, o tamanho e arranjo físico dos escritórios constituem símbolos materiais que definem o grau de igualdade ou diferenciação entre as pessoas e o tipo de comportamento ( como assumir riscos ou seguir a rotina, autoritarismo ou espírito democrático, estilo participativo ou individualismo, atitude conservadora ou inovadora) desejado pela organização. Linguagem: Muitas organizações e mesmo unidades dentro das organizações utilizam a linguagem como um meio de identificar membros de uma cultura ou subcultura. GABARITO DA QUESTÃO: LETRA “D”.

83 Cultura Organizacional QUESTÃO 33 (FCC MPE-AP - Analista Ministerial – Administração) A cultura organizacional pode ser tratada como uma variável. De acordo com Edgar Schein, a organização integra elementos formais e informais. Por elemento formal entende-se a)a cultura oficial da organização. b)subculturas dos membros da organização. c)visões de mundo dos membros da organização. d) a cultura dos parceiros externos. e) a subcultura não oficial da organização.

84 Cultura Organizacional COMENTÁRIOS: Cultura organizacional é definida como o conjunto de crenças, expectativas, valores e maneiras de fazer as coisas que, consciente ou inconscientemente, cada organização vai adotando e acumulando, e passa a condicionar fortemente o pensamento e o comportamento dos seus membros. Pode-se concluir da definição de cultura organizacional como produto do aprendizado pela experiência comum de um grupo que pode haver 'culturas' diferentes em uma organização, distinguindo cada grupo dentro de uma cultura mais ampla. A cultura diz respeito ao caráter mais profundo da organização, envolvendo suas origens, o processo de definição de seus valores básicos e a modelagem de seus padrões culturais.

85 Cultura Organizacional ASPECTOS FORMAIS E ABERTOS (VISÍVEIS):- estrutura organizacional, - descrição de cargos, - objetivos e estratégias, - tecnologia e práticas operacionais e - políticas e diretrizes de pessoal, - métodos e procedimentos, - medidas de produtividade física e financeira. Tal como em um iceberg, os ASPECTOS FORMAIS ficam na parte visível e envolvem políticas e diretrizes, métodos e procedimentos, objetivos, estrutura organizacional e tecnologia adotada.

86 Cultura Organizacional ASPECTOS INFORMAIS E OCULTOS (FORA DE VISÃO):- padrões de influenciação e de poder, - percepções e atitudes das pessoas, - sentimentos e normas de grupos, - valores e expectativas, - padrões de interações informais, - normas grupais e - relações afetivas. Os ASPECTOS INFORMAIS ficam ocultos na parte inferior do iceberg e envolvem percepções, sentimentos, atitudes, valores, interações informais e normas grupais. Os aspectos informais são mais difíceis de compreender e interpretar, como também de mudar ou sofrer transformações. A cultura da organização não é estática e permanente, mas sofre alterações com o tempo, dependendo de condições internas ou externas. GABARITO DA QUESTÃO: LETRA “A”.

87 Cultura Organizacional QUESTÃO 34 (CESGRANRIO Petrobrás - Administrador Júnior) Em uma construtora, os colaboradores passam por um processo de absorção da cultura organizacional desde o momento de ingresso, por meio de sequências repetitivas de atividades que expressam e reforçam os valores principais da organização. A que mecanismo(s) os colaboradores são expostos? a)Histórico. b)Linguagem. c)Personalização. d)Símbolos materiais. e)Rituais e cerimônias.

88 Cultura Organizacional COMENTÁRIOS: Rituais e cerimônias : São sequências repetitivas de atividades que expressam e reforçam os valores principais da organização. As cerimônias de fim de ano e as comemorações do aniversário da organização são rituais que aproximam e reúnem a totalidade dos funcionários para motivar e reforçar aspectos da cultura da organização, bem como reduzir os conflitos. GABARITO DA QUESTÃO: LETRA “E”.

89 Cultura Organizacional QUESTÃO 35 (CESGRANRIO BACEN - Analista do Banco Central - Área 4). Entre os elementos da cultura organizacional, encontra-se a forma como as pessoas se vestem no ambiente de trabalho. Mesmo quando não existe um código de vestuário específico, os membros da organização tendem a se vestir de forma similar, refletindo a cultura. A que elemento da cultura organizacional se refere esse comentário? a)Ritual b)Símbolo c)Valor d)Norma e)Política

90 Cultura Organizacional COMENTÁRIOS: a)Ritos, rituais e cerimônias – São os eventos, em geral, que ocorrem dentro da organização e fazem com que a cultura se torne mais visível. São exemplos: as festinhas de aniversariantes do mês, a premiação de um ou mais funcionários pelo destaque na atividade exercida, etc. b) Símbolo - Significam comprometimentos fundamentais da organização e auxiliam a comunicar esses comprometimentos aos membros da organização, bem como ao público em geral. Vão desde o logotipo até a mobília da empresa. [Inclui-se aí o padrão de vestimenta dos funcionários].

91 Cultura Organizacional c) Valor - Trata-se do que a empresa entende como atitudes primordiais para o sucesso. É tida como a essência da filosofia da empresa e promove o direcionamento comum aos funcionários. Temos como exemplo: a credibilidade, satisfação do cliente, transparência, etc. d) Norma - São as regras escritas que ditam o comportamento considerado correto pela empresa e que deve ser seguido pelos seus funcionários e) Política - Não achei nenhuma fonte que desse "política" como elemento. se alguém puder colaborar.. GABARITO DA QUESTÃO: LETRA “B”.

92 Cultura Organizacional QUESTÃO 36 (FUNDAÇÃO DOM CINTRA MAPA - Agente Administrativo) Considere o conceito: “significa um modo de vida, um sistema de crenças e valores, uma forma aceita de interação e de relacionamento típica de determinada organização”. Segundo Beckhard, é o conceito de: a)sistema organizacional; b)desenvolvimento organizacional; c)cultura organizacional; d)clima organizacional; e)prática organizacional.

93 Cultura Organizacional COMENTÁRIOS: Colocamos várias questões parecidas para abranger o máximo o que costuma ser cobrado. Cultura Organizacional se refere a um sistema de valores, compartilhado pelos membros de uma organização e que difere de uma para outra. Ela é composta pelos seguintes níveis: 1)Artefatos visíveis; 2)Padrões; 3)Valores e crenças e 4)Artefatos invisíveis. GABARITO DA QUESTÃO: LETRA “C”.

94 Cultura Organizacional QUESTÃO 37 (CESGRANRIO BNDES - Profissional Básico – Administração) "O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) é uma empresa pública federal que tem por missão contribuir para o desenvolvimento econômico e social do País. Essa característica eleva o grau de responsabilidade de seus administradores e empregados quanto à lisura e transparência na condução dos negócios da Instituição." Disponível em: A passagem retrata a importância da cultura organizacional para o processo de gestão cuja essência, pelo texto, é compreendida pela forma como a)a empresa cuida da gestão de seu negócio, envolvendo todos os colaboradores. b) a empresa conduz e valoriza seus conceitos e propósitos organizacionais. c)a empresa administra e cultua seus valores organizacionais. d)as pessoas, hierarquicamente, valorizam os propósitos e valores organizacionais. e)os dirigentes conduzem internamente os valores e as premissas organizacionais.

95 Cultura Organizacional COMENTÁRIOS: Pessoal, a questão fala de Cultura Organizacional. E na verdade, quando se fala em cultura, esta se falando em hábitos, crenças, e valores da organização, que são passados aos colaboradores.... Ou seja, a resposta tem que envolver os 'colaboradores', que são os funcionários da empresa, isto é, aqueles funcionários que contribuem para o desenvolvimento da organização. A única alternativa que trata dos colaboradores, é a letra 'A'... portanto esse é uma visão que se deve ter da cultura. Esse envolvimento da organização com seus colaboradores! GABARITO DA QUESTÃO: LETRA “A”.

96 Cultura Organizacional QUESTÃO 38 (CESGRANRIO IBGE - Agente Censitário) "Cultura organizacional representa as normas informais e não escritas que orientam o comportamento dos membros de uma organização no dia-a-dia e que direcionam suas ações para a realização dos objetivos organizacionais." CHIAVENATO, Idalberto. 2004, p.100. Tendo por base esse conceito, constituem aspectos visíveis da cultura organizacional: a)medidas de produtividade e procedimentos de trabalho. b)padrões de influência e estruturas de poder. c)percepções e atitudes das pessoas. d)sentimentos e normas grupais. e)valores e expectativas.

97 Cultura Organizacional COMENTÁRIOS: A cultura organizacional interfere visivelmente as medidas de produtividade pois proporciona um referencial de padrões de desempenho entre funcionários, influenciando a pontualidade, produtividade e a preocupação com a qualidade e serviço ao cliente. A cultura organizacional interfere visivelmente os procedimentos de trabalho pois a organização geralmente usa o seu conhecimento cultural para dar respostas a questões do seu dia-a-dia GABARITO DA QUESTÃO: LETRA “A”.

98 Cultura Organizacional QUESTÃO 39 (CESGRANRIO Banco do Brasil - Nível Superior - Conhecimentos Básicos - Todos os Cargos) A cultura organizacional é composta por diversos elementos construídos ao longo do tempo. A cultura organizacional absorve as mudanças e a evolução ocorridas na empresa; por isso, cada organização possui a sua própria cultura. A cultura organizacional é formada por a)componentes relativos aos aspectos mercadológicos definidos pelo setor no qual a empresa atua. b)estratégias estabelecidas pelo nível institucional da empresa que decorrem das relações interpessoais nela existentes. c)dimensões do ambiente macroeconômico, definidas pelos concorrentes dos mercados interno e externo. d)estruturas organizacionais determinadas pelo setor econômico em que a empresa atua e pelas relações comerciais estabelecidas. e)elementos que são fruto das relações, experiências, dos conhecimentos e aspectos que têm participação e interação das pessoas da organização.

99 Cultura Organizacional COMENTÁRIOS: Segundo Sheen apud Robbins (2007), cultura é um conjunto de premissas que um grupo aprendeu a aceitar como resultado da solução de problemas de adaptação ao ambiente e de integração interna. Essas premissas funcionam suficientemente bem para serem consideradas validas e podem ser ensinadas a novos integrantes como a forma correta de perceber repensar e sentir-se em relação a esses problemas de adaptação externa e integração interna Gabarito da questão: LETRA E

100 Cultura Organizacional QUESTÃO 40 (CESGRANRIO Banco do Brasil – Escriturário) A cultura é aprendida, transmitida e partilhada. É resultante de um aprendizado por condicionamento social. Ela é construída ao longo do tempo. Em termos empresariais, a cultura também é expressa na maneira como as coisas são feitas, como a empresa está estruturada, etc. Dessa forma, a cultura organizacional cria o(a) a)abordagem sistêmica da administração b)identidade organizacional c)público-alvo da empresa d)cenário do macroambiente organizacional e)relação entre o ambiente externo e o grau de incerteza interno

101 Cultura Organizacional COMENTÁRIOS: A Cultura Organizacional é o conjunto de crenças, valores, rituais, bem como a missão e visão que caracterizam a organização. Ela é complexa e única, além disso, é difícil de ser modificada, mas não impossível. Possuí elementos informais e formais, tbm é dividida em artefatos, valores compartilhados e pressuposições básicas. Não confundir com Clima organizacional, que é temporário e fácil de ser modificado. O Clima é influenciado pela estrutura e condições de trabalho, bem como a atuação do chefe ou líder. Gabarito da Questão: LETRA B

102 Cultura Organizacional QUESTÃO 41 (CESGRANRIO Banco do Brasil - Nível Médio - Conhecimentos Básicos - Todos os Cargos) A cultura organizacional apresenta aspectos formais e informais, escritos e não escritos, sendo que os aspectos formais são relativos aos aspectos visíveis da organização, enquanto os aspectos informais se referem ao seu aspecto invisível. Constitui-se aspecto invisível da cultura organizacional: a)descrição de cargos b)estrutura organizacional c)autoridade e responsabilidade definidas d)percepção e atitudes das pessoas a)políticas e diretrizes estratégicas

103 Cultura Organizacional COMENTÁRIOS: É um conjunto de valores, crenças e normas compartilhadas pelos membros de uma organização. A cultura se comunica através de elementos simbólicos. Dentro de uma cultura organizacional existem aspectos visíveis e invisíveis. São eles: Aspectos Visíveis: Estrutura Organizacional, Descrição dos cargos, objetivos e estratégias, práticas utilizada, métodos de trabalho, política de pessoal, tecnologia etc. Aspectos Invisíveis: Padrões de influência e poder, percepção e atitude, sentimentos, valores e expectativas, relações afetivas, interação entre os grupos, estilo de liderança etc. Gabarito da Questão: Letra D

104 Cultura Organizacional QUESTÃO 42 (CESGRANRIO Banco do Brasil - Nível Médio - Conhecimentos Básicos - Todos os Cargos) As atividades realizadas em uma empresa diferem das realizadas nas demais empresas em função de diversos aspectos, sejam esses operacionais, culturais, mercadológicos, dentre outros. A cultura organizacional, que contribui ativamente para a diferenciação entre as organizações, é criada e preservada pelas pessoas que, juntas, formam a organização. Essa abordagem tem como base que a cultura organizacional é a)facilmente mudada b)relativa ao mercado c)construída socialmente d)estruturada no nível operacional e)desvinculada da história da organização

105 Cultura Organizacional COMENTÁRIOS: A cultura organizacional é construída socialmente e representa o ambiente da organização e traz uma referencia de padrões. Padrões os quais influenciam as atividades dos funcionários, bem como o nível de comprometimento destes para com a organização. Gabarito da Questão: Letra C

106 Cultura Organizacional QUESTÃO 43 (CESGRANRIO Banco do Brasil - Nível Médio - Conhecimentos Básicos - Todos os Cargos) Cada empresa constrói a cultura de acordo com os elementos que considera importantes para o seu negócio, com seus valores e suas crenças. Algumas empresas têm uma cultura bem sedimentada, com valores compartilhados por todos, não havendo grandes divergências em relação aos seus principais elementos. Uma empresa que apresenta tais características tem uma cultura a)adaptativa b)conservadora c)forte d)fraca e)psicossocial

107 Cultura Organizacional COMENTÁRIOS: Apesar da cultura organizacional criar a identidade organizacional, ela não é padronizada/única na organização. Na organização existe diversos tipos de cultura: Culturas adaptativas: Caracterizam-se pela sua maleabilidade e flexibilidade e são voltadas para a inovação e a mudança. São organizações que adotam e fazem constantes revisões e atualizações, em suas culturas adaptativas se caracterizam pela criatividade, inovação e mudanças. De um lado, a necessidade de mudança e a adaptação para garantir a atualização e modernização, e de outro, a necessidade de estabilidade e permanência para garantir a identidade da organização. O Japão, por exemplo, é um país que convive com tradições milenares ao mesmo tempo em que cultua e incentiva a mudança e a inovação constantes.

108 Cultura Organizacional Culturas conservadoras: Se caracterizam pela manutenção de ideias, valores, costumes e tradições que permanecem arraigados e que não mudam ao longo do tempo. São organizações conservadoras que se mantêm inalteradas como se nada tivesse mudado no mundo ao seu redor. Culturas fortes: Seus valores são compartilhados intensamente pela maioria dos funcionários e influencia comportamentos e expectativas. Empresas como IBM, 3M, Merk, Sony, Honda, estão entre aquelas que ostentam culturas fortes. Culturas fracas: São culturas mais facilmente mudadas. Como exemplo, seria uma empresa pequena e jovem, como está no início, é mais fácil para a administração comunicar os novos valores, isto explica a dificuldade que as grandes corporações tem para mudar sua cultura. GABARITO DA QUESTÃO: LETRA C

109 Cultura Organizacional QUESTÃO 44 (CESGRANRIO Banco do Brasil – Escriturário) A cultura de uma organização está representada pelos padrões de comportamento, hábitos, tradições e relacionamentos compartilhados entre seus membros. Existem vários elementos que compõem a cultura organizacional, condicionando e, de certa forma, direcionando o desempenho das pessoas. Um desses elementos e sua respectiva descrição estão apresentados em: a) poder formal – expresso na comunicação assistemática, possibilitando relações de ajuda, compadrios e boatos, elementos existentes em todas as organizações. b) mitos e tabus – elementos importantes para realizar, manter a imagem da organização e imprimir nas ações das pessoas o nível de sucesso organizacional desejado. c) conjunto de normas – regras escritas ou não que direcionam a forma como as pessoas devem proceder em função dos objetivos da organização. d) fluxo de processos – regras de negócio estabelecidas para direcionar o relacionamento da empresa com os clientes, de maneira formal. e) crenças e valores – referem-se às proibições impostas aos membros da organização e orientações relativas a fatos já ocorridos na organização e que são tidos como inquestionáveis

110 Cultura Organizacional COMENTÁRIOS: ementos da cultura organizacional: Valores – Trata-se do que a empresa entende como atitudes primordiais para o sucesso. É tida como a essência da filosofia da empresa e promove o direcionamento comum aos funcionários. Temos como exemplo: a credibilidade, satisfação do cliente, transparência, etc. Estórias e mitos – São os “contos” que você ouve a respeito de fatos – reais ou não – que ocorreram na empresa, narrados por pessoas mais antigas na organização. Crenças e pressupostos – Refere-se ao que é tido como verdadeiro pela empresa, as percepções de mundo, que são validadas com o tempo. Ritos, rituais e cerimônias – São os eventos, em geral, que ocorrem dentro da organização e fazem com que a cultura se torne mais visível. São exemplos: as festinhas de aniversariantes do mês, a premiação de um ou mais funcionários pelo destaque na atividade exercida, etc.

111 Cultura Organizacional Heróis – Tratam-se das pessoas que fizeram e/ou fazem história dentro da organização através de ações que fortaleceram a mesma. São eles que personificam os valores adotados pela empresa. Podemos citar diversos exemplos de heróis: Antônio Ermínio de Moraes, da Votorantin; Jack Welch, da GE e Ulisses Tapajós Neto, presidente da MASA. Tabus – É tudo o que tido como não é permitido dentro da empresa. Existem organizações, por exemplo que vetam a contratação de pessoas da mesma família, namoro entre colegas de trabalho, etc. Normas – São as regras escritas que ditam o comportamento considerado correto pela empresa e que deve ser seguido pelos seus funcionários. Símbolos – Vão desde o logotipo até a mobília da empresa. A bandeira nacional é um símbolo da República Federativa do Brasil, por exemplo Gabarito da Questão: Letra C

112 Cultura Organizacional QUESTÃO 45 (CESGRANRIO Banco do Brasil - Nível Superior - Conhecimentos Básicos - Todos os Cargos) A cultura existente em uma empresa pode ser fator agregador ou desagregador, dependendo de sua homogeneidade e de sua aceitação pelos seus componentes. Para a empresa, a existência de uma cultura forte constitui-se em vantagem porque a)a divergência existente entre os valores compartilhados facilita a adaptação às necessidades dos ambientes interno e externo. b) b) a necessidade de se estabelecerem limites rígidos gera a criação de regras e regulamentos visando à orientação do comportamento dos empregados. c)c) o comportamento dos empregados é individualizado, não havendo, portanto, influência coletiva sobre as atitudes adotadas na empresa por cada um de seus membros. d) d) os empregados, ao compartilharem normas, valores e percepções comuns estabelecem com a empresa um compromisso que se sobrepõe ao interesse individual. e)e) os novos funcionários levarão mais tempo para a sua socialização, estabelecendo, assim, maior segurança para os antigos

113 Cultura Organizacional COMENTÁRIOS: CULTURAS FORTES: Seus valores são compartilhados intensamente pela maioria dos funcionários e influencia comportamentos e expectativas. EMPRESAS FRACAS: São culturas mais facilmente Mudadas. Seria por exemplo uma empresa pequena e jovem, como está no início, é Mais fácil para a administração comunicar os novos valores, isto explica a Dificuldade que as grandes corporações têm para mudar sua cultura. Gabarito da questão: D

114 Cultura Organizacional QUESTÃO 46 (CESGRANRIO Banco do Brasil - Nível Superior - Conhecimentos Básicos - Todos os Cargos) Um candidato a uma vaga em uma empresa do setor financeiro está analisando uma proposta recebida. Para ajudar a decidir se aceitará ou não o emprego, ele está pesquisando alguns elementos da cultura dessa empresa. O conhecimento da cultura da organização para a aceitação de um emprego é importante porque permite que o candidato a)avalie a compatibilidade de seus valores e seus objetivos em relação àqueles vigentes na empresa b)b) verifique a possibilidade de receber aumentos salariais de acordo com o plano de carreira da empresa c)c) identifique a possibilidade de liderar a formação de grupos para reivindicar melhorias para os empregados. d)d) estabeleça os parâmetros necessários para que sua remuneração atenda às suas necessidades pessoais. e) e) conheça a sua posição na estrutura organizacional e, consequentemente, a facilidade para obter vantagens

115 Cultura Organizacional COMENTÁRIOS: As organizações precisam fazer com que todo o seu contingente desenvolva uma visão responsável, um compromisso real com esta. Isso só é possível através dessa percepção de que todos fazem parte de um sistema. Quando uma parte não funciona bem todo esse sistema é abalado. As culturas organizacionais estão significativamente correlacionadas (de modo positivo) com o comportamento da liderança e com a satisfação com o trabalho, e o comportamento da liderança esteve significativamente correlacionado (de modo positivo) com a satisfação com o trabalho. Assim, é importante o conhecimento da cultura para que o futuro empregado avalie se esta é compatível com a cultura do mesmo. GABARITO DA QUESTÃO: A

116 Cultura Organizacional Resumo: Algumas Definições de Cultura Organizacional 1) Cultura é o modo como as coisas são feitas na empresa (Deal e Kenney, 1982); 2)Um produto do consenso ao invés do resultado precário de processos contínuos de contestação e força (Knights e Willmott, 1987); 3) A soma, em momentos particulares, de soluções para contradições organizacionais derivadas das diferenças entre ações e percepções de grupos de interesse (Lucas, 1987); 4) O produto de uma adaptação bem sucedida da empresa ao ambiente (Gordon, 1991); 5) É um aspecto suave da organização que está constantemente na mente de seus membros, e que é usada por eles para dar sentido aos seus movimentos (Rollinson e Broadfield, 2002);

117 Cultura Organizacional 6) Um padrão básico de hipóteses, de suposições consideradas válidas, que são ensinadas a novos membros como sendo a forma de entender, pensar e sentir na organização (Nelson e Quick, 2003). 7) Cultura é normalmente definida como a cola social e normativa que segura a organização unida, (Siehl e Martin, 1981 apud Smircich, 1983; Tichy, 1982 apud Smircich, 1983). Expressa os valores ou idéias sociais e crenças que os membros da organização vêm a compartilhar (Louis, 1980 apud Smircich, 1983). Esses valores ou padrões são manifestados através de artifícios simbólicos como mitos, rituais, histórias, lendas e linguagem própria; 8) As definições de cultura variam conforme a perspectiva considerada. Sob a perspectiva cognitiva, cultura é um sistema de cognições compartilhadas, ou um sistema de crenças e conhecimento; e é gerada pela mente humana como meio para um finito número de regras ou lógicas inconscientes, (Rossi e O´Higgins, 1980 apud Smircich 1983). Sob a perspectiva simbólica a cultura é tratada como um sistema de símbolos e significados compartilhados, que precisa ser interpretada, lida ou decifrada para ser entendida (Smircich, 1983). A perspectiva estrutural e psicodinâmica observa a cultura como a expressão do processo psicológico inconsciente (Smircich, 1983).

118 Cultura Organizacional 9 ) As filosofias, ideologias, valores, pressupostos, crenças, expectativas, atitudes e normas que unem uma empresa (Kilmann, Saxton e Serpa, 1986); 10) Um conjunto complexo de valores, crenças, pressupostos e símbolos que define o modo através do qual a firma conduz seus negócios (Barney, 1985); 11) A programação mental coletiva que distingue os membros de uma organização dos membros de outra (Hofstede, 1998a). E presume-se que resida na mente de todos os membros da organização, não somente nas mentes dos gestores e principais executivos (Hofstede, 1998b); 12) Cultura pode ser representada por práticas disseminadas e consistentes. Isso se baseia nos seguintes argumentos: se práticas reportadas são consistentes em todos os diferentes níveis, devem ter uma origem que permeie toda a companhia. Tal origem pode ser nas as crenças dos fundadores, na cultura nacional, nas pressões da indústria. Se cultura consiste de pressupostos e crenças de como gerir e como competir, seria estranho não encontrar práticas amplamente empregadas que advenham de tais crenças. Ações são baseadas em o que as pessoas acreditam ser a melhor coisa a fazer em dada circunstância (Christensen e Gordon, 1999)

119 Cultura Organizacional

120 QUESTÃO 46 (CESGRANRIO Banco do Brasil - Nível Superior - Conhecimentos Básicos - Todos os Cargos) Um candidato a uma vaga em uma empresa do setor financeiro está analisando uma proposta recebida. Para ajudar a decidir se aceitará ou não o emprego, ele está pesquisando alguns elementos da cultura dessa empresa. O conhecimento da cultura da organização para a aceitação de um emprego é importante porque permite que o candidato a) avalie a compatibilidade de seus valores e seus objetivos em relação àqueles vigentes na empresa b) verifique a possibilidade de receber aumentos salariais de acordo com o plano de carreira da empresa c) identifique a possibilidade de liderar a formação de grupos para reivindicar melhorias para os empregados. d) estabeleça os parâmetros necessários para que sua remuneração atenda às suas necessidades pessoais. e) conheça a sua posição na estrutura organizacional e, consequentemente, a facilidade para obter vantagens

121 Cultura Organizacional QUESTÃO 45 (CESGRANRIO Banco do Brasil - Nível Superior - Conhecimentos Básicos - Todos os Cargos) A cultura existente em uma empresa pode ser fator agregador ou desagregador, dependendo de sua homogeneidade e de sua aceitação pelos seus componentes. Para a empresa, a existência de uma cultura forte constitui-se em vantagem porque a) a divergência existente entre os valores compartilhados facilita a adaptação às necessidades dos ambientes interno e externo. b) a necessidade de se estabelecerem limites rígidos gera a criação de regras e regulamentos visando à orientação do comportamento dos empregados. c) o comportamento dos empregados é individualizado, não havendo, portanto, influência coletiva sobre as atitudes adotadas na empresa por cada um de seus membros. d) os empregados, ao compartilharem normas, valores e percepções comuns estabelecem com a empresa um compromisso que se sobrepõe ao interesse individual. e) os novos funcionários levarão mais tempo para a sua socialização, estabelecendo, assim, maior segurança para os antigos

122 Cultura Organizacional QUESTÃO 44 (CESGRANRIO Banco do Brasil – Escriturário) A cultura de uma organização está representada pelos padrões de comportamento, hábitos, tradições e relacionamentos compartilhados entre seus membros. Existem vários elementos que compõem a cultura organizacional, condicionando e, de certa forma, direcionando o desempenho das pessoas. Um desses elementos e sua respectiva descrição estão apresentados em: a) poder formal – expresso na comunicação assistemática, possibilitando relações de ajuda, compadrios e boatos, elementos existentes em todas as organizações. b) mitos e tabus – elementos importantes para realizar, manter a imagem da organização e imprimir nas ações das pessoas o nível de sucesso organizacional desejado. c) conjunto de normas – regras escritas ou não que direcionam a forma como as pessoas devem proceder em função dos objetivos da organização. d) fluxo de processos – regras de negócio estabelecidas para direcionar o relacionamento da empresa com os clientes, de maneira formal. e) crenças e valores – referem-se às proibições impostas aos membros da organização e orientações relativas a fatos já ocorridos na organização e que são tidos como inquestionáveis

123 Cultura Organizacional QUESTÃO 43 (CESGRANRIO Banco do Brasil - Nível Médio - Conhecimentos Básicos - Todos os Cargos) Cada empresa constrói a cultura de acordo com os elementos que considera importantes para o seu negócio, com seus valores e suas crenças. Algumas empresas têm uma cultura bem sedimentada, com valores compartilhados por todos, não havendo grandes divergências em relação aos seus principais elementos. Uma empresa que apresenta tais características tem uma cultura a) adaptativa b) conservadora c) forte d) fraca

124 Cultura Organizacional QUESTÃO 42 (CESGRANRIO Banco do Brasil - Nível Médio - Conhecimentos Básicos - Todos os Cargos) As atividades realizadas em uma empresa diferem das realizadas nas demais empresas em função de diversos aspectos, sejam esses operacionais, culturais, mercadológicos, dentre outros. A cultura organizacional, que contribui ativamente para a diferenciação entre as organizações, é criada e preservada pelas pessoas que, juntas, formam a organização. Essa abordagem tem como base que a cultura organizacional é a) facilmente mudada b) relativa ao mercado c) construída socialmente d) estruturada no nível operacional e) desvinculada da história da organização

125 Cultura Organizacional QUESTÃO 40 (CESGRANRIO Banco do Brasil – Escriturário) A cultura é aprendida, transmitida e partilhada. É resultante de um aprendizado por condicionamento social. Ela é construída ao longo do tempo. Em termos empresariais, a cultura também é expressa na maneira como as coisas são feitas, como a empresa está estruturada, etc. Dessa forma, a cultura organizacional cria o(a) a) abordagem sistêmica da administração b) identidade organizacional c) público-alvo da empresa d) cenário do macroambiente organizacional e) relação entre o ambiente externo e o grau de incerteza interno

126 Cultura Organizacional QUESTÃO 39 (CESGRANRIO Banco do Brasil - Nível Superior - Conhecimentos Básicos - Todos os Cargos) A cultura organizacional é composta por diversos elementos construídos ao longo do tempo. A cultura organizacional absorve as mudanças e a evolução ocorridas na empresa; por isso, cada organização possui a sua própria cultura. A cultura organizacional é formada por a) componentes relativos aos aspectos mercadológicos definidos pelo setor no qual a empresa atua. b) estratégias estabelecidas pelo nível institucional da empresa que decorrem das relações interpessoais nela existentes. c) dimensões do ambiente macroeconômico, definidas pelos concorrentes dos mercados interno e externo. d) estruturas organizacionais determinadas pelo setor econômico em que a empresa atua e pelas relações comerciais estabelecidas. e) elementos que são fruto das relações, experiências, dos conhecimentos e aspectos que têm participação e interação das pessoas da organização.

127 Cultura Organizacional QUESTÃO 23 (CESGRANRIO IBGE - Agente Censitário) "Cultura organizacional representa as normas informais e não escritas que orientam o comportamento dos membros de uma organização no dia-a-dia e que direcionam suas ações para a realização dos objetivos organizacionais." CHIAVENATO, Idalberto. 2004, p.100. Tendo por base esse conceito, constituem aspectos visíveis da cultura organizacional: a) medidas de produtividade e procedimentos de trabalho. b) padrões de influência e estruturas de poder. c) percepções e atitudes das pessoas. d) sentimentos e normas grupais. e) valores e expectativas.

128 Cultura Organizacional QUESTÃO 22 (CESGRANRIO BNDES - Profissional Básico – Administração) "O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) é uma empresa pública federal que tem por missão contribuir para o desenvolvimento econômico e social do País. Essa característica eleva o grau de responsabilidade de seus administradores e empregados quanto à lisura e transparência na condução dos negócios da Instituição." Disponível em: A passagem retrata a importância da cultura organizacional para o processo de gestão cuja essência, pelo texto, é compreendida pela forma como a) a empresa cuida da gestão de seu negócio, envolvendo todos os colaboradores. b) a empresa conduz e valoriza seus conceitos e propósitos organizacionais. c) a empresa administra e cultua seus valores organizacionais. d) as pessoas, hierarquicamente, valorizam os propósitos e valores organizacionais. e) os dirigentes conduzem internamente os valores e as premissas organizacionais.

129 Cultura Organizacional


Carregar ppt "CULTURA ORGANIZACIONAL Cultura Organizacional Prof. Antonio Carlos Grafietti Nossas aulas: Dia 04/02/15.......das 19:30 / 22:55 hs Dia 11/02/15.......das."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google