A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Caça Controlada “A cura real para os nossos problemas ambientais é entender que a nossa tarefa é salvar e recuperar a Mãe Natureza... Estamos enfrentando.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Caça Controlada “A cura real para os nossos problemas ambientais é entender que a nossa tarefa é salvar e recuperar a Mãe Natureza... Estamos enfrentando."— Transcrição da apresentação:

1

2 Caça Controlada “A cura real para os nossos problemas ambientais é entender que a nossa tarefa é salvar e recuperar a Mãe Natureza... Estamos enfrentando um inimigo formidável nessa área. São os caçadores... e convencê-los a deixar suas armas guardadas vai ser muito difícil”. Jacques Cousteau Rildo Silveira Created by Cruzília – MG – Brasil

3 Os defensores da caça dizem que ela serve para controlar as populações de animais silvestres, que de outra maneira aumentariam muito. Caçadores afirmam que suas práticas beneficiam suas vítimas, seus atos impedem a superpopulação, o que salvaria os animais de morrerem de fome: “uma bala limpa na cabeça é preferível a morrer lentamente de fome”. Os animais preferidos para a caça, como os cervos, são adaptados para sobreviver à escassez de comida ocasionais. Os mais jovens sofrem mais o impacto da fome, também os mais velhos e doentes. Mas os caçadores não procuram somente esses animais em risco de morrer de fome, eles vão atrás dos animais mais fortes e bonitos para obter o máximo de carne e um troféu mais atraente.

4 Eles restringem sua caça àquelas espécies que são atrativas pela sua carne ou como troféu. Se os caçadores estivessem realmente preocupados com a proteção da espécie contra a fome, então deveriam prestar seu “serviço” com os gambás e ratos. E a caça não se dá no período de escassez, como prevenção contra a fome, visto suas carcaças têm menos gordura, sendo menos interessantes aos consumidores de sua carne. Também, a caça seria impopular para os caçadores devido à neve, a lama e aos insetos. As chamadas políticas de “controle de população” são na verdade programas de eliminação dos predadores e criação artificial de habitats e recursos adicionais para o aumento da população da espécie caçada. Porque eliminar as espécies dos predadores naturais se eles seriam um mecanismo natural e ecologicamente eficiente para o controle da população dos cervos?

5 Porque tais atividades como queimadas, corte de árvores, desfoliação química, inundações, e derrubadas são empregadas para aumentar a população de animais de caça, se a caça teria como objetivo a redução das populações para impedir a fome? Os caçadores matam preferencialmente animais machos, estratégia para manter as populações em alta. Se a superpopulação fosse realmente uma preocupação deles, então matariam preferencialmente as fêmeas. Uma outra prática comum que derruba a falácia de que as agências de controle têm como objetivo a redução de população para evitar a fome é a criação de animais de caça em cativeiro. Para cada animal morto por um caçador, dois outros são feridos seriamente e deixados para sofrer uma morte lenta. A caça falha até mesmo em atingir seu alegado objetivo: a redução do sofrimento.

6 A espécie alvo dos caçadores, herbívoros e seus predadores, têm sobrevivido em equilíbrio por milhões de anos, mas hoje em dia, os caçadores e representantes das agências de controle têm insistido de que essas espécies precisam ser “controladas”. A função legítima dessas agências de controle seria preservar de maneira viável as populações e ecossistemas naturais. A menos que a caça seja parte de um processo controlado de eliminar o excesso de população, é improvável que beneficie a manutenção da população. A caça está relacionada somente com as preferências dos caçadores. A caça, por prazer ou lucro, tem um histórico associado com a extinção de espécies, em vez de impedir a superpopulação. Exemplo é o búfalo na América do Norte. Com o advento do “controle da população” moderno, vemos uma transição para sistemas projetados para aumentar artificialmente as populações de certas espécies, provendo mais “troféus” para os caçadores.

7 A necessidade de controle populacional geralmente surge tanto da introdução de espécies não-nativas que se tornaram pragas ou de animais nativos que estão competindo por recursos, como o canguru, que compete com a ovelha e o gado. Esses desequilíbrios geralmente têm origem humana. Devemos examinar nosso uso de recursos e tomarmos ações mais responsáveis no nosso relacionamento com a natureza, em vez de buscar uma “solução” para problemas criados por nós mesmos através da prática moralmente duvidosa de caçar. “A prática de aumentar a população dos animais de caça desmascara a retórica de “ajuda humanitária” aos animais. Somente por uma distorção perversa do ideal de ajuda humanitária é que se aceita práticas com o objetivo explícito de garantir que haverá um maior número de animais a serem destruídos! Com amigos “humanitários” como esses, com certeza os animais silvestres não precisam de nenhum inimigo”. Tom Regan

8 Faça sua parte. Divulgue este documento. Mande para seus amigos. A NATUREZA AGRADECE !!! Este, e outros slides, você encontra nos sites

9


Carregar ppt "Caça Controlada “A cura real para os nossos problemas ambientais é entender que a nossa tarefa é salvar e recuperar a Mãe Natureza... Estamos enfrentando."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google