A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Curso Programação – JAVA Centro de Formação São Domingos Frei Joaquim José Hangalo JDBC.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Curso Programação – JAVA Centro de Formação São Domingos Frei Joaquim José Hangalo JDBC."— Transcrição da apresentação:

1 Curso Programação – JAVA Centro de Formação São Domingos Frei Joaquim José Hangalo JDBC

2 Manipulação de Bases de Dados com Java Objetivos deste capítulo Demonstrar os fundamentos básicos para a manipulação de bases de dados com Java; Conceituar e demonstrar a criação de uma conexão com a base dados; Demonstrar como uma aplicação realiza uma conexão e manipulação de uma base de dados; Apresentar as técnicas para navegação em registros; Apresentar a sintaxe de comandos SQL usados em Java; Enumerar os aspectos essenciais para a consulta de base de dados.

3 Definição A linguagem Java possui classes que permitem a conexão com bases de dados. Para que seja possível realizar a manipulação de bases de dados em Java, é necessário que diversos procedimentos sejam realizados a fim de configurar o sistema. Os passos necessários para a manipulação de base de dados por meio de uma aplicação são os seguintes: 1) A criação da base de dados; 2) A configuração do sistema por meio da criação de uma fonte de dados (fonte ODBC-JDBC) ou conexão entre a base de dados criada e a linguagem Java; 3) A criação da aplicação Java propriamente dita.

4 A Criação do Banco de Dados A criação da base de dados é uma tarefa bem simples que pode ser feita com Microsoft Access 2000 ou com o MYSQL ou outro Sistema de Gestão de Base de Dados Realize os seguintes procedimentos (NO MS ACCESS): 1) Abra o Access; 2) Crie uma base de dados; 3) Crie uma tabela com o nome funcionario, por exemplo: #codigonumero 11 (duplo) nome texto 50 cargo texto 30 salario numero 9(decimal) Onde: # representa a chave primária e

5 A Criação do Banco de Dados A criação da base de dados é uma tarefa bem simples que pode ser feita com Microsoft Access 2000 ou com o MYSQL ou outro Sistema de Gestão de Base de Dados Realize os seguintes procedimentos (NO MYSQL): 1) Aceda ao MYSQL Adminstrator; 2) Crie uma base de dados; 3) Crie uma tabela com o nome funcionario, por exemplo: #codigoInteger auto_increment nome varchar(45) cargo varchar(45) salariodouble Onde: # representa a chave primária e

6 Configuração do Sistema No MS ACCESS Para que seja possível aceder à base de dados em Java, é necessário criar uma fonte de dados ODBC por meio do sistema operativo. Esta fonte de dados será usada para estabelecer uma ponte de comunicação entre a base de dados e o Java. Realize os seguintes procedimentos: 1) Clique no botão iniciar, escolha configurações e Painel de Controle; 2) Dê um duplo-clique sobre o item ODBC 32 bits; 3) Aceda a guia NDF (Nome da Fontes de Dados) de utilizadores e pressione o botão adicionar, conforme a figura a seguir:

7 Configuração do Sistema (cont.)

8 4) A próxima janela apresenta todos os drivers disponíveis. Como estamos a trabalhar com o Access, deve ser escolhido o driver Microsoft Access Driver. A seguir clique no botão concluir.

9 Configuração do Sistema (cont.) 5) Na próxima janela no campo Nome da fonte de dados digite o nome que deseja dar a fonte de dados, por exemplo Empresa. Depois clique no botão selecionar e localize a base de dados criada anteriormente.

10 Configuração do Sistema (cont.) 6) A fonte de dados criada deve aparecer entre as fontes de dados do utilizador. Neste ponto, a base de dados que será manipulada pela aplicação já está criada e devidamente configurado.

11 1. Incluir no programa: import java.sql.*; 2. Carregar corretamente o driver desejado. 3. Conectar-se com a base de dados. 4. Criar o comando JDBC. 5. Enviar comandos SQL. 6. Capturar dados da tabela resultante. 7. Confirmar ou desfazer transações. 8. Recuperar metadados sobre a tabela resultante ou sobre a BD atual. JDBC – principais passos Importante: os índices em JDBC começam em 1.

12 Vários drivers podem ser carregados com o método Class.forName( String s). Por exemplo: Class.forName (“oracle.jdbc.driver.OracleDriver”); Class.forName (“sun.jdbc.odbc.JdbcOdbcDriver”); Class.forName (“ com.mysql.jdbc.Driver ”); - O ClassLoader tenta localizar e carregar uma instância da classe ou interface designada pela String s. - A JVM deve poder encontrar a classe especificada. Caso essa não seja encontrada, é lançada uma exceção ClassNotFoundException. - Para aplicações, a variável de ambiente CLASSPATH deve incluir os drivers. JDBC – Carga do driver

13 A Criação do Banco de Dados A criação da base de dados é uma tarefa bem simples que pode ser feita com Microsoft Access 2000 ou com o MYSQL ou outro Sistema de Gestão de Base de Dados Realize os seguintes procedimentos: 1) Abra o Access; 2) Crie uma base de dados; 3) Crie uma tabela com o nome funcionario, por exemplo: #codigonumero 11 (duplo) nome texto 50 cargo texto 30 salario numero 9(decimal) Onde: # representa a chave primária e * campos obrigatórios

14 JDBC – Conexão com o BD A abertura da conexão (sessão) é feita pelo método getConnection da classe DriverManager (o serviço básico para gerenciamento de um conjunto de drivers JDBC). - Retorna um objeto do tipo Connection. - A URL é composta de protocolo:subprotocolo:subnome. - O DriverManager tenta conectar com o primeiro driver carregado; se não consegue, tenta o driver seguinte. - Caso não seja localizado, é lançada uma exceção SQLException. - A classe Connection possibilita estabelecer uma conexão em bases de dados utilizando o seu nome (anyname) e uma senha (password) quando isso se fizer necessário. Esses argumentos são opcionais e podem ser desconsiderados. - Exemplo: Connection conexao=DriverManager.getConnection(url,”UserID”,”password” );

15 Exemplo de Conexão import java.sql.*; public class TestaConexao{ private String driver,url; private Connection conexao; public TestaConexao(){ driver="sun.jdbc.odbc.JdbcOdbcDriver"; url="jdbc:odbc:Empresa"; conecta(driver,url); } public void conecta(String driver, String url){ try{ // carrega o driver da ponte jdbc-odbc Class.forName(driver); // abre conexao com a base de dados conexao=DriverManager.getConnection(url); System.out.println("Conexão executada com sucesso"); conexao.close(); } NO MYSQL driver=“com.mysql.jdbc.Driver ”); "; url=“jdbc:mysql://localhost:3306/test ";

16 Exemplo de Conexão (cont.) catch(SQLException SqlExc){ System.out.println("Erro de SQL!"); } catch(ClassNotFoundException exc){ System.out.println("Classe não encontrada!"); } public static void main(String args[]){ TestaConexao ins=new TestaConexao(); }

17 Criação do Statement Esta classe tem por objetivo executar um comando SQL e obter o resultado produzido por esse. Apenas um ResultSet (resultado SQL) pode ser aberto a cada vez. Um objeto desta classe é criado pelo método createStatement a partir da conexão já estabelecida. Statement comando=conexao.createStatement(); ou Statement comando=conexao.createStatement(navegação,ação)- Cria um objeto com os parâmetros fornecidos que irão definir o comportamento do objeto Statement, em que: Navegação pode ser: TYPE_FORWARD_ONLY (navegação apenas para frente, TYPE_SCROLL_INSENSITIVE (navegação nos dois sentidos) ou TYPE_SCROLL_SENSITIVE (navegação nos dois sentidos). Os dois últimos tipos de navegação são similares. A diferença é que as alterações no conteúdo da tabela realizadas em tempo de execução não refletem no tipo INSENSITIVE, enquanto no SENSITIVE sim. Se o parâmetro de navegação não for especificado, será usada a navegação TYPE_FORWARD_ONLY.

18 Criação do Statement (cont.) Ação pode ser: CONCUR_READ_ONLY (somente leitura) ou CONCUR_UPDATABLE (leitura e atualização). Refere-se ao modo como o objeto ResultSet será criado, ou seja, se ele será somente leitura ou seu valor pode ser alterado. Há outros dois subtipos de Statement: - PreparedStatement : o comando SQL é pré-compilado e utilizado posteriormente, sendo mais eficiente nos casos onde o mesmo comando é utilizado várias vezes. Utiliza o método con.prepareStatement(String sql). -Este comando pode conter um ou mais '?' parâmetros. - CallableStatement : utilizado para chamar procedimentos SQL armazenados na BD (stored procedures). Utiliza o método con.prepareCall(String sql).

19 A classe Statement Dois dos seus principais métodos são: -ResultSet executeQuery(String sql): usado para comandos SQL que retornam uma única tabela (ResultSet), tipicamente o SELECT. -int executeUpdate(String sql): usado para executar comandos SQL que alteram a tabela (CREATE, INSERT, UPDATE ou DELETE). Retorna o número de colunas alteradas.

20 Movimentação em Registros Quando um ResultSet é navegável, diversas operações podem ser realizadas por meio dele, pelos métodos de movimentação do ponteiro, os quais são descritos a seguir: first() – posiciona o ponteiro no primeiro registro do objeto ReusltSet; last() – posiciona o ponteiro no último registro do objeto do ResultSet; next() – posiciona o ponteiro no próximo registro do objeto do ResultSet; previous() – posiciona o ponteiro no registro anterior do objeto do ResultSet;

21 A classe ResultSet oferece à aplicação a tabela resultante de um SELECT. -Mantém um cursor posicionando numa linha da tabela. De início, esse cursor está posicionado antes da primeira linha. O método next( ) é que movimenta o cursor para o próximo registro. -Permite à aplicação capturar os dados de cada coluna da tupla (linha) corrente através do método getXXX( ), onde XXX é o tipo da coluna e é o nome da coluna ou sua posição (a partir de 1). -Exemplo: ResultSet rs = stmt.executeQuery ( “select a, b, c from table1”); while (rs.next ( )) { int x = rs.getInt(“a”); String s = rs.getString(2); float f = rs.getFloat(“c”); } Envio de comandos SQL Obtenção do resultado

22 Uma transação é um conjunto de um ou mais comandos que são executados juntos como uma unidade: se não for possível que todos sejam executados, então nenhum deles será executado. Uma transação é um conjunto de Statements que são validados na BD com commit ou cancelados com rollback. Transações podem ajudar a preservar a integridade dos dados de uma tabela. Por default, todos os comandos no JDBC são auto-commit. con.setAutoCommit(false); // muda o default Statement stmt = con.createStatement(); stmt.executeUpdate(“...”); if (...) con.commit(); //se Ok, valida os 2 updates else con.rollback(); //senão, desfaz os updates Transações

23 Consulta da Base de Dados O exemplo a seguir mostrar os procedimentos necessários para executar comandos DML a base de dados por meio de comandos SQL. import java.sql.*; public class TestaDML{ private static String driver,url; private Connection conexao; private Statement comando; private ResultSet resultado; public TestaDML(){ driver="sun.jdbc.odbc.JdbcOdbcDriver"; url="jdbc:odbc:Empresa"; //url="jdbc:odbc:Driver={Microsoft Access Driver (*.mdb)};DBQ=c:/java/empresa.mdb"; }

24 Exemplo (cont.) public void conecta(){ try{ // carrega o driver da ponte jdbc-odbc Class.forName(driver); // abre conexao com o banco de dados conexao=DriverManager.getConnection(url); System.out.println("Conexão executada com sucesso"); } catch(SQLException SqlExc){ System.out.println("Erro de SQL!"); } catch(ClassNotFoundException exc){ System.out.println("Classe não encontrada!"); }

25 Exemplo (cont.) public void insereDados(){ try{ String sql="insert into empregados values(1238,'Marcos','Analista',2000);"; comando=conexao.createStatement(); comando.executeUpdate(sql); } catch(SQLException SqlExc){ System.out.println("Erro de SQL!"); }

26 Exemplo (cont.) public void listaDados (){ String sql="select cpf,nome,cargo,salario from empregados"; try{ comando=conexao.createStatement(); resultado=comando.executeQuery(sql); while(resultado.next()){ String cpf=resultado.getString(“codigo"); String nome=resultado.getString("nome"); String cargo=resultado.getString("cargo"); String salario=resultado.getString("salario"); System.out.println(“Código: "+codigo+" - "+"NOME: "+nome+" - "+"CARGO: "+cargo+" - "+"SALARIO:"+salario); } catch(SQLException SqlExc){ System.out.println("Erro de SQL!"); }

27 Exemplo (cont.) public void modificaDados(){ try{ String sql="update empregados set salario=3000 where codigo=1238;"; comando=conexao.createStatement(); comando.executeUpdate(sql); } catch(SQLException SqlExc){ System.out.println("Erro de SQL!"); }

28 Exemplo (cont.) public void eliminaDados(){ try{ String sql="delete from empregados where codigo=1238;"; comando=conexao.createStatement(); comando.executeUpdate(sql); } catch(SQLException SqlExc){ System.out.println("Erro de SQL!"); }

29 Exemplo (cont.) public void desconecta(){ try{ conexao.close(); } catch(SQLException SqlExc){ System.out.println("Erro de SQL!"); } public static void main(String args[]){ TestaDML tdml=new TestaDML(); tdml.conecta(); tdml.insereDados(); tdml.listaDados(); tdml.modificaDados(); tdml.eliminaDados(); tdml.desconecta(); }

30 Navegando na BD através de uma interface gráfica O exemplo a seguir apresenta a navegação numa interface gráfica. O exemplo foi dividido em diversos métodos a fim de facilitar o entendimento. Os tratamentos de exceção não foram introduzidos para não deixar o código muito extenso.

31 Exemplo de navegação em BD import javax.swing.*; import java.awt.*; import java.awt.event.*; import java.sql.*; public class NavegaBanco extends JFrame implements ActionListener{ private JLabel jlcpf,jlnome,jlcargo,jlsalario; private JTextField jtfcpf,jtfnome,jtfcargo,jtfsalario; private JButton jbproximo,jbanterior,jbprimeiro,jbultimo, jbalterar,jbincluir,jbexcluir,jbsair,jblimpa; private JPanel jpdados,jpnavegacao,jpalteracao,jpgeral; private Connection conexao; private Statement comando; private ResultSet resultado; private static String driver,url;

32 Exemplo de navegação em BD (cont.) public NavegaBanco(){ driver="sun.jdbc.odbc.JdbcOdbcDriver"; url="jdbc:odbc:Driver={Microsoft Access Driver (*.mdb)};DBQ=c:/java/empresa.mdb"; jlcpf=new JLabel("Código"); jlnome=new JLabel("Nome"); jlcargo=new JLabel("Cargo"); jlsalario=new JLabel("Salário"); jtfcpf=new JTextField(10); jtfnome=new JTextField(10); jtfcargo=new JTextField(10); jtfsalario=new JTextField(10); jbproximo=new JButton("próximo"); jbanterior=new JButton("anterior"); jbprimeiro=new JButton("primeiro"); jbultimo=new JButton("último");

33 Exemplo de navegação em BD (cont.) jbincluir=new JButton("incluir"); jbalterar=new JButton("alterar"); jbexcluir=new JButton("excluir"); jbsair=new JButton("sair"); jblimpa=new JButton("limpar"); jpdados=new JPanel(new GridLayout(4,1)); jpnavegacao=new JPanel(new FlowLayout()); jpalteracao=new JPanel(new FlowLayout()); jpgeral=new JPanel(new GridLayout(4,2)); jpdados.add(jlcpf); jpdados.add(jtfcpf); jpdados.add(jlnome); jpdados.add(jtfnome); jpdados.add(jlcargo); jpdados.add(jtfcargo); jpdados.add(jlsalario); jpdados.add(jtfsalario);

34 Exemplo de navegação em BD (cont.) jpnavegacao.add(jbproximo); jpnavegacao.add(jbanterior); jpnavegacao.add(jbprimeiro); jpnavegacao.add(jbultimo); jpalteracao.add(jbincluir); jpalteracao.add(jbalterar); jpalteracao.add(jbexcluir); jpalteracao.add(jblimpa); jpalteracao.add(jbsair); jpgeral.add(jpdados); jpgeral.add(jpnavegacao); jpgeral.add(jpalteracao); getContentPane().add(jpgeral); jbproximo.addActionListener(this); jbanterior.addActionListener(this); jbprimeiro.addActionListener(this); jbultimo.addActionListener(this);

35 Exemplo de navegação em BD (cont.) jbsair.addActionListener(this); jblimpa.addActionListener(this); jbincluir.addActionListener(this); jbalterar.addActionListener(this); jbexcluir.addActionListener(this); setTitle("Navegando na Base de Dados"); setVisible(true); pack(); }

36 Exemplo de navegação em BD (cont.) public void actionPerformed(ActionEvent e){ try{ if(e.getSource()==jbproximo) resultado.next(); if(e.getSource()==jbanterior) resultado.previous(); if(e.getSource()==jbprimeiro) resultado.first(); if(e.getSource()==jbultimo) resultado.last(); if(e.getSource()==jbincluir) insereDados(); if(e.getSource()==jbalterar) modificaDados(); if(e.getSource()==jbexcluir) eliminaDados();

37 Exemplo de navegação em BD (cont.) if(e.getSource()==jblimpa) limpaCampos(); if(e.getSource()!=jblimpa || e.getSource()!=jbexcluir)atualizaCampos(); if(e.getSource()==jbsair){ desconecta(); System.exit(0); } catch(SQLException SqlExc){ System.out.println("Erro de SQL!"); }

38 Exemplo de navegação em BD (cont.) public void conecta(){ try{ Class.forName(driver); conexao=DriverManager.getConnection(url); System.out.println("Conexão executada com sucesso"); } catch(SQLException SqlExc){ System.out.println("Erro de SQL!"); } catch(ClassNotFoundException exc){ System.out.println("Classe não encontrada!"); } public void listaDados (){ String sql="select codigo,nome,cargo,salario from empregados";

39 Exemplo de navegação em BD (cont.) try{ comando=conexao.createStatement(ResultSet.TYPE_SCROLL_SENSITIVE, ResultSet.CONCUR_UPDATABLE ); resultado=comando.executeQuery(sql); resultado.first(); atualizaCampos(); } catch(SQLException SqlExc){ System.out.println("Erro de SQL!"); } public void insereDados(){ try{ String sql="insert into empregados values("+jtfcodigo.getText()+",'"+jtfnome.getText()+"','"+

40 Exemplo de navegação em BD (cont.) jtfcargo.getText()+"',"+jtfsalario.getText()+");"; comando.executeUpdate(sql); listaDados (); } catch(SQLException SqlExc){ System.out.println("Erro de SQL!"); }

41 Exemplo de navegação em BD (cont.) public void modificaDados(){ try{ String sql="update empregados set nome='"+jtfnome.getText()+"',cargo='"+jtfcargo.getText()+"',salario="+jtfsalario.getText()+" where codigo="+jtfcodigo.getText()+";"; comando.executeUpdate(sql); listaDados (); } catch(SQLException SqlExc){ System.out.println("Erro de SQL!"); }

42 Exemplo de navegação em BD (cont.) public void eliminaDados(){ try{ String sql="delete from empregados where codigo="+jtfcodigo.getText()+";"; comando.executeUpdate(sql); listaDados (); } catch(SQLException SqlExc){ System.out.println("Erro de SQL!"); }

43 Exemplo de navegação em BD (cont.) public void atualizaCampos(){ try{ jtfcpf.setText(resultado.getString("codigo")); jtfnome.setText(resultado.getString("nome")); jtfcargo.setText(resultado.getString("cargo")); jtfsalario.setText(resultado.getString("salario")); } catch(SQLException SqlExc){ System.out.println("Erro de SQL!"); }

44 Exemplo de navegação em BD (cont.) public void limpaCampos(){ jtfcodigosetText(""); jtfnome.setText(""); jtfcargo.setText(""); jtfsalario.setText(""); } public void desconecta(){ try{ conexao.close(); } catch(SQLException SqlExc){ System.out.println("Erro de SQL!"); } public static void main(String args[]){ NavegaBanco nb=new NavegaBanco(); nb.conecta(); nb.listaDados(); }

45 Exercício Como sugestão para manipulação de base de dados, faça um cadastro de clientes, seguindo os mesmos procedimentos apresentados no cadastramento de empregados. Utilize pelo menos os campos código, nome, endereço, telefone e sexo. Você deve seguir todos os passos desde a criação da base de dados. E visualize os dados num JTable Utilize sua criatividade.

46 Bibliografia -FURGERI, Sérgio. Java 2: Ensino didático: Desenvolvendo e Implementando Aplicações – - São Paulo: Érica, 372p. 2002. -TAMASSIA, R.; GOODRICH, M.T. Estrutura de Dados e Algoritmos em Java. Bookman, 2002. -DEITEL,H.M.; DEITEL, P.J. Java: Como Programar, Bookman, 2002.

47


Carregar ppt "Curso Programação – JAVA Centro de Formação São Domingos Frei Joaquim José Hangalo JDBC."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google