A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Agroextrativismo com estratégia de desenvolvimento com conservação ambiental Luis Roberto Carrazza Instituto Sociedade, População e Natureza – ISPN Programa.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Agroextrativismo com estratégia de desenvolvimento com conservação ambiental Luis Roberto Carrazza Instituto Sociedade, População e Natureza – ISPN Programa."— Transcrição da apresentação:

1 Agroextrativismo com estratégia de desenvolvimento com conservação ambiental Luis Roberto Carrazza Instituto Sociedade, População e Natureza – ISPN Programa de Pequenos Projetos Ecossociais – PPP/ECOS Central do Cerrado – Produtos Ecossociais

2 Segundo maior bioma do país; 2 milhões km², ¼ do território nacional; 14 estados da federação; Fronteira com Amazonia, Mata Atlântica, Caatinga e Pantanal; Cerrado – Localização e abrangência

3 Contexto do Cerrado - Riquezas Rica Sociobiodiversidade; 5% da biodiversidade do planeta; Altas taxas de endemismo; Diversidade de povos e culturas (indígenas, quilombolas, geraizeiros, vazanteiros, quebradeiras de coco, agricultores familiares, ribeirinhos, etc) Berço das águas; Estoque de carbono.

4 Contexto Cerrado - Ameaças Fortemente ameaçado pela pecuária e expansão da fronteira agrícola com perda de 3% de área nativa ao ano; Conservação da Amazônia e Mata Atlântica x avanço fronteira agrícola sobre do Cerrado; Taxa de desmatamento no Cerrado superior àquela registrada para a Amazônia; Possui baixo nível de investimentos públicos e privados voltados para conservação e uso sustentável; Políticas públicas e programas governamentais existentes predominantemente voltados para grandes obras e avanço da fronteira agricola.

5 Contexto do modelo de desenvolvimento predominante adotado no Cerrado Aspectos socioculturais Promove a concentração de terras e renda; Promove êxodo rural; Função social da terra reduzida; Avanço da fronteira agrícola geralmente associado à conflitos de terras; Descaracterização regional (paisagens e cultura); Desconsidera os aspectos socioculturais regionais.

6 Contexto do modelo de desenvolvimento predominante adotado no Cerrado Aspectos ambientais Promove o desmatamento com impacto sobre as comunidades, água, biodiversidade e clima; Modelo de monoculturas com redução drástica da biodiversidade e das funções ecossistêmicas; Altamente dependente de insumos externos (insustentabilidade energética e econômica); Contaminação do solo e das águas; Desgaste/erosão do solo; Assoreamento e secagem dos cursos d´água; Degradação associada (estradas, combustível, etc).

7 Contexto do modelo de desenvolvimento predominante adotado no Cerrado Aspectos econômicos Contribui para o equilíbrio da balança comercial; Focado na produção de commodities (baixa governança); Produz alimentos e bens primários em escala; Altamente subsidiado pelo governo em todos elos da cadeia produtiva; Promove concentração de renda; Prejuízos ambientais e sociais não são contabilizados.

8 Conceito Agroextrativismo Modelo de produção familiar que combina a produção agrícola e pecuária com a coleta e aproveitamento da biodiversidade nativa. Uso de tecnologias apropriadas Uso sustentável da biodiversidade Modelo focado na subsistência com excedente direcionado para o mercado Relacão com Meios de Vida Sustentáveis

9 Finalidades do Agroextrativismo Alimentar (frutos, sementes, folhas, etc) Medicinal (plantas medicinais) Textil (fibras vegetais) Artesanato (sementes, folhas, madeira seca, etc) Combustível (carvão, lenha, biomassa, etc) Cosmético (óleos,essências, etc) Industrial (lubrificantes, corantes, látex, resinas, etc)

10 Contexto Agroextrativismo – Aspectos Socioculturais Promove a manutenção das comunidades no campo; Promove a valorização da cultura e tradições locais; Utiliza/absorve essencialmente mão de obra local; Concilia conservação ambiental e cultural com segurança alimentar e geração de renda; Função social da terra ampliada; Ganho de escala se dá por meio da ampliação do esforço de coleta e envolvimento de mais famílias no processo produtivo; Promove o associativismo/cooperativismo.

11 Contexto Agroextrativismo - Aspectos Ambientais Alternativa econômica ao desmatamento; Convívio harmônico da natureza com as pessoas; Gera serviços socioambientais (água, biodiversidade, clima, gente); Promove a valorização e conservação da biodiversidade nativa e cultura local; Estimula a recuperação da vegetação nativa; Baixa dependência de insumos (sustentabilidade econômica e energética).

12 Contexto Agroextrativismo - Aspectos Econômicos Geração de renda direta e indireta para comunidades; Pode ser iniciado imediatamente com baixo investimento; Baixo custo de manutenção; Oportunidade de serviços socioambientais (água, carbono, biodiversidade, etc);

13 Contexto Agroextrativismo - Mercado Demanda por produtos maior que a oferta com desencontro entre oferta e demanda; Demanda crescente por produtos com apelo ecossocial; Dificuldade das organizações em inserir seus produtos no mercado; Dependência de atravessadores e intermediários; Dificuldade de ganho de escala; Preços incompatíveis e/ou mal planejados; Dificuldade das organizações em agregar valor ecossocial a produção;

14 Contexto Agroextrativismo - Gestão Produtos mal apresentados (rótulos pouco atrativos, informações incompletas, embalagens inadequadas); Necessidade de planejamento de negócios, desenvolvimento de produtos, promoção e marketing, P&D; Desconhecimento das regras e dificuldade para obtenção de registros legais para comercialização dos produtos em mercados consistentes; Necessidade de formação (gestão, empreendedorismo, planejamento e comercialização, etc); Necessidade de divulgação e marketing para os produtos em questão.

15 Experiências concretas de agroextrativismo no Cerrado

16 Cooperativa Grande Sertão Norte de MG Polpas de fruta, mel, cana, oleaginosas nativas e cultivadas, pequi

17 ANSA São Félix do Araguaia-MT Polpas de fruta e roças agroecológicas

18 FrutaSã Carolina – MA Polpas de frutas

19 Cooperjap Japonvar – MG Pequi, Fava D´anta,, Buriti, Polpas de frutas

20 Associação de Petrolina - Cidelândia – MA Babaçu

21 AGROTEC - Diorama-GO Fitoterápicos, animais silvestres, baru, jatobá, frutos desidratados, artesanatos, turismo técnico

22 Promessa de Futuro e CENESC - Pirenópolis-GO Aproveitamento Integral do Baru

23 Artesanatos Diversos estados

24 ASSEMA (COOPALJ, COOPAESP, AMTR e AJR) Médio Mearim – MA Babaçu - óleo, mesocarpo, sabonete, papel, artesanato

25 Pacari Buriti de Goiás – GO Cosméticos com óleo de Gueroba

26 Desafios 1.Estabelecimento de Políticas Públicas de fomento e apoio à produção, beneficiamento, comercialização agroextrativista; 2.Adequação e estabelecimento de marco regulatório (sanitário, ambiental, fiscal, trabalhista, etc) apropriado à produção agroextrativista; 3.Assessoria técnica de qualificada para atuação com agroextrativismo; 4.Formação e qualificação dos empreendimentos agroextrativistas para acesso a mercados diferenciados que valorizem os aspectos sociais e ambientais associados aos produtos; 5.Desenvolvimento de ferramentas de planejamento e gestão apropriadas à lógica e escala da produção comunitária; 6.Formação em empreendedorismo comunitário com foco na estruturação de negócios sustentáveis com viabilidade econômica; 7.Proteção e acesso às áreas sob uso sustentável da biodoversidade por comunidades locais e tradicionais;

27 Obrigado Luis Roberto Carrazza (61)


Carregar ppt "Agroextrativismo com estratégia de desenvolvimento com conservação ambiental Luis Roberto Carrazza Instituto Sociedade, População e Natureza – ISPN Programa."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google