A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Ciências Nome: Nuno Gonçalves, Ana Silva, Pedro Ruivo e João Loureiro. Ano/Turma: 9ºF Professora: Manuela Nunes Escola: João de Meira.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Ciências Nome: Nuno Gonçalves, Ana Silva, Pedro Ruivo e João Loureiro. Ano/Turma: 9ºF Professora: Manuela Nunes Escola: João de Meira."— Transcrição da apresentação:

1 Ciências Nome: Nuno Gonçalves, Ana Silva, Pedro Ruivo e João Loureiro. Ano/Turma: 9ºF Professora: Manuela Nunes Escola: João de Meira

2 Índice Introdução; O que é a clonagem?; Como é feita a clonagem?; O que é um clone? ; Tipos de clonagem ; Riscos de Clonagem; Ovelha Dolly ; Imagens da Ovelha Dolly ; Conclusão.

3 Introdução Na disciplina de Ciências Naturais, nós decidimos fazer um trabalho sobre a “Clonagem “. Com este trabalho pretendemos que a nossa professora, os nossos colegas, e até mesmo nós, aprendamos mais á cerca deste tema.

4 O que é a clonagem? A clonagem é um mecanismo comum de propagação da espécie em plantas ou bactérias. Um clone é uma população de moléculas, células ou organismos que se originaram de uma única célula e que são idênticas à célula original. Em humanos, os clones naturais são os gémeos idênticos que se originam da divisão de um óvulo fertilizado.

5 Como é feita a clonagem?

6 O que é um clone? O termo clone foi criado em 1904, pelo botânico norte-americano Herbert J. Webber, segundo ele, o clone é basicamente um descendente de um conjunto de células, moléculas ou organismos geneticamente igual à de uma célula matriz. Esta técnica de clonagem é utilizada sobretudo na propagação de espécies com interesse económico. É muito provável que, sem saber, estejamos a consumir alimentos como a batata, banana, morango, abacaxi, etc., produzidos por plantas clonadas in vitro.

7 Tipos de clonagem Fragmentação: o organismo fragmenta-se espontaneamente ou por acidente e cada fragmento desenvolve-se originando novos seres vivos, como é o caso das estrelas-do-mar e das algas. Partenogénese: processo através do qual um óvulo se desenvolve originando um novo organismo, sem que tenha havido fecundação prévia. Este processo é comum na abelha, pulgão, formiga, alguns répteis e anfíbios. Bipartição: um indivíduo divide-se em dois com dimensões sensivelmente iguais, desenvolvendo-se a partir de cada fragmento, dois seres, como é o caso da amiba, planaria e paramécias. Gemulação: num organismo formam-se uma ou mais dilatações, denominadas gomos ou gemas, que crescem e desenvolvem originando novos organismos. É um processo comum na hidra de água doce e na levedura. Esporulação: formação de células reprodutoras denominadas esporos que, ao germinarem, originam novos indivíduos, como acontece nos fungos. Multiplicação vegetativa: nas plantas, as estruturas vegetativas, raízes, caules ou folhas, por vezes modificadas, originam, por diferenciação, novos indivíduos. É o processo utilizado pelas cenouras (raízes), batateira (tubérculo), fetos (rizoma), Bryophyllum (folha).

8 Riscos da clonagem

9 Ovelha Dolly Um grupo de cientistas escoceses, liderado pelo inglês Ian Wilmut, anuncia a realização da primeira cópia genética de um mamífero adulto de seis anos, a partir duma célula somática da ovelha da raça Finn Dorset, batizada como Dolly. A ovelha Dolly (5 de Julho de 1996 a 14 de Fevereiro de 2003) foi o primeiro mamífero a ser clonado com sucesso a partir de uma célula adulta. O nome Dolly é uma referência aos seios da actriz Dolly Parton, pois Dolly foi clonada a partir das células da glândula mamária de uma ovelha adulta com cerca de seis anos, através de uma técnica conhecida como transferência somática de núcleo. Em 1999 foi divulgado na revista Nature que Dolly poderia tender a desenvolver formas de envelhecimento precoce, uma vez que os seus telómeros eram mais curtos que os das ovelhas normais. Em Janeiro de 2002, foi anunciado que Dolly apresentava sinais de artrite ao quadril e nos joelhos esquerdos. Dolly foi abatida em Fevereiro de 2003 para evitar uma morte dolorosa por infecção pulmonar incurável. O seu corpo embalsamado está exposto no Royal Museum, em Edimburgo, Escócia. Dolly e Ian Wilmut

10 Imagens da Ovelha Dolly Ao lado esquerdo a ovelha embalsamada ; Ao lado direito a ovelha ainda pequena!

11 Conclusão Pensamos que a clonagem, tem prós e contras, achamos que ninguém deve clonar humanos, mas animais, por exemplo, porque não ?? Desde que não faça mal a saúde de uma população achamos muito bem, animais, seres humanos é que não.


Carregar ppt "Ciências Nome: Nuno Gonçalves, Ana Silva, Pedro Ruivo e João Loureiro. Ano/Turma: 9ºF Professora: Manuela Nunes Escola: João de Meira."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google