A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Introdução à Economia MACROECONOMIA A Macroeconomia preocupa-se com o comportamento da economia no seu todo – crescimento e recessão, o produto total de.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Introdução à Economia MACROECONOMIA A Macroeconomia preocupa-se com o comportamento da economia no seu todo – crescimento e recessão, o produto total de."— Transcrição da apresentação:

1 Introdução à Economia MACROECONOMIA A Macroeconomia preocupa-se com o comportamento da economia no seu todo – crescimento e recessão, o produto total de bens e serviços, as taxas de inflação e desemprego, as taxas de juro, … A Macroeconomia focaliza-se nos comportamentos e políticas económicas que afectam o consumo e o investimento, a moeda e a balança comercial, os determinantes de variações nos salários e nos preços, políticas fiscais e monetárias, o stock de moeda, as taxas de juro, o défice nacional, etc. Em última análise, a macroeconomia preocupa-se com a determinação do seu PRODUTO ECONÓMICO. CONTABILIDADE NACIONAL

2 Introdução à Economia CONTABILIDADE NACIONAL A CN não é mais que um instrumento estatístico apresentando qualidades de um instrumento de síntese, susceptível de fornecer de uma forma sistemática e simplificada, uma representação da realidade económica de um país. A sua construção obedece a determinados princípios práticos mas fundamentados num contexto teórico que facilita a sua legitimidade: - mede a actividade económica. 1. INSTRUMENTO ESTATÍSTICO Permite relatar as características mais globais da economia e analisar as interacções das variáveis económicas que directa ou indirectamente se encontram relacionadas, permitindo: - fazer previsões de carácter económico; - tomar decisões mais fundamentadas; - efectuar comparações no tempo e no espaço. 2. SISTEMÁTICA

3 Introdução à Economia PRODUTO ECONÓMICO O PRODUTO ECONÓMICO é o valor dos bens e serviços finais produzidos por factores de produção num dado período. O PRODUTO contabiliza o valor dos bens e serviços finais produzidos. Esta questão serve para evitar o fenómeno de múltipla contagem. 1. BENS FINAIS E VALOR ACRESCENTADO O PPRODUTO consiste no valor do produto produzido em determinado período e não contabiliza bens e serviços produzidos em períodos anteriores. 2. PRODUTO CORRENTE O PRODUTO pode ser calculado pela óptica da produção, pela óptica do rendimento e pela óptica da despesa. 3. ÓPTICAS DE CÁLCULO

4 Introdução à Economia O PRODUTO PELAS 3 ÓPTICAS Contributo de cada ramo de actividade para o valor do produto final (tipo de bens e serviços produzidos na economia – ramo de actividade) 1. ÓPTICA DA PRODUÇÃO 1. ÓPTICA DA PRODUÇÃO (Σ VA = Σ Vendas - CI) Forma como os rendimentos gerados no processo produtivo são distribuídos pelos diferentes factores de produção (trabalho e capital). 2. ÓPTICA DO RENDIMENTO 2. ÓPTICA DO RENDIMENTO (Σ S + R + J + L) Utilização que é dada aos bens produzidos (consumo – privado e público, investimento e exportação) 3. ÓPTICA DA DESPESA 3. ÓPTICA DA DESPESA (Σ C + G + I + X - M)

5 Introdução à Economia NACIONAL (CRITÉRIO DA RESIDÊNCIA) - SRRM PRODUTO + SRRM INTERNO (CRITÉRIO DA TERRITORIALIDADE) cf (CUSTO DE FACTORES) + Ti - Z PRODUTO - Ti - Z pm (PREÇOS DE MERCADO) LÍQUIDO + Amort. PRODUTO - Amort. BRUTO

6 Introdução à Economia Produção - Consumos Intermédios (CI) = Valor Acrescentado Bruto (VAB) + Impostos Indirectos - Subsídios à Produção (Ti – Z) = PRODUTO INTERNO BRUTO (PIBpm) + Rendimentos primários recebidos do RM - Rendimentos primários pagos ao RM = PRODUTO NACIONAL BRUTO (PNBpm) Remunerações + Excedente Bruto de Exploração (R+J+L) = RENDIMENTO INTERNO BRUTO (PIBcf) + Impostos Indirectos - Subsídios à Produção (Ti – Z) + Rendimentos primários recebidos do RM - Rendimentos primários pagos ao RM = PRODUTO NACIONAL BRUTO (PNBpm)

7 Introdução à Economia = RENDIMENTO INTERNO BRUTO (PIBcf) - Amortizações + Transferências Internas + Transferências Externas = RENDIMENTO PESSOAL - Impostos Directos - Contribuições para a Segurança Social = RENDIMENTO DISPONÍVEL DOS PARTICULARES Consumo Privado Poupança das Famílias

8 Introdução à Economia CONSUMO PRIVADO + CONSUMO PÚBLICO + INVESTIMENTO FBCF (INVESTIMENTO EM BENS DE PRODUÇÃO DURADOUROS) Δ STOCKS + EXPORTAÇÕES - IMPORTAÇÕES = DESPESA INTERNA (PIBpm) Consumo Privado + Consumo Público + Investimento = PROCURA INTERNA + Exportações = PROCURA GLOBAL - Importações = DESPESA INTERNA (PIBpm)

9 Introdução à Economia Σ VAB cf ÓPTICA DA PRODUÇÃO Remunerações PIBcf ÓPTICA DO RENDIMENTO ÓPTICA DA DESPESA + EBE RI Consumo Privado + Consumo Público + Investimento + Exportações - Importações DIPIBpm + (Ti – Z) + SRRM PNBpmRN DN

10 Introdução à Economia LIMITAÇÕES DA CN Não contabiliza todas as actividades económicas desenvolvidas num território Trabalho não remunerado e Autoconsumo Economia Informal, Paralela ou Subterrânea É indiferente o tipo de bens e serviços produzidos Não valora diferentemente consoante o bem-estar para a população Não tem em conta as externalidades Positivas Negativas


Carregar ppt "Introdução à Economia MACROECONOMIA A Macroeconomia preocupa-se com o comportamento da economia no seu todo – crescimento e recessão, o produto total de."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google