A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Universidade Federal de Minas Gerais Escola de Ciência da Informação Biblioteconomia – Noturno Teoria e Gestão da Informação Usuários da Informação Grupo.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Universidade Federal de Minas Gerais Escola de Ciência da Informação Biblioteconomia – Noturno Teoria e Gestão da Informação Usuários da Informação Grupo."— Transcrição da apresentação:

1 Universidade Federal de Minas Gerais Escola de Ciência da Informação Biblioteconomia – Noturno Teoria e Gestão da Informação Usuários da Informação Grupo 3: Carla Onofre, Luzimira de Abreu, Patrícia Monfardini, Pétalah Lotti

2 O Comportamento Informacional de Jovens Estudantes do Ensino Fundamental na Biblioteca Escolar Pesquisa Qualitativa

3 Sumário Objeto do estudo Principais resultados da fase quantitativa Instrumento de coleta de dados da fase qualitativa Análise qualitativa dos dados Considerações finais Referências

4 O objetivo de nosso trabalho é identificar o perfil dos usuários adolescentes do ensino fundamental que buscam informações para seu processo de aprendizado. Como se dá o processo de busca da informação e o quê o influencia

5 Pesquisa Quantitativa Análise dos Resultados Na primeira fase pudemos constatar que esses estudantes preferem realizar pesquisas em casa e que usam muito o computador e a internet para isso. Além disso, eles afirmaram consultar, principalmente, a enciclopédia online; Os estudantes se sentem totalmente preparados para pesquisar na internet e que se sentem satisfeitos com a resposta pela busca das informações no ambiente online.

6 Pesquisa Quantitativa Análise dos Resultados Com relação ao uso da biblioteca, a primeira fase do estudo mostra que a minoria dos alunos a procura para realizar pesquisas; Também pudemos verificar que o trabalho do bibliotecário com os estudantes, se restringe ao ambiente interno; Com relação a frequência na biblioteca, mais da metade dos alunos disseram raramente frequentar a biblioteca.

7 Instrumento de coleta de dados Utilizamos um roteiro de entrevista semiestruturado para abordar uma amostra dos alunos que participaram da primeira fase do estudo; O roteiro foi segmentado em duas partes: a primeira parte da entrevista se referia aos hábitos no momento de realização de pesquisa e a segunda parte se referia a questões ligadas ao contato com a biblioteca da escola.

8 Instrumento de coleta de dados A entrevista foi realizada com 6 alunos da Escola SESI Newton Antônio no dia 12 de maio de Cada entrevista teve em média a duração de 35 minutos e foi realizada por dois componentes do grupo.

9 Análise qualitativa dos dados Mesmo sendo a fonte preferida para busca de informação, os estudantes tem dificuldade para realizar pesquisas na internet; “O google costuma ser muito indireto, ás vezes mostra resultados muito fora de assuntos;” “A fonte que eu utilizo em minha pesquisa, normalmente é a internet. Mas nem sempre achei por não ter sites que fale sobre o assunto ou eu não soube procurar.”

10 Todos os alunos entrevistados já passaram por experiências negativas na biblioteca da escola Dos seis entrevistados, cinco fizeram afirmações como: “A bibliotecária só demonstra carinho com os mais leitores e dos grupos artísticos, com o resto ela é rabugenta.” “ Fui a biblioteca em fevereiro para imprimir um trabalho, mas não fui bem recebida e não consegui o que queria.” “ A biblioteca raramente é legal, normalmente ela é rude, arrogante e totalmente ignorante.”

11 A escola é considerada um ambiente difícil para realizar pesquisas ou estudar Cinco de seis alunos consideram a sua casa um local mais favorável para estudar que a escola, tanto pelo ambiente, que segundo os estudantes é mais tranquilo, quanto no que diz respeito aos materiais disponíveis para consulta. “Acho minha casa um ótimo local para minhas pesquisas escolares por causa da privacidade e material disponível - livros, internet, jornais, enciclopédias.”

12 A biblioteca da escola é evitada pela maior parte do alunos Cinco de seis alunos, só vão a biblioteca escolar quando tem algum trabalho que só pode ser realizado lá, ou seja, a biblioteca da escola é a ultima opção para esses estudantes. “Eu prefiro ocorrer a outros meios do que ter de ir na biblioteca da escola.” “Só vou a biblioteca da escola quando tem algo que só tem como fazer lá.”

13 Considerações finais Pudemos verificar que apesar de na 1ª fase do estudo, a maioria dos alunos afirmarem estar satisfeitos com os resultados na internet e se sentirem preparados para utilizá-la como instrumento de pesquisa, durante as entrevistas verificamos que os estudantes geralmente consultam sites com informações sem confiabilidade e que também não encontram exatamente o que querem.

14 Considerações finais Na primeira parte do estudo, a maior parte dos alunos afirmaram “sempre” estarem satisfeitos com a resposta da biblioteca quando a procuram para realização de suas pesquisas, no entanto, pudemos verificar que mesmo os estudantes que a utilizam com frequência e que tem boa relação com a bibliotecária, já passaram por situações negativas na biblioteca.

15 Considerações finais Infelizmente, verificamos que a figura do bibliotecário é o principal responsável pelo distanciamento dos alunos do ambiente da biblioteca. Questionamos a responsabilidade do bibliotecário no seu campo de atuação enquanto agente de formação de leitores. Falta investimento em um perfil de profissional que valorize e esteja capacitado para promover a leitura ?

16 Considerações finais Os resultados obtidos nos permitem concluir que se deve investir na formação do estudante de maneira que se desenvolva a capacidade que o torne competente para realizar pesquisas e utilizar bem as ferramentas da web ou da biblioteca, objetivando, mais que a realização de pesquisas, mas também de aprendizado. Pois, se o jovem aprende como obter informação útil e de qualidade, saberá como se preparar para outras fases e situações da vida.

17 A segunda fase da pesquisa, foi mais esclarecedora, pois notamos que, apesar dos alunos preferirem a internet para fazer suas pesquisas escolares, eles encontram dificuldades e muitos não conseguem encontrar o que procuram. Isto demonstra importância dos professores e da bibliotecária como mediadores para ajudá-los e orientá-los em suas pesquisas escolares


Carregar ppt "Universidade Federal de Minas Gerais Escola de Ciência da Informação Biblioteconomia – Noturno Teoria e Gestão da Informação Usuários da Informação Grupo."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google