A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Projeto O ENSINO DA MÚSICA EM GRUPO COMO FORMA DE DINAMIZAR CULTURALMENTE MEIOS DESFAVORECIDOS Paulo César Gonçalves Licenciatura em Educação Musical –

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Projeto O ENSINO DA MÚSICA EM GRUPO COMO FORMA DE DINAMIZAR CULTURALMENTE MEIOS DESFAVORECIDOS Paulo César Gonçalves Licenciatura em Educação Musical –"— Transcrição da apresentação:

1 Projeto O ENSINO DA MÚSICA EM GRUPO COMO FORMA DE DINAMIZAR CULTURALMENTE MEIOS DESFAVORECIDOS Paulo César Gonçalves Licenciatura em Educação Musical – 3º ano Vila Nova de Gaia, 2012 Seminário e projeto

2

3 Contextualização geográfica, económica, social e cultural Este projeto insere-se na Região do Couto Mineiro do Pejão pertencente ao concelho de Castelo de Paiva.

4 Contextualização geográfica, económica, social e cultural Esta região possui cerca de 6000 habitantes, e o seu nome resulta duma identificação cultural e social muito peculiar entre a sua população, que deriva da Empresa Carbonífera do Douro, que aqui se instalou em 1917, e que foi o seu principal motor de desenvolvimento social cultural e económico, tendo encerrado em 1994.

5 Contextualização geográfica, económica, social e cultural Esta região sempre viveu num relativo isolamento geográfico. A falta de bons acessos sempre constituiu um problema O setor primário, através da atividade mineira era o que empregava mais gente Após encerramento da Empresa Carbonífera do Douro, e até hoje, o setor secundário é o que emprega mais gente, através da pequena indústria e construção civil

6 Contextualização geográfica, económica, social e cultural O nível de escolaridade desta população situa-se um pouco abaixo da média nacional As principais associações musicais desta região são: a Banda dos Mineiros do Pejão e o Rancho Folclórico de Nossa Senhora das Amoras

7

8 Enquadramento do projeto O projeto insere-se na comunidade escolar do Agrupamento de Escolas do Couto Mineiro do Pejão O projeto nasce de uma proposta da Associação de Pais e Encarregados de Educação do Agrupamento de Escolas do Couto Mineiro do Pejão em 2011 A proposta consistia na criação de uma turma para a aprendizagem de guitarra

9 Enquadramento do projeto Realizou-se uma procura de modelos que se identificassem com esta proposta Efetuaram-se visitas a algumas escolas de ensino não- formal de instrumento

10 Enquadramento do projeto A Escola de Música de Guilhufe foi a que mais inspirou o nosso modelo

11 Enquadramento do projeto Caraterização do modelo Ensino coletivo de instrumento Os alunos aprendem uns com os outros criando uma dinâmica colaborativa e cooperativa O professor desempenha o papel de orientador

12 Enquadramento do projeto Citações de alguns estudos pesquisados: “Na aula-coletiva de música forma-se um ambiente participativo, colaborativo, criativo, reflexivo, (…) dinâmico e de amigos. (…) Todos tocam e todos ouvem. Todos são beneficiados pelos outros, inclusive o professor.” (WEIZMANN,2008:53) Neste estudo o autor analisou um percurso de 10 anos do ensino coletivo de instrumento, e salientou ainda a maior motivação dos alunos e a menor desistência do que no ensino individual.

13 Enquadramento do projeto Citações de alguns estudos pesquisados: “A contínua observação das várias turmas (…) tornou possível verificar que a partir do dinamismo e interação entre os alunos a aprendizagem de violão acontece com maior facilidade” (SANTOS,2008:4). “Para Suzuki as aulas em grupo eram um impulsor importante da motivação, pela integração num conjunto, apelando à socialização no processo de aprendizagem e interação com outros colegas” (SILVA,2010:54).

14 Enquadramento do projeto Foi criado então, em Julho de 2011, um projeto piloto do ensino coletivo de instrumento em parceria com a Associação de Pais do Agrupamento de Escolas do Couto Mineiro do Pejão. Recolheram-se 60 inscrições

15 Enquadramento do projeto Alargou-se a oferta de instrumentos, e formaram-se 5 turmas, a cargo de 4 orientadores: Uma turma de iniciação ao cavaquinho e ukulele, e uma turma de iniciação ao órgão, para alunos até aos 7 anos. Uma turma de iniciação à guitarra, uma turma de guitarra e uma turma de órgão. Foi criada também uma classe de côro e um grupo musical.

16 Enquadramento do projeto A Unidade Curricular de Seminário e Projeto, permitiu-nos aprofundar os seguintes pontos: Estruturar o projeto e estabelecer objetivos precisos Realizar um trabalho de investigação Organizar e fundamentar a metodologia de ensino, assim como o projeto no seu todo Divulgar o projeto

17 Trabalho de investigação Através do trabalho de investigação pretendemos reforçar algumas das nossas conclusões primárias para a justificação do projeto, em relação ao seu meio nomeadamente: Necessidades de Educação Musical Necessidades de dinamização cultural

18 Trabalho de investigação Baseamos o nosso trabalho de investigação no método de inquérito e na entrevista. O público-alvo foram os encarregados de educação dos alunos do Agrupamento de Escolas do Couto Mineiro do Pejão e o presidente da Associação de Pais.

19 Trabalho de investigação Conclusões do trabalho de investigação: A Educação Musical revela-se insuficiente, nomeadamente ao nível do primeiro ciclo. O panorama cultural desta região é pouco dinâmico. As condições económicas ainda condicionam o acesso ao ensino musical. Uma parte significativa da população inquirida, não está sensibilizada para a importância da música no desenvolvimento global da criança.

20 Apresentação do projeto Criação de uma escola de música em parceria com a Associação de Pais: - Objeto: ensino coletivo de instrumento - Público alvo: alunos do Agrupamento de Escolas do Couto Mineiro do Pejão - Periodicidade: 1 hora por semana - Local: Instalações pertencentes à paróquia de Raiva

21 Objetivos / Missão Proporcionar a todas as crianças e alunos do Agrupamento de Escolas do Couto Mineiro do Pejão, a aprendizagem e vivência musical, estimulando assim o seu gosto e interesse pela atividade musical, contribuindo para um desenvolvimento harmonioso entre estes e a comunidade local.

22 Objetivos / Missão Contribuir para a dinamização do meio cultural em que nos inserimos, quer através de iniciativas culturais, quer através da criação de grupos musicais.

23 Objetivos / Missão Servir de complemento formativo aos alunos que estudem música em escolas do ensino especializado ou em associações locais.

24 Priorizar a prática em lugar da teoria pela seguinte sequência lógica de aprendizagem:  Ouvir Cantar / percutir Tocar um instrumento Ler e escrever música Compor e improvisar. Metodologia

25 Utilização de jogos pedagógicos Recurso a reportório alternativo Participação em audições públicas e eventos culturais Metodologia

26 Para Carl Orff, as crianças deveriam explorar livremente durante um largo período temporal, antes de começarem a desenvolver competências relacionadas com a literacia musical tais como a escrita e leitura da notação musical (SILVA:2010)

27 Metodologia “Dalcroze acredita que a prática musical deve anteceder a teoria e que é necessário preparar alunos conscientes da musicalidade através do som e do ritmo” (Mark, 1986, p. 113 apud Trindade,2010).

28 Conclusões Do projeto piloto, iniciado há quase 1 ano tiramos as seguintes conclusões: - A taxa de desistência é inferior a 10% - Maior motivação dos alunos - Resultados de aprendizagem satisfatórios - Reconhecimento da comunidade escolar e local -Maior envolvimento dos alunos nas atividades culturais locais

29 Conclusões Através do trabalho de investigação, reforçamos a pertinência do nosso projeto, no meio em que se insere.

30 Bibliografia SANTOS, Carla Pereira. Ensino colectivo e formação de grupos instrumentais: propostas para o ensino-aprendizagem do violão no Instituto de Música Waldemar de Almeida - Natal/RN. In: XVII Encontro anual da Associação Brasileira de Educação Musical – ABEM, SILVA, Eliseu A. P. G., A orquestra como instrumento dinamizador de meios desfavorecidos. Dissertação de mestrado, Universidade de Aveiro, TRINDADE, Alexandra S. M. S., A Iniciação em Violino e a Introdução do Método Suzuki em Portugal. Dissertação de mestrado, Universidade de Aveiro, WEIZMANN Cláudio, Educação Musical: Aprendendo com o trabalho social de uma orquestra de violões. Dissertação de mestrado, Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2008.


Carregar ppt "Projeto O ENSINO DA MÚSICA EM GRUPO COMO FORMA DE DINAMIZAR CULTURALMENTE MEIOS DESFAVORECIDOS Paulo César Gonçalves Licenciatura em Educação Musical –"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google