A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Objectivos…………….1 Introdução………………..2 Parte Experimental da Densidade………….3,4,5 Resultados e Cálculos…………….6 Parte Experimental do Ponto de Fusão……..7,8,9.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Objectivos…………….1 Introdução………………..2 Parte Experimental da Densidade………….3,4,5 Resultados e Cálculos…………….6 Parte Experimental do Ponto de Fusão……..7,8,9."— Transcrição da apresentação:

1

2 Objectivos…………….1 Introdução………………..2 Parte Experimental da Densidade………….3,4,5 Resultados e Cálculos…………….6 Parte Experimental do Ponto de Fusão……..7,8,9 Ponto de Ebulição…………………………………………….10 Algumas Fotografias…………………………………………………11 Conclusão………………………………12

3 1.Determinar a densidade relativa de 1 líquido utilizando o picnómetro de líquidos. 2. Aprender a manusear correctamente materiais do laboratório, sem qualquer risco. 3. Verificar quais os sinais de perigo de cada actividade experimental que iremos realizar 4. Aprender a seguir as regras de segurança utilizadas no laboratório de Química. 5. Começar a realizar actividades experimentais e os devidos relatórios em grupo.

4 Esta actividade laboratorial foi-nos proposta pela nossa professora de Física e Química. Este trabalho consistia em medir a densidade relativa de um liquido, calcular a densidade relativa de um sólido e observar o ponto de fusão e ebulição de uma substância. No entanto neste relatório iremos basear-nos mais na densidade relativa de um liquido. Para começar podemos fazer uma breve introdução á densidade e dizer que Densidade relativa é a relação entre a densidade da substância em causa e a massa volúmica dessa mesma substância. Seguidamente falaremos também um pouco sobre o ponto de fusão e o ponto de Ebulição.

5 Picnómetro de Líquidos; Balança; Esquicho de Água; Termómetro; Água Destilada; Água da torneira; Densidade

6 -Usar sempre material de protecção; -Nunca provar ou cheirar os reagentes; -Deve-se manejar com cuidado o material utilizado na experiência; -Deve-se sempre manter a bancada limpa e organizada. - Usar com cuidado o termómetro e deve-se colocá-lo de baixo de água fria não o agitando;

7 1.Pesar o picnómetro vazio; 2. Registar os valores obtidos 3 vezes seguidas, e depois verificar a média e também registá-la. 3. Pesar o picnómetro com água destilada; 4. Registar outra vez os valores obtidos 3 vezes seguidas e registar de seguida a média apresentada; 5. Pesar novamente o picnómetro com água da torneira; 6. Registar novamente os valores pesados 3 vezes seguidas e depois calcular a média dos 3 valores dados. Próximo slide tem como Título “Resultados e Cálculos”

8 m (g) T (°C ) Características da Balança Características do Termómetro Observaçõe s MarcaSensibilidade Tipo Menor divisão da escala Picnómetro vazio 113,08 __ SWISS QUALITY 0,01 ___________________ ______________ 213,09 313,08 Picnómetro com: Água da Torneira 140,85 40,87 __ SWISS QUALITY 0,01 ___________________________ 240,89 340,88 Água Destilad a 140,93 ____ SWISS QUALITY 0,01 _________________________________ 240,93 340,94 Densidade relativa da Água da Torneira 18 g/dm^3

9 Ponto de Fusão: -Termómetro; - Tubo Capilar; - Medidor do ponto de fusão; -Espátula; -Cápsula de Porcelana;.

10 -Usar sempre material de protecção; -Nunca provar ou cheirar os reagentes; -Deve-se manejar com cuidado o material utilizado na experiência; -Deve-se sempre manter a bancada limpa e organizada. - Usar com cuidado o termómetro e deve-se colocá-lo de baixo de água fria não o agitando;

11 1.Em primeiro lugar colocamos o enxofre em pó já dividido numa cápsula de porcelana com a ajuda de uma espátula; 2. De seguida, colocamos um pouco de enxofre no capilar até chegar mais ou menos a 1 cm de altura; 3. Depois abanamos levemente o capilar para o enxofre ir até ao lado fechado do capilar, e se conseguir realizar o processo; 4. Logo em seguida, colocamos o capilar com enxofre, dentro do aparelho mediador de ponto de fusão; 5. Quanto o processo estiver realizado registamos todos os resultados obtidos pelo termómetro, até ao enxofre ter atingido o seu ponto de fusão;

12 O ponto de Ebulição pode calcular-se a partir das seguintes técnicas laboratoriais: Técnica tradicional – consiste em primeiro aquecer o líquido até este entrar em ebulição, identificando-se então a seguir a temperatura a que tal acontece. Utilizando um aparelho automático – Este processo permite a obtenção de resultados em poucos segundos, com quantidades mínimas de amostra e com uma precisão não conseguida com a técnica tradicional.

13

14 Este trabalho foi um pouco difícil de se realizar, porque além do pouco tempo que tivemos, a parte do ponto de ebulição não foi realizada em aula por isso apenas pusemos a técnicas possíveis para o calcular. Realizámos este trabalho por tópicos e registámos, no que toca á densidade os resultados obtidos numa tabela. Fizemos também a parte do Ponto de Fusão realizando o procedimento, as regras de segurança e pusemos também algumas fotografias para completar o trabalho.


Carregar ppt "Objectivos…………….1 Introdução………………..2 Parte Experimental da Densidade………….3,4,5 Resultados e Cálculos…………….6 Parte Experimental do Ponto de Fusão……..7,8,9."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google