A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

FRATERNIDADE: IGREJA E SOCIEDADE Voltai ao Senhor Com a bênção e a imposição das CINZAS, iniciamos hoje o tempo Sagrado da Quaresma em preparação à Páscoa.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "FRATERNIDADE: IGREJA E SOCIEDADE Voltai ao Senhor Com a bênção e a imposição das CINZAS, iniciamos hoje o tempo Sagrado da Quaresma em preparação à Páscoa."— Transcrição da apresentação:

1

2 FRATERNIDADE: IGREJA E SOCIEDADE

3 Voltai ao Senhor Com a bênção e a imposição das CINZAS, iniciamos hoje o tempo Sagrado da Quaresma em preparação à Páscoa e a Campanha da Fraternidade... É um apelo à conversão e a uma renovação interior. As Leituras aprofundam esse tema:

4 A 1ª Leitura é um convite à CONVERSÃO: "Voltai para mim de todo o coração". (Jl 2,12-18) Diante das dificuldades causadas pela dominação estrangeira, pela seca e pelas pragas dos gafanhotos, o Profeta Joel exorta "a voltar para o Senhor de todo o coração, pois ele é compassivo, paciente, misericordioso".

5 * Hoje o Senhor nos dirige o mesmo apelo: "Voltai para mim de todo o coração". A Quaresma é esse tempo oportuno. Não obstante nossas infidelidades, fraquezas, indecisões, Deus guiará certamente nossos passos para o encontro com ele. O Salmista, confiante na misericórdia do Senhor, suplica um coração novo e um espírito renovado para trilhar o caminho da Aliança. (Sl 51)

6 A 2ª Leitura é um convite à RECONCILIAÇÃO: "Deixai-vos reconciliar com Deus". (2Cor 5,20-6,2) Paulo convida a viver a reconciliação oferecida por Cristo que assumiu o nosso pecado, as nossas fragilidades. Por isso insiste que "este é o tempo favorável", o tempo da graça, que o Senhor nos proporciona, para cooperarmos com a sua obra redentora.

7 No Evangelho, Jesus lembra três práticas da religiosidade judaica, cuja prática é recomendada na Quaresma: A Esmola, a Oração e o Jejum e o espírito com que devem ser praticadas. (Mt 6, ) 1) A Esmola deve ser "em segredo" e não uma ocasião para se exibir ou para ser elogiado publicamente. "Que tua mão esquerda não saiba o que faz a direita". * Hoje, mais do que esmola, falamos de solidariedade, de partilha, de atenção aos necessitados.

8 2) A Oração não deve ser uma repetição monótona de fórmulas, nem mesmo uma lista de petições. Deve ser um Diálogo com Deus para entender e aceitar o seu projeto. Essa Oração é escuta e abertura do coração para nos dispor a acolher os planos de Deus em nós. Requer tempo e ambientes adequados.

9 3) O Jejum pregado por Jesus afasta-se do jejum dos fariseus e alinha-se mais com o jejum dos profetas. Não é expressão de luto e de dor, mas sim expressão de alegria pela presença do Reino de Deus no mundo. É interessante notar, que o Novo Testamento fala pouco do jejum. Paulo não o menciona. Jesus fala disso em apenas duas ocasiões: uma para justificar seus discípulos que não jejuam; a outra no episódio de hoje, quando diz o espírito do verdadeiro jejum.

10 FRATERNIDADE: Igreja e Sociedade A Igreja no Brasil promove, todos os anos, a Campanha da Fraternidade. O tema é o ponto forte, como reflexão, compromisso e ação. É uma das formas que temos de concretizar a Quaresma. Ao assumir a Campanha, abrimos o coração à conversão, participando da construção de uma sociedade que busca ser justa, humana e fraterna.

11 Para este ano, a Igreja convida todos os católicos e pessoas de boa vontade a refletirem sobre o relacionamento entre Igreja e sociedade. Neste ano o TEMA é "Fraternidade: Igreja e Sociedade" e o LEMA "Eu vim para servir" (Mc 10,45). O Objetivo geral é "aprofundar, à luz do Evangelho, o diálogo e a colaboração entre a Igreja e a sociedade, propostos pelo Concílio Vaticano Segundo":

12 Para isso, os Bispos apresentam objetivos específicos. São eles: - Primeiro: "Compreender a situação atual da relação entre a Igreja e a sociedade". - Segundo: "Discernir as questões que desafiam a evangelização no serviço eclesial à sociedade". - Terceiro: "Fazer memória do caminho percorrido pela Igreja em diálogo e colaboração com a sociedade, a serviço da vida e do bem do povo brasileiro".

13 - Quarto : "Aprofundar a questão da dignidade da pessoa, da integridade da criação e da cultura da paz, em espírito ecumênico e de diálogo inter-religioso". - Quinto : "Incentivar as pessoas e as comunidades a exercerem seu protagonismo no contexto social em que vivem". - Sexto : "Atuar profeticamente, à luz da evangélica opção pelos pobres, para o desenvolvimento integral da pessoa e para a construção de uma sociedade justa e solidária". - Sétimo : "Identificar os fatores que constroem a paz e o bem comum, para superar as relações desumanas e violentas".

14 As CINZAS, que hoje recebemos, significam nosso compromisso, dentro do espírito que a Igreja nos propõe: Oração, jejum, caridade... Que essas cinzas nos levem a um esforço pessoal e comunitário, para estar sempre mais a serviço dos irmãos... Pe. Antônio Geraldo Dalla Costa CS

15 Meditada por: Pe. Antônio Geraldo Dalla Costa CS MEU DOMINGO Com a Palavra de Deus Formatação: Nelso Geraldo Ferronatto Música: Hino da CF 2015 L. Pe José Antônio de Oliveira M.: Pe. José Weber CD CF CNBB https://www.youtube.com/user/MeuDomingo/videos


Carregar ppt "FRATERNIDADE: IGREJA E SOCIEDADE Voltai ao Senhor Com a bênção e a imposição das CINZAS, iniciamos hoje o tempo Sagrado da Quaresma em preparação à Páscoa."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google