A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Estão organizadas em seis blocos as várias iniciativas sugeridas para a primeira etapa das SMP.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Estão organizadas em seis blocos as várias iniciativas sugeridas para a primeira etapa das SMP."— Transcrição da apresentação:

1

2 Estão organizadas em seis blocos as várias iniciativas sugeridas para a primeira etapa das SMP.

3 Em cada um dos três retiros devem ser estudados os BLOCOS correspondentes (dois a cada retiro), seguindo a ordem:

4 O estudo: 1- Apresentação do sentido e da programação da primeira etapa (p.67)

5 O estudo: 2- Em grupos discutindo sobre os dois blocos com as perguntas: a) Que achamos das sugestões do Bloco? b) Qual outra iniciativa a acrescentar? c) Como realizar tudo isso em nosso setor? Obs.: O tempo para organizar e realizar cada bloco é de até dois meses. “É preciso organizar bem o tempo”. Obs.: O tempo para organizar e realizar cada bloco é de até dois meses. “É preciso organizar bem o tempo”.

6 Relembrando

7 1º Bloco:

8 2º Bloco:

9 3º Bloco:

10 FINALIDADES Olhar e meditar o tempo presente

11 FINALIDADES Fazer crescer nas pessoas o valor da vida

12 FINALIDADES Crescer a dignidade, os valores humanos, a ética, a cidadania

13 FINALIDADES Perceber que a vida está acima do dinheiro, do poder, das idéias, das leis, das diferenças religiosas;

14 - Auto-estima - Confiança entre si mesmas - Confiança nas suas potencialidades

15 Barreiras

16

17

18

19 a) O sentido da vida Promover encontros, retiros, conversas pessoais, meditações, partilhas sobre o sentido da vida. Levantar perguntas: que rumo estou dando à minha vida? Sinto- me realizado? Que quer dizer dar um sentido verdadeiro à vida? posso/devo melhorar?

20 b) Por meio do Evangelho de Mateus, mostrar que o seguimento de Jesus é para os cristãos a maneira mais autêntica de viver a existência humana.

21 c) Nas celebrações, dar espaço a depoimentos de pessoas que se sentem realizadas na vida por viverem a missão de Jesus.

22 d) Visitar pessoas pouco conhecidas para superar isolamentos e individualismos, para favorecer entrosamento e partilha.

23 e) Escutar e solidarizar com pessoas que atravessam algum momento difícil da vida.

24 f) Promover um domingo de confraternização entre as famílias da mesma rua/ bairro/ sítio, possivelmente com almoço comunitário ou tarde alegre. À noite, uma bonita celebração especial para todas as famílias.

25 g) Realizar mutirões pela dignidade da vida, passeatas pela paz, contra a violência, corrupção e injustiças.

26 h) Celebrar as festas de santos e santas como pessoas verdadeiras, que souberam dar um sentido autentico à vida ao seguir Jesus e lutar em favor dos mais pobres.

27 i) Promover exposições de arte popular. Enriquecer capelas e igrejas com símbolos e objetos religiosos, feitos por artistas populares, inclusive crianças.

28 j) Motivar e vivenciar estilos de vida simples, despojada, partilhada, humilde, sem ambição, sem ganância, sem consumismo.

29 k) Promover Arraial, com festival de cantos missionários feitos na região. Selecionar os que o povo mais gostou e incluí-los no livro de cantos missionários a ser preparado antes da Semana Missionária.

30 4º Bloco:

31 FINALIDADES Ver e analisar, a fundo, a realidade sócio-econômico- política da região onde vivemos, do país e do mundo.

32 FINALIDADES

33 FINALIDADES Na área Rural Da posse e do uso da terra, Da política agrária do governo, Das monoculturas, Da reforma agrária, Da vida do povo do campo, Dos financiamentos, Dos preços agrícolas, Do cooperativismo, Da luta pela permanência na terra, Dos agrotóxicos e transgênicos, Da agricultura ecológica saudável Ver os problemas:

34 FINALIDADES Na área Urbana Do desemprego Do transporte Da violência Das gangues Dos sem-teto Das crianças abandonadas Dos menores trabalhando Da marginalização social Dos migrantes Ver os problemas:

35 É IMPORTANTE: Tratar os assuntos com clareza e objetividade, sem agressividade e sem superficialidade, ligando a realidade local com a nacional e a mundial.

36 É IMPORTANTE:

37

38

39

40

41 a) Promover encontros sobre a realidade que mais aflige a região. Perguntas que podem servir: - Quais os problemas que mais afligem nossa região? - Quais as conseqüências? - Porque acontecem? - Dentro desses problemas, qual o mais grave?

42 b) Escolher um problema, analisar melhor as conseqüências e as causas. Envolver o maior número possível de pessoas, crianças e adolescentes, inclusive com debates em grupos e plenários. Ouvir depoimentos e testemunhos sobre o assunto.

43 c) Envolver autoridades, lideranças, meios de comunicação social. Se for o caso, organizar manifestação popular sobre o problema.

44 d) Buscar soluções de emergência a curto prazo e projetos a longo prazo, valorizando o associativismo e as capacidades criativas das pessoas.

45 e) Promover mutirões populares f) Promover caminhada/romaria para algum lugar que mais chama a atenção para o problema

46 g) Fazer vigílias de oração de acordo com o problema. Realizar celebração de louvor e agradecimento por alguma iniciativa bem sucedida.

47 h) Trabalhar em parceria com outras organizações voltadas para as necessidades do povo

48 h) Fazer todo o possível para que haja orçamento participativo na administração da prefeitura local.

49 j) Favorecer a participação nos conselhos municipais de saúde, educação, assistência social, crianças e adolescentes.

50 Referência MOSCONI, Luís. Santas Missões Populares: uma experiência de evangelização voltada para o povo. 23 ed. São Paulo: Paulinas, Apresentação Pe. Itamar Abreu Turco Disponível no Site das SMP


Carregar ppt "Estão organizadas em seis blocos as várias iniciativas sugeridas para a primeira etapa das SMP."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google