A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Curso de Aprendizado Industrial Desenvolvedor WEB Disciplina: Programação Orientada a Objetos I Professora: Cheli Mendes Costa Métodos Get e Set.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Curso de Aprendizado Industrial Desenvolvedor WEB Disciplina: Programação Orientada a Objetos I Professora: Cheli Mendes Costa Métodos Get e Set."— Transcrição da apresentação:

1

2 Curso de Aprendizado Industrial Desenvolvedor WEB Disciplina: Programação Orientada a Objetos I Professora: Cheli Mendes Costa Métodos Get e Set

3

4 Get e Set nada mais são que métodos, que frequentemente vemos em classes de Java. Eles servem para pegarmos informações de variáveis da classe que são definidas como 'private', porém esses método são definidos como 'public'. O que são e para que servem os métodos get e set

5 Usamos get para obter informações. Esse tipo de método sempre retorna um valor. Usamos set para definir valores. Esse tipo de método geralmente não retorna valores. Como usar os métodos get e set

6 Daí surge uma pergunta natural: por que criar métodos para acessar variáveis, se podemos acessar elas diretamente? Simples: questão de segurança. As variáveis 'private' só podem ser acessadas de dentro da Classe. É como se elas fossem invisíveis foram do escopo da classe/objeto. Assim, evitamos que outros métodos, classes ou hackers tenham acesso aos dados de determinada classe, que muitas vezes podem ser dados privados, como é caso de aplicações para empresas e bancos.

7 Como tratar, então, essas variáveis? Aí que entra a questão dos métodos. Vamos permitir o acesso a essas variáveis, claro (senão não haveria sentido em usar esses atributos). Porém, vamos ter um total controle sobre essas variáveis através dos métodos.

8 Por exemplo: Suponha que você tenha que criar uma aplicação para um banco, onde vai limitar o número de saques de um cliente. Os valores do saldo desse cliente ficarão armazenados na variável 'saldo'. Se você der acesso total a essa variável, o cliente poderia usar de forma descontrolada os serviços do banco.

9 Porém, podemos criar um método em que, cada vez que o cliente saque dinheiro ele ative um contador: public void setSaque(double valor){ saldo -= valor; contador++; } Nesse trecho de código, quando o usuário tenta sacar, através do menu do caixa eletrônico, ele vai para o método 'saque()'.

10 Então cada vez que ele saca, seu saldo diminui em 'valor' e um contador (que é uma variável da classe) é incrementado. É impossível fugir desse método! Sacou? O contador roda! Sempre! Sabemos que temos um limite diário de saque, vamos supor que seja três. Então vamos limitar o número de saques:

11 public void setSaque(double valor){ if(contador <=3){ saldo -= valor; contador++; } else { System.out.println("Você atingiu o limite de saques diários"); } }

12 Pronto. Se você sacar 3x, o contador terá valor 4 (supondo que seu valor inicial seja 1), e agora é impossível ele sacar mais, pois sempre vai cair no else.

13 Usamos get para obter informações. Esse tipo de método sempre retorna um valor. Usamos set para definir valores. Esse tipo de método geralmente não retorna valores. Usando o exemplo da classe "Funcionario", da aula passado sobre this e uso de métodos em Classe e Objetos, temos o código: Como usar os métodos get e set

14 getSet.java public class getSet{ public static void main(String[] args){ String nome = “Zezinho"; int ID=2112; double salario = 1000; Funcionario chefe = new Funcionario();

15 chefe.setNome(nome); chefe.setID(ID); chefe.setSalario(salario); chefe.exibir(); }

16 Funcionario.java public class Funcionario { private String nome; private int ID; private double salario; public void exibir(){ System.out.printf("O funcionário %s, de número %d recebe %.2f por mês", getNome(),getID(),getSalario()); }

17 public void setNome( String nome ){ this.nome = nome; } public void setID( int ID ){ this.ID = ID; }

18 public void setSalario( double salario ){ this.salario = salario; } public String getNome(){ return this.nome; } public int getID(){ return this.ID; } public double getSalario(){ return this.salario; }

19 Outra maneira de inicializarmos as variáveis de um Objeto, é usando os métodos 'set', direto do construtor: setGet.java public class setGet{ public static void main(String[] args){ String nome = “Zezinho"; int ID=2112; double salario = 1000; Como invocar métodos de dentro do construtor

20 Funcionario chefe = new Funcionario(nome, ID, salario); chefe.exibir(); } }

21 Funcionario.java public class Funcionario { private String nome; private int ID; private double salario; public Funcionario( String nome, int ID, double salario){ setNome(nome); setID(ID); setSalario(salario); }

22 public void exibir(){ System.out.printf("O funcionário %s, de número %d recebe %.2f por mês", getNome(),getID(),getSalario()); } public void setNome( String nome ){ this.nome = nome; } public void setID( int ID ){ this.ID = ID; }

23 public void setSalario( double salario ){ this.salario = salario; } public String getNome(){ return nome; } public int getID(){ return ID; } public double getSalario(){ return salario; }

24 Qual a diferença entre alterar e pegar o valor de uma variável diretamente (caso ela seja pública), e alterar e pegar o valor dela através de set e get (se ela for privada) ? Não é segurança, já que podemos alterar seu valor como bem quisermos, através dos métodos set. Uso errado do get e set

25 Definir get e set para todas as variáveis, de forma direta, é um exemplo de péssimo hábito de programação. Infelizmente é uma técnica bem comum e muitos programadores, até os mais experientes, cometem esse ato inútil.

26 Para que servem então? Quando usar? Só use set e get quando você for fazer algo além de simplesmente mudar o valor de uma variável 'private'. Lá no começo de nosso tutorial, usamos o exemplo de contador, que limita o número de saques de um cliente a um caixa eletrônico.

27 Outro exemplo disso, seria em um aplicativo de vendas. Ao comprar, o método set ou get automaticamente define o valor de desconto ou juros. Assim esse método faz algo mais além do que mudar a variável. Assim, sua aplicação se torna robusta e segura, pois se torna impossível mudar o valor da variável sem que seja alterada o valor do juros ou desconto.

28 Sempre que seu método set do tipo for: retorno metodo(tipo valor){ this.nome_da_variavel = valor; } Muito provavelmente ele é inútil. Para saber quando usar é simples: use quando for fazer algo além de fornecer valor. Um exemplo útil: retorno metodo(tipo valor){ this.nome_da_variavel = valor * juros; };

29 Vamos Treinar. Pesquisa Exercício: Caixa Eletrônico em Java - Caixa.java Crie um protótipo de caixa eletrônico em Java. No início, ele pede seu nome e valor $$ inicial que tem na conta. O programa deve fornecer um número de 4 dígitos - número da conta - para o usuário (use Random). Esses dados serão usados para criar um objeto da classe "Conta.java" Atividade

30 A seguir, mostra um menu com as opções (esse menu deverá ser um método): - Extrato: exibe o nome, número da conta, saldo e quantos saques já foram realizados - Sacar: recebe o valor a ser sacado, informa se pode ser sacado (não pode ficar negativo) e mostra o saldo - Depositar: recebe o valor a ser depositado e mostra o novo saldo - Sair Esse menu aparece até o usuário escolher sair. As outras opções são métodos que devem fazer parte da "Conta.java" (setters e getters). Note que o usuário pode sacar no máximo 5 vezes por dia. Continuação

31 Vamos agora conhecer o Membro Static!!!


Carregar ppt "Curso de Aprendizado Industrial Desenvolvedor WEB Disciplina: Programação Orientada a Objetos I Professora: Cheli Mendes Costa Métodos Get e Set."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google