A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Lição 4 - 24 de janeiro de 2015. «Não clama porventura a sabedoria, e a inteligência não faz ouvir a sua voz?» (Provérbios 8:1)

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Lição 4 - 24 de janeiro de 2015. «Não clama porventura a sabedoria, e a inteligência não faz ouvir a sua voz?» (Provérbios 8:1)"— Transcrição da apresentação:

1 Lição de janeiro de 2015

2 «Não clama porventura a sabedoria, e a inteligência não faz ouvir a sua voz?» (Provérbios 8:1)

3 Por que a sabedoria é confiável? Provérbios 8: Minha boca falará a verdade (v. 7) 2.Justas são todas as razões da minha boca (v. 8) 3.Minhas razões são retas e justas (v. 9) 4.Habito com a prudência e o conhecimento (v. 12) 5.Comigo está o conselho e o bom juízo (v. 14) 6.Por mim se julga a terra (v ) 7.Comigo está a justiça (v. 18) 8.Guio por veredas de justiça, por sendas de juízo (v. 20) A sabedoria é a verdade, a verdade absoluta que só podemos encontrar em Jesus (João 14:6). «Eu amo aos que me amam, e os que cedo me buscarem, me acharão.» (Proverbios 8:17) «Não clama porventura a sabedoria, e a inteligência não faz ouvir a sua voz?» (Proverbios 8:1) Quem escutar o clamor da sabedoria achará a Jesus.

4 «O Senhor me possuiu no princípio de seus caminhos, desde então, e antes de suas obras. Desde a eternidade fui ungida, desde o princípio, antes do começo» (Proverbios 8:22-23) Com a sabedoria, Pai, Filho e Espírito desenharam e criaram este mundo; porque a sabedoria é parte da própria natureza de Deus. Em Provérbios 8:22-29, a sabedoria se relaciona com os abismos, as fontes das águas, os montes, os outeiros, os campos, o pó, os céus, a face do abismo, o mar, os fundamentos da terra. Como nenhuma destas coisas podem ser criadas por nós, nós não podemos obter a sabedoria se não nos é outorgada por Deus. Deus possuía a sabedoria «no princípio», «antes da terra»; antes do «princípio» de Gênesis 1:1.

5 Como se relacionam o regozijo da sabedoria com a semana da Criação? «Então eu estava com ele, e era seu arquiteto; era cada dia as suas delícias, alegrando-me perante ele em todo o tempo; Regozijando-me no seu mundo habitável e enchendo-me de prazer com os filhos dos homens.» (Proverbios 8:30-31) Dias 1º a 5º «era sua delicia dia a dia» «E viu Deus que era bom» Dia 6º «Me regozijo na parte habitável da sua terra» «E viu Deus… que era bom sobremaneira» Dia 7º «minhas delicias são com os filhos dos homens» «E repousou no dia sétimo de toda a obra que fez» Deus se regozijou em sua Criação. Este regozijo foi crescendo quando criou ao homem; e obteve seu pleno gozo quando desfrutou com ele do primeiro sábado que passaram juntos, em comunhão.

6 «… bem-aventurados serão os que guardarem os meus caminhos … Bem-aventurado o homem que me dá ouvidos … Porque o que me achar, achará a vida, e alcançará o favor do Senhor» (Proverbios 8:32, 34, 35) «… bem-aventurados serão os que guardarem os meus caminhos … Bem-aventurado o homem que me dá ouvidos … Porque o que me achar, achará a vida, e alcançará o favor do Senhor» (Proverbios 8:32, 34, 35) Esta dupla bem aventurança dirige nossos pensamentos ao lugar de donde emana a verdadeira sabedoria: a Palavra de Deus. «Mas ele disse: Antes bem aventurados os que ouvem a palavra de Deus e a guardam.» (Lucas 11:28) «A Bíblia apresenta ante nossa vista as inescrutáveis riquezas e os tesouros imortais dos céus. Os mais fortes impulsos do homem o levam a procurar sua própria felicidade. A Bíblia reconhece este desejo e nos mostra que todo o céu se unirá aos esforços que o homem faça para consegui-la» E.G.W. (A maravilhosa graça de Deus, 21 de dezembro)

7 É eficiente (9:1-3) Prepara alimento de vida: sacrifícios, pão e vinho (9:2) Chama aos simples para que adquiram sabedoria (9:4-6) É indolente (9:13-14) Prepara alimento de pecado: água furtada e pão que não alimenta (9:17) Chama aos simples para sua perdição (9:15-18) «Não repreendas o escarnecedor, para que não te odeie; repreende o sábio, e ele te amará. » (Proverbios 9:8)

8 «Os que consideram como corajoso e varonil tratar com indiferença e desprezo os reclamos de Deus, estão desta maneira denunciando sua própria loucura e ignorância. Ao mesmo tempo em que se jactam de sua liberdade e independência, estão realmente no cativeiro do pecado e de Satanás. Uma concepção clara do que Deus é e do que Ele requer que sejamos, conduzirá à verdadeira humildade. O que estuda corretamente a Santa Palavra, aprenderá que o intelecto humano não é onipotente. Aprenderá que a força e a sabedoria humanas são apenas fraqueza e ignorância, sem aquele auxílio que ninguém a não ser Deus poderá dar. O que segue a guia divina, encontrou a única fonte verdadeira de graça salvadora e real felicidade, e alcançou o poder de comunicar a felicidade a todos em redor de si.» E.G.W. (Conselhos aos professores, pais e estudantes, pg. 51)


Carregar ppt "Lição 4 - 24 de janeiro de 2015. «Não clama porventura a sabedoria, e a inteligência não faz ouvir a sua voz?» (Provérbios 8:1)"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google