A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Leonides Justiniano - Ética e Responsabilidade Social ÉTICA E RESPONSABILIDADE SOCIAL A ética na vida pessoal (ética profissional) e na vida organizacional.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Leonides Justiniano - Ética e Responsabilidade Social ÉTICA E RESPONSABILIDADE SOCIAL A ética na vida pessoal (ética profissional) e na vida organizacional."— Transcrição da apresentação:

1

2 Leonides Justiniano - Ética e Responsabilidade Social ÉTICA E RESPONSABILIDADE SOCIAL A ética na vida pessoal (ética profissional) e na vida organizacional (ética empresarial)

3 A Ética Profissional coloca questões sumamente importantes para o âmbito da vida pessoal; por extensão, também para a vida profissional, decorrente e que se concretiza no mundo do trabalho. Leonides Justiniano - Ética e Responsabilidade Social

4 TRABALHO, Produção e Realização Produção de Bens, Serviços, Valores e Pessoas: a dimensão humana do Trabalho e a realização humana no Trabalho. –Trabalhar para produzir mais –Trabalhar para ter mais –Trabalhar para ser mais

5 Nas sociedades, o trabalho apresenta características de: –Especialização –Facilitação/comodidade –Utilidade –Bem comum (!) –...

6 Mas, e a profissão...? Não se pretende, porém, restringir a discussão à ética no mundo do trabalho, tão-somente. Pretende-se discutir, fundamentalmente, a Ética no âmbito da profissão. Daí algumas questões que devem ser respondidas... Leonides Justiniano - Ética e Responsabilidade Social

7 Antes de mais nada... Que é Profissão??? De um modo geral... É o exercício habitual de uma tarefa, a serviço de outras pessoas...!

8 A profissão, como a prática habitual de um trabalho, oferece uma relação entre necessidade e utilidade! O valor profissional deve acompanhar-se de um valor ético para que exista uma integral imagem de qualidade.

9 O sentido de utilidade pode existir ÉTICA e a ÉTICA não se cumprir!!

10 Deve-se ter sempre presente que a conduta ética é sempre levada avante por pessoas, as quais se encontram em uma sociedade, e que, portanto, podem ter diversos interesses em jogo, como a sobrevivência...

11 Trabalho A taxa de desemprego cresceu entre 1995 e Ela passou de 6,2% para 10%. A informalidade se manteve em alta até 2002 (quando atingiu 47,2%), diminuindo em 2003 (para 45,5%). A renda média real dos trabalhadores caiu entre 1996 e 2002, de R$ 754,00 para R$ 589,90. Recuperou-se parcialmente em 2003, quando chegou a R$ 639,30 (em valores reais).

12 Trabalho A proporção de crianças de 10 a 14 anos trabalhando ou procurando trabalho caiu de 20% para 11,5% entre 1995 e Mesmo assim, em 2003, ainda havia 1,7 milhão de crianças trabalhando e outras 184 mil procurando trabalho no Brasil.

13 Renda Cerca de um terço da população brasileira é pobre (ou 53,9 milhões de pessoas). Quanto aos muito pobres (ou indigentes), a proporção é de um oitavo (ou 21,9 milhões de pessoas).

14 Renda Em 2003, 1% dos brasileiros mais ricos (somente 1,7 milhão de pessoas) se apropriava de uma soma das rendas domiciliares semelhante àquela detida pelos 50% mais pobres (86,9 milhões de pessoas).

15 Hoje... Segundo o Instituto Humanitas Unisinos, os 10% mais ricos da população brasileira têm renda 40,6 vezes superior aos 10% mais pobres. Somente sete países entre os 182 analisados pelo Programa das Nações Unidas (Pnud) apresentam resultados piores do que o Brasil neste quesito. Leonides Justiniano - Ética e Responsabilidade Social

16 Ainda assim... Segundo Isabela Vieira, da Agência Brasil: Nos últimos seis anos, as classes de renda mais elevada cresceram cerca de 50% no país. Segundo pesquisa divulgada [...] pela Fundação Getulio Vargas (FGV), as classes A e B, com renda mensal acima de R$ 4.807,00 representam hoje 15,63% da população contra 10,66% em Leonides Justiniano - Ética e Responsabilidade Social

17 A classe E, com renda de até R$ 804,00 passou de 29,95% para 17,42% e a classe D, com renda até R$ 1.115,00 diminuiu de 16,41% para 13,37%. A classe C, que concentra grande parte da população (53%) e tem renda entre R$ 1.115,00 e R$ 4.807,00 também voltou a crescer, passando de 42,99%, em 2003, para 53,38%, em dezembro passado. Leonides Justiniano - Ética e Responsabilidade Social

18 RELAÇÃO ÉTICA Ser humano como FIM Ética Profissional –Responsabilidade –Lealdade –Iniciativa

19 ATIVIDADE (em geral) exige explicitações: –O QUÊ? –PARA QUÊ? –COMO?

20 Equação não apenas de CUSTO X BENEFÍCIO, nem só: –EFICIÊNCIA –EFICÁCIA –EFETIVIDADE –RELEVÂNCIA –...

21 TAMBÉM: –NECESSIDADE SOCIAL!! –Reparação/Urgência –Democratização de recursos/serviços –Cidadania

22 Leonides Justiniano - Ética e Responsabilidade Social Relembrando: ÉTICA... Ciência que estuda o comportamento moral dos indivíduos e grupos Reflexão sobre a moral Conjunto de princípios e valores que fundamentam as normas morais

23 Leonides Justiniano - Ética e Responsabilidade Social Na vida profissional a Ética pode ser considerada sob dois aspectos: Ética ProfissionalPESSOAL ou individualmente: e aí costuma-se falar em Ética Profissional Ética EmpresarialORGANIZACIONAL ou empresarialmente: e aí se pode falar em Ética Empresarial

24 Leonides Justiniano - Ética e Responsabilidade Social ÉTICA PROFISSIONAL Conjunto de valores, princípios e ideais que regem o desempenho de toda profissão, bem como de cada profissão, especificamente. VIRTUDES profissionais fundamentais: –Responsabilidade –Lealdade –Iniciativa

25 Leonides Justiniano - Ética e Responsabilidade Social RESPONSABILIDADE É assumir os ônus e encargos da função, sem deixar para outros o que lhe é próprio. É comprometer-se com a consecução de seu trabalho, da melhor e mais eficaz maneira possível. É o SABER-FAZER.

26 Leonides Justiniano - Ética e Responsabilidade Social LEALDADE É o empenho no contínuo desenvolvimento da organização à qual se encontra ligado profissionalmente; É não usar de recursos escusos, artifícios ou condutas que possam comprometer a imagem e o funcionamento da empresa. É o SABER-SER.

27 Leonides Justiniano - Ética e Responsabilidade Social INICIATIVA É a disposição em inovar, fugindo do comodismo ou do absenteísmo. É buscar novas formas de incrementar o que já se faz e propor novos campos de ação e atuação. É o SABER-AGIR.

28 Leonides Justiniano - Ética e Responsabilidade Social ÉTICA EMPRESARIAL Dispõe sobre os fundamentos das ações de uma organização, seja com o público interno (shareholders), seja com o público externo (stakeholders). Refere-se a VIRTUDES como: –Respeito –Responsabilidade –Transparência

29 Leonides Justiniano - Ética e Responsabilidade Social ÉTICA EMPRESARIAL Primeiro passo para uma organização que se quer minimamente correta. Envolve tanto os princípios éticos pessoais, a ética profissional, quanto os códigos de ética.

30 Leonides Justiniano - Ética e Responsabilidade Social CÓDIGOS DE ÉTICA Na busca de consolidar uma imagem diante da sociedade, alguns grupos profissionais e, mesmo, organizacionais, elaboram Códigos de Ética.

31 Leonides Justiniano - Ética e Responsabilidade Social CÓDIGOS DE ÉTICA Os Códigos de Ética sintetizam os princípios que devem nortear a conduta dos integrantes de um grupo (organização) face às metas que devem ser alcançadas.

32 Leonides Justiniano - Ética e Responsabilidade Social CÓDIGO DE ÉTICA Nada mais é do que a declaração formal das expectativas da empresa à conduta de seus executivos e demais funcionários.

33 Leonides Justiniano - Ética e Responsabilidade Social CÓDIGOS DE ÉTICA ATENÇÃO!! Não se pode confundir determinados consensos de segmentos profissionais com Código de Ética. Muitas posturas consensuais são gritantemente antiéticas!

34 Leonides Justiniano - Ética e Responsabilidade Social RESPONSABILIDADE SOCIAL Conceito que significa o compromisso da empresa com relação à sociedade e à humanidade em geral. Uma forma de prestação de contas do desempenho empresarial, baseada na apropriação e uso de recursos que originalmente não pertenciam à empresa.

35 Leonides Justiniano - Ética e Responsabilidade Social RESPONSABILIDADE SOCIAL Emerge da noção de carência, débito e urgência sociais, indo além da simples filantropia (que é a relação socialmente comprometida da empresa com a comunidade)

36 Leonides Justiniano - Ética e Responsabilidade Social RESPONSABILIDADE SOCIAL Abrange todas as relações da empresa: EMPRESA Funcionários Clientes Meio AmbienteOrganizações FornecedoresAcionistas ConcorrentesSociedade

37 Leonides Justiniano - Ética e Responsabilidade Social RESPONSABILIDADE SOCIAL Apresenta 07 (sete) VETORES: –apoio ao desenvolvimento da comunidade –preservação do meio ambiente –investimento no bem-estar de funcionários e dependentes –comunicação transparente –retorno aos acionistas –sinergia com os parceiros –satisfação dos clientes e consumidores

38 Leonides Justiniano - Ética e Responsabilidade Social RESPONSABILIDADE SOCIAL Participa do conceito de desenvolvimento sustentável, compreendendo : –direitos humanos –direitos dos empregados –direitos dos consumidores –envolvimento comunitário –relação com os fornecedores –monitoramento e avaliação do desempenho –direito dos grupos de interesse

39 Leonides Justiniano - Ética e Responsabilidade Social RESPONSABILIDADE SOCIAL Envolve 06 (seis) ÂMBITOS: –Ética Empresarial –Stakeholders –Questão Ambiental –Filantropia Empresarial –Benefícios da adoção da Responsabilidade Social –Consideração da Realidade Sócio-Econômica

40 Leonides Justiniano - Ética e Responsabilidade Social CERTIFICAÇÃO SOCIAL Atestado de Cidadania Empresarial para além da Contabilidade Social! Critérios: –ISO –SA 8000 –...


Carregar ppt "Leonides Justiniano - Ética e Responsabilidade Social ÉTICA E RESPONSABILIDADE SOCIAL A ética na vida pessoal (ética profissional) e na vida organizacional."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google