A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

SISTEMAS RESPIRATÓRIO E DIGESTIVO

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "SISTEMAS RESPIRATÓRIO E DIGESTIVO"— Transcrição da apresentação:

1 SISTEMAS RESPIRATÓRIO E DIGESTIVO
PROF. MICHELINE C. CÂMARA

2 Fisiologia do Sistema Respiratório
Funções: Hematose Fonação Articulação da palavra (área de broca): Equilíbrio ácido-básico Controle térmico

3 Divisão anatômica e funcional
Porção condutora: Nariz, faringe, laringe, traquéia, brônquios principais, brônquios lobares, brônquios segmentares e bronquíolos terminais. Porção respiratória: Bronquíolos respiratórios e alvéolos, capilares saguineos. Divisão anatômica e funcional

4 Funções do nariz:

5 Movimentos Respiratórios:
Inspiração – Basal: Forçada: Expiração – Basal: Movimentos Respiratórios:

6

7

8

9

10

11

12 Tipos de Respiração:

13 Pressões pulmonares: Inspiração: Alvéolos -3 mmHg (
Expiração: Alvéolos 3 mm Hg Esforço Máximo: Alvéolo -80 mm Hg ou 100 mm Hg Capacidade real dos músculos respiratórios??????

14 Pleura:

15

16 Surfactante: Agente tensoativo
Síndrome de angústia respiratória do recém-nascido: Surfactante:

17

18

19 Transporte de Gases: Membrana respiratória= 70 m2 Camadas:
Espessura: 1 micrômetro Transporte de Gases:

20 Transporte de Gases

21

22

23 Hematose:

24 Hematose:

25 Hematose:

26 Pressão arterial pulmonar durante o exercício:
Circulação aumenta até 8x. Pressão arterial pulmonar aumenta em 50%. A distensão passiva dos vasos impede que o coração fique sobrecarregado durante o execício. Tempo de permanência do sangue nos pulmões? 1 a 2 segundos em repouso. Pressão arterial pulmonar durante o exercício:

27 Transporte de gases:

28 Transporte de gases:

29 Oxihemoglobina e Desoxihemoglobina:

30 Curva de dissociação:

31 Curva de dissociação:

32 Transporte de Gás Carbônico:

33 Carbamino-hemoglobina:

34 Dissociação nos pulmões:

35 Transporte via Bicarbonato:

36 Dissociação nos pulmões: :

37

38 Hematose:

39 Formação do ácido carbônico:

40 Liberação de Gás carbônico:

41

42

43 PCO2:

44 Quimiorreceptores Periféricos:

45

46 Fisiologia do Sistema Digestório
Função básica: Funções específicas:

47

48 ALIMENTAÇÃO É a fonte de nutrientes que servem para a síntese de matéria viva (protoplasma) e obtenção de energia para as funções vitais. Os alimentos podem ser classificados quanto a sua origem em dois grandes grupos: os orgânicos e os inorgânicos.

49 DIGESTÃO É a transformação de nutrientes (vindos dos alimentos) em substâncias menos complexas e absorvíveis pelo organismo e assimiláveis pelas células. Pode ser digestão intracelular e extracelular.

50 NUTRIÇÃO Nutrição é a incorporação de novos materiais estruturais e energéticos ao patrimônio celular e orgânico do indivíduo. Exemplo de nutrientes: Carboidratos (glicídios), Lipídios (gorduras) e Proteínas e Sais minerais.

51 Sistema Nervoso Autônomo:
Parassimpático: Simpático: Sistema Nervoso Autônomo:

52 A presença de alimento na boca, assim como sua visão e cheiro, estimulam as glândulas salivares a secretar saliva, que contém a enzima amilase salivar ou ptialina, além de sais e outras substâncias. A amilase salivar digere o amido e outros polissacarídeos (como o glicogênio), reduzindo-os em moléculas de maltose (dissacarídeo). Os sais da saliva neutralizam substâncias ácidas e mantêm, na boca, um pH neutro (7,0) a levemente ácido (6,7), ideal para a ação da ptialina. BOCA

53 Controle da secreção salivar:
Núcleos no tronco encefálico – Estímulo – Gustatório; olfatório ou tátil Frutas verdes!!!! Salivação???? Fases: Psíquica; gustativa e gratrintestinal. Controle da secreção salivar:

54

55

56 Muco Secreção esofagiana:

57 FARINGE E ESÔFAGO ESÔFAGO: O bolo alimentar leva de 5 a 10 segundos para percorrê-lo.

58 Alterações do tubo: Estímulo: Plexo: Lei do intestino: Peristaltismo:

59 Esfíncter cárdico: Definição e função: Refluxo (Falha):
1 litro de alimento!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Esfíncter cárdico:

60 ESTÔMAGO E SUCO GÁSTRICO
O ácido clorídrico dissolve o cimento intercelular dos tecidos dos alimentos, auxiliando a fragmentação mecânica iniciada pela mastigação. A pepsina,é a enzima mais potente do suco gástrico e catalisa a digestão de proteínas.  A mucosa gástrica é recoberta por uma camada de muco, que a protege da agressão do suco gástrico, bastante corrosivo. ESTÔMAGO E SUCO GÁSTRICO

61 2 litros por dia!!!!!!!!!!!!! Secreção gástrica:

62 O bolo alimentar pode permanecer no estômago por até quatro horas ou mais.
A mucosa gástrica produz também o fator intrínseco, necessário à absorção da vitamina B12. Quimo. Passando por um esfíncter muscular (o piloro), o quimo vai sendo, aos poucos, liberado no intestino delgado, onde ocorre a maior parte da digestão. ESTÔMAGO E DIGESTÃO

63 Funções motoras do Estômago:
FUNÇÃO DE ARMAZENAMENTO: Tônus do corpo e capacidade: Mistura no estômago e formação do quimo: Peristalse fraca: Quimo: Propulsão do quimo e esvaziamento grástrico: Peristalse forte Funções motoras do Estômago:

64 Regulação do esvaziamento gástrico:
Grau de fluidez do quimo: Quantidade de quimo no duodeno:: Acidez no duodeno: Reflexo enterogástrico. Gordura no duodeno: Hormônios Regulação do esvaziamento gástrico:

65 Movimentos do Intestino Delgado:
Movimentos propulsivos: Distensão Contrações de mistura: Contrações irregulares Morfologia: Movimentos do Intestino Delgado:

66 A digestão do quimo ocorre predominantemente no duodeno e nas primeiras porções do jejuno.
BILE QUIMO QUILO INTESTINO DELGADO

67 Secreção hepática: 800 ml de bile por dia!!!
Constituição e Função da bile: Regulação: Cálculos biliares: Secreção hepática:

68

69

70 SUCO PANCREÁTICO Tripsina+quimiotripsina: hidrolizam Poliptídeos Oligopeptídeos. SUCO ENTÉRICO Oligopeptídeos Aminoácidos (Peptidase) Dissacarídeos Monossacarídeos (Dissacaridases) INTESTINO DELGADO

71 Secreções pancreáticas:
1.200 ml por dia!!! Amilase: Tripsina: Quimiotripsina: Lipase: Bicarbonato: Bicarbonato + ácido clorídrico = cloreto de sódio e ácido carbônico. Nível de cloreto de sódio no intestino??? Secreções pancreáticas:

72

73 INTESTINO DELGADO ABSORÇÃO DE NUTRIENTES
Água ingerida, íons e vitaminas; do intestino para o fígado; para o sangue. Gorduras (glicerol e ac graxo isolado) da mucosa para trigliceróis, envelopadas por proteínas, vasos linfáticos, para o sangue, para adipócitos. INTESTINO DELGADO

74

75 Movimentos gastrintestinais:
Movimentos propulsivos Movimentos de mistura A parede do tubo digestivo, do esôfago ao intestino, é formada por quatro camadas: mucosa, submucosa, muscular e adventícia. Movimentos gastrintestinais:

76 Sistema nervoso Intrínseco do Intestino:
Plexo mioentérico: Plexo submucoso:

77 INTESTINO GROSSO Absorção da água ingerida + das secreções digestivas
Secretam muco que lubrifica as fezes, Numerosas bactéria vivem em mutualismo Massa fecal: composta por fibras vegetais (celulose). INTESTINO GROSSO

78 Movimentos do cólon: 1 litro de quimo e 200 ml de volume fecal!!
Movimento de mistura: Lento Movimentos propulsivos: 99% do tempo sem peristalse!!!!!!!!!!! Movimentos de massa: Horas!!! Movimentos do cólon:

79 Distensão do reto: Esfíncter externo do ânus: Defecação:


Carregar ppt "SISTEMAS RESPIRATÓRIO E DIGESTIVO"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google