A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

 Joanna de Ângelis é a guia espiritual do médium espírita brasileiro Divaldo Franco, entidade à qual é atribuída a autoria da maior parte das suas obras.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: " Joanna de Ângelis é a guia espiritual do médium espírita brasileiro Divaldo Franco, entidade à qual é atribuída a autoria da maior parte das suas obras."— Transcrição da apresentação:

1

2  Joanna de Ângelis é a guia espiritual do médium espírita brasileiro Divaldo Franco, entidade à qual é atribuída a autoria da maior parte das suas obras psicografadas.

3  Segundo Divaldo Franco, em sua primeira manifestação, em 5 de dezembro de 1945, Joanna de Ângelis se apresentou como “Um Espírito amigo", e que por muitos anos teria sido um pseudônimo utilizado por ela.  Em “O Evangelho Segundo o Espiritismo” vamos encontrar duas mensagens assinadas por “Um Espírito amigo”.  A primeira, no Cap. IX, item 7 com o título “A paciência”, escrita em Havre,  A segunda no Cap. XVIII itens 13 e 15 intitulada “Dar-se-á àquele que tem”, psicografada no mesmo ano que a anterior, na cidade de Bordéus. “Se observarmos bem, veremos a mesma Joanna que nos escreve hoje, ditando no passado uma bela página, como o modelo das nossas atitudes, em qualquer situação.” Divaldo Franco

4  Segundo informações de Humberto de Campos, no livro “Boa Nova”, Joana de Cusa era uma pessoa de posses, pertencente a classe mais privilegia da sociedade de Cafarnaum;  Possuía verdadeira fé e invariavel- mente aparecia entre a multidão que companhava Jesus nas prega- ções do lago. Vamos conhecer um pouco mais sobre algumas das reencarnações de Joanna de Ângelis. JOANA DE CUSA

5  Em algumas oportunidade Joana de Cusa conversou com Jesus, sendo que em uma delas recebeu aconselhamentos do Mestre sobre problemas conjugais que vinha enfrentando. Joana, se teu esposo não te compreende a alma sensível, compreender-te-á um dia. Não te acharias ligada a ele se não houvesse para isso razão justa. Deves, pelo Evangelho, amá-lo ainda mais. Os sãos não precisam de médico.

6 UMA DISCÍPULA DE FRANCISCO DE ASSIS  Francisco de Assis é um dos temas preferidos por Joanna de Ângelis, muitas vezes citado em suas obras, sendo inclusive tema frequente de palestras, seminários e workshops de Divaldo Franco.  Podemos abstrair daí que existe, no mínimo, uma admiração muito grande de Joanna de Ângelis pela filosofia e obra deste espírito tão único e amoroso que é Francisco de Assis.

7 UMA DISCÍPULA DE FRANCISCO DE ASSIS  Existem informações de que Joanna teria vivido na época de Francisco ( ), sendo possível que tenha sido CLARA DE ASSIS ( ), fundadora da Ordem das Clarissas.  Contudo, todas as informações referentes a esta encarnação em específico são muito vagas, o que já denota certa intenção de não revelar muitos detalhes pela própria Joanna ou pela Espiritualidade.

8 SÓROR JUANA INÉS DE LA CRUZ  Renasce em 1651 na pequenina San Miguel Nepantla, a oitenta quilômetros da cidade do México, com o nome de Juanna De Asbaje y Ramirez De Santillana, filha de pai basco e mãe indígena.  Foi uma criança precoce, e com pouco mais de 3 anos de idade, começou a ser alfabetizada.  A família se transfere para a Capital e Juana com 12 anos aprendeu latim em 20 aulas, e português, sozinha. Além disso, falava uma língua indígena, da origem de sua mãe.

9  Mais tarde, Joana foi para a ordem de São Jerônimo da Conceição, dedicando-se às letras e à ciência. Tomou o nome de Sóror Juana Ignés De La Cruz.  Era conhecida como a “Monja da Biblioteca”, sendo admirada por conta de seus escritos, não só entre os religiosos, como também entre os estudantes e mestres das Universidades de vários lugares.  Se imortalizou também por defender o direito da mulher de ser inteligente, capaz de lecionar e pregar livremente.  Em 1695 houve uma epidemia de peste na região. Juana socorreu suas irmãs reliogiosas e ao final abatida e doente, desencarna aos 44 anos de idade. SÓROR JUANA INÉS DE LA CRUZ

10 SÓROR JOANA ANGÉLICA DE JESUS  Em1761, reencarnou, na cidade de Salvador, Bahia, como Joana Angélica, filha de uma abastada família.  Aos 21 anos de idade ingressou no Convento da Lapa, como franciscana, com o nome de Sóror Joana Angélica de Jesus. Foi irmã, escrivã e vigária, quando, e, 1815, tornou-se Abadessa.  Em 20 de fevereiro de 1822, defendendo corajosamente o Convento, assim como a honra das jovens que ali moravam, foi assassinada por soldados que lutavam contra a Independência do Brasil.

11

12  Nasceu em Feira de Santana, Bahia, em 05 de maio de  Filho mais novo do casal Francisco Pereira Franco e Ana Alves Franco, que tiveram 13 filhos.  Estudou na Escola Normal Rural de Feira de Santana, onde recebeu o diploma de Professor Primário, em  Mudou-se para Salvador, em 1945, tendo concorrido a uma vaga no IPASE (Instituto de Previdência e Assistência dos Servidores do Estado), onde trabalhou até sua aposentadoria, na década de 70. SEUS PRIMEIROS ANOS

13  Desde os 5 anos de idade Divaldo via e se comunicava com os espíritos, porém esse sempre foi um fato que causou-lhe grandes constrangimentos.  Quando adolescente, ficou muito abalado pela morte de seu irmão mais velho, e o trauma o deixou enfermo. Passou 6 meses de cama, sem poder andar.  Foi a mão amiga de dona Ana Ribeiro Borges que o conduziu à Doutrina Espírita, libertando-o do trauma e trazendo a consolação tanto para ele, como para toda a família.  Divaldo se considera espírita de “fato” a partir dos 18 anos (1945), quando leu e estudou pela primeira vez O Livro dos Espíritos. INÍCIO NO ESPIRITISMO

14  Conhecido como o "apóstolo do Espiritismo", dedica-se à mediunidade há 65 anos, sendo um importante orador espírita há mais de 60 anos.  Fundou o Centro Espírita Caminho da Redenção em 7 de setembro de 1947 e em 15 de agosto de 1952, junto com Nilson de Souza Pereira, que fundou a instituição de caridade Mansão do Caminho. INÍCIO NO ESPIRITISMO

15  Hoje, a Mansão do Caminho, situada em um dos bairros periféricos mais carentes de Salvador, é um admirável complexo filantrópico que atende mais de pessoas sendo que crianças e jovens carentes residem em suas instalações;  Possui m² e 43 edificações.  A obra é basicamente mantida com a venda de livros mediúnicos e DVDs gravados durante as palestras proferidas por ele.  Divaldo já teve cerca de 600 criaças registradas como filhos, possuindo hoje mais de 200 netos e bisnetos.  Seus "filhos” possuem família constituída e a própria profissão, tais como professores, contadores, administradores, psicólogos, médicos, entre outros. MANSÃO DO CAMINHO

16  Na década de 60 iniciou a construção de escolas-oficinas profissiona- lizantes e de atendimento médico.  Atualmente, são as seguintes entidades e órgãos assistenciais:  Mansão do Caminho (semi-internato para crianças e jovens carentes);  A Manjedoura (creche para crianças carentes de 2 meses a 3 anos de idade) ;  Escola Jesus Cristo (ensino fundamental);  Escola Allan Kardec (ensino fundamental);  Escola de Informática;  Escola de Educação Infantil Alvorada Nova;  Escola de Evangelização (ensino espírita para público infantil);  Juventude Espírita Nina Arueira (evangelização e ensino espírita para o público jovem);  Caravana Auta de Souza (auxilia idosos e pessoas inválidas portadoras de doenças irrecuperáveis e degenerativas);  Casa de Assistência Lourdes Saad (distribuição diária de sopa e pão);  Casa da Cordialidade (assiste a famílias carentes);  Centro de Saúde J. Carneiro de Campos;  Evangelização Nise Moacyr (evangelização de crianças);  Grupo Lygia Banhos (esclarecimento e consolo a comunidades carentes);  Livraria Espírita Alvorada (editora e gráfica). MANSÃO DO CAMINHO

17  Orador com mais de palestras e conferências;  Já esteve em mais de cidades em todo o Brasil;  No exterior, já proferiu palestras em mais de 65 países diferentes, dos cinco continentes;  Concedeu mais de entrevistas para rádio e TV, no Brasil e no Exterior.  Recebeu mais de seiscentas homenagens, de instituições culturais, sociais, religiosas, políticas e governamentais. O ORADOR

18  Iniciou sua atividade de psicografia em 1949;  Em 1964, sob orientação de Joanna de Ângelis, selecionou várias mensagens de autoria da mentora, organizando-as em um livro chamado “Messe de Amor”, sendo esse o primeiro livro psicografado por Divaldo.  Até o momento possui 255 livros publicados, totalizando mais de oito milhões de exemplares impressos;  São 211 o número de Autores Espirituais, muitos deles ocupando lugar de destaque na literatura, no pensamento e na religiosidade universais.  Dessas obras, houve versões para 17 idiomas (alemão, albanês, catalão, dinamarquês, espanhol, esperanto, francês, holandês, húngaro, inglês, italiano, norueguês, polonês, tcheco, turco, russo, sueco e sistema Braille).  A renda proveniente da venda dessas obras, bem como os direitos autorais foram doados, em cartório, à Mansão do Caminho e à outras entidades filantrópicas. O MÉDIUM PSICÓGRAFO

19  Por meio das obras de Joanna de Ângelis, Divaldo pôde alcançar o reconhecimento não apenas entre os religiosos e espiritualistas, mas também em outras linhas de conhecimento, como a psicologia e a parapsicologia.  Isso se deu principalmente em função dos livros publicados na Série Psicológica, onde tratou dos malefícios das fugas da realidade e enfatizou a importância do autoconhecimento e auto-enfrentamento.  A Série Psicológica foi escrita à luz dos pensamentos de Allan Kardec e de pesquisadores da psiquê humana, a exemplo de Carl Jung. Na referida série se encontram duas obras voltadas à psicologia transpessoal: Autodescobrimento (1995) e Triunfo Pessoal (2002). LIVROS DE JOANNA DE ANGELIS – DIVALDO FRANCO

20  A maioria das obras de Joanna de Ângelis almeja incentivar o autodescobrimento.  Visa aplicar no dia-a-dia os ensinamentos morais de amor fraterno contidos nos Evangelhos e na Doutrina Espírita, incentivando o leitor a enfrentar as dificuldades cotidianas de modo mais prático e otimista.  Um dos mais recentes lançamentos de Joanna de Ângelis chama-se Conflitos Existenciais (LEAL, 2005), obra que analisa os principais conflitos do ser humano, as suas causas, origens e formas de. LIVROS DE JOANNA DE ANGELIS – DIVALDO FRANCO

21  Messe de Amor (mensagens, dedicadas ao centenário de O Evangelho Segundo o Espiritismo)  Dimensões da Verdade (conceitos evangélicos e doutrinários)  Leis Morais da Vida (análises sobre as Leis Divinas)  Jesus e Atualidade  O Homem Integral  Plenitude  Momentos de Saúde e Consciência  O Ser Consciente  Autodescobrimento: Uma Busca Interior  Desperte e seja feliz  Vida: Desafios e Soluções  Amor, imbatível amor  O Despertar do Espírito  Jesus e o evangelho a luz da psicologia profunda  Triunfo Pessoal  Conflitos Existenciais  Encontro com a paz e a Saúde  Em Busca da Verdade  Psicologia da Gratidão LIVROS DE JOANNA DE ANGELIS – DIVALDO FRANCO


Carregar ppt " Joanna de Ângelis é a guia espiritual do médium espírita brasileiro Divaldo Franco, entidade à qual é atribuída a autoria da maior parte das suas obras."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google