A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Cultivo de plantas medicinais. Introdução Até década de 50 plantas utilizadas como principal forma de tratamento de enfermidades. Até década de 50 plantas.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Cultivo de plantas medicinais. Introdução Até década de 50 plantas utilizadas como principal forma de tratamento de enfermidades. Até década de 50 plantas."— Transcrição da apresentação:

1 Cultivo de plantas medicinais

2 Introdução Até década de 50 plantas utilizadas como principal forma de tratamento de enfermidades. Até década de 50 plantas utilizadas como principal forma de tratamento de enfermidades. Com o advento da indústria e seu desenvolvimento síntese de princípios ativos em laboratório. do uso das plantas medicinais. Com o advento da indústria e seu desenvolvimento síntese de princípios ativos em laboratório. do uso das plantas medicinais. Décadas depois efeito colateral das plantas em relação aos medicamentos sintéticos. Além de seu custo ser mais baixo. Décadas depois efeito colateral das plantas em relação aos medicamentos sintéticos. Além de seu custo ser mais baixo.

3 Assim: aumenta-se a utilização das plantas e fitoterápicos como tratamento Necessário cultivar as plantas Melhor forma é AGRICULTURA ORGÂNICA (equilíbrio entre produção e o meio ambiente). Evita contaminação do solo. Assim: aumenta-se a utilização das plantas e fitoterápicos como tratamento Necessário cultivar as plantas Melhor forma é AGRICULTURA ORGÂNICA (equilíbrio entre produção e o meio ambiente). Evita contaminação do solo.

4 Fatores que interferem na concentração de princípios ativos Fatores ambientais crescimento, desenvolvimento, forma, fotossíntese, floração e formação de princípios ativos. Fatores ambientais crescimento, desenvolvimento, forma, fotossíntese, floração e formação de princípios ativos. Importante conhecer origem da espécie que se deseja cultivar aclimatá-la de forma correta concentração máxima de princípio ativo. Importante conhecer origem da espécie que se deseja cultivar aclimatá-la de forma correta concentração máxima de princípio ativo.

5 Temperatura: Cada espécie curva de crescimento temperatura mínima e máxima e uma faixa ótima. Cada espécie curva de crescimento temperatura mínima e máxima e uma faixa ótima. Diferença de temperatura entre dia e noite interfere no desenvolvimento da planta. Deve ocorrer uma diferença mínima de temperatura. Diferença de temperatura entre dia e noite interfere no desenvolvimento da planta. Deve ocorrer uma diferença mínima de temperatura.

6 Luz: Influencia fotossíntese, crescimento, desenvolvimento e forma. Influencia fotossíntese, crescimento, desenvolvimento e forma. Proporção de luz em 24 horas plantas sofrem modificação. Proporção de luz em 24 horas plantas sofrem modificação.

7 Umidade: Ambientes mais úmidos maior produção de princípios ativos. Entretanto, nem sempre é verdade, depende da constituição química do princípio ativo da planta em questão. Ambientes mais úmidos maior produção de princípios ativos. Entretanto, nem sempre é verdade, depende da constituição química do princípio ativo da planta em questão. Plantas irrigadas maior produção de biomassa maior rendimento de princípios ativos/área. Plantas irrigadas maior produção de biomassa maior rendimento de princípios ativos/área.

8 Altitude: altitude, temperatura, insolação interferência no desenvolvimento das plantas e produção de princípios ativos. altitude, temperatura, insolação interferência no desenvolvimento das plantas e produção de princípios ativos. Alcalóides altitude teor de princípios ativos atividade metabólica. Alcalóides altitude teor de princípios ativos atividade metabólica. Outras plantas altitudes maior produção de carboidratos e glicosídeos intensidade luminosa. Outras plantas altitudes maior produção de carboidratos e glicosídeos intensidade luminosa.

9 Latitude: Teoricamente plantas cultivadas em latitudes equivalentes (norte e sul) tendem ao mesmo comportamento em relação ao desenvolvimento, floração e teor de princípios ativos. Teoricamente plantas cultivadas em latitudes equivalentes (norte e sul) tendem ao mesmo comportamento em relação ao desenvolvimento, floração e teor de princípios ativos. Entretanto plantas cultivadas no sul possuem maior quantidade de alcalóides relacionado com a inclinação da Terra e influência das correntes marítimas. Entretanto plantas cultivadas no sul possuem maior quantidade de alcalóides relacionado com a inclinação da Terra e influência das correntes marítimas.

10 Solo: Estudo correto do solo corrigir acidez e fornecer nutrientes. Diversos tipos de adubação: Estudo correto do solo corrigir acidez e fornecer nutrientes. Diversos tipos de adubação: Químico: restrito a suprir deficiências de nutrientes no solo. Químico: restrito a suprir deficiências de nutrientes no solo. Orgânico: proveniente da decomposição de resíduos vegetais, animais, urbano e industrial. Apresenta alto teor de componentes orgânicos (húmus). Mais utilizados são: estercos animais, restos de cultura, húmus de minhoca, composto orgânico e adubação verde. Orgânico: proveniente da decomposição de resíduos vegetais, animais, urbano e industrial. Apresenta alto teor de componentes orgânicos (húmus). Mais utilizados são: estercos animais, restos de cultura, húmus de minhoca, composto orgânico e adubação verde.

11 Colheita: A colheita deve ser feita no estágio de maior teor de princípios ativos varia de espécie pra espécie. A colheita deve ser feita no estágio de maior teor de princípios ativos varia de espécie pra espécie. Exemplo: menta colheita deve ser feita em plena floração concentração de óleos essenciais é maior. Hora do dia influi na qualidade do material. Hora do dia influi na qualidade do material. Exemplo teor de alcalóides e óleos essenciais é maior no período da manhã, já o teor de glicosídeos é maior no período da tarde.

12 Colheita tempo seco. Não se recomenda após período de chuvas teor de princípios ativos pode diminuir devido aumento da umidade. Dificuldade de secagem e aparecimento de fungos. Colheita tempo seco. Não se recomenda após período de chuvas teor de princípios ativos pode diminuir devido aumento da umidade. Dificuldade de secagem e aparecimento de fungos. Após colheita transportado para local de beneficiamento, protegido do sol. Após colheita transportado para local de beneficiamento, protegido do sol.

13 Beneficiamento adequado: Secagem finalidade de reduzir a ação de enzimas por desidratação, para aumentar a conservação das plantas. Eliminação da água aumenta percentual de princípios ativos em relação ao peso. Secagem finalidade de reduzir a ação de enzimas por desidratação, para aumentar a conservação das plantas. Eliminação da água aumenta percentual de princípios ativos em relação ao peso. Local protegido de poeira, insetos e outros animais. Deve ser feito em galpões próprios à temperatura ambiente ou ar aquecido (estufa). Local protegido de poeira, insetos e outros animais. Deve ser feito em galpões próprios à temperatura ambiente ou ar aquecido (estufa).

14 Armazenagem apropriada: Planta armazenada em embalagem própria e devidamente identificada nome da espécie, parte utilizada, data da colheita e do término da secagem e nome do produtor. Planta armazenada em embalagem própria e devidamente identificada nome da espécie, parte utilizada, data da colheita e do término da secagem e nome do produtor.


Carregar ppt "Cultivo de plantas medicinais. Introdução Até década de 50 plantas utilizadas como principal forma de tratamento de enfermidades. Até década de 50 plantas."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google