A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

REVESTIMENTOS EM MADEIRA A madeira, sendo um produto natural e renovável, é dos produtos industriais com o consumo energético mais baixo no seu processo.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "REVESTIMENTOS EM MADEIRA A madeira, sendo um produto natural e renovável, é dos produtos industriais com o consumo energético mais baixo no seu processo."— Transcrição da apresentação:

1 REVESTIMENTOS EM MADEIRA A madeira, sendo um produto natural e renovável, é dos produtos industriais com o consumo energético mais baixo no seu processo produtivo.

2 ISOLAMENTO TERMICO Hoje em dia, o isolamento térmico é um aspecto importante na redução de energia utilizada no aquecimento e climatização das habitações, comparado com o uso de tijoleira, granitos e azulejos.

3 A MADEIRA NA HABITAÇÃO A madeira é um isolante natural. Podemos reduzir a quantidade de energia necessária na climatização de espaços, usando-a especialmente nas janelas, portas, pavimentos e tectos.

4 A MADEIRA NA HABITAÇÃO Portas InterioresRoupeiroPiso e rodapé Escadaria em madeiraCaixilharia

5 UTILIDADE Trata-se de uma matéria-prima muito versátil e fácil de trabalhar. Pode ser usada de forma muito variada.

6 CUSTOS Quantos aos custos da construção em madeira, eles podem ser compensadores, permitindo uma poupança em relação aos outros materiais, tais como o betão, na construção, vitrocerâmicos nos revestimentos e o alumínio nas portas e janelas

7 PRÉ FABRICAÇÃO A pré-fabricação também é outra das vantagens económicas a ter em conta. Uma casa em madeira com 90 m2, tem um custo aproximado de €, um apartamento, com a mesma área, o custo é superior a €.

8 REVESTIMENTOS Nas habitações tradicionais, usamos a madeira como revestimento,tanto nos chãos, tetos e paredes

9 REVESTIMENTOS Também se utiliza a madeira nas portas, janelas e caixilharia, nas armações e estruturas de telhados.

10 A DIVERSIDADE DA MATÉRIA PRIMA Numa habitação pode-se usar diversos tipos de madeira, tais como: AfizéliaCerejeiraSucupira

11 Tábua Pá MDF Castanho\ MDF - Hidrofogo Nogueira RigaMogno DesenroladoMogno Sapel

12 CarvalhoWengue IPIsumbé Cambala

13 TIPOS DE PAVIMENTOS SOALHO FLUTUANTES TACO PARKET

14 FLUTUANTES A delicadeza no caminhar e durabilidade A colocação do pavimento Corredores e escadas quarto

15 TACO Em madeira maciça o taco assume nomes diversos consoante as características e dimensões. Assim O Taco macheado alia o luxo de um soalho de madeira maciça à economia do sistema de aplicação. Fabricado em dimensões maiores que o Lamparquet, especialmente na espessura, o Macheado é aconselhado para aplicações em habitação, áreas comerciais, pavilhões gimnodesportivos e zonas de grande desgaste. O Taco Macheado pode ser colado directamente sobre a betonilha, ou pregado sobre ripado de madeira.

16 APLICAÇÕES DE TACO

17 LAMPARQUET O Lamparquet é um pavimento de madeira maciça, Fabricado com tecnologia alemã. É uma solução moderna e económica para novas construções. É também especialmente vocacionado para redecorações em casos em que a caixa da betonilha não exceda os 10mm. É o caso das betonilhas preparadas para alcatifas, vinílicos, parquet mosaico, etc. De grande efeito estético e fácil colocação, o Lamparquet permite várias aplicações: "corrido", espinhado, mosaico, "romano", etc.

18 APLICAÇÕES DE LAMPARQUET

19 SOALHO O Soalho é de todos os pavimentos de madeira o primeiro e o mais nobre. Distingue-se do Taco Macheado pelas maiores dimensões, especialmente na largura e no comprimento. Estas dimensões permitem-lhe evidenciar ainda mais a beleza natural da madeira nos seus veios, texturas e cores.

20 SOALHO É um pavimento que deverá ser aplicado por fixação a prego sobre uma estrutura de suporte em madeira, que permita a criação de uma caixa de ar que deixe a madeira “respirar”. Esta particularidade confere uma acústica característica deste pavimento.

21 APLICAÇÃO DO SOALHO

22 ASPECTO FINAL DO SOALHO

23 DECK UM DERIVADO DE MADEIRA As réguas de madeira de Deck são assentes sobre uma estrutura de suporte, semelhante ao soalho. Devem ser deixadas juntas importantes entre as peças para permitir as dilatações. As réguas podem ser ranhuradas na face superior, para aumentar a aderência. Podem ainda ser aplicados diversos produtos de tratamento de madeira de forma a evitar o seu envelhecimento.

24 APLICAÇÕES DE DECK

25 Outros derivados de madeira.Tabuapa MDF Contraplacado Platex OSB Todos estes derivados de madeira são muito utilizados na fabricação de móveis, forramento de paredes, tectos.

26 MDF É muito utilizado na fabricação de móveis lacados, é um material de fácil manuseamento e dá um acabamento excelente. Neste derivado também encontra-mos os MDF ídrófogados que são resistentes á água. Este material é usado na fabricação de flutuantes.

27 Contraplacados É um material muito resistente! é composto por várias camadas de madeira sobre posta que dá uma consistência e uma resistência que é fora do cumon. Nesta categoria também se emcontra os contraplacados Maritimos são muito resistentes á água devido ás colas com que são colados e prensados.

28 Outros locais onde se usa contraplacados Cofragens Carroçarias, plataformas e paredes interiores Mobiliário Apainelados decorativos Painéis publicitários Interiores de contentores Casas pré-fabricadas Móveis para parques infantis

29 Tábuapa Este produto tem as mesmas funções que os anteriores, embora não seja tão resistente como os outros, a única vantaguem que tem sobre os outros materiais é ser mais barato.

30 Plátex Este derivado é normalmente usado na parte traseira dos móveis, devido á sua dureza, também se usa na fabricação de portas principalmente no interior destas “são os chamados favos”

31 OSB – O OSB (“Oriented Strand Board” ou aglomerado de partículas de madeiras longas e orientadas) é o desenvolvimento mais importante na indústria dos derivados de madeira nos últimos anos. As excelentes características do OSB resultam directamente da especificidade do seu processo de fabrico. Depois de revestidas com cola, as partículas de madeira são dispostas em camadas e cada camada é orientada de forma diferente, de modo a maximizar a resistência e a estabilidade do painel. Este colchão é, então, submetido a condições de pressão e temperatura muito elevadas, obtendo-se um painel estruturalmente denso, muito resistente, dimensionalmente estável e muito durável. As Vantagens Excepcionais do OSB Resistência Mecânica Elevada: Comparável aos valores do contraplacado e de outros painéis estruturais de classe equivalente. Grande Rigidez Resistência à Deformação, Ruptura e Delaminação Excelente Relação entre Resistência e Peso Grande Durabilidade: Produto dimensionalmente estável, mantendo intactos os seus níveis de desempenho ao longo do ciclo de vida, desde que utilizado de acordo com as respectivas recomendações de uso.

32 OSB

33 Este colchão é, então, submetido a condições de pressão e temperatura muito elevadas, obtendo-se um painel estruturalmente denso, muito resistente, dimensionalmente estável e muito durável. Resistência Mecânica Elevada: Comparável aos valores do contraplacado e de outros painéis estruturais de classe equivalente.

34 Osb totalmente reciclável Impacto Ambiental Reduzido: Não são utilizadas árvores adultas no fabrico do OSB. A sua matéria-prima é constituída unicamente por madeira de pequena dimensão, proveniente de florestas geridas de forma sustentável. Além disso, o OSB é totalmente reciclável.

35 ESTE TRABALHO FOI REALIZADO POR: JOAQUIM FERREIRA E ALBERTO LUCAS


Carregar ppt "REVESTIMENTOS EM MADEIRA A madeira, sendo um produto natural e renovável, é dos produtos industriais com o consumo energético mais baixo no seu processo."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google