A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Toxoplasma gondii. Características gerais: Protozoário Parasito intracelular obrigatório Descoberto em 1908 no Brasil – primeiro caso Humano em 1923 na.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Toxoplasma gondii. Características gerais: Protozoário Parasito intracelular obrigatório Descoberto em 1908 no Brasil – primeiro caso Humano em 1923 na."— Transcrição da apresentação:

1 Toxoplasma gondii

2 Características gerais: Protozoário Parasito intracelular obrigatório Descoberto em 1908 no Brasil – primeiro caso Humano em 1923 na Tchecoslováquia Agente etiológico da Toxoplasmose Distribuição mundial: 1/3 da população sorologicamente positiva- forma crônica assintomática Anos 80- AIDS- toxoplasmose tornou-se preocupante Incidência em crianças e imunodeprimidos (infecção oportunista) HABITAT: tecido, células nucleares e líquidos orgânicos (saliva, leite, esperma)

3 Caraterísticas gerais Formas: Taquizoítos, bradizoítos e oocistos (esporozoítos) Taquizoítos: forma livre, fase aguda da infecção;é móvel. Presente nos líquidos orgânicos Bradizoíto: tecidos, fase crônica Oocisto: forma de resistência, produzidos pelas células intestinais dos felídeos – eliminados nas fezes (forma imatura- não esporulados) Esporulação ocorre no meio ambiente

4 Ciclo biológico Heteroxênico H.D: gatos (ciclo sexuado e assexuado) H.I: Homem(ciclo assexuado) Mamíferos e aves- HI transmitem a infecção apenas quando sua carne serve de alimento para outros animais ou o homem ou por via congênita Fase assexuada: tecido dos H.D e H.I Fase sexuada: epitélio intestinal de gatos jovens não imunes

5

6 SEXUADA: ingestão de oocisto, cistos ou traquizoítos  desenvolvimento cél, intestinais  esquizogonia  merozoítos  penetra em células endoteliais  gametócitos  ovo  oocisto célula epitelial se rompe  oocisto imaturo ASSEXUADA: ingestão de oocistos, trofozoitos nas carnes  intestino  penetração em células epiteliais  taquizoítos  rompe células  taquizoítos livres  linfa, sangue  FASE AGUDA  IMUNIDADE  desaparece forma do sangue e linfa  parasitos resistentes podem evoluir para cistos  desaparece os sintomas  fase crônica

7 Transmissão Ingestão de oocistos presentes no meio ambiente (caixa de areia, jardins, lixo, barata, mosca) Ingestão de cistos em carne crua e mal cozida Congênita

8 Patogenia Toxoplasmose congênita ou pré natal: aborto, mal formação, cegueira Toxoplasmose pós natal: Ganglionar – febril agudo Cutânea Ocular Imunodeprimidos generalizada

9 Diagnóstico Laboratorial: – Reação sorológica ( presença de Ac específicos anti-IgM na fase aguda e ↑ de títulos de IgG- comparativos com títulos de exames anteriores - reagudização –Pesquisa de IgM e IgG por ELISA e IFI podem ser indicativos da infecção quando repetidos e comparativamente –Títulos elevados de duas a quatro vezes com intervalo de um a dois meses podem indicar uma fase aguda ou reagudização –PCR

10 Diagnóstico Resumindo..... –Caso típico de toxoplasmose pós natal: ↑de títulos de IgG e IGM. –Infecção passada de pessoa a pessoa na fase crônica temos: IgG baixo e IgM negativo –IgM em casos agudos deve desaparecer em 6 a 12 meses; –IgM persistente na fase latyente não tem signioficado clínico porém interpretação do valor da IgM devem ser cauteloso

11 Epidemiologia Todos os mamíferos são susceptíveis Gatos jovens NÃO IMUNES - importância na veiculação da doença Nenhum artrópode é vetor Vias de transmissão entre homem

12 Toxoplasmose Hospedeiro definitivo Hospedeiro intermediário

13 Profilaxia Higienização adequada das mãos após manipular dejeto de gatos Fezes de gatos não devem ficar expostas no meio ambiente Evitar carne mal cozida Não alimentar gatos com carne crua Proteger caixa de areia, evitando degeto de gatos


Carregar ppt "Toxoplasma gondii. Características gerais: Protozoário Parasito intracelular obrigatório Descoberto em 1908 no Brasil – primeiro caso Humano em 1923 na."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google