A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1º Domingo do Advento Início do Ano Litúrgico “C”

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1º Domingo do Advento Início do Ano Litúrgico “C”"— Transcrição da apresentação:

1

2 1º Domingo do Advento Início do Ano Litúrgico “C”

3 Campanha para a Evangelização “Eu vim e dou testemunho: Ele é o Filho de Deus”

4 Sejam bem-vindos amados irmãos em Cristo Jesus! Estamos reunidos nesta Santa Eucaristia para juntos elevarmos os nossos pensamentos,

5 orações e corações ao Senhor que vem. Hoje, iniciamos com a Igreja o Tempo do Advento, ou seja, celebramos desde já o Senhor que vem no

6 Natal e aguardamos sua segunda e definitiva vinda, pois Deus mesmo nos promete que fará brotar da linhagem de Davi a justiça.

7 Que o Senhor também confirme e prepare os nossos corações para a segunda vinda de Cristo Jesus.

8 Neste sentido iniciamos este Tempo do Advento de maneira alegre e piedosa, pois a nossa libertação está próxima. Cantemos!

9

10 CANTO DE ABERTURA

11

12 Em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo. Amém.

13 O Senhor que encaminha os nossos corações para o amor de Deus e a constância de Cristo, esteja convosco.

14 Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo.

15

16 No início desta Celebração Eucarística, peçamos a conversão do coração,

17 fonte de reconciliação e comunhão com Deus e com os irmãos e irmãs.

18

19 Senhor, que viestes ao mundo para nos salvar, tende piedade de nós. Senhor, tende piedade de nós.

20 Cristo, que continuamente nos visitais com a graça do vosso Espírito, tende piedade de nós. Cristo, tende piedade de nós.

21 Senhor, que vireis um dia para julgar nossas obras, tende piedade de nós. Senhor, tende piedade de nós.

22 Deus Todo-Poderoso tenha compaixão de nós, perdoe os nossos pecados e nos conduza à vida eterna. - Amém.

23

24 OREMOS: Ó Deus todo-poderoso, concedei a vossos fiéis o ardente desejo de possuir o reino celeste, para que acorrendo com as

25 nossas boas obras ao encontro do Cristo que vem, sejamos reunidos à sua direita na comunidade dos justos.

26 Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. – Amém.

27

28 PRIMEIRA LEITURA – Jr 33,14-16 Leitura do Livro do Profeta Jeremias

29 14 “Eis que virão dias, diz o Senhor, em que farei cumprir a promessa de bens futuros para a casa de Israel e para a casa de Judá.

30 15 Naqueles dias, naquele tempo, farei brotar de Davi a semente da justiça, que fará valer a lei e a justiça na terra.

31 16 Naqueles dias, Judá será salvo e Jerusalém terá uma população confiante;

32 este é o nome que servirá para designá- la: ‘O Senhor é a nossa Justiça’”.

33 Palavra do Senhor. Graças a Deus.

34

35 SALMO RESPONSORIAL – Sl 24(25) Senhor meu Deus, a vós elevo a minha alma!

36 1. Mostrai-me, ó Senhor, vossos caminhos, / e fazei-me conhecer a vossa estrada!

37 Vossa verdade me oriente e me conduza, porque sois o Deus da minha salvação!

38 Senhor meu Deus, a vós elevo a minha alma!

39 2. O Senhor é piedade e retidão, / e reconduz ao bom caminho os pecadores.

40 Ele dirige os humildes na justiça, / e aos pobres ele ensina o seu caminho.

41 Senhor meu Deus, a vós elevo a minha alma!

42 3. Verdade e amor são os caminhos do Senhor para quem guarda sua Aliança e seus preceitos.

43 O Senhor se torna íntimo aos que o temem e lhes dá a conhecer sua Aliança.

44 Senhor meu Deus, a vós elevo a minha alma!

45

46 SEGUNDA LEITURA – 1Ts 3,12-4,2 Leitura da Primeira Carta de São Paulo aos Tessalonicenses

47 Irmãos: 3,12 O Senhor vos conceda que o amor entre vós e para com todos

48 aumente e transborde sempre mais, a exemplo do amor que temos por vós.

49 13 Que assim ele confirme os vossos corações numa santidade sem defeito aos olhos de Deus, nosso Pai,

50 no dia da vinda de nosso Senhor Jesus, com todos os seus santos.

51 4,1 Enfim, meus irmãos, eis o que vos pedimos e exortamos no Senhor Jesus:

52 Aprendestes de nós como deveis viver para agradar a Deus, e já estais vivendo assim. Fazei progressos ainda maiores!

53 2 Conheceis, de fato, as instruções que temos dado em nome do Senhor Jesus.

54 Palavra do Senhor. Graças a Deus.

55

56 O Senhor esteja convosco! Ele está no meio de nós! EVANGELHO – Lc 21,

57 Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo Lucas. Glória a vós, Senhor!

58 Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: 25 “Haverá sinais no sol, na lua e nas estrelas.

59 Na terra, as nações ficarão angustiadas, com pavor do barulho do mar e das ondas.

60 26 Os homens vão desmaiar de medo, só em pensar no que vai acontecer ao mundo, porque as forças do céu serão abaladas.

61 27 Então eles verão o Filho do Homem, vindo numa nuvem com grande poder e glória.

62 28 Quando estas coisas começarem a acontecer, levantai- vos e erguei a cabeça, porque a vossa libertação está próxima.

63 34 Tomai cuidado para que vossos corações não fiquem insensíveis por causa da gula,

64 da embriaguez e das preocupações da vida, e esse dia não caia de repente sobre vós;

65 35 pois esse dia cairá como uma armadilha sobre todos os habitantes de toda a terra.

66 36 Portanto, ficai atentos e orai a todo momento, a fim de terdes força para escapar de tudo o que deve acontecer

67 e para ficardes em pé diante do Filho do Homem”.

68 Palavra da Salvação. Glória a vós, Senhor.

69

70 Creio em Deus Pai todo-poderoso, criador do céu e da terra. E em Jesus Cristo, seu único Filho, nosso Senhor, que foi concebido

71 pelo poder do Espírito Santo; nasceu da Virgem Maria; padeceu sob Pôncio Pilatos, foi crucificado, morto e sepultado. Desceu à mansão dos mortos,

72 ressuscitou ao terceiro dia, subiu aos céus; está sentado à direita de Deus Pai todo- poderoso, donde há de vir a julgar os vivos e os mortos. Creio no

73 Espírito Santo; na Santa Igreja Católica; na comunhão dos santos; na remissão dos pecados; na ressurreição da carne; na vida eterna. Amém.

74

75 Digamos: Vinde, Senhor Jesus!

76 1. Cristo, Palavra de Deus, que assumiste a natureza humana, vinde em auxílio do Papa Bento XVI

77 e o fortalecei com seu Espírito nas suas fraquezas humanas. Vinde, Senhor Jesus!

78 2. Cristo, Palavra de Deus, que assumiste a natureza humana, vinde em auxílio de nosso bispo Dom Moacir,

79 dos padres e diáconos de nossa diocese e fortalecei todos na missão de evangelizar. Vinde, Senhor Jesus!

80 3. Cristo, Palavra de Deus, que assumiste a natureza humana, vinde em auxílio de nossos irmãos e irmãs que se consagraram

81 a vós e não deixeis que desanimem na missão e vocação a eles confiadas. Vinde, Senhor Jesus!

82 4. Cristo, Palavra de Deus, que assumiste a natureza humana, vinde em auxílio de nossos coordenadores de pastorais e

83 movimentos e não deixeis que por causa da calúnia e perseguições desanimem. Vinde, Senhor Jesus!

84 5. Cristo, Palavra de Deus, que assumiste a natureza humana, vinde salvar a humanidade do pecado e da morte. Vinde, Senhor Jesus!

85

86 APRESENTAÇÃO DAS OFERENDAS

87

88 Orai, irmãos e irmãs, para que o nosso sacrifício seja aceito por Deus Pai todo- poderoso.

89 Receba o Senhor por tuas mãos este sacrifício, para glória do seu nome, para nosso bem e de toda a santa Igreja.

90

91 Recebei, ó Deus, estas oferendas que escolhemos entre os dons que nos destes,

92 devoção torne-se prêmio da redenção eterna. Por Cristo, nosso Senhor. – Amém. e o alimento que hoje concedeis à nossa devoção torne-se prêmio da redenção eterna. Por Cristo, nosso Senhor. – Amém.

93

94 O Senhor esteja convosco. Ele está no meio de nós.

95 Corações ao alto. O nosso coração está em Deus.

96 Demos graças ao Senhor, nosso Deus. É nosso dever e nossa salvação.

97 Na verdade, é justo é necessário, é nosso dever e salvação dar- vos graças, sempre e em todo o lugar,

98 Senhor, Pai santo, Deus eterno e todo- poderoso, por Cristo, Senhor nosso.

99 Revestido de nossa fragilidade, ele veio a primeira vez para realizar seu eterno plano de amor e abrir- nos o caminho da salvação.

100 Revestido de sua glória, ele virá uma segunda vez para conceder-nos em plenitude os bens prometidos que hoje, vigilantes, esperamos.

101 Por essa razão, agora e sempre, nós nos unimos aos anjos e a todos os santos, cantando (dizendo) a uma só voz:

102 Santo, Santo, Santo, Senhor Deus do universo! O céu e a terra proclamam a vossa glória. Hosana nas alturas!

103 Bendito o que vem em nome do Senhor! Hosana nas alturas!

104

105 Na verdade, vós sois santo, ó Deus do universo, e tudo o que criastes proclama o vosso louvor, porque por Jesus Cristo,

106 vosso Filho e Senhor nosso, e pela força do Espírito Santo, dais vida e santidade a todas as coisas e não cessais de reunir o vosso povo,

107 para que vos ofereça em toda parte, do nascer ao pôr-do-sol, um sacrifício perfeito. Santificai e reuni o vosso povo!

108 Por isso, nós vos suplicamos: santificai pelo Espírito Santo as oferendas que vos apresentamos para serem consagradas,

109 a fim de que se tornem o Corpo e † o Sangue de Jesus Cristo, vosso Filho e Senhor nosso, que nos mandou celebrar este mistério.

110 Santificai nossa oferenda, ó Senhor!

111

112 Eis o mistério da fé! Todas as vezes que comemos deste pão e bebemos deste cálice,

113 anunciamos, Senhor, a vossa morte, enquanto esperamos a vossa vinda.

114 Celebrando agora, ó Pai, a memória do vosso Filho, da sua paixão que nos salva, da sua gloriosa ressurreição e da sua ascensão ao céu

115 e enquanto esperamos a sua nova vinda, nós vos oferecemos em ação de graças este sacrifício de vida e santidade.

116 Recebei, ó Senhor, a nossa oferta!

117 Olhai com bondade a oferenda da vossa Igreja, reconhecei o sacrifício que nos reconcilia convosco e concedei que, alimentando-nos com

118 o Corpo e o Sangue do vosso Filho, sejamos repletos do Espírito Santo e nos tornemos em Cristo um só corpo e um só espírito.

119 Fazei de nós um só corpo e um só espírito!

120 Que ele faça de nós uma oferenda perfeita para alcançarmos a vida eterna com os vossos santos: a Virgem Maria, Mãe

121 de Deus, os vossos Apóstolos e Mártires, e todos os santos, que não cessam de interceder por nós na vossa presença.

122 Fazei de nós uma perfeita oferenda!

123 E agora, nós vos suplicamos, ó Pai, que este sacrifício da nossa reconciliação estenda a paz e a salvação ao mundo inteiro.

124 Confirmai na fé e na caridade a vossa Igreja, enquanto caminha neste mundo: o vosso servo o papa Bento, o nosso bispo Moacir

125 com os bispos do mundo inteiro, o clero e todo o povo que conquistastes. Lembrai-vos, ó Pai, da vossa Igreja!

126 Atendei às preces da vossa família, que está aqui, na vossa presença. Reuni em vós, Pai de misericórdia,

127 todos os vossos filhos e filhas dispersos pelo mundo inteiro. Lembrai-vos, ó Pai, dos vossos filhos!

128 Acolhei com bondade no vosso reino os nossos irmãos e irmãs que partiram desta vida e todos os que morreram na vossa amizade.

129 Unidos a eles, esperamos também nós saciar-nos eternamente da vossa glória, por Cristo, Senhor nosso.

130 A todos saciai com vossa glória!

131 Por ele dais ao mundo todo bem e toda a graça.

132

133 PAI NOSSO que estais nos céus, santificado seja o vosso nome, venha a nós o vosso reino, seja feita a vossa vontade, assim na terra como no céu;

134 o pão nosso de cada dia nos dai hoje; perdoai- nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido; e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal.

135 Livrai-nos de todos os males, ó Pai, e dai-nos hoje a vossa paz. Ajudados pela vossa misericórdia,

136 sejamos sempre livres do pecado e protegidos de todos os perigos,

137 enquanto, vivendo a esperança, aguardamos a vinda do Cristo Salvador. Vosso é o reino, o poder e a glória para sempre!

138 Senhor Jesus Cristo, dissestes aos vossos Apóstolos: eu vos deixo a paz, eu vos dou a minha paz.

139 Não olheis os nossos pecados, mas a fé que anima a vossa Igreja; dai-lhe segundo o vosso desejo, a paz e a unidade.

140 Vós, que sois Deus, com o Pai e o Espírito Santo.Amém.

141 A paz do Senhor esteja sempre convosco. O amor de Cristo nos uniu.

142

143 Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós. (2x)

144 Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo, dai-nos a paz.

145

146 Senhor, eu não sou digno(a) de que entreis em minha morada, mas dizei uma palavra e serei salvo(a).

147

148 Aproveite-nos, ó Deus, a participação nos vossos mistérios. Fazei que eles nos ajudem a amar desde agora o que é do céu

149 e, caminhando entre as coisas que passam, abraçar as que não passam. Por Cristo, nosso Senhor. - Amém.

150

151 O Senhor esteja convosco. Ele está no meio de nós.

152 Que o Deus onipotente e misericordioso vos ilumine com o advento do seu Filho,

153 em cuja vinda credes e cuja volta esperais, e derrame sobre vós as suas bênçãos. - Amém.

154 Que durante esta vida ele vos torne firmes na fé, alegres na esperança, solícitos na caridade. - Amém.

155 Alegrando-vos agora pela vinda do Salvador feito homem,

156 sejais recompensados com a vida eterna, quando vier de novo em sua glória. - Amém.

157 Abençoe-vos Deus todo-poderoso, Pai e Filho † e Espírito Santo. Amém.

158 A alegria do Senhor seja vossa força; ide em paz e o Senhor vos acompanhe. Graças a Deus.

159


Carregar ppt "1º Domingo do Advento Início do Ano Litúrgico “C”"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google