A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Programa: 2013 Programa: TI Verde – Gestão de Energia em PCs Redução de Consumo de Energia Elétrica 2013 UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE PRÓ-REITORIA DE.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Programa: 2013 Programa: TI Verde – Gestão de Energia em PCs Redução de Consumo de Energia Elétrica 2013 UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE PRÓ-REITORIA DE."— Transcrição da apresentação:

1 Programa: 2013 Programa: TI Verde – Gestão de Energia em PCs Redução de Consumo de Energia Elétrica 2013 UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO PROPLAN

2 Projeto Esplanada Sustentável CAPA

3 POR QUE BUSCAR ECONOMICIDADE? - A legislação nacional regra. Exs: CF 88, art. 37 (Eficiência lato, um dos princípios) CF 88, art. 37 (Eficiência lato, um dos princípios) LRF (utilização racional e equilibrada dos recursos públicos) LRF (utilização racional e equilibrada dos recursos públicos) - As atribuições institucionais também... Exs: política e diretrizes para modernização da administração pública federal (uma das atribuições do MP Dec , de 2012) política e diretrizes para modernização da administração pública federal (uma das atribuições do MP Dec , de 2012) acompanhar e avaliar o comportamento da despesa p ú blica e de suas fontes de financiamento ( uma das atribuições da SOF Dec , de 2012) acompanhar e avaliar o comportamento da despesa p ú blica e de suas fontes de financiamento ( uma das atribuições da SOF Dec , de 2012) Limitação de Recursos Demandas Crescentes

4 Crescimento das Despesas Administrativas Despesas Administrativas - comparáveis entre os órgãos; Suporte às despesas finalísticas. Contextualização

5 Desperdício de Energia Elétrica Do consumo total do país em 2009 (426 TWh), os prédios públicos representam 2,8% (12 TWh). O Procel estima potencial de redução de consumo de 20% nos Prédios Públicos. Nos Ministérios (Administração Direta), equivale a uma economia aproximada de R$ 25 milhões por ano. Um dos Objetivos do PES: III - incentivar a implementação de ações de eficiência energética nas edificações públicas Fontes: Procel/MME e Siafi Contextualização

6 Finalidade Finalidade: Avaliar em que medidas as ações adotadas pela Administração Pública na redução do consumo de papel, energia elétrica e água atingiram os objetivos propostos. Conclusões Conclusões: Há oportunidades de melhoria na atuação do Governo Federal; Baixa adesão aos programas governamentais existentes, pela ausência de um direcionamento claro do Governo no uso dos recursos naturais; Sobreposição de iniciativas (dispersão de recursos públicos) com dificuldades para uma ampla disseminação; Determinação Determinação: Que o MP incentive os órgãos a adotarem um modelo de gestão para a implementação de ações voltadas ao uso racional de recursos naturais. Recomendação Recomendação: Que o MP, MME e MMA retomem o Projeto Esplanada Sustentável. Acórdão TCU 1.752/2011

7 O objetivo central é reduzir os gastos energéticos do campo computacional da Instituição, diminuindo desta forma o desperdício médio de energia no parque de PCs da UFF, onde o potencial de redução de CO2-e estimado para UFF é de mais de 40 toneladas anuais. O objetivo central

8 A UFF como Instituição Verde Campus Sustentável Prover Monitoramento efetivo do uso de PCs Prover Gestão centralizada de políticas de eficiência energética Prover DataCenter eficiente Qualificar a cadeia de fornecimento Otimizar o uso dos Sistemas de Informações Possibilitar um levantamento regular do uso dos equipamentos indicando o desperdício de energia; Ligar os PCs via rede, permitindo assim a aplicação de pacthes e distribuição de sw; Gerenciar tarefas agendadas para fazer wake-up ACPI; Permitir a gestão de localização física dos PCs, associando custos de energia diferenciados por localidade;

9 A UFF como Instituição Verde Campus Sustentável Prever claramente os perfis de uso de energia facilitando à aderência as necessidades dos usuários; Possibilitar a gestão automatizada da velocidade do processador de cada maquina, aumentando-o ou reduzindo-o de acordo com nível de uso; Permitir a configuração e relatórios e gráficos que apresentem métricas de eficiência energética individual e médias segundo a portaria n° 170 do INMETRO de 10/04/2012; Gerar relatórios completos do uso e histórico de cada PCs em cada estado de uso; Distinguir estações de trabalho de notebooks; Deve possuir arquitetura capaz de suportando grandes volumes de equipamentos, comprovando seu funcionamento em ambientes com mais de PCs; Permitir que sejam habilitadas por softwares a hibernação e a funcionalidade WOL – Wake on Lan e WOM – Wake on Mouse, nos equipamentos que disponham desta capacidade;

10 A UFF como Instituição Verde Campus Sustentável Considerar a presença de outros dispositivos conectados ao PC; Verificar agendamentos de atividades localmente configurados respeitando as necessidades de outros programas ou procedimentos; Controlar a velocidades dos processadores; Calcular asa métricas de consumo a partir de uma biblioteca de consumo real com base no consumo nominal dos equipamentos; Possibilitar o gerenciamento centralizado de todo parque de equipamentos; Gerar relatórios que permitam identificar equipamentos que não se comportam de acordo com a política estabelecidas, facilitando a identificação de situações como a insônia de PCs; Gerar relatórios e gráficos para facilitar a gestão do ambiente e apuração dos indicadores de gestão e desempenho.

11 Impactos de TI Global Gastos com energia e refrigeração em 2005 = 26,1 bilhões de dólares (o dobro do gasto de 10 anos atrás) Próximos cinco anos, a despesa irá crescer Quatro vezes Gasto de papel / impressões Sistemas de Informação ineficientes Energia dos Data Centers PCs – notebooks e desktops Fonte: IDC

12 Regulação / Legislação Plano Nacional de Mudança do Clima – Redução de 10% no consumo de energia (2030) Política Nacional sobre Mudança no Clima (Lei de 29 de Dezembro de 2009) Metas de redução (GEE) entre 36,1% e 38,9% Metas Estaduais – RJ – Redução de 30% na emissão de GEE Portaria MPO nº 2 de 16 de março de 2.010

13 O projeto objetiva: Redução de Custos Conta de energia Otimização de recursos Redução de emissão de CO2e Processos mais rápidos = + baratos

14 Resultados Esperados Atender as políticas governamentais vigentes Ser pioneiro em Sustentabilidade e TI Verde no Governo Atender recomendações da CGU Esperadas políticas de Campus Sustentável

15 Resultados Esperados Estudos em mais de 30 empresas distintas, nos EUA e Europa 36% dos desktops são deixados ligados sem utilização, desperdiçando Metodologia de análise que envolve até 80% do parque, com medições do consumo real Um desktop ligado 24 h/7 dias, desperdiça aproximadamente 5,4 Kwh/ano - (Esperado 8 horas, na prática consumido 24 horas / 90w de potência) PCs = Kwh – 36% = Kwh / ano Kwh x R$ 0.40/Kwh = R$ ,00 / ano R$ 95,00 por PC / ano 70 toneladas de CO2-e por ano

16 Proposta para 2013 UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO


Carregar ppt "Programa: 2013 Programa: TI Verde – Gestão de Energia em PCs Redução de Consumo de Energia Elétrica 2013 UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE PRÓ-REITORIA DE."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google