A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

(Mateus 28, 19) Reflectir sobre a fisionomia de padre para o nosso tempo.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "(Mateus 28, 19) Reflectir sobre a fisionomia de padre para o nosso tempo."— Transcrição da apresentação:

1

2 (Mateus 28, 19) Reflectir sobre a fisionomia de padre para o nosso tempo

3 Senhor, iluminai-nos e fazei-nos compreender que Padres quereis para a vossa Igreja e para o mundo de hoje. Por Jesus Cristo nosso Senhor. Ámen. Senhor, iluminai-nos e fazei-nos compreender que Padres quereis para a vossa Igreja e para o mundo de hoje. Por Jesus Cristo nosso Senhor. Ámen.

4

5 Desenvolvimento do Tema Na história da Igreja, a imagem do Padre vai mudando, conforme as circunstâncias do tempo e a vida das pessoas (anseios, problemas, inquietações, esperanças). Na história da Igreja, a imagem do Padre vai mudando, conforme as circunstâncias do tempo e a vida das pessoas (anseios, problemas, inquietações, esperanças).

6 Mudança de circunstâncias reclama que vida e ministério do Padre sejam realidades adequadas, isto é, se tornem aptas a respostas novas, segundo os critérios do Evangelho, no seguimento do modelo que é Cristo.

7 Se as novas circunstâncias exigem mudança (linguagem apropriada, horários acessíveis, por exemplo), o essencial, a fisionomia do padre não muda.

8 Recordemos alguns traços que não se alteram:  Padres segundo o coração de Deus  Apaixonados pelo bem das pessoas do seu tempo

9 Cristo alertou para isso: “A messe é grande, mas os operários são poucos” (Mt 9,38). Hoje (como sempre) a Igreja (novo Povo de Deus) precisa de padres, de pastores. Os fiéis sentem a sua falta. Hoje (como sempre) a Igreja (novo Povo de Deus) precisa de padres, de pastores. Os fiéis sentem a sua falta. Traços que não se alteram:  Padres segundo o coração de Deus

10 Os fiéis precisam de padres “segundo o coração de Deus”. A Igreja, porém, não quer padres de qualquer jeito.

11 Deus promete: “Dar-vos-ei pastores segundo o meu coração” (Jer 3,15). Deus promete: “Dar-vos-ei pastores segundo o meu coração” (Jer 3,15). Ao seu povo, disperso por falta de pastores competentes,

12 A promessa continua a cumprir-se. A promessa continua a cumprir-se. Esta promessa foi cumprida em Jesus Cristo, o Bom Pastor, que conhece, alimenta e dá a vida pelas ovelhas (Jo. 10,11-15).

13 Jesus escolheu Doze para estarem com Ele e para os enviar (Mc. 3,14) Jesus escolheu Doze para estarem com Ele e para os enviar ( Mc. 3,14)

14 Porque «estavam com Ele», Jesus formou os Doze segundo o Seu coração.

15 Aplicamos aos Padres o que a Palavra de Deus diz a respeito dos ‘operários’, dos ‘pastores’, dos ‘Doze’. Como devem ser os Padres ‘segundo o coração de Deus’, ‘segundo o coração de Cristo’?

16 2ª. TESTEMUNHAS DE DEUS 1ª. HOMENS DE DEUS Realçamos algumas características:

17 Os padres (como os outros fiéis) pertencem a Deus pelo Baptismo e pelo Crisma. E pertencem-Lhe também pelo Sacramento da Ordem. 1ª. HOMENS DE DEUS

18 Os Padres foram configurados com Cristo, por uma razão muito especial. Os Padres foram configurados com Cristo, por uma razão muito especial.

19 O Padre, para o ser, deverá sempre assemelhar-se a Cristo. Esta sua condição exige-lhe que seja ‘homem de Deus’.

20 2ª. TESTEMUNHAS DE DEUS

21 A novidade mais original que Jesus deu aos homens foi REVELAR-LHES O VERDADEIRO ROSTO DE DEUS A novidade mais original que Jesus deu aos homens foi REVELAR-LHES O VERDADEIRO ROSTO DE DEUS Jesus ensinou muitas coisas novas e deu Espírito novo a ensinamentos antigos (Mat 5-7). Jesus ensinou muitas coisas novas e deu Espírito novo a ensinamentos antigos (Mat 5-7).

22 As pessoas já tinham alguma compreensão de Deus (por vezes deformada, até errada).

23 O Deus que Jesus apresentou aos homens é absolutamente original. Esta foi uma das razões por que Ele foi rejeitado e condenado.

24 O Padre, assemelhado a Cristo pela Ordenação, tem de ser testemunha do Deus que Ele revelou aos homens, O Padre, assemelhado a Cristo pela Ordenação, tem de ser testemunha do Deus que Ele revelou aos homens, em palavras, gestos e acções. Como?

25 * Pela humildade: O Filho de Deus fez-Se homem e obedeceu até à morte de cruz. É esta a humildade que o Padre precisa de cultivar, para ser semelhante a Cristo e d’Ele ser testemunha. Como?

26 * Pela disponibilidade: O Evangelho diz que, para Jesus, o bem das pessoas que O seguiam estava em primeiro lugar. A disponibilidade para servir exige entrega e espírito de sacrifício. Esta entrega é expressão da sua caridade de Pastor, à semelhança de Cristo. A disponibilidade para servir exige entrega e espírito de sacrifício. Esta entrega é expressão da sua caridade de Pastor, à semelhança de Cristo. Como?

27 * Pela oração: Antes e depois da pregação, Jesus recolhia-se em oração. Quando alguém procurava o Cura de Ars, encontrava-o na Igreja, ajoelhado diante do sacrário, em oração. Como?

28 Para falarem de Deus aos homens, os Padres devem primeiro falar dos homens a Deus. Os programas e a acção não bastam; é preciso rezar as actividades programadas, na paróquia, no arciprestado, na diocese.

29 Traços que não se alteram:  Apaixonados pelo bem das pessoas do seu tempo a. O AMOR AO MUNDO: “Deus amou tanto o mundo que lhe deu o seu Filho único” (Jo 3,16). O Filho manifestou em Si mesmo este amor de Deus pelo mundo, dando a sua vida até à cruz, para que a humanidade fosse salva, isto é, participasse da vida de Deus e alcançasse a sua realização plena. a. O AMOR AO MUNDO: “Deus amou tanto o mundo que lhe deu o seu Filho único” (Jo 3,16). O Filho manifestou em Si mesmo este amor de Deus pelo mundo, dando a sua vida até à cruz, para que a humanidade fosse salva, isto é, participasse da vida de Deus e alcançasse a sua realização plena.

30 Os Padres, ao serviço desta Vida oferecida a toda a humanidade, precisam de estar imbuídos do amor de Deus, do qual Jesus deu testemunho. Deus ama também o nosso mundo, as pessoas do nosso tempo.

31 b. ENVIADOS aos homens do seu tempo: Os Padres participam da consagração de Cristo, “a favor da humanidade” (Heb 5,1). Por esta consagração participam na missão de Cristo. b. ENVIADOS aos homens do seu tempo: Os Padres participam da consagração de Cristo, “a favor da humanidade” (Heb 5,1). Por esta consagração participam na missão de Cristo.

32 Os Padres são enviados aos homens e ao mundo do seu tempo, que devem conhecer: com suas alegrias e esperanças, com suas inquietações e problemas. É a eles que o Padre há-de levar a luz do Evangelho.

33 ATENÇÃO E PROXIMIDADE: c. ATENÇÃO E PROXIMIDADE: Como Cristo, o Padre deve estar próximo daqueles a quem foi enviado. ATENÇÃO E PROXIMIDADE: c. ATENÇÃO E PROXIMIDADE: Como Cristo, o Padre deve estar próximo daqueles a quem foi enviado. Assim, compreenderá melhor aqueles a quem assumiu servir, apontar-lhes-á novos horizontes e abrir-lhes-á caminhos para Deus.

34 e lhe foi entregue na sua ordenação de Diácono: * “Crê o que lês; * ensina o que crês; * vive o que ensinas.” d. O EXEMPLO: O Padre há-de viver o Evangelho que anuncia

35 E porque preside à Eucaristia, o Padre há-de conformar a sua vida “com o mistério da cruz do Senhor”.

36 O exemplo arrasta mais que as palavras. "O homem contemporâneo escuta com melhor boa vontade as testemunhas do que os mestres, O exemplo arrasta mais que as palavras. "O homem contemporâneo escuta com melhor boa vontade as testemunhas do que os mestres, ou então, se escuta os mestres, é porque eles são testemunhas" (EN 41).

37 1- A nossa comunidade deseja que o Padre seja segundo o coração de Deus? 2- Que tipo de Padre tem marcado mais a minha vida cristã? 1- A nossa comunidade deseja que o Padre seja segundo o coração de Deus? 2- Que tipo de Padre tem marcado mais a minha vida cristã?

38 Deus de bondade: suscitai na vossa Igreja Padres segundo o vosso coração, atentos ao mundo em que vivemos, para que, pelo seu ministério, nos orientem sempre para Vós. Por Jesus Cristo nosso Senhor. Ámen. Deus de bondade: suscitai na vossa Igreja Padres segundo o vosso coração, atentos ao mundo em que vivemos, para que, pelo seu ministério, nos orientem sempre para Vós. Por Jesus Cristo nosso Senhor. Ámen.

39 Siglas usadas neste texto: MtEvangelho segundo São Mateus Mt = Evangelho segundo São Mateus Jer = Jeremias Evangelho segundo São Marcos Mc = Evangelho segundo São Marcos Heb = Carta aos Hebreus Evangelho segundo São João Jo = Evangelho segundo São João EN = Evangelii Nuntiandi, Paulo VI, Exortação Apostólica, = Evangelho aos Homens de Hoje Siglas usadas neste texto: MtEvangelho segundo São Mateus Mt = Evangelho segundo São Mateus Jer = Jeremias Evangelho segundo São Marcos Mc = Evangelho segundo São Marcos Heb = Carta aos Hebreus Evangelho segundo São João Jo = Evangelho segundo São João EN = Evangelii Nuntiandi, Paulo VI, Exortação Apostólica, = Evangelho aos Homens de Hoje

40 Texto – “Escolhidos e Enviados” Imagens – Internet Realização – Maria Rosária Nunes Franciscana Missionária de Maria


Carregar ppt "(Mateus 28, 19) Reflectir sobre a fisionomia de padre para o nosso tempo."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google