A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Clima e vegetação. Fatores do clima : Altitude Latitude Massa de ar Continentalidade Maritimidade Vegetação Relevo.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Clima e vegetação. Fatores do clima : Altitude Latitude Massa de ar Continentalidade Maritimidade Vegetação Relevo."— Transcrição da apresentação:

1 Clima e vegetação

2 Fatores do clima : Altitude Latitude Massa de ar Continentalidade Maritimidade Vegetação Relevo

3 Elementos do clima : Temperatura : quantidade de energia absorvida pela atmosfera Umidade: corresponde a quantidade de vapor de água encontrada na troposfera Pressão atmosfera: força provocada pelo peso do ar, pode variar com a altitude e altitude ventos: o ar em movimento chuvas: resultado da saturação do vapor

4

5 Climas tropicais Equatorial Tropical típico Tropical úmido Tropical semiárido Tropical desértico Tropical de altitude

6 Região climática situada próximo ao equador, apresenta elevadas temperaturas e grande umidade durante o ano. Caracteriza-se pela baixa amplitude térmica e pelas chuvas de convecção

7 Clima Equatorial Região climática situada próximo ao equador, apresenta elevadas temperaturas e grande umidade durante o ano. Caracteriza-se pela baixa amplitude térmica e pelas chuvas de convecção

8

9 Floresta Equatorial Vários extratos São altas Heterogêneas Latifoliadas ( flolhas grandes e largas) Perenifólias (perenifólia é um atributo da folhagem das plantas que mantêm as suas folhas durante todo o ano.) As matas equatoriais abrigam a a maior biodiversidade do mundo Árvores que chegam a atingir mais de 60m de altura.São abundantes os espécies de porte intermediário ( 20 a 30m de altura)

10 Principais espécies de animais da Floresta Amazônica - Preguiça Real - Mico de cheiro - Macaco Uacari - Macaco Parauacu - Sagui-imperador - Tatu-galinha - Quati-de-nariz-branco - Papagaio-de-coroa-vermelha - Ariranha - Sagui-leaõnzinho - Capivara - Macaco-barrigudo - Anaconda - Jaguatirica - Arara-vermelha - Preguiça-de-três-dedos - Quati - Uirapuru - Capivara - Tartaruga da Amazônia - Jacaré-açú - Sucuri - Harpia - Anacã - Onça Pintada - Irará

11 As três florestas mais significativas são: Amazônica, Congo, da Indonésia, Malásia

12

13 BIOMA DA AMAZÔNIA

14

15 Mapa da Amazônia Legal ou Brasileira

16 Distingue-se em três níveis em relação ao relevo: a mata de igapó, a mata de várzea e a mata de terra firme.

17 Mata de Igapó Mata submersa, permanentemente alagada pelos rios. Por exemplo, a vitória-régia

18 Mata de várzea: alagada durante as cheias

19 Mata de várzea -alagada durante as cheias.

20 Mata de terra firme Representa a maior parte da região e não são inundadas pelas cheias dos rios.

21 . Exploração intensificou-se a partir de 1970 quando o governo militar decidiu transformar essa região numa nova frente de colonização..Nas últimas décadas,a soja grande responsável pela destruição do Cerrado, tem avançado sobre a Amazônia..Atualmente a região concentra parcela significativa do rebanho bovino do país.

22 FRUTO DO GUARANÁ PEIXE BOI

23 Presente em locais de baixa altitude e grande umidade, as Florestas Equatoriais apresentam uma rica variedade biológica e são caracterizadas como “autofágicas”, ou seja, elas se alimentam de si mesmas. Explicando melhor: o solo desse tipo de floresta geralmente é um solo jovem e com poucos nutrientes. Mas, a rápida ciclagem de nutrientes proporcionada pela decomposição acelerada (devido à umidade e à presença de um grande número de organismos decompositores) e em grande quantidade (por causa da vegetação densa que fornece muita matéria orgânica) disponibiliza a quantidade de nutrientes que o solo precisa para sustentar a imensa floresta. Um exemplo é a Amazônia onde apenas 14% do solo da região é considerado de boa fertilidade.

24 Mata dos Cocais

25 A mata dos cocais é uma formação vegetal típica da área de transição entre a região norte e nordeste brasileira e que ocupa uma faixa que se estende pelos Estados do Maranhão e Piauí, mas também podem ser encontradas formações típicas da mata de cocais em outros estados como Tocantins, Ceará e Bahia.

26 A árvore símbolo da mata de cocais é o babaçu, mas também são encontrados, em menor quantidade, o buriti, a carnaúba (da qual é extraída uma cera), e a oiticica. No extrato mais baixo da mata de cocais, podemos encontrar uma grande variedade de arbustos e plantas de menor porte.babaçuburiticarnaúba

27 Babaçu Uma única árvore é capaz de produzir até frutos por ano cada um contendo de 3 a 4 sementes oleaginosas que, devido à alta concentração de matérias graxas (óleos usados na indústria alimentícia e cosmética), são a principal fonte de renda das famílias locais.

28 Até mesmo as folhas do babaçu são aproveitadas para a confecção de artesanato, como cestos, abanos, esteiras, peneiras, e até mesmo portas e janelas. Do coco se extrai etanol, metanol, coque, carvão e gases combustíveis. A casca pode ser usada para repelir insetos quando queimada. artesanato

29 Carnaúba A cera de carnaúba é um produto usado em um grande número de indústrias. Algumas vezes chamado de "Rainha das Ceras", a cera de carnaúba tem um ponto de derretimento muito maior que outras ceras (78 graus Celsius), além de ser extremamente dura. Isso faz com que seja ideal para criar coberturas extremamente fortes para pisos, automóveis, entre outros.indústrias Celsiusautomóveis

30 Tropical úmido

31 Temperaturas elevadas durante o ano inteiro, com chuvas bem distribuídas.

32

33

34

35 Mata Atlântica O Domínio da Mata Atlântica ou Bioma Mata Atlântica engloba uma área de km², cerca de 15% do território nacional, cobrindo total ou parcialmente 17 estados brasileiros Esse bioma vem sofrendo a ação humana desde de1500, período de ocupação territorial do Brasil.

36 Características da Mata Atlântica: A sua área original estendia-se desde o Rio grande Norte até o Rio Grande do Sul. Sua formação vegetal é latifoliada, perene, heterogênea, densa e higrófila.

37 Em novembro de 2002, a mata Atlântica teve toda a sua extensão declarada Reserva da Biosfera pela Unesco Organização das Nações Unidas para a educação, a ciência e a cultura. Calcula-se que restem 7% de sua cobertura original; das 200 espécies vegetais brasileiras ameaçadas de extinção, 117 são da mata Atlântica.

38 A exploração desse domínio natural iniciou-se com a extração do pau- brasil. A partir da colonização, importantes atividades econômicas avançaram sucessivamente sobre esses domínio, como o cultivo da cana- de-açúcar, exploração de ouro e pedras preciosas e o cultivo do café.

39 Mata Atlântica Original Mata Atlântica Atual

40 ANIMAIS DA MATA ATLÂNTICA TATU BOLA

41 MICO LEÃO DOURADO SAÍRA

42 PREGUIÇA TAMANDUÁ MIRIM

43 Tropical Típico

44 Clima quente, marcado por duas estações distintas: verão úmido e inverno seco

45

46

47 Cerrado Cerrado é o nome dado às savanas brasileiras caracterizadas por árvores baixas, arbustos espaçados e gramíneas, e pode ser classificado como cerradão, cerrado típico, campo cerrado, campo sujo de cerrado ou campo limpo, sendo que o cerradão é o único que apresenta formação florestal.savanas

48 Muito parecido com a savana africana, é constituído por uma vegetação caducifólia. Predominantemente arbustiva, de raízes profundas, galhos retorcidos e casca grossa( que retém mais água). Caducifólia: Plantas que perdem as folhas em épocas muito frias ou secas do ano.

49 campo cerrado Cerradão Cerrado típico

50 Os solos nestas regiões são geralmente muito profundos, antigos e com poucos nutrientes, exigindo uma adaptação da flora que possui, geralmente, folhas grandes e rígidas, além de, algumas espécies, apresentarem depósitos subterrâneos de água como uma espécie de adaptação às queimadas constantes, permitindo que elas voltem a florir após o incêndio. Outra adaptação são as raízes bastante profundas podendo alcançar de 15 a 20 metros por causa da distância do lençol freático até a superfície.

51 Os incêndios criminosos são as principais ameaças a esse bioma. Até os anos 70 o solo do cerrado era considerado improdutivo, mas, com a evolução da tecnologia a região tornou-se responsável por cerca de 40% da produção de soja no Brasil e mais de 70% da produção de carne bovina. Sem contar que, além das inúmeras minerações e carvoarias que vem destruindo cada vez mais o cerrado, a pressão do crescimento populacional das cidades, principalmente em Minas Gerais e na região Centro-Oeste, tem colocado o cerrado entre os biomas mais ameaçados do mundo.

52 Tropical semiárido

53 Quente com índices pluviométrico entre 250 e 500mm

54

55

56 Características Sua vegetação é constituída por arbustos tortuosos que perdem as folhas na estação seca, cactáceas e bromeliáceas (xerófitas), e por vegetação rasteira que surge na estação chuvosa.

57 Bioma da Caatinga

58 MANDACARÚ Cactos xiquexique

59 PREÁ PERIQUITO DA CAATINGA

60 .O consumo de lenha e os empreendimentos como olarias, produção de gesso e cerâmica, além de degradar a vegetação, causa prejuízo a fauna. A pecuária bovina e a concentração dessa atividade em determinadas áreas provoca a compactação e perda da fertilidades do solo e o comprometimento da vegetação local

61 A desertificação é uma ameaça permanente no domínio da Caatinga

62 Pantanal

63

64 O Pantanal é formado por uma planície e está situado na Bacia Hidrográfica do Alto Paraguai. Recebe uma grande influência do Rio Paraguai e seus afluentes, que alagam a região formando extensas áreas alagadiças (pântanos) e favorecendo a existência de uma rica biodiversidade. A época de chuvas e cheias dos rios ocorre durante os meses de novembro a abril.Bacia Hidrográfica

65 Pantanal O pantanal encontra-se na faixa de transição entre as formações vegetais do floresta Amazônica e o cerrado. Devido a diversidade de sua vegetação, utiliza-se a expressão complexo do pantanal para designar o ecossistema em conjunto. Ocupa as terras do Paraguai, da Bolívia e Brasil ( estados do Mato Grosso e Mato Grosso do Sul

66 Jacaré Sucurí

67 Nas planícies (região que alaga na época das cheias) encontramos uma vegetação de gramíneas. Nas regiões intermediárias, desenvolvem-se pequenos arbustos e vegetação rasteira. Já nas regiões mais altas, podemos encontrar árvores de grande porte. As principais árvores do Pantanal são: aroeira, ipê, figueira, palmeira e angico.

68 mangues É um ecossistema típico de áreas costeiras alagadas em regiões de clima tropical ou subtropical.

69 O manguezal é considerado um ecossistema costeiro de transição entre os ambientes terrestre e marinho. O manguezal desenvolve-se na foz dos rios sendo um berçário para muitas espécies de animais.rios

70 o mangue é o ecossistema brasileiro mais ameaçado. Os piores inimigos dos manguezais brasileiros, além da super-exploração dos seus recursos naturais, são a poluição lançada pelas cidades costeiras e indústrias e derramamentos de petróleo. Há ainda quem afirme que os mangues serão os ecossistemas mais afetados com a elevação da temperatura do planeta e do nível dos oceanos, uma vez que ele depende de um equilíbrio frágil entre os rios e as marés para manter suas características constantes.oceanos

71 O Brasil possui a maior faixa de mangue do planeta com cerca de 20 mil km² que se estendem desde o nordeste (Cabo Orange – Amapá) até o sul do país (Laguna – Santa Catarina). Os manguezais também são encontrados na Oceania, África, Ásia e outros países da América.

72 Clima Temperado

73

74 Subtropical Frio Temperado continental Temperado oceânico Desértico e semiárido Montanha

75 Subtropical É característico (mas não exclusivo) das áreas geográficas a sul do Trópico de Capricórnio e a norte do Trópico de Câncer, com temperaturas médias anuais nunca superiores a 20 °C e em que a temperatura mínima do mês mais frio nunca é menor que 0 °C.Trópico de CapricórnioTrópico de Câncertemperaturasmédias

76

77

78 Mata de Araucária Conhecida como mata dos pinhais ocupava originalmente a região Sul do Brasil, com cerca de 185 mil km2

79

80 Derrubada da floresta atendeu ás necessidades da construção civil, da indústria de móveis, da indústria de celulose e das fábricas de resinas e à expansão da agropecuária.

81 Campos Os solos férteis dos pampas, o relevo plano e o clima ameno e úmido favoreceram o desenvolvimento da pecuária, do cultivo do arroz, trigo e soja

82 Arenização do pampa Causa: manejo inadequado das terras. O pisoteio do gado e o uso de máquinas pesadas na agricultura provocam a compactação do solo em algumas áreas da campanha gaúcha. A compactação, por sua vez, dificulta a infiltração da água das chuvas, aumenta o escoamento superficial, acelera o processo de erosão e deixa exposta a camada de arenito. O vento transforma-a em pequenos grãos de areia e a espalha por vastas extensões de terras.

83 Clima Frio Clima Polar

84 Tundra A tundra ártica é encontrada em regiões muito frias onde a temperatura não ultrapassa os -6ºC. Na maior parte do ano, a tundra permanece congelada, completamente coberta de neve. Por isso suas plantas, basicamente liquens (associação de fungos e algas) e algumas poucas herbáceas, tem pouco tempo para se desenvolver, formando uma vegetação esparsa que divide o cenário com lamaçais e rochas no curto período de “verão” (época em que a temperatura sobe e varia entre 6C e 10ºC).verão

85 Clima Frio

86 Taiga A Taiga, também conhecida como floresta de coníferas ou floresta boreal, localiza-se exclusivamente no Hemisfério Norte, encontra-se em regiões de clima frio e com pouca umidade. Distribui-se ao longo de uma faixa situada entre os 50 e 60 graus de latitude Norte e abrange áreas da América do Norte, Europa e Ásia. Localiza-se, portanto, a Sul da Tundra. Os animais aqui existentes são alces, renas, veados, ursos, lobos, raposas, linces, arminhos, martas, esquilos, morcegos, coelhos, lebres e aves diversas como por exemplo pica-paus e falcões.

87 Temperado continental Invernos rigorosos com queda de neve. Verões quentes e chuvosos Vegetação: pradarias

88 Temperado oceânico Clima oceânico, também por vezes chamado clima temperado marítimo, é um tipo de clima que ocorre em regiões afastadas das grandes massas continentais e nas margens ocidentais situadas nas latitudes médias e altas. Nas regiões com clima oceânico as chuvas são abundantes e bem distribuídas ao longo de todo o ano, sendo o verão bastante fresco e úmido. o clima temperado oceânico abrange a região ocidental da Europa, desde a Espanha até o sul da Escandinávia, o litoral sul do Chile, noroeste dos EUA e sudoeste do Canadá Escandinávialitoral

89 Florestas temperadas Existem dois tipos de florestas temperadas. O aspecto que as diferencia é a ocorrência ou não da queda das folhas no inverno. Quando as árvores perdem folhas periodicamente, a floresta é chamada de caducifólia, quando isso não ocorre, é denominada de perenifólia.

90

91 Desertos são ocorrências de áreas de clima árido que se localizam nos continentes em médias latitudes entre, aproximadamente 23° e 60º. Seus condicionantes são complexos e atuam em conjunto. Formam- se por influências das dinâmicas atmosféricas, das correntes marítimas e do relevo. Se considerarmos as áreas áridas e semi-áridas temos algo em torno de 50 milhões de Km² de desertos, o que representa aproximadamente 1/3 das terras emersas.


Carregar ppt "Clima e vegetação. Fatores do clima : Altitude Latitude Massa de ar Continentalidade Maritimidade Vegetação Relevo."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google