A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Moodle para Professores Materiais e Atividades. Introdução Imaginando que se pretenda conduzir um curso procurando induzir os alunos a construírem o conhecimento.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Moodle para Professores Materiais e Atividades. Introdução Imaginando que se pretenda conduzir um curso procurando induzir os alunos a construírem o conhecimento."— Transcrição da apresentação:

1 Moodle para Professores Materiais e Atividades

2 Introdução Imaginando que se pretenda conduzir um curso procurando induzir os alunos a construírem o conhecimento da forma mais coletiva possível (conversando e discutindo entre si e com os monitores), as principais ferramentas do ambiente são os Fóruns, a Agenda e o Diálogo. Materiais e Atividades são consideradas ferramentas de apoio ou oportunidades para os alunos se auto-avaliarem (verificarem se estão de fato absorvendo os conhecimentos envolvidos no curso ou disciplina) A visão acima pode (e deve) ser implementada em uma disciplina convencional de forma progressiva.

3 Materiais Os módulos (chamados Materiais) disponíveis no ambiente Moodle são: Página com texto Página no formato web Link para um arquivo ou endereço web Mostrar o conteúdo de uma pasta (diretório) Rótulo Nas próximas telas explica-se como usar cada uma desses módulos.

4 Página com texto (01) Nome: este é o texto que aparecerá para o usuário. Sumário: Este é um resumo do conteúdo da página Texto completo: aqui, em formato simples (sem inclusão de figuras, equações, etc.) é colocado o texto que se pretende apresentar aos participantes do curso Imagina-se que seja adequado colocar aqui um texto curto (com não mais que 20 ou 30 linhas)

5 Página com texto (02) Formatando: esta opção permite, a usuários com uma certa (não muita) experiência em formatos de páginas web, explorar alternativas de apresentação do texto. É um tanto técnica e será deixada para outra oportunidade. O Formato Automático é o recomendável, por enquanto. Para saber mais clique no ícone Window: você observará, aqui e em outros locais, que ainda há falhas na tradução para o português. Esta opção permite que o professor decida se o texto aparecerá em um nova janela (no computador do leitor) ou na mesma tela em que ele está navegando). Veja ilustração no próximo slide.

6 Página com texto configurada para aparecer na mesma janela Página com texto configurada para aparecer em um nova janela. Página com texto (03)

7 Página web Uma página web também é um página com um texto (como conteúdo com a) diferença de o texto ser inserido no Editor html do Moodle. Assim, é possível a inserção de figuras, a formatação mais detalhada do texto, etc. Observe que tanto o Sumário quanto o Texto completo são feitos no editor (diferentemente da página com texto). A exibição da página web pode ser em uma nova janela (popup) ou na mesma janela.

8 Este Material permite que o professor encaminhe o aluno para ler textos em um endereço da Internet ou em arquivo (cujo conteúdo é maior que apenas uma página, por exemplo). Nome: nome do Material que aparecerá para o aluno Link para um arquivo ou endereço web

9 Link para um arquivo... (02) Sumário: resumo do conteúdo a ser visto pelo aluno Localização: endereço na Internet (no caso de link para endereço web) ou localização do arquivo em sua disciplina (veja exemplos nas próximas telas).

10 Link para um arquivo... (03) Exemplo: link para a página Calendário de 01/2005 da UnB. Para ser colocado no início do curso. Observe o endereço da página do DAA que exibe o calendário cronológico. Este recurso tem grande utilidade na construção coletiva (através de links na Internet cujo conteúdo você considera importante que o aluno veja).

11 Link para um arquivo... (04) Exemplo: acesso a um arquivo (até 2 Mb) cujo conteúdo você quer que o aluno tenha para consulta). Envie o arquivo do seu computador para o ambiente (ver figura ao lado, acima). Clique em Escolher ou carregar arquivo Clique em enviar um arquivo

12 Link para um arquivo... (05) Escolha o arquivo a ser enviado (clique em Procurar) Clique no nome do arquivo (em seu computador)

13 Link para um arquivo... (06) Clique em Abrir Clique em Enviar este arquivo

14 Link para um arquivo... (07) Pronto: o arquivo que você queria já está na seção Arquivos da sua disciplina. Vamos falar sobre a seção Arquivos em outro momento. É importante, agora, lembrar que a ORGANIZAÇÃO dessa seção ajuda muito. Veja o ícone Criar pasta.

15 Link para um arquivo... (08) Assim, quando o aluno clicar em Constituição da RFB (ver ao lado) terra acesso à tela mostrada ao lado, abaixo. Neste exemplo usou-se um arquivo no formato PDF. É necessário que o aluno tenha, em seu computador, o programa que lê arquivos neste formato.

16 Atividade em casa (grupos) Criar (e preparar explicação no próprio ambiente) os materiais Mostrar uma pasta (Display a directory) Inserir um rótulo (Insert a label)

17

18 Atividades Avaliação do curso Chat Diálogo Diário Fórum Glossário Livro Lição Pesquisa de opinião Questionário Scorm Tarefa Trabalho com revisão Wiki

19 Atividade: Avaliação do Curso Teste COLLES (Constructivist On-Line Learning Environment Survey) Teste ATTLS ( Attitudes to Thinking and Learning Survey )

20 Atividade: Avaliação COLLES O questionário COLLES é formado por 24 declarações distribuídas em 6 grupos, cada uma das quais relativa a um ponto crucial de avaliação da qualidade do processo de aprendizagem no ambiente virtual: Relevância Reflexão Crítica Interação Apoio dos Tutores Apoio dos Colegas Pode e deve ser aplicado no terço inicial (expectativas e experiência efetiva) e no final do curso (experiência efetiva).

21 Avaliação COLLES - Exemplo

22 Avaliação ATTLS A teoria dos 'modos de saber', originalmente desenvolvida no campo da pesquisa sobre as diferenças entre os sexos (Belenky et al., 1986), compreende um instrumento de pesquisa para examinar a qualidade do discurso em um ambiente colaborativo. O questionário Attitudes Towards Thinking and Learning Survey (ATTLS) é um instrumento desenvolvido por Galotti et al. (1999) para medir a proporção em que uma pessoa tem um saber 'conectado' (CK) ou um saber 'destacado' (SK). Pessoas com valores CK maiores tendem a ver os processos de aprendizagem como experiências prazeirosas, cooperam com maior frequência, procuram ser agradáveis e demonstram interesse em construir a partir da idéia dos outros, enquanto as pessoas com valores SK mais altos tendem a ter uma posição mais crítica e criar polêmicas. Os estudos demonstraram que estes dois estilos de aprendizagem são independentes (Galotti et al., 1999; Galotti et al., 2001). Além disso, são apenas reflexos das atitudes em relação à aprendizagem, e não das capacidades de apender ou do poder intelectual. (Deve ser aplicado na primeira ou segunda semana de aula)

23 Avaliação ATTLS (Exemplo) Mecânica dos Sólidos 1 – 02/2004

24 Chat (Bate-papo on-line)

25 Diálogo Conversa (troca de informações por escrito) entre dois usuários de uma disciplina Pode ser encerrado por um dos dois participantes Permite troca de informações sem que outros participantes tenham acesso ao conteúdo

26 Diário Este módulo corresponde a uma atividade de reflexão orientada por um moderador. O professor pede ao estudante que reflita sobre um certo assunto e o estudante anota as suas reflexões progressivamente, aperfeiçoando a resposta. Esta resposta é pessoal e não pode ser vista pelos outros participantes. O professor pode adicionar comentários de feedback e avaliações a cada anotação no Diário. Esta deve ser uma atividade constante - uma atividade deste tipo por semana, por exemplo.

27 Fórum Esta atividade de discussão é importantíssima. Os Fóruns tem diversos tipos de estrutura e podem incluir a avaliação recíproca de cada mensagem. As mensagens são visualizadas em diversos formatos e podem incluir anexos. Os participantes do fórum tem a opção de receber cópias das novas mensagens via (assinatura) e os professores, de enviar mensagens ao fórum com cópias via a todos os participantes.

28 Glossário Esta atividade permite que os participantes criem e atualizem uma lista de definições como em um dicionário ou em um FAQ (perguntas mais freqüentes). As listas podem ser visualizadas em diversos formatos. Os professores podem exportar itens de um glossário secundário ao glossário principal do mesmo curso. É possível criar automaticamente links nos textos do curso que levam aos itens definidos no glossário.

29 Glossário: exemplo

30 Livro Livro é simplesmente um material de estudo com várias páginas A disciplina (curso) Moodle para Professores já tem alguns livros. Como em todas as outras ferramentas, experimente, mude as escolhas, veja o resultado e apague (remova) se o resultado não for bom!

31 Atividade em casa (grupos) Criar (e preparar explicação na(s) sua(s) disciplina(s)) exemplos das atividades: Avaliação Chat Diálogo Diário Fórum Glossário Livro

32


Carregar ppt "Moodle para Professores Materiais e Atividades. Introdução Imaginando que se pretenda conduzir um curso procurando induzir os alunos a construírem o conhecimento."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google