A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

O meio rural e suas transformações Capítulo 27. Mudanças ao longo do tempo... Exemplo: Atividades Primárias (agricultura,extrativismo e pecuária): Evolução:

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "O meio rural e suas transformações Capítulo 27. Mudanças ao longo do tempo... Exemplo: Atividades Primárias (agricultura,extrativismo e pecuária): Evolução:"— Transcrição da apresentação:

1 O meio rural e suas transformações Capítulo 27

2 Mudanças ao longo do tempo... Exemplo: Atividades Primárias (agricultura,extrativismo e pecuária): Evolução: Antes havia formas mais primitivas: CAÇA, COLETA E PESCA; Com a Revolução Neolítica: - domesticação de animais; o homem se fixa - cultivo do solo; - aparecimento dos primeiros povoados e vilas. Com a Revolução Industrial ocorrem mudanças profundas nas atividades econômicas e no espaço.Principais transformações: Extrativismo - antes a extração era feita em florestas virgens; hoje ela se dá em áreas de reflorestamento; Caça - hoje criação animal. Exemplo: Granjas (indústria de reprodução de aves) onde há controle de temperatura, incubadoras elétricas, rações com hormônios para aceleração do crescimento; Pesca - Hoje feita em navios (indústrias pesqueiras) ou a piscicultura feita em tanques ou reservatórios.

3 Agricultura Tradicional Empregava técnicas arcaicas, com instrumentos rudimentares de cultivo como enxadas, arados e foices Uso de mão-de-obra e animais (tração). Muito comum em países ou regiões pouco desenvolvidos; Agricultura Moderna Emprego de máquinas; Pouca utilização de mão-de- obra (maior desemprego); Uso de fertilizantes, adubos químicos e agrotóxicos; Maior produtividade.

4 Segundo a produtividade (produção por hectare) e capitalização, podemos dividir os sistemas agrícolas em: Apresentam maior produtividade, ou seja, maior produção por hectare. Normalmente está ligada ao uso de adubos, fertilizantes, sistemas de irrigação e mecanização; Na pecuária a relação é de cabeças de gado por hectare. Quanto maior esta relação maior será a necessidade de ração, pastos cultivados e de assistência veterinária. Apresentam menor produtividade, ou seja, menor produção por hectare. Normalmente há aplicação de técnicas rudimentares com baixo índice de exploração da terra. Intensivos Extensivos

5 Variáveis que influenciam no trabalho agrícola Fertilidade do solo Topografia Disponibilidade de água Desenvolvimento tecnológico Capitalização Estrutura Fundiária Relações de trabalho Leis trabalhistas e ambientais Modos de vida (hábitos) e produção Condições econômicas Oferta de crédito

6 Revolução Verde - Década de 60 Aumento do controle humano sobre os processos naturais; Domínio de técnicas que impulsionaram o aumento da produção agrícola; O rendimento das plantações triplicou; Houve disseminação de sementes melhoradas e insumos industriais; A mecanização e a irrigação causou a ampliação de áreas cultivadas e redução dos custos de produção;

7 Tecnologias e transformações no meio rural: consequências da Revolução Verde Surto de desenvolvimento agrícola (China, Índia, Brasil etc) com expansão do agronegócio porém, sem desenvolvimento socioeconômico no meio rural; Impacto ambiental: contaminação de solos, lençóis freáticos, rios e alimentos devido ao lançamento de insumos químicos no solo; Impacto social: - favorece o grande proprietário (possui recursos financeiros) e prejudica o pequeno, com o aumento da concentração de terra; - mecanização com aumento do desemprego, pois utiliza-se menos mão-de-obra; - aumento do êxodo rural.

8 A agroindústria e a formação de complexos agropecuários Produção agrícola – necessidade de aumentar: a competitividade; os mecanismos de comercialização; o meios de escoamento e industrialização. Resultando em: maior articulação entre a agropecuária e a indústria! Grandes investimentos e novas pesquisas: -Satélites, sensores e computadores (softwares); -Colheitadeiras informatizadas; -Ordenhadeiras mecânicas; -Adubação e plantio automatizados; -Irrigações programadas. Agricultura de precisão

9 Agronomia Biologia Química Engenharia Genética (manipulação de organismos vegetais e animais geneticamente modificados) Visa desenvolver técnicas para a utilização de material biológico (microrganismos, enzimas, células) na indústria. Integração entre indústria e pesquisa

10

11 Exposição a riscos ao meio ambiente: - Perda de Biodiversidade; - Contaminação genética (contato com espécies já existentes ); Falta de estudos conclusivos sobre os efeitos na saúde para os consumidores de tais produtos; Interesse das grandes empresas: Lucros Melhoria nutricional e bem estar do indivíduo Exemplo: Venda de sementes com o componente terminator. Gera plantas estéreis, incapazes de produzir sementes. Maior dependência do produtor com as empresas!

12 Em vigor em 2003; Disciplina a movimentação, o manejo e a utilização de OGMs; Evitar efeitos adversos sobre a biodiversidade; Estabelece maior controle sobre o comércio – Necessidade de rotulagem para a informação do consumidor; Países são autorizados a proibir a importação de OGMs sem sofrer retaliações na OMC (Organização Mundial de Comércio); 188 países assinaram o protocolo. Veja mapa pág. 392

13 Agricultura européia Campos abertos - muito antigos; - formação de povoados; - terras comunitárias; - cultivo de cereais; - terrenos planos; - clima continental. Propriedades tradicionais divididas a partir do século XVI, deu origem a pequenos estabelecimentos agrícolas:

14 Agricultura européia Campos dos cercados - formaram-se nos solos menos férteis das regiões de clima oceânico; - as porções de terra são delimitadas por fileiras de árvores ou muros de pedra; - está associada a criação de gado.

15 Transformações Recentes Agricultura européia Aumento de infra-estrutura e modernização; A policultura vem sendo substituída pela agricultura especializada de mercado (trigo, vinho, batata); Há ainda, pequenas propriedades com métodos agrícolas clássicos como a rotação de culturas (técnica que visa não esgotar o solo e permitir a reposição de nutrientes); A União Européia mantém sua política agrícola, oferecendo subsídios aos seus produtores; Predomínio da cultura de cereais com destaque para o trigo (Rússia, Itália, França, Alemanha e Ucrânia). Demais produções: centeio, aveia e a cevada, batata, azeitonas e uvas.

16 Agropecuária Tropical

17 Atividade que ocupa lugar de destaque em muitos países africanos, asiáticos e latino-americanos. Exemplos: Agropecuária de subsistência – visa consumo próprio. Cultivo ou criação atendem as necessidades básicas das populações. Realizada em pequenas propriedades com pouco emprego de capital e tecnologia; Agricultura itinerante ou sistema de roça – prática que visa a queima da mata para a limpeza do terreno e a semeadura. Com as chuvas e a não utilização de adubos leva ao rápido esgotamento do solo, que é abandonado pelo agricultor, que inicia um novo processo em outra área

18 Agropecuária Tropical Criação nômade de gado ou pastoreio – comum de áreas áridas e semi-áridas (principalmente) da África e da Ásia; feita de forma itinerante; Agricultura irrigada de arroz e Agricultura de Jardinagem - Comum da Ásia de Monções (clima chuvoso no verão) com desenvolvimento da rizicultura, com uso intenso de mão-de- obra. A primeira, possui maior emprego de técnicas de cultivo e a segunda, ocorre nas vertentes do Himalaia, em forma de degraus (terraceamento), que retém água e nutrientes no solo; Plantation – introduzidas pelo europeu, consiste em monoculturas com caráter comercial (exportação), praticadas em grandes propriedades e numerosa mão-de-obra.

19 EUA – A agropecuária mecanizada, comercial e especializada Presença de produção excedente, especializada e de mercado; Desenvolveu-se com o povoamento e expansão do território através da marcha para o oeste; Imigrantes europeus passaram a se dedicar à agropecuária formando médias e grandes propriedades familiares (farmers);

20 EUA Fatores que favoreceram o desenvolvimento agrícola norte- americano: -Disponibilidade de terra; -Presença de solos férteis (principalmente as pradarias da planície central); -Rápida modernização e mecanização. Tendência a uma maior concentração de terras devido à concorrência dos pequenos agricultores com as fazendas mais modernas; A eficiência agrícola deste país, o coloca como um dos maiores produtores e exportadores de alimentos do mundo e com grande influência do comércio agrícola mundial.

21 Cinturões Agrícolas - BELTS Belts – extensas áreas destinadas ao cultivo de um produto principal e alguns secundários; Há também o green belt – cinturões verdes que produzem frutas, verduras em propriedades menores para abastecer os grandes centros urbanos. 1...WHEAT BELT monoculturas de trigo nas extensas planícies centrais 2...DAIRY BELT Gado leiteiro (criado em confinamento) que abastece as grandes cidades. 3...CORN BELT Milho e soja em pequenas propriedades associadas à presença de bovinos e suínos COTTON BELT Algodão em áreas de climas mais quentes FRUIT BELT Culturas tropicais - Frutas (com destaque para as cítricas, como a laranja), arroz e cana-de-açúcar RANCHING Pecuária para corte de forma extensi­va (o gado pasta livremente pelos vales e encostas da área montanhosa) 7....DRY FARMING Fazendas irrigadas do Vale da Califórnia (policultura - frutas e legumes) 8....CULTURAS VARIADAS (tabaco, milho e amendoim)


Carregar ppt "O meio rural e suas transformações Capítulo 27. Mudanças ao longo do tempo... Exemplo: Atividades Primárias (agricultura,extrativismo e pecuária): Evolução:"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google