A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

2003 Banco do Brasil Reunião com Analistas 2003 Banco do Brasil Reunião com Analistas O tempo todo com Você

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "2003 Banco do Brasil Reunião com Analistas 2003 Banco do Brasil Reunião com Analistas O tempo todo com Você"— Transcrição da apresentação:

1 2003 Banco do Brasil Reunião com Analistas 2003 Banco do Brasil Reunião com Analistas O tempo todo com Você

2 agenda 2 BB no mercado Performance Perspectivas

3 força para continuar crescendo força para continuar crescendo Total de Ativos - Maior Banco do País Recursos Administrados - Maior Administrador de Recursos de Terceiros Carteira de Crédito - Líder em Crédito Saldo de Captações - Líder em Captações de Mercado Base de Clientes Clientes cadastrados para uso do Portal BB Maior rede de TAAs da América Latina Maior rede de atendimento do País 3

4 ,1 14,7 15,5 16,5 17, Ativos Totais Fonte: Banco Central do Brasil SFNBBParticipação do BB - % 4 maior conglomerado financeiro do Brasil maior conglomerado financeiro do Brasil 16,2% 12,2% CAGR R$ bilhões

5 Depósitos à Vista SFNBBParticipação do BB - % 42,0 50,8 57,4 76,5 80,4 11,0 15,4 18,8 24,3 27,1 26,2 30,4 32,7 31,8 33, atividades financiadas por uma grande e pulverizada estrutura de captação 25,3 % 17,6 % CAGR Fonte: Banco Central do Brasil R$ bilhões

6 Operações de Crédito* SFNBB 270,1 298,9 314,8 362,7 409,0 29,0 38,7 42,5 69,6 54,7 13,0 13,5 15,1 10,7 17, maior parceiro da atividade produtiva no país maior parceiro da atividade produtiva no país *Inclui Operações de Crédito e Arrendamento Mercantil 24,5 % 10,9 % CAGR Participação do BB - % Fonte: Banco Central do Brasil R$ bilhões

7 eficiência refletida em números eficiência refletida em números Grandes Números do BB R$ milhões 1- Operações de crédito, Arrendamento Mercantil e outros créditos conf. Res / À vista, a prazo, Poupança e Interfinanceiros 3 - Anualizado 4T023T034T03s/4T02s/3T03 Ativos Totais ,57,0 Carteira de Crédito ,46,9 Carteira de Títulos ,9-6,0 Depósitos ,16,7 Fundos e Carteiras Adm. - R$ bi66,291,8102,655,011,8 Patrimônio Líquido ,34,1 Capitalização de Mercado ,250,0 Lucro Líquido ,2-4,2 ROE - % 3 30,225,723,1 Lucro por Ação - R$0,820,910,87 Variação % 7

8 principais destaques na formação do resultado principais destaques na formação do resultado 8 Crescimento das Operações de Crédito Crescimento das Receitas de Prestação de Serviços Controle das Outras Despesas Administrativas TVM - Recuperação do preço dos papéis Redução da Inadimplência Melhoria do Risco Global da Carteira de Crédito

9 comprometido com a geração de valor para os acionistas Lucro Líquido Dividendos (R$ milhões) 12,9 22,3 22,6 12,2 11, Lucro Líquido (R$ milhões)RSPL % CAGR 29,6 % CAGR 29,6 % CAGR 33,3 % 9

10 resultados consistentes Destaques da Demonstração de Resultado Com realocações 10

11 Análise de Volume e Taxa pronto para um novo cenário pronto para um novo cenário * Saldos médios R$ milhões (241) (36) Spread (%) Volume (R$ milhões) , , Perda proveniente da diminuição da taxa Ganho proveniente do aumento do volume Perda proveniente da diminuição da taxa e do volume 11

12 qualidade dos ativos preservada qualidade dos ativos preservada R$ milhões Índices de Perda (% - anualizado)Índices de Atraso (%) 2,4 2,2 2,1 1,6 5,4 3,9 5,0 4,6 4,0 1,4 0,1 4,1 4,3 4T021T032T033T034T Saldo Perda/Total da CarteiraDespesa/Carteira 12

13 diversificação de negócios garante o crescimento da margem R$ milhões 13

14 Administração de Recursos de Terceiros (R$ bilhões) fidelização da clientela e liderança na Administração de Recursos de Terceiros Base de Clientes (mil) 33,5 48,0 61,4 66,2 102,6 13,4 13,2 16,2 17,4 19, Adm. Rec. de Terceiros Part. no Mercado % 10,3 11,8 12,9 14,4 17,5 1,2 1,0 0,9 0,8 Pessoas FísicasPessoas Jurídicas 11,1 12,7 13,8 15,4 18, CAGR 13,9 % CAGR 32,3 % 14

15 estrutura de custos compatível com a geração de negócios estrutura de custos compatível com a geração de negócios R$ milhões 4T023T034T03s/4T02s/3T Ano Margem de Contribuição ,0%1,4% ,8% Despesas Administrativas (2.728) (2.931) (3.149) 15,4%7,4%(9.761) (11.298) 15,7% Resultado Comercial ,1%-11,4% ,9% Fluxo TrimestralFluxo Anual15 Índice de Cobertura (%) RPS/Despesa de Pessoal 77,1 80,7 90,7 84,0 77,5 80,3 82,5 4T021T032T033T034T ,0 56,7 54,0 57,6 56,5 59,0 56,3 4T021T032T033T034T Índice de Eficiência (%) Despesas Administrativas/Receitas Operacionais

16 estrutura de custos compatível com a geração de negócios estrutura de custos compatível com a geração de negócios 16 Pontos de Atendimento (mil) Quadro de Pessoal (mil) 2,9 3,1 3,2 4,3 4,6 7,9 9,2 10,0 4,0 4,8 3,7 4,2 5, AgênciasOutros Op. Crédito / Ponto de Atendimento (R$ milhões) FunicionáriosEstagiários Depósitos + Recursos Administrados / Funcionário (R$ milhões) 12,212,311,99,510,2 69,4 78,278,1 78,6 80,6 1,6 1,5 1,7 2,1 2,

17 tecnologia complementando a equação da produtividade Canais Automatizados Transações nos Canais Automatizados / Total de Transações (%) 74,6 76,9 77,6 79,6 81,4 82,582,4 84,1 84,6 85,0 85,2 86,4 MAR/01JUN/01SET/01DEZ/01MAR/02JUN/02SET/02DEZ/02MAR/03JUN/03SET/03DEZ/03 % 53,4 51,5 10,7 14,8 16,3 15,9 13,6 2,12,3 9,0 5,6 4,8 dez/02dez/03 TAAInternetGer. FinanceiroPOSCaixaOutros 17

18 Negócios vs. Despesas R$ milhões geração de receitas superando as despesas Receitas de Prestação de ServiçoMargem Fin. BrutaDesp. Administrativas 23,1 % 10,5 % CAGR 18,5 %

19 geração crescente de negócios com aumento de produtividade RPS + Margem Fin. Bruta / Cliente (R$) Despesas Administrativas / Cliente (R$) CAGR 6,8 % CAGR -3,1 %

20 busca constante de crescimento dos negócios com os clientes Operações de Crédito / Cliente (R$ mil) Depósitos + Recursos Administrados / Cliente (R$ mil) 9,8 9,2 9,7 10,6 11, CAGR 7,7 % CAGR 3,6 % 20 2,6 2,8 2,9 3,3 3,

21 R$ milhões o banco que mais investe no Brasil o banco que mais investe no Brasil Captações no Mercado (R$ bilhões) Composição de Ativos (%) dez/02set/03dez/03s/dez/02s/set/03 Ativos Totais ,5%7,0% Ativos de Liquidez ,4%11,8% Operações de Crédito ,5%8,5% Crédito Tributário ,6%-5,0% Demais Ativos ,5%-0,9% Passivos Totais ,5%7,0% Depósitos ,1%6,7% Demais Passivos ,0%7,6% Patrimônio Líquido ,3%4,1% 44,242,238,642,644,5 25,1 25,6 27,5 28,1 28,5 24,927,028,824,722,9 5,8 5,2 5,1 4,6 4,1 dez/02mar/03jun/03set/03dez/03 Ativos de Liquidez Operações de Crédito Crédito Tributário Demais Ativos 24,3 26,9 3,9 42,1 48,3 145,6 20,5 26,6 6,4 49,6 46,5 149,5 27,127,4 7,3 48,2 40,1 150,1 Depósitos à VistaDepósitos de Poupança Depósitos Interfinanceiros Depósitos a Prazo Captações no Mercado Aberto Total da Captações dez/02set/03dez/03 21

22 Títulos e Valores Mobiliários liquidez preservada Carteira TVM por Prazo de Vencimento (%) 22,8 16,7 61,0 72,0 3,0 2,1 9,3 13,2 Até 1 ano1 a 5 anos5 a 10 anosAcima de 10 anos 22 5,1 23,5 62,0 40,9 32,835, p/ NegociaçãoDisp. p/ VendaMantidos até o Vcto. Carteira TVM por Categoria (%) *68.192* *Valor contábil da carteira em R$ milhões

23 carteira de crédito equilibrada carteira de crédito equilibrada Dez/03 - Saldo R$ 77,6 bilhões Carteira de Crédito Dez/02 - Saldo R$ 62,9 bilhões VarejoComercialAgronegóciosInternacionalExteriorDemais 20,0% 22,3% 26,7% 12,1% 16,4% 2,5% 20,6% 20,9% 35,0% 9,5% 12,2% 1,9% 23

24 A Carteira de Varejo cresceu 27%, passando para R$ 15,9 bilhões. As operações de CDC apresentaram um crescimento de 15,9%, atingindo um saldo de R$ 7,8 bilhões (dez/02 - dez/03) CDC Contas Especiais 1,4 1,6 6,7 7,8 1,9 2,2 dez/02mar/03jun/03set/03dez/03 desempenho das principais Operações com Pessoas Físicas Cartão de Crédito24 Saldo R$ bilhões

25 As operações com MPE representam 23,1% da Carteira de Varejo, apresentando saldo de R$ 3,7 bilhões. O saldo de operações do BB Giro Rápido cresceu 77,5%, totalizando R$ 2,7 bilhões. (dez/02 - dez/03) BB Giro Rápido Proger Urbano Empresarial 2,7 0,9 1,5 0,5 o banco das Micro e Pequenas Empresas - MPE 25 dez/02mar/03jun/03set/03dez/03 Saldo R$ bilhões

26 A Carteira Comercial cresceu 15,6%, passando para R$ 16,2 bilhões. Destaque para Recebíveis, que alcançaram 50,2% de participação na carteira chegando ao saldo de R$ 8,1bilhões com um incremento de 27,6%. (dez/02 - dez/03) 8,1 2,1 1,5 6,4 1,9 1,4 desempenho das principais Operações da Carteira Comercial Recebíveis Conta GarantidaInvestimento26 dez/02mar/03jun/03set/03dez/03 Saldo R$ bilhões

27 O volume destinado às operações de comércio exterior, cresceu 38,4% ( ) A participação de mercado do câmbio exportação atingiu 28,9% no período. (dez/02 - dez/03) principal banco do comércio exterior principal banco do comércio exterior Operações de ACC/ACE Volume US$ milhões

28 A Carteira de Agronegócios cresceu 61,6% passando de R$ 13,8 bilhões para R$ 27,2 bilhões. As operações com Cédula do Produto Rural – CPR, avalizadas pelo BB, fecharam 2003 com saldo de R$ 1,5 bilhão, incremento de 44,5%. (dez/02 - dez/03) desempenho das principais Operações de Agronegócios desempenho das principais Operações de Agronegócios Custeio Investimento Carteira de Agronegócios Valor contratado R$ milhões

29 Carteiras de Crédito por Risco Participação (% - dez/03) crescimento com responsabilidade crescimento com responsabilidade AA-BC-DE-H 82,287,587,281,7 17,4 1,20,9 6,3 10,3 11,6 11,5 2,2 VarejoComercialAgronegóciosInternacional BBSFN 85,2 10,2 4,6 78,6 13,6 7,8 29

30 capacidade para alavancar mais negócios com os clientes Basiléia Composição do Índice de Basiléia (%) 8,4 9,3 9,7 10,1 9,7 3,8 4,1 4,2 4,0 dez/02mar/03jun/03set/03dez/03 Nível INível II 12,2 13,4 13,8 14,3 13,7 R$ milhões dez/02set/03dez/03s/dez/02s/set/03 APR - Ativos Ponderados pelo Risco ,5%10,9% PLE ,5%8,4% Patrimônio de Referência ,3%3,9% Nível I ,4%4,2% Conta Destacada (1.111) (43) ,5%-624,7% Nível II ,3%3,2% Excesso / Insuficiência de PL ,6%-11,1% Excesso / Insuficiência de Alavancagem ,6%-11,1% Coeficiente K % 12,24 14,30 13,71 30 Limite Legal - 11%

31 soluções em seguros e previdência soluções em seguros e previdência Receitas com Seguros R$ milhões Seguros / Valor Agregado Líquido ,0% SegurosMFBOutros 2,7% 80,6% 16,6% 3,2% 75,3% 21,4% Total Auto Vida e Outros Capitalização Previdência Saúde Adm. de Fundos

32 forte presença no mercado de capitais forte presença no mercado de capitais 8,0 5,9 19, de operações no mercado Participação BB no mercado (% - Volume) *fonte: Ranking ANBID e CVM Ranking ANBID 4º 6º 1º

33 Performance BB ON vs. Ibovespa BBAS3 Ibovespa Dez/02Jun/03Dez/03 162,4% 97,3% reconhecimento do mercado 33 Base 100 = 31/12/2002

34 reconhecimento do mercado Preço vs. Valor Patrimonial da Ação 34 9,1 10,2 12,7 16,0 24,0 11,5 12,6 13,9 14,9 16,0 0,7 0,9 1,0 1,4 dez/02mar/03jun/03set/03dez/03 PreçoValor Patrimonial - VPPreço/VP - x

35 porque investir no Banco do Brasil... porque investir no Banco do Brasil... Estratégia orientada a gerar valor para o Acionista Melhoria constante de produtividade Principal banco em comércio exterior Principal banco no Mercado de Capitais Comprometimento com boas práticas de Governança Corporativa Empresa socialmente responsável Acesso a novos nichos Potencial para aprofundar relacionamento com clientes Principal banco do agronegócio brasileiro 35

36 novo site de RI 36

37 Gerência de Relações com Investidores SBS - Quadra 1 - Bloco C - Ed. Sede III - 17° andar Brasília (DF) Telefone: (61) Fax: (61) DisclaimerEsta apresentação faz referências e declarações sobre expectativas, sinergias planejadas, estimativas de crescimento, projeções de resultados e estratégias futuras sobre o Banco do Brasil, suas subsidiárias coligadas e controladas. Embora essas referências e declarações reflitam o que os administradores acreditam, as mesmas envolvem imprecisões e riscos difíceis de se prever, podendo, desta forma, haver resultados ou conseqüências diferentes daqueles aqui antecipados e discutidos. Estas expectativas são altamente dependentes das condições do mercado, do desempenho econômico geral do país, do setor e dos mercados internacionais. O Banco do Brasil não se responsabiliza em atualizar qualquer estimativa contida nesta apresentação. Alguns percentuais podem apresentar diferenças devido ao arredondamento dos números utilizados na apresentação. Disclaimer - Esta apresentação faz referências e declarações sobre expectativas, sinergias planejadas, estimativas de crescimento, projeções de resultados e estratégias futuras sobre o Banco do Brasil, suas subsidiárias coligadas e controladas. Embora essas referências e declarações reflitam o que os administradores acreditam, as mesmas envolvem imprecisões e riscos difíceis de se prever, podendo, desta forma, haver resultados ou conseqüências diferentes daqueles aqui antecipados e discutidos. Estas expectativas são altamente dependentes das condições do mercado, do desempenho econômico geral do país, do setor e dos mercados internacionais. O Banco do Brasil não se responsabiliza em atualizar qualquer estimativa contida nesta apresentação. Alguns percentuais podem apresentar diferenças devido ao arredondamento dos números utilizados na apresentação. Para maiores detalhes a respeito destas informações acesse


Carregar ppt "2003 Banco do Brasil Reunião com Analistas 2003 Banco do Brasil Reunião com Analistas O tempo todo com Você"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google