A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A assimilação da nova tendência da logística, que consiste na integração às ações práticas das atividades empresariais, depende da adoção de uma nova concepção.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A assimilação da nova tendência da logística, que consiste na integração às ações práticas das atividades empresariais, depende da adoção de uma nova concepção."— Transcrição da apresentação:

1 A assimilação da nova tendência da logística, que consiste na integração às ações práticas das atividades empresariais, depende da adoção de uma nova concepção de empresa, adoção esta da qual resulta, em termos práticos, a criação e consolidação de novas formas de relacionamento com fornecedores. O relacionamento entre a empresa e seus fornecedores representa um papel importante na dinamicidade e flexibilidade frente a mudanças ou crises. As novas características do mercado exigem maior independência dos fornecedores no que se refere à distribuição de seus produtos, permitindo que a empresa aja livremente em seu ambiente e favorecendo maior eficácia ao processo. Unidade 4 Turma 19 Grupo C Subgrupo Y: Caroline Trince e Marco Pereira

2 Arms length: Relaciona a empresa e seus fornecedores sem nenhum compromisso futuro, apenas é negociado um grande lote de insumos e produtos, como no Fluxo Descontínuo de Material. Assim que a compra for realizada, a empresa fará uma nova pesquisa de mercado com a finalidade de encontrar o fornecedor mais adequado, com a melhor relação custo x benefício, independente de negociações passadas. Deve ser evitado, pois não mais se enquadra no atual processo logístico.

3 Parcerias: Nesse caso, característico do Fluxo Contínuo de Material, é negociado uma ação conjunta de longo prazo, tornando a empresa e seus fornecedores cooperativos. Esse modelo confere maior confiança e garantia na qualidade do serviço. Para a implantação desse modelo, deve-se conhecer a compatibilidade corporativa cultural de ambas as empresas, a filosofia e estilos de gerências, a perspectiva de confiança mútua e a semelhança ente elas. A parceria não é pertinente em todas as situações. Além de custar caro, necessitar de tempo e disposição dos dirigentes das organizações.

4 Colaboração: nesse nível de parceria, cada participante desempenhará seu papel com honestidade e ética. A confiança está na qualidade de seu produto. Ocorre quando o fornecedor ainda não está preparado ou maduro suficiente para assumir compromissos a longo prazo, ou sua produção não está adaptada tecnicamente para o sistema de puxar. O planejamento entre as empresas é realizado em conjunto, eliminando conflitos. Representa somente uma parcela modesta dos negócios. A comunicação é mais regular e o serviço de entrega é feito conforme programação.

5 Simbiose: A quantidade de fornecedores é reduzida ao mínimo, permitindo maior integração à própria estrutura da empresa contratante, a exemplo do Fluxo Sincrônico de materiais. A formação de grandes centros de produção em Betim - MG e Resende - RJ caracterizam esse relacionamento mais próximo e exclusivo entre as partes, ao ponto de se unirem em uma só planta, o consórcio modular.

6 Os fornecedores não são iguais, cabendo à empresa contratante a melhor gestão de relacionamentos com cada um deles utilizando as estratégias de suprimento. A separação dos fornecedores em grupos representativos de seu impacto sobre a empresa e complexidade do mercado, por exemplo, permite a avaliação inicial sobre suas características. Em seguida, são analisadas as práticas de preços, quantidades e qualidades dos produtos.


Carregar ppt "A assimilação da nova tendência da logística, que consiste na integração às ações práticas das atividades empresariais, depende da adoção de uma nova concepção."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google