A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

NORMA CULTA E VARIEDADES LINGÜÍSTICAS. Abertura: 1. Variação e Preconceito Lingüístico Toda língua muda com o tempo (mudança diacrônica ou histórica)

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "NORMA CULTA E VARIEDADES LINGÜÍSTICAS. Abertura: 1. Variação e Preconceito Lingüístico Toda língua muda com o tempo (mudança diacrônica ou histórica)"— Transcrição da apresentação:

1 NORMA CULTA E VARIEDADES LINGÜÍSTICAS

2 Abertura: 1. Variação e Preconceito Lingüístico Toda língua muda com o tempo (mudança diacrônica ou histórica) e varia de acordo com o lugar em que é falada (variação diatópica ou geográfica). Diferenças lingüísticas refletem muitas vezes diferenças sociais Preconceito Lingüístico, veiculado por meio de um preconceito social discriminatório.

3 * Os home tinha um pobrema sério pra arresorvê, intãoce eles pidiu ajuda prum véio amigo.

4 Concordância nominal/verbal e Processos fonológicos do português brasileiro (Pb): *Os home tinha... *home *pobrema *Os home tinha... eliminação das marcas de plural redundantes *home desnasalização das vogais póstônicas *pobrema síncope (supressão de segmentos fônicos no interior de um vocábulo) e rotacização *pra síncope * arresorvê arcaísmo e apócope (queda de vogal final ou redução vocálica) *intãoce arcaísmo *véio assimilação

5 Variação: fenômeno lingüístico regular inerente a todas as línguas naturais Plural redundante: My beautiful yellow flower died yesterday / my beautiful yellow flowers died yesterdayPlural redundante: My beautiful yellow flower died yesterday / my beautiful yellow flowers died yesterday Desnasalização das vogais póstônicas: comum na passagem do latim para o português (abdomen > abdome; bitumen > betume; legumen > legume) Rotacização: (Latim) ecclesia > (Francês) église >(Espanhol) iglesia > (Port.) igreja; (L) plaga > (F) plage > (E) playa > (P) praia

6 Continuando... Arcaísmos: verbos iniciados com A- já pertenceram à norma literária clássica A- > Ad (L) - preposição (ad + prendere = apprendere > aprender; ad + fluere= affluere > afluir) Assentar, ajuntar, assoprar *Intãoce tegla> tegla> teyla> telha> têia.

7 Português Padrão Francês Padrão Português ñp abelha abeille (abéye) abêia alho ail (ay) ai batalha bataille (batáye) bataia trabalho travailler (travayê) trabaiá

8 - O pronome ele é usado como objeto direto (vi ele) no português há mais de mil anos:basta ler os textos medievais. - - Os portugueses abandonaram esse uso, mas continuou vivo e atuante no português brasileiro e africano. - Ataliba de Castilho temos:O pronome ele pode funcionar (i) como objeto direto:Maria viu ela;(ii) redobrar uma construção de tópico:A Maria,ela ainda não chegou […].

9 Alguns versos de Os Lusíadas (Luís de Camões) E não de agreste avena, ou frauta ruda(canto I, verso 5)E não de agreste avena, ou frauta ruda(canto I, verso 5) Doenças, frechas, e trovões ardentes(X, 46)Doenças, frechas, e trovões ardentes(X, 46) Onde o profeta jaz, que a lei pubrica(VII, 34)Onde o profeta jaz, que a lei pubrica(VII, 34) Mas alembrou-lhe uma ira que o condenaMas alembrou-lhe uma ira que o condena A noite negra e feia se alumiaA noite negra e feia se alumia Alevantando o rosto assim diziaAlevantando o rosto assim dizia (apud Bagno, M. A língua de Eulália. 2001, p. 119) (apud Bagno, M. A língua de Eulália. 2001, p. 119)

10 Mitos propostos por Bagno "A língua portuguesa apresenta uma unidade surpreendente"A língua portuguesa apresenta uma unidade surpreendente "Brasileiro não sabe português / Só em Portugal se fala bem português"Brasileiro não sabe português / Só em Portugal se fala bem português "Português é muito difícil"Português é muito difícil "As pessoas sem instrução falam tudo errado"As pessoas sem instrução falam tudo errado "O lugar onde melhor se fala português no Brasil é o Maranhão"O lugar onde melhor se fala português no Brasil é o Maranhão

11 Mitos propostos por Bagno "O certo é falar assim porque se escreve assim"O certo é falar assim porque se escreve assim "É preciso saber gramática para falar e escrever bem "É preciso saber gramática para falar e escrever bem "O domínio da norma culta é um instrumento de ascensão social"O domínio da norma culta é um instrumento de ascensão social

12 Norma Padronização de normas de comportamento social = padronização de normas de comportamento lingüísticoPadronização de normas de comportamento social = padronização de normas de comportamento lingüístico Variedade Padrão: conjunto codificado de normas lingüísticas socialmente aceitáveis pela classe de maior prestígio numa comunidade (Roberto Camacho)Variedade Padrão: conjunto codificado de normas lingüísticas socialmente aceitáveis pela classe de maior prestígio numa comunidade (Roberto Camacho)

13 Variedade Culta Pautada na língua literária escrita e na tradição gramaticalPautada na língua literária escrita e na tradição gramatical Variedade padrão: imposta como referencial exclusivo para qualquer situação de falaVariedade padrão: imposta como referencial exclusivo para qualquer situação de fala

14 Variedades e Ensino Abolir o conceito de correto / incorretoAbolir o conceito de correto / incorreto O aluno deve ser educado não ensinado, afinal ele já conhece sua língua, no entanto, fala uma variedade não padrão, que é diferente e não errada.O aluno deve ser educado não ensinado, afinal ele já conhece sua língua, no entanto, fala uma variedade não padrão, que é diferente e não errada. Buscar ampliar o leque de variedades que o aluno pode dominar para que possa escolhê-las de acordo com a situação de fala adequação.Buscar ampliar o leque de variedades que o aluno pode dominar para que possa escolhê-las de acordo com a situação de fala adequação.


Carregar ppt "NORMA CULTA E VARIEDADES LINGÜÍSTICAS. Abertura: 1. Variação e Preconceito Lingüístico Toda língua muda com o tempo (mudança diacrônica ou histórica)"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google