A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

IBAD – PINDAMONHANGABA/SP Formação, Estabelecimento e Expansão do Cristianismo.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "IBAD – PINDAMONHANGABA/SP Formação, Estabelecimento e Expansão do Cristianismo."— Transcrição da apresentação:

1 IBAD – PINDAMONHANGABA/SP Formação, Estabelecimento e Expansão do Cristianismo

2 IBAD – PINDAMONHANGABA/SP  Nesta penúltima unidade, enfocaremos a expansão da Igreja Cristã, tendo como elemento norteador de seu crescimento vertiginoso os textos neotestamentários, uma vez que à medida que as varias epístolas vão sendo redigidas, cada qual tendo como objetivo solucionar problemas específicos, seja nas igrejas locais ou mesmo em grupos de igrejas, esses textos vão sedimentando os ensinamentos cristãos e estabelecendo um corpo sólido de doutrinas.

3 IBAD – PINDAMONHANGABA/SP  O livro de Atos ocupa um lugar diferenciado no Novo Testamento, uma vez que, posicionando-se entre os evangelhos e as epístolas, retrata os principais eventos históricos ocorridos após a ascensão de Cristo.  1.1 – Autoria  É atribuída a Lucas, o médico, que não era um dos apóstolos, mas que já havia escrito o evangelho de Lucas e termina sua obra neste volume.

4 IBAD – PINDAMONHANGABA/SP  1.2 – Data e Local da Redação  Assim como o evangelho de Lucas,Atos tem seu local de redação indefinido, mas, lugares como Éfeso, Roma e Antioquia são possíveis locais para sua escrita. Quanto a data em que foi escrito, é possível indicarmos 67 ou 68 d.C.  1.3 – Destinatário e Tema  Teófilo é o primeiro destinatário, mas provavelmente um patrocinador da pesquisa feita por Lucas,os destinatários certamente são gentios de mente grega. Este livro faz uma ponte entre os evangelhos e as epístolas, tendo como temática uma mudança de foco de Jerusalém para Roma.

5 IBAD – PINDAMONHANGABA/SP  1.4 – Propósito e Fonte Informativa  O propósito primário de Atos é dar sequência no Evangelho de Lucas e expor a expansão da igreja como instrumento no processo de salvação dos gentios e judeus naqueles dias, por meio da obra do Cristo ressurreto.  1.5 – O Espírito Santo e o Estabelecimento da Igreja  Existe uma relação muito forte entre o estabelecimento da igreja e a operação do Espírito Santo, tal relação é facilmente acompanhada em Atos, nas diversas passagens relatadas por Lucas.

6 IBAD – PINDAMONHANGABA/SP  1.6 – Paulo e os projetos Missionários  O apóstolo Paulo desde o inicio da narrativa de Lucas a seu respeito sempre esteve envolvido com a obra missionária.Durante sua vida ele realizou três viagens,as quais são acompanhadas por Lucas,e seus companheiros e estão registradas em Atos.

7 IBAD – PINDAMONHANGABA/SP  1.7 – Esboço do Livro  I – O Derramamento do Espírito Santo  II – Os primeiros Dias da Igreja em Jerusalém  III – A Perseguição Leva à Expansão  IV – O Cristianismo Propaga-se entre os Gentios  V – Primeira Viagem Missionária de Paulo  VI – O Concílio de Jerusalém  VII – Segunda Viagem Missionária de Paulo  VIII – Terceira Viagem Missionária de Paulo  IX – A Prisão de Paulo e seu Ministério Enquanto Preso

8 IBAD – PINDAMONHANGABA/SP  Sendo Judeu desde a infância, e fervoroso religioso, Paulo ao ser confrontado com Cristo no Caminho para Damasco,torna-se um eficiente missionário cristão,e seu trabalho é admirado até os dias atuais.  2.1 – Paulo:Origem e Formação  Paulo nasceu em Tarso da Cilícia. Filho de pais Judeus e com cidadania Romana,foi educado “aos pés de Gamaliel”, um influente Doutor da Lei, membro do Sinédrio e líder da Ala mais Liberal do grupo dos Fariseus, o que concedeu a Paulo possibilitou grande erudição em sua formação.

9 IBAD – PINDAMONHANGABA/SP  2.2 – Paulo:Vida e Conversão  Apesar de ter nascido em Tarso, Paulo cresceu em Jerusalém, onde se tornou um grande perseguidor da igreja, e também de onde foi enviado para Damasco afim de capturar cristãos,a caminho para essa cidade foi quando ocorreu sua dramática conversão.  2.3 – A Questão dos Gentios  Quando as escrituras mencionam os gentios,está se referindo a outros povos que não os Judeus. E em meio a este cenário de discriminação que Deus desperta seus discípulos para anunciarem o evangelho também para os gentios como o centurião Cornélio, temente a Deus mas necessitado de Cristo.

10 IBAD – PINDAMONHANGABA/SP  2.4– A questão dos Gentios e o Concílio de Jerusalém  Após a conversão de muitos gentios,começaram a surgir vários conflitos entre cristãos que insistiam na circuncisão e guarda de dias (judaizantes), para que assim a conversão de um gentio fosse completa. Dado o problema reuniram- se em Jerusalém os Lideres da Igreja em Jerusalém e os Missionários de Antioquia da Síria, e estabeleceram algumas medidas que deveriam ser tomadas por gentios que se convertessem ao cristianismo. ▪ A- Abstenção das Contaminações dos ídolos ▪ B- Abstenção das relações sexuais ilícitas ▪ C- Abstenção da carne de animais sufocados ▪ D- Abstenção do Sangue

11 IBAD – PINDAMONHANGABA/SP  Neste capítulo estudaremos a carta de Tiago e as primeiras cartas de Paulo, ou seja, Gálatas, I e II Tessalonicenses. As quais são destinadas ao povo de Deus em geral ou à uma igreja específica.  3.1 – Epístola de Tiago  Inclusa no grupo chamado de “Epístolas Gerais”,tem como característica o fato de ser composta por uma série de sermões, qual seu conteúdo gira em torno do tema da vivência cristã. ▪ Autoria, Data e Local da Redação ▪ Destinatário e Propósito ▪ Esboço da Epístola

12 IBAD – PINDAMONHANGABA/SP  3.2 – Epístola aos Gálatas  A epístola aos Gálatas se constitui num manifesto apostólico contra as influências danosas dos judaizantes na comunidade cristã, a distinção plena e definitiva entre a lei e a graça. ▪ Autoria, Data e Local da Redação ▪ Destinatário e Propósito ▪ Esboço da Epístola

13 IBAD – PINDAMONHANGABA/SP  3.3 – I e II Epístola aos Tessalonicenses  Essas epístolas, assim como o discurso de Jesus no monte das Oliveiras e o Apocalipse, formam as principais porções proféticas do Novo Testamento. ▪ Autoria, Data e Local da Redação ▪ Destinatários e Propósito ▪ Esboço da Epístola (Primeira) ▪ Esboço da Epístola (Segunda)

14 IBAD – PINDAMONHANGABA/SP  Coríntios e Romanos inserem-se como obras literárias de Grande relevância para a cristandade, uma vez que as abordagens constantes em suas páginas contribuem para a compreensão do estabelecimento e expansão da igreja durante os primeiros anos de história do Novo Testamento.  4.1 – I e II Epístola aos Coríntios  Os Temas abordados nestas cartas falam tremendamente à igreja dos nossos dias,pois, tratam da ética e condutas exemplares para um cristão.

15 IBAD – PINDAMONHANGABA/SP ▪ 4.1- Autoria, Data e Local da Redação ▪ Destinatário e Propósito ▪ A Carta Anterior ▪ Esboço da Epístola (Primeira) ▪ Esboço da Epístola (Segunda) ▪ 4.2- Epístola aos Romanos ▪ Autoria, Data e Local da Redação ▪ Destinatário e Propósito ▪ Esboço da Epístola

16 IBAD – PINDAMONHANGABA/SP  Paulo foi um dos maiores evangelistas da História da Igreja. Como missionário implantou igrejas por toda a Ásia e Europa, levando a mensagem libertadora do Evangelho às partes mais remotas do planeta; com seus escritos contribuiu mais do que qualquer outro com a formação do Novo Testamento.  Redigiu ao todo treze, ou quatorze (se considerarmos Hebreus como uma de suas obras) epístolas. Escrevendo até mesmo enquanto esteve preso,são essas epístolas que iremos estudar agora.

17 IBAD – PINDAMONHANGABA/SP  5.1 – Epístola do Cárcere: Terminologia e Local da Redação  A designação “ Epístolas do Cárcere” ou, como preferem outros, “cartas da prisão”, é utilizada para indicar aquele grupo de epístolas que, escritas pelo apóstolo Paulo, foram redigidas quando este achava-se privado de sua liberdade física.

18 IBAD – PINDAMONHANGABA/SP  5.2 – Data da Redação das Epístolas do Cárcere  Se admitirmos que Paulo redigiu Efésios, Filipenses, Colossenses e Filemom quando achava-se preso, e as cartas não deixam dúvidas em relação a isso (Ef 3.1;4.1; 6.20; Fp 1.7,13,14,17;Cl 4.18; Fm 1,9), esse aprisionamento deve ter sido relativamente longo para permitir a redação e envio das mesmas, é o caso, como concluímos, do período de prisão em Roma, ou seja, 58 – 60 d.C. ( ou 60 – 61 d.C.).

19 IBAD – PINDAMONHANGABA/SP  5.3 –Epístolas aos Efésios  Considerando pelos estudiosos a segunda mais importante obra literária de Paulo, ficando atrás somente da Epístola aos Romanos, a primeira da epístolas do cárcere, Efésios, é chamada de “ Rainha das Epístolas”. ▪ – Destinatário e Propósito ▪ – Esboço da Epístola

20 IBAD – PINDAMONHANGABA/SP  5.4 – Epístola aos Filipenses  A segunda Epístola do Cárcere ( estamos seguindo a ordem de disposição dos livros na Bíblia ) Filipenses, é considerada a mais pessoal de todas as epístolas paulinas e, certamente, a mais lida. ▪ – Destinatário e Propósito ▪ – Esboço da Epístola

21 IBAD – PINDAMONHANGABA/SP  5.5 – Epístola aos Colossenses  A terceira das Epístola do Cárcere, Colossenses, possui algumas similaridades com a Epístola aos Efésios, como por exemplo a referência a Tíquico (Cl.4.7; Ef.6.21) que, certamente, recebeu de Paulo a incumbência de levar ambas as cartas. ▪ Destinatário e Propósito ▪ – Esboço da Epístola

22 IBAD – PINDAMONHANGABA/SP  5.6 – Epístola a Filemom  A última das Epístolas do Cárcere (não esqueçamos que estamos seguindo a ordem de disposição das cartas tal como aparecem na Bíblia), Filemom, mantém relação direta como a Epístola aos Colossenses, pois em ambas aparecem os nomes de Onésimo, Epafras, Marcos, Aristarco, Demas, Arquipo e Lucas (Fm. 1,2,10,23,24; Cl. 4.9,10,12,14,17. ▪ – Destinatário e Propósito ▪ – Esboço da Epístola


Carregar ppt "IBAD – PINDAMONHANGABA/SP Formação, Estabelecimento e Expansão do Cristianismo."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google