A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Instituto Politécnico de Lisboa Gabinete de Relações Internacionais e Mobilidade Académica (GRIMA) Changing lives. Opening minds. Mobilidade de Estudantes.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Instituto Politécnico de Lisboa Gabinete de Relações Internacionais e Mobilidade Académica (GRIMA) Changing lives. Opening minds. Mobilidade de Estudantes."— Transcrição da apresentação:

1 Instituto Politécnico de Lisboa Gabinete de Relações Internacionais e Mobilidade Académica (GRIMA) Changing lives. Opening minds. Mobilidade de Estudantes Sessão de Esclarecimento 2015/2016 Fev 2015

2 Erasmus+: O novo programa da União Europeia para a educação, a formação, a juventude e o desporto para o período de 2014 ‑ 2020 educaçãoformação juventude desporto

3 Erasmus+ Objetivos Quais os Objetivos do Programa Erasmus+? aprendizagem no estrangeiro parcerias entre instituições de ensino inovação, o empreendedorismo e a empregabilidade Quais os Objetivos do Programa Erasmus+? O programa Erasmus+ tem três objetivos principais: - Dar oportunidades de aprendizagem no estrangeiro para indivíduos, dentro e fora da UE; - Apoiar parcerias entre instituições de ensino, organizações de juventude, empresas, autoridades locais e regionais e ONG, bem como as reformas destinadas a modernizar os sistemas de educação e formação; - Promover a inovação, o empreendedorismo e a empregabilidade.

4 Erasmus+ Vantagens? crescimento pessoal e intelectual conhecimento de novas culturas, línguas maior empregabilidade futura maior capacidade de adaptação, flexibilidade, autonomia iniciativaespírito empreendedor alargar de horizontes diversidade cultural, linguística e educacional. Vantagens? É, sem dúvida, uma oportunidade única! O estudante Erasmus beneficiará de uma experiência muito gratificante a nível académico e pessoal, que se traduzirá: Em grande crescimento pessoal e intelectual; No conhecimento de novas culturas, línguas, novos métodos de trabalho e novas tecnologias; Numa maior empregabilidade futura, não só em mercados estrangeiros, mas também nacionais; Numa maior capacidade de adaptação, flexibilidade, autonomia, iniciativa e espírito empreendedor; Num alargar de horizontes, contribuindo, assim, para a construção de uma Europa cada vez mais unida na diversidade cultural, linguística e educacional.

5 Quem pode participar? Quem pode participar? Critérios de elegibilidade - Possuir nacionalidade portuguesa, ou de qualquer estado membro da União Europeia ou estar matriculado em qualquer estabelecimento de ensino superior, em Portugal; - Estar formalmente inscrito num curso de estudos a tempo inteiro, desde o bacharelato até ao doutoramento, conducente a diploma ou grau académico; - Ter completado o 1º ano de estudos universitários; - Não ter efectuado uma mobilidade ERASMUS superior a 12 meses durante o mesmo ciclo de estudos; Erasmus +

6 Quem pode participar? Quem pode participar? Critérios de elegibilidade - Não estar abrangido em simultâneo, por outros programas de actividades enquadradas no âmbito da União Europeia; - Escolher uma instituição localizada num Estado-membro do Programa, que tenha um acordo interinstitucional ERASMUS estabelecido com a ESELx, na mesma área científica; - Assinar um Plano de estudos (Learning Agreement)de forma a garantir que os estudos efectuados no estrangeiro são plenamente reconhecidos; - Realizar a mobilidade por um período mínimo de três meses (estudos) e um período máximo de doze meses, entre 1 de Julho de 2015 e 30 de Setembro de Erasmus +

7 Quais os Países Participantes? Quais os Países Participantes? - Os 28 Estados-membros da União Europeia: Bélgica, Croácia, Dinamarca, Alemanha, Grécia, Espanha, Finlândia, França, Irlanda, Itália, Luxemburgo, Países Baixos, Áustria, Portugal, Suécia, Reino Unido, Eslováquia, Eslovénia, Estónia, Hungria, Letónia, Lituânia, Polónia, República Checa, Roménia, Malta, Roménia, Bulgária e Chipre; - Os países da EFTA/EEE: a Islândia, o Liechtenstein e a Noruega; - A Turquia e Macedónia, enquanto países candidatos à adesão. Erasmus +

8 Erasmus+ KA1 –Tipos de Mobilidade Mobilidade de Estudantes no Ensino Superior Mobilidade para Estudos (SMS) Mobilidade para Estágios (SMP) Mobilidade para estágios para recém graduados

9 Erasmus+ KA1 –Mobilidade de Estudantes Duração da Mobilidade 12 meses em cada ciclo de estudos incluindo Total até 12 meses em cada ciclo de estudos podendo combinar estudos com estágio (incluindo estágio recém graduado) o 3 a 12 meses em estudos (SMS); o 2 a 12 meses em estágios (SMP ou recém graduado);

10 Erasmus+ KA1 - Mobilidade de Estudantes Bolsa? Bolsa? O Programa Erasmus+ pode atribuir bolsas de mobilidade. O estudante Erasmus é automaticamente candidato a esta (eventual) bolsa, sem que para tal tenha de fazer mais algum procedimento de candidatura. As bolsas ERASMUS destinam-se a auxiliar nas “despesas de mobilidade”. NÃO SÃO BOLSAS DE ESTUDO. Os estudantes beneficiários de uma bolsa através dos Serviços de Acção Social, deverão continuar a usufruir plenamente dessas ajudas durante o período de estudos. Bolsa Suplementar Erasmus Recebem ainda Bolsa Suplementar Erasmus.

11 Erasmus+ KA1 - Mobilidade de Estudantes Valor da Bolsa (em ) Valor da Bolsa Mensal para Estudos Valor de Bolsa Mensal para Estágio Grupo 1 Países de nível de vida alto Áustria, Dinamarca, Finlândia, França, Irlanda, Itália, Liechtenstein, Noruega, Suécia, Reino Unido 300€400€ Grupo 2 Países de nível de vida médio Bélgica, Croácia, República Checa, Chipre, Alemanha, Grécia, Islândia, Luxemburgo, Holanda, Eslovénia, Espanha, Turquia 250€350€ Grupo 3 Países de nível de vida baixo Bulgária, Estónia, Hungria, Letónia, Lituânia, Malta, Polónia, Roménia, Eslováquia, Macedónia 200€300€

12 Erasmus+ KA1 - Mobilidade de Estudantes Quais são os destinos possíveis? Quais são os destinos possíveis? Os alunos da ESELx podem fazer o seu período de mobilidade em qualquer instituição com a qual exista um acordo interinstitucional prévio. Atualmente existem cerca de 50 acordos válidos em instituições de 17 países. Há prioridades e aspectos específicos a ter em conta, consoante os cursos de origem e as instituições de acolhimento escolhidas. Para cada universidade parceira, há um número determinado de vagas disponíveis, que são atribuídas aos estudantes de acordo com o processo de seriação

13 Erasmus+ KA1 - Mobilidade de Estudantes Seriação Critério base de seriação dos estudantes: Média académica. Cf= 2Mp+Nc 3 Em que: Cf = classificação final Mp = média ponderada arredondada às centésimas das classificações das UC concluídas à data da candidatura Nc = número de créditos ECTU concluídos à data da candidatura Em caso de empate na Classificação Final são considerados critérios de desempate pela seguinte ordem de prioridade: a) Ser bolseiro do SAS; b) Motivação para a mobilidade aferida em eventual entrevista

14 Erasmus+ KA1 - Mobilidade de Estudantes Viagem, Alojamento e Saúde Viagem, Alojamento e Saúde As questões relacionadas com a viagem e o alojamento são opções da responsabilidade do estudante, contando sempre que necessário com o apoio do GRIMA. Na maioria dos casos é possível contar com Residências Universitárias ou outro tipo de apoio à procura de alojamento, por parte da instituição de acolhimento. Ao partir para o estrangeiro, o estudante deverá ainda fazer-se acompanhar do Cartão Europeu de Seguro de Doença – CESD (http://www4.seg-social.pt/pedido-cartao-europeu-seguro- doenca), ou efectuar um seguro de saúde privado

15 Erasmus+ KA1 - Mobilidade de Estudantes Matricula na ESELx e Propinas É obrigatória a matrícula na ESELx, normalmente, dentro dos prazos definidos. O estudante Erasmus paga propinas? Na instituição anfitriã, não. É uma condição do Programa Erasmus+ não haver direito ao pagamento de propinas à instituição de acolhimento. As propinas normais são pagas na instituição de origem, dentro dos prazos estabelecidos.

16 Erasmus+ KA1 - Mobilidade de Estudantes Reconhecimento Académico Todos os cursos da ESELx têm um Coordenador ECTS, destacado para os assuntos “Erasmus”, que te orienta a escolha do plano de estudos. É obrigatória a elaboração de um Learning Agreement/Contrato de Estudos, que deve ser assinado pelo estudante e pelas instituições de origem e de acolhimento. Este Learning agreement define, à partida, os módulos que irão ser estudados e o número de créditos envolvidos. São permitidas modificações ao Learning Agreement/Contrato de Estudos, desde que as mesmas sejam acordadas por todas as partes envolvidas. No final do período de estudos no estrangeiro, a universidade de acolhimento deverá entregar ao aluno Erasmus ou à ESELx uma transcrição dos resultados (Transcript of Records) obtidos pelo estudante, de acordo com o programa de estudos definido.

17 Erasmus+ KA1 - Mobilidade de Estudantes Reconhecimento Académico O pleno reconhecimento académico é uma condição sine qua non da mobilidade estudantil no âmbito do programa Erasmus +. Haverá pleno reconhecimento académico desde que seja concluído, com aproveitamento, o plano de estudos, assinado à partida (ou as suas alterações). No final do período de estudos será feita a transposição das notas obtidas em mobilidade, tarefa da responsabilidade do Coordenador ECTS.

18 Erasmus+ KA1 - Mobilidade de Estudantes Documentos para Candidatura: Documentos para Candidatura: - Ficha de Candidatura (a descarregar do site da ESELx), devidamente preenchida; - Cópia do BI/CC; - Histórico das disciplinas realizadas e respetivas classificações; (a obter junto dos Serviços Académicos) Local de entrega das candidaturas: GRIMA Data limite para as candidaturas: 27 de fevereiro de 2015 GRIMA (em frente aos SAS, traseiras do edifício da ESELx) ou para o Data limite para as candidaturas: 27 de fevereiro de 2015

19 CONTATOS Gabinete de Relações Internacionais e Mobilidade Académica (GRIMA) Tel


Carregar ppt "Instituto Politécnico de Lisboa Gabinete de Relações Internacionais e Mobilidade Académica (GRIMA) Changing lives. Opening minds. Mobilidade de Estudantes."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google