A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Mapas conceituais e “Cmaptools” origem, conceitos básicos e possibilidades.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Mapas conceituais e “Cmaptools” origem, conceitos básicos e possibilidades."— Transcrição da apresentação:

1 Mapas conceituais e “Cmaptools” origem, conceitos básicos e possibilidades.

2 Origem 1.Discordância acerca da interpretação dada às idéias de Piaget sobre os estágios do desenvolvimento intelectual das crianças. I)Sensório motor (± 0 -2 anos); II)Pré-operatório(±2-7 anos);Pré-operatório III)Operatório-concreto (±7-11 anos);Operatório-concreto IV)IV) Operatório-formal(±12-?)

3

4

5 Origem Instrução com áudio-tutorial, envolvendo conceito de crescimento de plantas. (Criança com 6 anos).

6 Origem

7 Mapa conceitual produzido a partir da entrevista realizada com um aprendiz do grau 2

8 Origem

9 3.Teoria da aprendizagem significativa. “Se eu pudesse reduzir toda a psicologia educacional a uma só frase, eu diria isto: O fator mais importante que influencia a aprendizagem é o que o estudante já sabe. Verifique isso e ensine de acordo.” David Paul Ausubel Conceitos básicos

10

11 Mapas conceituais: hierarquia de significados Emprego obrigatório de termo de ligação: expressão clara da relação entre dois conceitos → busca pelo significado termo de ligação + + conceito inicial conceito final = PROPOSIÇÃO ÁTOMOS MOLÉCULAS ÁTOMOS MOLÉCULAS formam ÁTOMOS MOLÉCULAS são formados por Exemplos x Conceitos básicos

12 Mapa conceitual exemplo: A “Química” do amor.

13 Conceitos básicos Mapa conceitual exemplo: Panorama do ensino

14 Conceitos básicos

15

16

17 UTILIZAÇÃO DE MAPAS CONCEITUAIS 1. Levantamento de concepções prévias Conceitos básicos

18 1. Levantamento de concepções prévias Conceitos básicos

19 4. Elaboração de plano de aula. UTILIZAÇÃO DE MAPAS CONCEITUAIS 1. Levantamento de concepções prévias 2. Avaliação dos estudantes. 3. Avaliação de atividade interdisciplinar. 5. Instrução e aprofundamento de conceitos. 6. “Extrair” e “armazenar” expertise. 7. Acessar e reutilizar expertise. 8. Identificar a apresentação de tópicos em livros-texto. 9. Melhorar a compreensão de conceitos em aulas de laboratório. Conceitos básicos 10. Elaborar projetos. 11. Avaliar interpretação de textos. 12. Planejar casamento.

20 Construção de um mapa conceitual. QUESTÃO “foco”: QUEM SOU EU? Conceitos básicos

21

22

23

24

25

26 PROCEDIMENTOS PARA CONSTRUIR CMAPSCMAPS Conceitos básicos

27 “Everything that is spoken or written may be transformed to concept maps, and all good concept maps may be easily transformed back to ordinary speaking or writting.” MauriÅhlberg (University of Helsinki, Finland) “Tudo que é dito ou escrito pode ser transformado em mapa conceitual e todo o bom mapa conceitual pode ser facilmente transformado, de volta, na fala ou no texto original.”bom mapa conceitual texto original.” Conceitos básicos

28 No fundo, estamos discutindo sobre a questão da escolha entre TER e SER. Para se ter algo pouco se exige de energia interna ou emocional, basta se pagar o preço estipulado. Para ser de determinada maneira é necessária uma estruturação interna, uma disposição de mudança. A grande diferença entre esses dois estados é que se pode perder o que se tem, MAS NINGUÉM TIRA O QUE VOCÊ É. Algumas questões para pensar. Fonte : Artigo publicado por: Professor Doutor Romero Tavares – Departamento de Física/ UFPB

29 Não existe a necessidade de mudanças internas na aprendizagem memorística. O conhecimento é “absorvido” literalmente, é usado nos exames e, depois, é esquecido. Ele não passa a fazer parte de si, da estrutura cognitiva e da maneira de ser do estudante. Não enriquece a sua maneira de olhar o ambiente que o rodeia e os seus semelhantes.


Carregar ppt "Mapas conceituais e “Cmaptools” origem, conceitos básicos e possibilidades."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google