A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Liselena Farias Terek PCNP Ciências da Natureza Química / Ciências.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Liselena Farias Terek PCNP Ciências da Natureza Química / Ciências."— Transcrição da apresentação:

1 Liselena Farias Terek PCNP Ciências da Natureza Química / Ciências

2 A desidratação em geral é consequência de uma diarréia, quando a pessoa perde muito líquido. Ela é muito comum no Brasil, principalmente nas crianças com menos de cinco anos. Pode se tornar grave se não for tratada do modo adequado. Com certeza você já viu ou ouviu as campanhas feitas para diminuir os casos de desidratação. Uma delas é o preparo de soro que repõe as quantidades de líquido e de sais perdidos pelo organismo quando se tem diarréia. Há uns envelopes distribuídos pelas Secretarias de Saúde que servem para reidratar o organismo. Mas nem sempre há envelopes para todos. Por isso, é bom saber preparar um soro caseiro, caso seja necessário. Nos dois casos – o do envelope e o do soro caseiro – é preciso seguir as instruções à risca. Um soro muito fraco (solução diluída) de pouco adianta, e um soro muito forte ( solução concentrada) pode ser perigoso.

3 Material 1 envelope fornecido pela Secretaria de Saúde do seu município 1 litro de água previamente bem fervida Como Fazer Dissolva o conteúdo do envelope em 1 litro de água fervida fria. O soro deve se consumido em pequenas quantidades, às colheradas ou na mamadeira, e não pode ser usado depois de 24 horas. O envelope contém, secos, os seguintes ingredientes: 3,5 g de cloreto de sódio (sal de cozinha), 2,9 g de citrato trissódico, 1,5 g de cloreto de potássio e 20 g de glicose anidra. Material 1 colher de chá rasa ( ou 1 colher de medida) de sal de cozinha 4 colheres de sopa cheias ( ou 4 colheres de medida) de açúcar branco comum 1 litro de água fervida e já fria Como fazer Dissolva o sal e o açúcar na água. O soro deve ser usado dentro de 24 horas. Se você não dispuser das medidas exatas, pode usar uma pitada de três dedos de sal e um punhado de açúcar em um copo cheio de água fervida e esfriada.

4 O que está acontecendo A perda de potássio reduz a atividade muscular, a criança sente-se fraca, seu intestino fica paralisado e pode até ocorrer uma parada cardíaca. As consequências da falta de bicarbonato são alteração do funcionamento das células, distúrbio da circulação sanguínea e respiração ofegante. Nesses casos, é necessário e urgente procurar assistência médica. O soro caseiro é um tratamento bom e barato para as crianças com diarréia. Mas. Como ele não contém potássio e bicarbonato, é aconselhável que seja preparado com águana qual foram cozinhados legumes e verduras, ou chá preto, de carqueja, de folhas de maracujá ou de poejo, coisas ricas em potássio. Além disso, a criança deve comer alimentos como beterraba, banana, maça e coco, também ricos em potássio. Não se pode substituir o soro caseiro por qualquer tipo de refrigerante, porque quase nenhum deles contém sódio e potássio. O que está acontecendo A perda de potássio reduz a atividade muscular, a criança sente-se fraca, seu intestino fica paralisado e pode até ocorrer uma parada cardíaca. As consequências da falta de bicarbonato são alteração do funcionamento das células, distúrbio da circulação sanguínea e respiração ofegante. Nesses casos, é necessário e urgente procurar assistência médica. O soro caseiro é um tratamento bom e barato para as crianças com diarréia. Mas. Como ele não contém potássio e bicarbonato, é aconselhável que seja preparado com águana qual foram cozinhados legumes e verduras, ou chá preto, de carqueja, de folhas de maracujá ou de poejo, coisas ricas em potássio. Além disso, a criança deve comer alimentos como beterraba, banana, maça e coco, também ricos em potássio. Não se pode substituir o soro caseiro por qualquer tipo de refrigerante, porque quase nenhum deles contém sódio e potássio.

5 A água tem outras propriedades, além da ebulição e da solidificação, como, por exemplo, ela pode subir por um tubo muito estreito. Muitas substâncias têm propriedades iguais ou parecidas. É fácil descobrir quais são fazendo experimentos com a água, que está ao alcance de todos, é inodora e atóxica. Apesar de comum, a água tem algumas propriedades que não conhecemos. Em comparação com outros líquidos, ela dissolve um grande número de substâncias, tem uma temperatura de ebulição muito alta e por isso evapora mais devagar na temperatura ambiente. Essas propriedades são essenciais para o desenvolvimento da vida sobre a Terra.

6 Material água Álcool Vinagre Refrigerante óleo 4 copos descartáveis colher de plástico, ou canudo, ou palito de sorvete Como fazer Numere os copos e ponha um terço de água em cada um deles. Coloque o álcool aos poucos no primeiro copo; o vinagre no segundo; o refrigerante no terceiro; e o óleo, no quarto copo. Observe o que aconteceu e anote no caderno. Pegue a colher e misture s ingredientes de cada copo. Agora observe se as substâncias se misturam ou se ficaram separadas e anote o que observou. Você também pode misturar outros líquidos e observar o que acontece.

7 O que está acontecendo Quando juntamos água com álcool, o resultado é uma mistura homogênea das duas substâncias. Isso significa que elas têm as mesmas propriedades. Essa mistura se chama Solução, ou única fase, porque o líquido resultante é igual em todas as suas partes. O mesmo acontece quando misturamos, por exemplo, água com café, café com leite, refrigerante com água. Não conseguimos distinguir as coisas que entraram na mistura. Já a água e o óleo, quando colocados num mesmo copo, não se misturam. Só de olhar você consegue distinguir os dois. Por isso pode-se dizer que água e óleo formam duas fases.

8 Material água açúcar sal farinha areia 4 copos descartáveis colher de plástico, canudo ou palito de sorvete Como fazer Numere todos os copos e coloque água fria em cada um deles. No primeiro copo, ponha uma colher pequena de açúcar e misture. Observe o que aconteceu. Depois, ponha mais uma colher de açúcar e misture novamente. Faça isso várias vezes. Anote tudo o aconteceu no seu caderno. Faça a mesma coisa com sal, farinha e areia. Você também pode utilizar outras substâncias sólidas. Substitua a água fria por água quente e faça novamente os experimentos. Não se esqueça de contar quantas colheres de substâncias sólidas você colocou em cada copo.

9 O que está acontecendo Ao misturar água com açúcar, ou sal, você não consegue mais distinguir a substância sólida. Ela se dissolve na água, formando um sistema homogêneo, com uma única fase, ou uma solução. A substância sólida continua na água, mas só que em pedacinhos tão pequenos, chamados moléculas, que não conseguimos observá-la. Mas, se você colocar muita quantidade desse mesmo sólido na água, a partir de um determinado ponto, não será mais possível dissolvê-lo. Então aparecem duas fases: a solução de água e açúcar, ou água e sal, e o sólido puro. Quando se esquenta a água é possível dissolver maior quantidade de açúcar ou sal. A solubilidade aumenta com a temperatura. Outras substâncias sólidas, como, por exemplo, a farinha e a areia, não se dissolvem na água, são insolúveis.

10 Para saber mais É muito importante observar a velocidade com que uma substância se dissolve. Tente descobrir como isso pode acontecer mais rapidamente. Coloque num copo água fria e uma colher de açúcar. Não misture. Com um relógio com cronômetro marque quanto tempo o açúcar demora para se dissolver. Agora pense o que você pode fazer para o açúcar se dissolver mais devagar e mais depressa. É importante usar sempre a mesma quantidade de água e de açúcar. Veja o que acontece e anote tudo no seu caderno. Para saber mais É muito importante observar a velocidade com que uma substância se dissolve. Tente descobrir como isso pode acontecer mais rapidamente. Coloque num copo água fria e uma colher de açúcar. Não misture. Com um relógio com cronômetro marque quanto tempo o açúcar demora para se dissolver. Agora pense o que você pode fazer para o açúcar se dissolver mais devagar e mais depressa. É importante usar sempre a mesma quantidade de água e de açúcar. Veja o que acontece e anote tudo no seu caderno. O que está acontecendo A solubilidade, ou capacidade de as substâncias se dissolverem, geralmente aumenta quando se eleva a temperatura. A água e o açúcar são formados por partículas. No líquido, elas estão se movimentando, e isso ajuda no processo de dissolução. Se aumentamos a temperatura, as partículas se movimentam mais depressa, dissolvendo-se com mais facilidade. Se você mexer o líquido com a colher, acontecerá a mesma coisa. Quanto mais rápido você mexer, mais rápida vai ser a dissolução. O que está acontecendo A solubilidade, ou capacidade de as substâncias se dissolverem, geralmente aumenta quando se eleva a temperatura. A água e o açúcar são formados por partículas. No líquido, elas estão se movimentando, e isso ajuda no processo de dissolução. Se aumentamos a temperatura, as partículas se movimentam mais depressa, dissolvendo-se com mais facilidade. Se você mexer o líquido com a colher, acontecerá a mesma coisa. Quanto mais rápido você mexer, mais rápida vai ser a dissolução.

11 Material água 4 copos de plástico 1 tubinho capilar (tubo bem fino de vidro) um pouco de corante papel-toalha ou guardanapo de papel tecido de lã ou algodão um pedaço de plástico papel alumínio Como fazer Coloque água e um pouco de corante num copo. Afunde nela o papel-toalha. Faça o mesmo com os pedaços de tecido, de plástico e papel-alumínio. Depois, coloque o tubinho capilar dentro do líquido. Observe tudo e anote. O que está acontecendo A água subiu pelo capilar e o nível de líquido no tubo ficou maior do que o nível no copo. Esse fenômeno chama-se capilaridade. Isso acontece porque a pressão sobre a superfície da água que está no copo é maior que a pressão sobre o líquido que está dentro do tubo. Assim, o líquido sobe dentro do tubo até que as duas pressões fiquem iguais. No caso dos panos e do papel poroso, a água sobe porque as fibras do tecido ou do papel agem como se fossem tubos capilares. Já o plástico ou o alumínio não têm fibras.

12

13 BOM TRABALHO!!!


Carregar ppt "Liselena Farias Terek PCNP Ciências da Natureza Química / Ciências."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google