A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

OFICINA DE COMUNICAÇÃO UNIVERSIDADE VEIGA DE ALMEIDA -> Curso de Comunicação Social Prof. Érica Ribeiro Contato: Semestre 2009.2.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "OFICINA DE COMUNICAÇÃO UNIVERSIDADE VEIGA DE ALMEIDA -> Curso de Comunicação Social Prof. Érica Ribeiro Contato: Semestre 2009.2."— Transcrição da apresentação:

1 OFICINA DE COMUNICAÇÃO UNIVERSIDADE VEIGA DE ALMEIDA -> Curso de Comunicação Social Prof. Érica Ribeiro Contato: Semestre Aula 3 Pauta e briefing Fases da produção Formação de equipes

2 4º TEMPO ª aula: básico de Photoshop Laboratório de informática 9 de setembro: 1COM32A 16 de setembro: 1COM32B Mais: Filme A Velha a Fiar, de Humberto Mauro

3 O PROJETO Para desenvolver um projeto é preciso que se tenha uma solicitação ou que se trace as ideias básicas a se seguir. Há a necessidade de um documento que tenha as especificações e detalhes sobre o projeto a ser realizado. BRIEFINGPAUTA 1. Instruções e diretrizes transmitidas de forma resumida aos responsáveis pela execução de um determinado trabalho. 2. Diretrizes ou informações de um cliente à agência de propaganda sobre a criação ou desenvolvimento de determinada campanha. 3. Resumo escrito dessas diretrizes para orientação do Trabalho (BARBOSA, 2001) 1. Agenda ou roteiro dos principais assun- tos a serem noticiados. 2. Planejamento esquematizado do que deve ser tratado na matéria. 3. Anotação de temas que poderão ser desenvolvidos oportunamente. Fonte de criação de assuntos. Programas de coberturas e pesquisas a serem realizadas pela equipe de reportagem e redação (BARBOSA, 2001)

4 CONTEÚDO - BASE BRIEFINGPAUTA Nome do cliente e contatos Nome do projeto/produto Descrição Objetivos Público alvo Pesquisas Cronograma Equipe Peças e características Prazos Assunto – retranca Resumo do fato Tratamento dado a matéria Sugestão de lide Sugestão de perguntas Nomes e contatos Endereços e referências Possíveis ângulos, planos Pesquisa Dead Line

5 BRAINSTORMING Técnica de geração de ideias desenvolvida por Alex Osborn em 1963 e que significa, literalmente, tempestade cerebral. Consiste em reunir um grupo de pessoas em torno do tema e deixá-las produzir o maior número possível de ideias, sem qualquer crítica, por mais absurdas que possam parecer. Posteriormente, o resultado do brainstorming é analisado e as boas ideias que tiverem surgido em meio a tempestade são desenvolvidas (BARBOSA, 2001) Momento em que se decide parâmetros Se dá início a produção

6 A FESTA Imagine que você irá comemorar o seu aniversário e para isso irá fazer um churrasco para os seus amigos mais próximos. O QUE VOCÊ IRÁ PRECISAR FAZER? Vamos listar?

7 O QUE FAZ UM PRODUTOR? Se você consegue acordar de manhã animado para ir ao trabalho, se deseja superar desafios, se consegue lidar com um fluxo contínuo de tarefas e perguntas, se é ligeiramente obsessivo-compulsivo e gosta de exercer controle total e ainda se divertir, você tem as características necessárias para ser um bom produtor (KELLISON, 2007) Tarefas diversas: Planejamento Organização Roteiro Improvisação Gravação Edição Distribuição Mixagem Contratações etc

8 O QUE FAZ UM PRODUTOR? Ou seja, o produtor dá início ao projeto e o finaliza Sem um produtor não há projeto. É ele que impulsiona o projeto desde a ideia incial até a transmissão em cores (KELLISON, 2007) Produtor executivo -> pessoa que faz os negócios, capta fundos, contrata roteirista, diretor, elenco. Define e controla o orçamento Consultor de conteúdo -> responsável pela direção criativa de uma série Produtor (diretor de produção) -> concepção a transmissão. Coordena equipes. Diferentes funções

9 DEZ PONTOS NECESSÁRIOS PARA SER UM BOM PRODUTOR (KELLINSON, 2007) Ser completamente leal ao apresentador do programa 2.Manter a calma 3.Ter um ego pequeno 4.Dar atenção aos detalhes 5.Ser organizado 6.Ser capaz de tomar uma decisão rapidamente 7.Aprender a lidar com brincadeiras 8.Saber escolher as batalhas que vai lutar 9.Ser capaz de ouvir 10.Vestir-se com estilo Mais: colaboração, controle e resolução de problemas e conflitos e liderança

10 DESENVOLVIMENTO No entanto, trabalheremos de forma mais compacta, com três, assim sendo: PRÉ-PRODUÇÃO Ideia + Planejamento Conjunto de providências de produção anteriores ao registro das imagens. Envolve, a preparação de equipe, o planejamento, arranjos, ensaios, etc PRODUÇÃO O dia da gravação. PÓS-PRODUÇÃO Produto final + Etapas Atividas técnicas para finalização do trabalho (edição), distribuição, comercialização, divulgação. Segundo KELLINSON, são cinco os estágios que regem a produção: a ideia (desenvolvimento), o planejamento (pré-produção), a filmagem ou gravação (produção), o produto final (pós-produção) e próximas etapas (finalização e distribuição).

11 PRÉ-PRODUÇÃO Fase em que o projeto ganha dimensão e textura Momento em que se planeja a produção, se faz um cronograma e se toma decisões para evitar a perda de tempo Montar planilhas para as gravações Escolha da equipe CADERNO DE PRODUÇÃO Organização dos detalhes que envolvem a produção: contatos, endereços, páginas do roteiro, cronograma, lista do elenco, cenografia, figurino, detalhes sobre transporte e alimentação, contatos de emergência próximos a locação, autorizações de locações, fichas de autorização de imagem, orçamento, previsão do tempo etc

12 EQUIPE Há muitos envolvidos na produção de um produto audiovisual: Chefes de departamentos Diretor Diretor de fotografia Gerente de produção Assistente de direção Sonoplasta Produtor de arte Supervisor de pós-produção Equipe técnica de apoio Pesquisador Redatores e revisores Artista p/ Storyboard Diretor de iluminação Operador de câmera Assistente de câmera Fotógrafo Iluminador Assistente de iluminação

13 EQUIPE Administrativa Secretária de produção Continuísta Produtor de locação Chefe de alimentação Chefe de transportes Assistente de produção Arte Cenógrafo Decorador Produtor de objetos Assistentes Figurinista ou estilista Camareira Cabelereiro Maquiador Áudio Operador de microfone (boom) Técnico de som Assistente de áudio

14 OS DEZ MAIS (nove segundo Kellison) Telefone: não é para bater papo, é para contatos! 2.Refeições: alimentar as pessoas é importante 3.Dirigir -> não se sabe o que pode acontecer. Tenha carteira de habilitação válida 4.Burocracia -> anote tudo 5.Computadores -> tem muitos softwares que facilitam a vida do produtor, como planilhas no Excel 6.Internet-> saiba como buscar informações na rede 7.Trajes -> Bolsos são essenciais na roupa de um produtor e sapatos confortáveis 8.Mapas -> encontrar as locações facilmente 9.Caderno de produção -> tudo deverá estar nele, não? 10.(extra) Check list -> uma lista rápida de tudo que não se pode esquecer

15 PRODUÇÃO Momento do AÇÃO! Se algo pode dar errado, esteja certo que é nesse momento que isso vai acontecer! Recepção da equipe Figurino, cabelo e maquiagem Preparação da locação Acompanhamento de água e alimentação Resolução de problemas Autorizações Pré-decupagem de material -> TIME CODE Identificação de material utilizado

16 CONSELHOS PARA O PRODUTOR Chegue antes da equipe técnica e confira o check list para não haver atrasos 2.Tenha as autorizações em mãos 3.Leve para a gravação materiais que podem ser úteis: tesoura, cola, fita crepe, fita isolante, remédio, pente, pó compacto etc. 4.Teste as fitas antes de usar* 5.Leve mais de uma fita* 6.Confirme o figurino com seu entrevistado 7.Equipe deve evitar saias, bermudas, camisetas, tops 8.Apresentadores e repórteres: roupas sóbrias -> QUEM DEVE SER NOTÍCIA É O ASSUNTO E NÃO O REPÓRTER 9.Cuidado com anéis, pulseiras, cordões e afins 10.Anote o nome e a profissão de todas as pessoas entrevistadas

17 PÓS-PRODUÇÃO Etapa final da produção de um audiovisual Tudo que foi produzido ganha sentido e coerência Você economiza tempo e dinheiro na fase de pós-produção quando: Organiza as fitas e os registros das fitas Decupa e faz o resgitro das cenas Organiza as etapas da edição Faz um roteiro de edição para o momento de edição na illha Já sabe quais serão os formatos de saída e distribuição O processo de DECUPAGEM consiste em anotar o conteúdo de uma mídia de acordo com o tempo em que está localizado (TIME CODE) Ex.: 1h a 1h Copo sobre a mesa

18 PÓS-PRODUÇÃO Conclusão do projeto e entrega -> ajustes finais Fechamento de contas X orçamento Edição (finalização, trilha sonora, computação gráfica etc) Cópias Lançamento Divulgação Atualização do caderno de produção

19 REFERÊNCIAS UTILIZADAS KELLISON, Catherine. Produção e direção para TV e vídeo: uma abordagem prática. Rio de Janeiro: Elsevier, Apostila de Oficina de Comunicação


Carregar ppt "OFICINA DE COMUNICAÇÃO UNIVERSIDADE VEIGA DE ALMEIDA -> Curso de Comunicação Social Prof. Érica Ribeiro Contato: Semestre 2009.2."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google