A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

TV Mímica Um Programa televisivo com fins Educacionais. Aquiles Burlamaqui (UERN/UFRN) Diogo Bezerra (UERN) Igor Rosberger (UERN) Akynara Aglaé (UFRN)

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "TV Mímica Um Programa televisivo com fins Educacionais. Aquiles Burlamaqui (UERN/UFRN) Diogo Bezerra (UERN) Igor Rosberger (UERN) Akynara Aglaé (UFRN)"— Transcrição da apresentação:

1 TV Mímica Um Programa televisivo com fins Educacionais. Aquiles Burlamaqui (UERN/UFRN) Diogo Bezerra (UERN) Igor Rosberger (UERN) Akynara Aglaé (UFRN)

2 TV Mímica Contextualização; Contextualização; Objetivos; Objetivos; Caracterização do Projeto; Caracterização do Projeto; Metodologia; Metodologia; Especificação das atividades; Especificação das atividades; Avaliação; Avaliação; Considerações Finais. Considerações Finais.

3 Inclusão Digital

4 TV Mímica "Para fazer INCLUSÃO DIGITAL usando tecnologia de ponta, só com muita ginga mesmo. E isso nós temos de sobra! Faça parte desse movimento." Prof. Aquiles Burlamaqui.

5 O que é incluir digitalmente? A inclusão digital não pode ser reduzida a mera incorporação ou acúmulo de maior número de máquinas e sistemas de informação e comunicação. É mais que isso! É preciso saber manejá-las e explorá-las com eficiência. O cidadão precisa saber tirar delas o melhor proveito, garantindo a qualidade de vida, cumprindo assim, com seu papel social. Jorge Wertheim Inclusão digital (ou exclusão) no Brasilhttp://www.jorgewerthein.com/inclu.htm

6 TV Mímica Objetivos claros, Objetivos claros, Professores (des) preparados, Professores (des) preparados, Comunidade escolar envolvida com o projeto. Comunidade escolar envolvida com o projeto.

7 TV Mímica Documentos: Lei de Diretrizes e Bases da Educação Brasileira: Art. 32.: O ensino fundamental obrigatório, com duração de 9 (nove) anos, gratuito na escola pública, iniciando-se aos 6 (seis) anos de idade, terá por objetivo a formação básica do cidadão, mediante: I-... I-... II - a compreensão do ambiente natural e social, do sistema político, da tecnologia, das artes e dos valores em que se fundamenta a sociedade; (Redação dada pela Lei nº , de 2006). II - a compreensão do ambiente natural e social, do sistema político, da tecnologia, das artes e dos valores em que se fundamenta a sociedade; (Redação dada pela Lei nº , de 2006).

8 TV Mímica Documentos Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN): Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN): Indicam como objetivos do Ensino Fundamental que os alunos sejam capazes de: […] Saber utilizar diferentes fontes de informação e recursos tecnológicos para adquirir e construir conhecimentos;

9 TV Mímica Como e Por que? Procurando explorar o potencial que a TV Digital nos oferece, estamos desenvolvendo uma aplicação para TV - Digital, a qual recebeu o nome de TV Mímica. Procurando explorar o potencial que a TV Digital nos oferece, estamos desenvolvendo uma aplicação para TV - Digital, a qual recebeu o nome de TV Mímica. O projeto objetiva a criação de ambiente de aprendizagem voltado para auxilio no processo de alfabetização de alunos do Ensino Fundamental I. O projeto objetiva a criação de ambiente de aprendizagem voltado para auxilio no processo de alfabetização de alunos do Ensino Fundamental I. Duas implementações: Ginga-NCL / Ginga-J. Explorando o que há de melhor em cada abordagem. Duas implementações: Ginga-NCL / Ginga-J. Explorando o que há de melhor em cada abordagem. As atividades estão desenvolvidas em etapas, as quais evoluem mediante o sucesso do aluno/telespectador na resolução dos problemas propostos

10 TV Mímica Objetivos Realizar experimentos de inserção digital envolvendo a TVDI (TV Digital Interativa) em escolas, a priori pública, Realizar experimentos de inserção digital envolvendo a TVDI (TV Digital Interativa) em escolas, a priori pública, Por meio do jogo educativo, os alunos terão a possibilidade de reforçar conhecimentos gramaticais, fazer associações (imagem/palavra/frase) e trabalhar o raciocínio lógico, Por meio do jogo educativo, os alunos terão a possibilidade de reforçar conhecimentos gramaticais, fazer associações (imagem/palavra/frase) e trabalhar o raciocínio lógico, Promover interação sujeito x TV (Filosofia da TVDI), Promover interação sujeito x TV (Filosofia da TVDI), Explorar as potencialidades da tecnologia como forma de auxiliar no trabalho realizado pelas professoras da instituição (Alfabetização); Explorar as potencialidades da tecnologia como forma de auxiliar no trabalho realizado pelas professoras da instituição (Alfabetização); Minimizar a questão da EXCLUSÃO DIGITAL. Minimizar a questão da EXCLUSÃO DIGITAL.

11 Como se caracteriza o projeto: A TV Mímica vêm dar suporte ao trabalho docente na alfabetização de alunos. (Realidade Escolar- Dificuldades em alfabetizar-se 4º e 5º ano) A TV Mímica vêm dar suporte ao trabalho docente na alfabetização de alunos. (Realidade Escolar- Dificuldades em alfabetizar-se 4º e 5º ano) A TV Mímica será utilizada a princípio semanalmente para que haja familiarização/ De acordo com a necessidade do professor. A TV Mímica será utilizada a princípio semanalmente para que haja familiarização/ De acordo com a necessidade do professor.

12 Como se caracteriza o projeto? CAMPO EMPÍRICO: Escola Municipal Manoel Duarte Filho (Cana Brava – Macaíba). PÚBLICO ALVO: Alunos de 1º ao 5º ano, incluindo alunos portadores de necessidades especiais. CRITERIOS SELEÇÃO ESCOLA: Município de Macaíba- baixa colocação na Prova Brasil Escola localizada na Zona Rural do Município. (Falta de perspectivas do alunado).

13 Como se caracteriza o projeto? Equipe: Coordenador Geral: Prof. Aquiles Medeiros F. Burlamaqui. Monitores de Programação: Diogo Bezerra e Igor Rosberger. Apoio Pedagógico: Akynara Aglaé. PROJETO X ESCOLA

14 Metodologia Utilizada Sondagem dos conhecimentos prévios do aluno; (Introduzir a atividade). Sondagem dos conhecimentos prévios do aluno; (Introduzir a atividade). Expor o programa TV Mímica, Expor o programa TV Mímica, Resolução das atividades propostas pelo programa via controle remoto, Resolução das atividades propostas pelo programa via controle remoto, Intervenção do professor quando necessário. Intervenção do professor quando necessário.

15 TV Mímica- Especificação das Atividades. Mímicas e Figuras: 1.O aluno- telespectador deverá adivinhar que figura estará relacionada à mímica apresentada. (Vídeo de demonstração). 2. Objetivos da Atividade: Associação Imaginação Criatividade Percepção Conhecimentos Prévios (...)

16 TV Mímica- Especificação das Atividades. Mímica e Letras: 1.Por meio da linguagem labial, o aluno- telespectador tentará adivinhar a letra que corresponde a mímica labial. (Auxilio na alfabetização de alunos com necessidades especiais/surdo-mudo. 2.Objetivos: Conhecimento Inicial do Alfabeto Memória Auditiva e Visual; Fonética (sons da palavra/letra); Associação (...)

17 TV Mímica Mímicas e Palavras : 1.Neste passo o aluno- telespectador terá que, por meio da mímica, adivinhar a palavra correspondente. 2.Objetivos: Aumento do repertório de letras; Significados Palavras Associação Conhecimentos Prévios Fonética Ortografia (...)

18 TV Mímica Mímica e Frases: 1.Um nível mais avançado de atividade. O aluno terá então que adivinhar, por meio da mímica, frases correspondentes. (Ditados Populares). 2.Objetivos: Aumento do repertório de significados. Ortografia Assimilação Conhecimentos Prévios(...) OBS: Nesta etapa o aluno já deverá ter se apropriado do código linguístico.

19 TV Mímica AVALIAÇÃO 1. Avaliando os alunos: Avaliação será feita com base em relatórios bimestrais sobre o desenvolvimento do alunos com dificuldade em alfabetizar-se, construídos pelas professoras da instituição, objetivando o acompanhamento continuo do alunado. (Antes e Depois). 2. Avaliando o Projeto: Auto-Avaliação (Equipe) Docentes da Instituição avaliam o Projeto TV Mímica, por meio de questionários.

20 TV Mímica Considerações Finais: É importante ressaltar que tal tecnologia, a TV Mímica, não irá suprir todas as necessidades de mediação pedagógica, a mesma dará suporte ao processo de alfabetização dos alunos participantes. O recurso tecnológico (Programa TV Mímica) não é o ator principal desta operacionalização, ela é elemento COADJUVANTE no processo, portanto o PROFESSOR sempre será a chave mestre para o sucesso de qualquer projeto que despende o uso de aparatos tecnológicos. Desta forma iremos formar sujeitos realmente capazes de utilizar a tecnologia de forma inteligente. Equipe TV Mímica.

21 Colaboradores? Sugestões? Criticas?


Carregar ppt "TV Mímica Um Programa televisivo com fins Educacionais. Aquiles Burlamaqui (UERN/UFRN) Diogo Bezerra (UERN) Igor Rosberger (UERN) Akynara Aglaé (UFRN)"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google