A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Enterprise Knowledge Development Sistema de Informações IV Alexandre F. Costa Ary Alves Araújo Fabricio Martino.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Enterprise Knowledge Development Sistema de Informações IV Alexandre F. Costa Ary Alves Araújo Fabricio Martino."— Transcrição da apresentação:

1 Enterprise Knowledge Development Sistema de Informações IV Alexandre F. Costa Ary Alves Araújo Fabricio Martino

2 Enterprise Knowledge Development EKD é um framework (estrutura) para que se possa : Articular Modelar Conhecer (reasoning) Os problemas de conhecimento que ocorrem normalmente em organizações

3 Histórico do EKD trabalho que originou esse método iniciou-se nos anos 1980 pelo projeto Plandata, e foi refinado pelo Swedish Institute for Systems Development (Instituto Sueco para o Desenvolvimento de Software), no final dos anos 1980

4 Histórico do EKD Modelo de Negócio do SISU Modelo Organizacional ESPRIT F3 (From Fuzzy to Formal). EKD

5 Histórico do EKD

6 Users of EKD Ericsson Data Systems Sweden Post Swedish Defence Volvo Stockholm Energi

7 Projetos relacionados ELEKTRA Hyperbank ELKD F3 TEMPORA

8 Qual o propósito do EKD Prover uma visão clara e não ambígua de: Como a empresa funciona atualmente Quais são os motivos para uma mudança e os seus requisitos Quais as alternativas que podem ser projetadas para atingir os requisitos As maneiras de avaliar essas alternativas

9 Artefatos do EKD Os artefatos são modelos conceituais que apresentam a empresa em perspectivas diferentes mas interrelacionadas O Modelo da Empresa é a coleção de todos os modelos EKD feitos para ela Junto aos modelos, informações podem ser acopladas como: critérios de avaliação e parâmetros para medição.

10 Para que serve o EKD ? Modo de entendimento e comunicação entre os desenvolvedores do EKD e entre os desenvolvedores e os stakeholders O termo stakeholder foi introduzido para nomear a todos os envolvidos no projeto, diretamente ou indiretamente, ou que tenha interesse no resultado do projeto É um ponto de referencia comum a todas as áreas da empresa (não pertence a um dono ou um grupo particular)

11 Para que serve o EKD ? É independente de plataforma (MDA/CIM) – um mesmo modelo pode ser implementado em diferentes plataformas tecnológicas. O Modelo da Empresa só precisará ser mudado se o contexto onde a empresa existe e opera muda Nesse momento o Modelo da Empresa pode ser usado como uma ferramenta para avaliar opções, assim o custo de cada opção pode ser avaliado, assim como todos os aspectos relacionados.

12 Descrição técnica O EKD Enterprise Model é um conjunto de sub- modelos. Cada um deles representa um aspecto da empresa. Cada modelo serve para responder a algumas perguntas sobre a empresa. A respostas a essas perguntas trarão o conhecimento sobre a empresa.

13 Goals Model Perguntas a serem respondidas: Qual direção que a empresa deve tomar ? Quais são os objetivos da empresa ? Qual a importância, nível crítico e prioridades dos objetivos ? Como os objetivos estão relacionados entre si ? Quais são os problemas que impedem que os objetivos sejam alcançados ?

14 Goals Model Concentrado na descrição de idéias da organização. Descreve o que a organização e os empregados querem alcançar ou evitar, e quando.

15 Goals Model - componentes Components of Goals Modelling goal problem cause constraint opportunity The link types between these entities are: supports hinders conflicts

16 Goals Model – Goal component Goal ou objetivo é um estado ao qual se deseja alcançar optional variables priority and criticality (with possible values: low, medium, high),

17 Goals Model – Problem component Problema é um estado atual não desejado, que impede que um objetivo(goal) seja alcançado two sub-types: threat and weakness

18 Goals Model – Cause component Causa é o que explica ou mostra a razão da existência de um problema.

19 Goals Model – Constraint component Uma restrição expressa (além de restrições), leis, regras, políticas do mundo externo que afetam a empresa As regras internas são definidas no Business Rules Model.

20 Goals Model – Supports relationship É usada para refinamento de objetivos ou outros componentes

21 Goals Model – Hinders relationship Esse relacionamento é o oposto do suports. Mostra um item que impede que um outro aconteça

22 Goals Model – Conflicts relationship Mostra um conflito entre componentes.

23 Goals Model – AND / OR decomposition

24

25 Business Rules Model Perguntas a serem respondidas : Quais as regras que afetam os objetivos da organização ? Quais são as políticas da empresa que estão estabelecidas ? Como as regras de negócio estão relacionadas com os objetivos ? Como os objetivos podem ser auxiliados pelas regras ?

26 Business Rules Model Usado para definir e manter explicitamente regras do negócio formuladas e consistentes com o Modelo de Objetivos. Regras do Negócio podem ser vistas como operacionalização ou como limites dos objetivos

27 Business Rules Model - componentes Business rules may be categorised into: derivation event constraint Constraints can be further specialised into: Static Transition The relationship types between rules in the Business Rules Model are: Supports Hinders

28 Business Rules Model - componentes

29

30 Derivation BR – são regras que se derivaram( ou compõem outras regras) Event-action BR – são gatilhos e pré-condições para execução de atividades. Constraint BR – garantem integridade da informação ou dos componentes Static Constraint BR – São condicões independentes de tempo - essas restrições devem ser atendidas a todo o tempo Transition Static Constraint BR – São condições momentâneas que são necessárias durante a execução de atividades.

31 Information Model Perguntas a serem respondidas: Quais entidades ou objetos (conceitos) existem ou estão relacionados com a empresa ? ( incluindo seus relacionamentos com os objetivos, atividades e processos, e atores) Como essas entidades são definidas ? Quais as regras de negócio e restrições que afetam essas entidades e processos ?

32 Information Model Usado estritamente para definir coisas e fenômenos relacionados a outros modelos. Representa entidades organizacionais, atributos e relacionamentos. Entidades são usadas para definir mais estritamente expressões do Modelo de Objetivos, tanto quanto o conteúdo do conjunto de informação do Modelo de Processos do Negócio

33 Information Model There exist the following components in the Information Model: entity attribute Entities can be related to each other by means of semantic relationships: binary relationship ISA relationship PartOF relationship

34 Information Model – Entity component É uma coisa do domínio da empresa, que é necessário conhecer, que desejamos caracterizar, usando relacionamentos com outras entidades

35 Information Model – Attribute component É uma entidade usada para caracterizar outra entidade

36 Information Model – Binary relationship Ocorre entre duas entidades

37 Information Model – PartOf relationship Para composições e agregações

38 Business Process Model Perguntas a serem respondidas: Quais as atividades e processos que existem, ou que deveriam existir, para gerenciar a empresa em concordância com os seus objetivos ? Como os processos de negócio, tarefas e atividades devem ser executadas ? Quais são as informações (ou insumos) necessários para esses processos, atividades, tarefas, etc ?

39 Business Process Model Usado para definir processos organizacionais, e a forma pela qual eles interagem e manuseiam a informação e os materiais. Um processo de negócio deve consumir as entradas (informação e/ou material) e produzir uma saída (informação e/ou material). Em geral o MPN é similar aos tradicionais modelos de diagramas de fluxo de dados (DFD).

40 Business Process Model process external information

41 Business Process Model – process component Consome um insumo e produz um material É controlado por uma séria de regras Tem relacionamento com os atores do modelo Actors and Resources É esperado que consuma recursos e tempos limitados

42 Business Process Model – external process component É um processo que esta fora do escopo da organização, mas que precisa ser documentado São considerados as fontes dos insumos ou a finalidade para algum material.

43 Business Process Model – information component É o material produzido ou o insumo consumido entre os processos

44 Actors and Resources Model Perguntas a serem respondidas : Quem deve executar os processos e as tarefas? Como que a hierarquia e a responsabilidade está definida ?

45 Actors and Resources Model Usado para descrever como diferentes atores e recursos se relacionam, e como eles são relacionados a componentes do Modelo de Objetivos e a componentes do Modelo do Processo do Negócio. Por exemplo: um ator pode ser responsável por um particular processo no Business Process Model ou um ator pode buscar um particular objetivo no Goals Model

46 Actors and Resources Model componentes Actors and resources can be: Individual Organisational Non-human resources Roles Binary relationships : responsibility dependency Other relationships : ISA PartOF

47 Actors and Resources Model - Individual component É uma pessoa na empresa.

48 Actors and Resources Model - Organisational unit component É um departamento, sessão, divisão, time de projeto.

49 Actors and Resources Model - Non- human resources component Podem representar máquinas, equipamentos, software, sistemas de qualquer tipo.

50 Actors and Resources Model – Roles component São os papeis que podem ser executados pelos Individuals, Organization Units ou até mesmo os Non-Human resources.

51 Actors and Resources Model – Responsibility relationship Organizacionais – Liberdade que um ator tem em tomar decisões sobre objetivos, regras, recursos etc... actor_defines_goal actor is_responsible_for goal actor_defines_rule actor is_responsible_for rule actor is_responsible_for resource actor is_responsible_for business_process actor_owns_resource actor monitors another actor

52 Actors and Resources Model – Responsibility relationship Operacionais – execução de tarefas. Qual ator executa a tarefa. Define hierarquia

53 Actors and Resources Model – ISA

54 Actors and Resources Model – PartOf

55 Technical Components and Requirements Model Perguntas a serem respondidas: Quais os requerimentos de software (ou do sistema de informação) que são geradas pelos processos de negócio ? Qual a importância do sistema de informação para a evolução do negócio ?

56 Technical Components and Requirements Model Usado quando a proposta do EKD é ajudar a definir os requisitos para o desenvolvimento de um sistema de informação. Esse modelo direciona para o sistema técnico que é necessário para apoiar os objetivos, processos e atores da organização. O MCRT é uma tentativa inicial de se definir toda a estrutura e propriedades do sistema de informação, para apoiar as atividades do negócio, como definido no MPN

57 Technical Components and Requirements Model Information System Goal Information System Problem Information System Requirement Funcionais e Não-Funcionais

58

59 Exemplo de Goals Model

60 Exemplo de Business Rules Model

61 Exemplo de Information Model

62 Exemplo de Actors and Resources Model

63 Relationships Between the EKD Sub-models

64


Carregar ppt "Enterprise Knowledge Development Sistema de Informações IV Alexandre F. Costa Ary Alves Araújo Fabricio Martino."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google