A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Teresina, Novembro/2008 Índice de Gini Pessoas de 10 Anos no Piauí – 2002/2007 Fonte: IBGE, Diretoria de Pesquisas, Coordenação de Trabalho e Rendimento,

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Teresina, Novembro/2008 Índice de Gini Pessoas de 10 Anos no Piauí – 2002/2007 Fonte: IBGE, Diretoria de Pesquisas, Coordenação de Trabalho e Rendimento,"— Transcrição da apresentação:

1

2 Teresina, Novembro/2008 Índice de Gini Pessoas de 10 Anos no Piauí – 2002/2007 Fonte: IBGE, Diretoria de Pesquisas, Coordenação de Trabalho e Rendimento, PNAD 2007 Gini = 0 (perfeita distribuição de renda) Gini = 1 (extrema desigualdade de renda)

3 Teresina, Novembro/2008 : Índice de Desenvolvimento Humano – 1991/2005 IDH ideal = 1 Fonte: PNUD/Fundação João Pinheiro

4 Teresina, Novembro/2008 Taxa de Analfabetismo do Piauí – Fonte: PNAD/ Fundação CEPRO

5 Teresina, Novembro/ Var % Var % Brasil ,72 10,08 Nordeste ,85 12,81 Piauí ,65 15,92 Consumo de Cimento em Mil Toneladas – Fonte: Sindicato Nacional da Indústria do Cimento

6 Teresina, Novembro/2008 Evolução Absoluta do Número de Vínculos Empregatícios no Piauí – 1985/2007 Fonte: Ministério do Trabalho e Emprego (RAIS). VARIÁVEL Var % EMPREGADOS ,42

7 Teresina, Novembro/2008 Fonte: Ministério do Trabalho e Emprego (RAIS). Variação Percentual entre 2003 e 2007 ficou em mais de 305%

8 Teresina, Novembro/2008 Evolução do Número de Estabelecimentos Formais no Piauí – 1985/2006 VAR % ,45 Fonte: Ministério do Trabalho e Emprego (RAIS).

9 Teresina, Novembro/2008 MÉDIA DE ANOS DE ESTUDO DAS PESSOAS DE 10 ANOS OU MAIS DE IDADE PIAUÍ – Fontes: IBGE, Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios – PNAD.

10 Teresina, Novembro/2008 Indicadores Demográficos do Piauí – Fonte: IBGE, Síntese de Indicadores Sociais. Discriminação/Ano Taxa Bruta de Natalidade24,7524,1923,6923,3121,4 Taxa Bruta de Mortalidade7,367,086,996,976,5 Esperança de Vida ao Nascer66,66767,868,268,5 Taxa de Mortalidade Infantil22,2621,819,5519,818,76

11 PRODUTO INTERNO BRUTO (PIB) DO PIAUÍ Teresina, Novembro/

12 PIB do Piauí a preço de mercado corrente 2006 R$ Bilhões Renda Per Capita R$ 4.213,00 Variação Real do PIB Estadual em 2006/2005 6,1%

13 Taxa de Crescimento (%) do PIB a pb – Piauí, Nordeste e Brasil Crescimento médio anual Brasil 4,3% Nordeste 5,3% Piauí 5,6%

14 Produto Interno Bruto a Preços Correntes do Piauí Anos Valor ( R$ ) Pib a preço de mercado corrente

15 Participação do Piauí no PIB do Brasil 0,04% = R$ 813,89 milhões Anos% 20020, , , , ,54

16 Variação do Volume do Valor Adicionado do PIB do Piauí por Atividade Econômica 2006/2005 Comércio16,18% Indústria da Construção Civil13,37% Financeiro13,20% Indústria Extrativa Mineral10,33% Alojamento e Alimentação9,84% Serviços Prestados às Empresas6,52% Agricultura,Silvicultura e Exploração Florestal6,35% Indústria de Transformação2,95% Transporte2,83% SIUP2,13% Aluguel1,97% Serviços Prestados às Familias1,15% APU1,09% Informação0,62% Saúde e Educação Mercantil0,03% Pecuária e Pesca0,01% Serviços Domésticos-1,72%

17 Resultados do PIB a pb da Agropecuária foram influenciados por: DESEMPENHO SETORIAL A Agricultura teve crescimento de 6,4%. Lavoura permanente. Castanha de caju, cresceu 71%. Lavoura Temporária. Feijão cresceu 41%; Mandioca cresceu 33% Soja teve retração da ordem de 34%, queda nos preços. Redução na participação da agricultura (5,48% em 2006 contra 7,29% em 2003). A Pecuária manteve-se estável. 

18 Resultados do PIB a pb da Indústria foram influenciados por : DESEMPENHO SETORIAL A Industria de Transformação assinalou crescimento de 2,95%. Mais de 80% é setor industrial formal e 22,1% que cresceu 5% em A Construção Civil cresceu 13,37%(verticalização de Teresina, estradas). Extrativa Mineral cresceu 10,33%, pesa pouco (0,13%) Serviços Industriais de Utilidade Pública − SIUP, cresceu em ,13%.

19 Resultados do PIB a pb dos Serviços foram influenciados por : DESEMPENHO SETORIAL Os Serviços Prestados às Empresas obtiveram crescimento de 6,52%. O crescimento dos custos dos serviços foi um fator de importante estímulo à terceirização. O Setor Financeiro ( cresceu 13,20%) está associado ao desempenho do conjunto das atividades produtivas (agropecuária, comércio, indústria, etc.),a disponibilidade de crédito foi importante para o crescimento da atividade. As Atividades Imobiliárias e Aluguéis ( cresceram no período de 1,97%). Compra, venda, administração de imóveis, também os serviços de aluguéis de veículos, máquinas, equipamentos e objetos de uso pessoal.

20 Resultados do PIB a pb dos Serviços foram influenciados por : DESEMPENHO SETORIAL O Comércio registrou em 2006 crescimento da ordem de 16,18%, O desempenho do comércio varejista como um todo foi significativo, (19,18%). Venda de novos veículos (nacionais e importados), cresceu 23%. Aumento no volume de crédito para os consumidores. Crescimento do setor Informal 31%, representa 30% do total do Comércio Produtos Alimentares cresceu 10% (melhoria de renda do trabalhador) A Atividade de Transporte experimentou crescimento de 2,83%, O transporte aéreo, cresceu em 2006, 14%. As atividades de Alojamento e Alimentação (turismo) juntas cresceram 9,84%, O Alojamento experimentou crescimento de 20%. A Administração Pública em 2005 cresceu 1,09%, e pesa 26,52%.

21 Resultados do PIB a pb dos Serviços foram influenciados por : DESEMPENHO SETORIAL O desempenho da Atividade de Informação − que incorpora as atividades de telefonia, atividades cinematográficas e vídeo, atividades de rádio e televisão, atividades de informática e serviços relacionados em 2006 − experimentou um pequeno crescimento de 0,62%. Este desempenho foi influenciado pela telefonia móvel, que cresceu no período 5%.

22 Resultados do PIB a pb dos Serviços foram influenciados por : DESEMPENHO SETORIAL Os Serviços Prestados às Famílias registraram expansão de 1,15%. O componente de informalidade desta atividade é muito alto, e em 2006 registrou crescimento de 3%. São estimados por esta atividade o valor adicionado à economia pelas atividades recreativas, culturais e desportivas; serviços pessoais, como lavanderias, cabeleireiros, funerárias, e atividades associativas, tais como igrejas e administração de condomínios prediais. Serviços Domésticos experimentou retração -1,72%

23 Agropecuária: 9,51% Indústria: 16,95% Serviços: 73,54% PRODUTO INTERNO BRUTO (PIB) A estrutura setorial do PIB piauiense tem a seguinte composição em 2006

24 PARTICIPAÇÃO DAS ATIVIDADES ECONÔMICAS DO VALOR ADICIONADO BRUTO DO PIAUÍ

25 Presidente da Fundação CEPRO: Oscar de Barros Sousa Elaboração: Joana D’arc Fortes Portela Barbosa Evaristo Alves dos Reis Júnior Maria de Fátima Facchinetti de Almendra Freitas FUNDAÇÃO CENTRO DE PESQUISAS ECONÔMICAS E SOCIAIS DO PIAUÍ (CEPRO) Slides e projeção: Eduyges Martins da Silva


Carregar ppt "Teresina, Novembro/2008 Índice de Gini Pessoas de 10 Anos no Piauí – 2002/2007 Fonte: IBGE, Diretoria de Pesquisas, Coordenação de Trabalho e Rendimento,"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google