A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Custos de Produção Profª. Paula Cares 3º período de Administração 02/06/2011.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Custos de Produção Profª. Paula Cares 3º período de Administração 02/06/2011."— Transcrição da apresentação:

1 Custos de Produção Profª. Paula Cares 3º período de Administração 02/06/2011

2 Introdução TEORIA DA PRODUÇÃO: para produzir as empresas dependem dos fatores de produção – terra, capital e trabalho. TEORIA DOS CUSTOS: são os gastos realizados pela empresa na aquisição dos fatores fixos e variáveis que foram utilizados no processo produtivo.

3 TEORIA DA PRODUÇÃO É o processo de transformação dos fatores de produção adquiridos pela empresa em produtos para a venda no mercado.

4 CUSTOS DE PRODUÇÃO CT = CF + CV Custos Totais: são a soma dos custos fixos (CF) e variáveis (CV) realizados durante o processo produtivo. Custos fixos totais : correspondem a parcela dos custos totais que independem dos níveis de produção. São decorrentes dos fatores fixos de produção. Custos variáveis totais: correspondem a parcela dos custos totais que variam conforme os níveis de produção. São decorrentes dos fatores variáveis de produção.

5 Curto prazo x Longo prazo No curto prazo, devemos considerar os custos fixos e variáveis. No longo prazo, todos os fatores variam, portanto apresentando somente custos variáveis.

6 CUSTOS UNITÁRIOS DE PRODUÇÃO Custos unitários: são os custos por unidade do produto. Os custos unitários envolvem: - o custo fixo médio (CFMe), - o custo variável médio (CVMe), - o custo médio (CTMe) e, - o custo marginal (CMg).

7 CUSTOS UNITÁRIOS DE PRODUÇÃO Matematicamente, estes custos são expressos por: Custo Total Médio CTMe = CT / q Custo Fixo Médio CFMe = CF / q Custo Variável Médio CVMe = CV / q Custo Marginal CMa = CT/Q

8 Representação Gráfica os Custos Totais e Unitários:

9 Análise das Situações de Lucratividade da Firma Caso 1: P < CVMe MIN.

10 Análise das Situações de Lucratividade da Firma Nesta situação a firma está incorrendo em prejuízo. Nesta situação, a empresa deverá fechar suas portas, ou seja, parar de produzir. Como já sabemos, a firma deixando de produzir terá prejuízo equivalente aos custos fixos.

11 Análise das Situações de Lucratividade da Firma Caso 2: P = CVMe MIN.

12 Análise das Situações de Lucratividade da Firma Neste caso, a empresa está pagando apenas os custos variáveis. Embora tendo prejuízo equivalente aos custos fixos, recomendase que a firma permaneça no mercado, pois eventuais aumentos de preços podem conduzir a firma a uma posição de lucratividade.

13 Análise das Situações de Lucratividade da Firma Caso 3: P = CTMe MIN.

14 Análise das Situações de Lucratividade da Firma Neste caso, a empresa, embora esteja experimentando lucro nulo - receita total igual ao custo total - todos os fatores de produção estão sendo remunerados, inclusive os salários e dividendos do dono do empreendimento, administrador, e técnico. Esta situação é chamada de lucro puro.

15 Análise das Situações de Lucratividade da Firma Caso 4: P > CTMe MIN.

16 Análise das Situações de Lucratividade da Firma Neste caso, o lucro é positivo, também chamado de lucro extraordinário. A firma deve continuar produzindo, e pode até mesmo expandir-se com recurso financeiro próprio.

17 Conclusão Os preços de mercado juntamente com a curvas de custo marginal e médio são os parâmetros econômicos essenciais para definir se a firma deve permanecer produzindo e quanto de produto deve ser colocado no mercado.

18 Exemplo Q/diaCFCVTCTCFMCVMCTMCMgPREÇO

19 Referências Bibliográficas VASCONCELLOS, M. A. S. Fundamentos de economia. Produção e custos. 2 ed. São Paulo: Saraiva, 2004.


Carregar ppt "Custos de Produção Profª. Paula Cares 3º período de Administração 02/06/2011."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google