A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Glândulas anexas Glândulas salivares Parótidas, submandibular e sublingual Pâncreas Fígado Vesícula biliar.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Glândulas anexas Glândulas salivares Parótidas, submandibular e sublingual Pâncreas Fígado Vesícula biliar."— Transcrição da apresentação:

1 Glândulas anexas Glândulas salivares Parótidas, submandibular e sublingual Pâncreas Fígado Vesícula biliar

2 Glândulas salivares Glândulas exócrinas produtoras de saliva 700 a 1200 ml/dia. Glândulas salivares menores Dispersas na cavidade oral 10% do volume de saliva. Glândulas salivares maiores Parótidas, submandibulares sublinguais. 90% do volume de saliva.

3 Saliva Funções Umidificar e lubrificar a mucosa oral e os alimentos. Digestão de carboidratos e lipídios – amilase e lipase. Antibacteriano – IgA, lisozima e lactoferrina. Manter Ph da cavidade oral. Proteção dos dentes – película protetora.

4 Glândulas salivares Cápsula de TC – septos – lobos – lóbulos Parênquima Secretora – células serosas e mucosas. Acinos – agrupamentos esférico de células com lúmen central. Ductal – sistema de ductos. Túbulos – arranjos cilíndricos de células com lúmen central. Salivon acino, ducto intercalar e estriado unidade funcional da glândula salivar

5

6 Glândulas salivares Células serosas Piramidal, base larga sobre lamina basal, ápice com microvilos, núcleo arredondado, abundante RER na base. Grânulos secretores, ricos em ptialina na região apical.

7 Glândulas salivares Células mucosas Núcleo achatado próximo a base, menos RER e grânulos de secreção. Maior componente de glicoproteínas – mucina – na secreção.

8 Glândulas salivares Células intercalares Células cúbicas pequenas. Células dos ductos intra- lobulares (estriados) Ductos maiores circundados de TC se reúnem e formam o ducto terminal (principal) libera a saliva na cavidade oral.

9 Glândulas salivares Células mioepiteliais (células em cesta) Prolongamentos com actina e miosina. Envolve os ácinos e ductos intercalares. Facilita a liberação do produto secretor e evita a distenção.

10

11 Glândulas salivares Sistema de ductos Ducto intercalar – células cuboideas. Ducto estriado – estrias radiais da base ao núcleo. Ducto intralobular – intercalar + estriado. Ducto interlobular ou excretores – localizados nos septos conjuntivos. Ducto terminal ou principal – desemboca na cavidade oral.

12 Glândula parótida Maior glândula salivar Produz 30% da produção total Produção serosa – acinos serosos Ptialina (amilase salivar) – digestão de carboidratos. IgA secretora (SIgA) – plasmocitos no TC – inativa Ag orais. Apos os 40 anos é invadida por tecido adiposo.

13

14 Glândula submandibular Produz 60% da saliva Secreção mista 90% ácinos ou semiluas serosos – ptialina 10% acinos mucosos – mucina Lisozima – hidrolise da parede bacteriana. Lactoferrina – liga ao ferro, não dispondo as bactérias.

15

16

17

18 Glândula sublingual Forma de amêndoa. Produz 5% do volume da saliva Saliva mista Componente mucoso (predomina) com capuz seroso Secreta lisozima. Não forma ducto terminal – múltiplas aberturas ductais no assoalho da boca e no ducto da glândula submandibular.

19

20 Pâncreas Produz secreções exócrinas e endócrinas. Pâncreas endócrino – ilhotas de Langherans.

21 Pâncreas exócrino Produz 1200ml de liquido - bicarbonato com pro-enzimas digestivas Poção secretora Célula acinar - forma de pirâmide. Núcleo redondo e basal. Ápice com grânulos secretores – zimogênio (pró-enzima). Membranas basais - receptores para colecistoquinina. Sistema de ductos Inicio centro do ácino com as células centro acinares – receptores para secretina. Ductos intercalares - intralobulares - interlobulares - pancreático principal - biliar comum no duodeno – papila de Vater.

22

23

24

25

26

27 Pâncreas exócrino Produz e armazena - amilase, lípase, ribonuclease, DNase e pro-enzimas tripsinogênio (quimotripsinogênio, procarboxipeptidase e elastase). Colecistoquinina – libera as enzimas do pâncreas. Secretina – libera o bicarbonato produzido pelas células centroacinares.

28 Pâncreas endócrino Ilhotas de Langherans – aglomerado arredondado de células, ricamente vascularizado. Encontradas mais na cauda. Células que constituem as ilhotas: Células β – insulina. Células α – glucagon. Células δ – somastotatina. Células G – gastrina. Células PP – polipeptídio pancreático.

29 Pâncreas endócrino Insulina e glucagon atuam nos níveis de glicose no sangue Insulina Liga nos receptores de superfície das células do músculo esquelético, fígado e células adiposas, nestas membranas também tem proteínas transportadoras de glicose. Glugagon Liberado quando os níveis de glicose estão baixos. Atua nos hepatócitos – glicogenolise e gliconeogênese.

30 Pâncreas endócrino Somastotatina Parácrino - inibe a liberação de hormônios das células β e α. Endócrino - reduzindo a motilidade das células musculares lisa do tubo digestivo e da vesícula biliar. Gastrina Estimula a liberação gástrica de HCl, motilidade e esvaziamento gástrico e a divisão das células gástricas de reserva. Polipeptideo pancreático Função desconhecida.


Carregar ppt "Glândulas anexas Glândulas salivares Parótidas, submandibular e sublingual Pâncreas Fígado Vesícula biliar."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google