A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Tráfico de Animais - Fauna

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Tráfico de Animais - Fauna"— Transcrição da apresentação:

1 Tráfico de Animais - Fauna

2 Informações sobre o tráfico de animais nativos
Desde o seu descobrimento, o Brasil despertou a cobiça mundial sobre a sua fauna e flora. Sua rica e preciosa biodiversidade sempre esteve na mira daqueles que aqui aportaram. Até hoje o país é representado pelo panteão que exalta o verde de suas matas e pelo hino que informa que "nossos bosques têm mais vida e nossos campos têm mais flores". A cada ano, porém, os dados apontam um destino menos romântico para os nossos símbolos patrióticos. As matas já não são tantas, e o verde está cada vez mais silencioso.

3 O processo de desenvolvimento cultural da população brasileira foi singular, possibilitando o encontro de povos conquistadores e povos que mantinham uma relação íntima com a natureza e o meio ambiente. Hoje percebem-se traços dessa miscigenação ao observarmos nos grandes centros, ou nos rincões do nosso território, a presença de vários animais silvestres convivendo com o ser humano, numa relação de domínio e admiração. Aquele olhar estrangeiro de cobiça se perpetua até hoje...

4 Segundo dados do PNUMA — Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente ( Perfil do Pnuma — 1992 ), cerca de cem espécies desaparecem todos os dias da face do planeta, e o comércio ilegal de animais silvestres surge como uma das principais causas dessa tragédia. Em menos de 500 anos o Brasil já perdeu cerca de 94% (Veja, Ed. Esp. Amazônia-199 ) da sua cobertura original de Mata Atlântica, um dos principais ecossistemas do país. 

5 São cada vez mais constantes as incursões nas matas tropicais em busca de animais para fomentar o tráfico nacional e internacional, e manter animais silvestres em cativeiro continua sendo um hábito cultural da população brasileira. Sejam os abastados, que exibem seus animais como troféus à sua vaidade; sejam os miseráveis, que se embrenham na mata em busca de animais que, vendidos, ajudarão a diminuir sua fome, ou sejam ainda os cientistas estrangeiros que buscam na fauna e na flora brasileira uma possibilidade de seus laboratórios faturarem alto com a fabricação de novos medicamentos, o fato é que:

6 ALGO PRECISA SER FEITO IMEDIATAMENTE PARA CONTER O TRÁFICO DE ANIMAIS SILVESTRES BRASILEIROS

7 [...] Em cada 10 animais traficados, apenas 01 chega ao seu destino final, 09 acabam morrendo no momento da captura ou durante o transporte. Todos os animais traficados sofrem no esquema montado pelos traficantes, que incluem práticas como furar-lhes os olhos - para não enxergarem a luz do sol e não cantarem - caso das aves, evitando chamar a atenção da fiscalização, até anestesiá-los para que pareçam dóceis e mansos.

8 O Brasil, além de ter sua biodiversidade ameaçada, perde anualmente uma quantia incalculável e irrecuperável com o tráfico de animais silvestres. Só o mercado mundial de hipertensivos movimenta anualmente cerca de US$ 500 milhões, e o princípio ativo desses medicamentos é retirado de algumas serpentes brasileiras, como a Jararaca (Bothrops jararaca), porém o maior fornecedor mundial de venenos ofídicos é a Suíça, que não possui uma única Jararaca em seu território. A cotação internacional dos venenos ofídicos é altíssima, um grama de veneno de Jararaca vale US$ e o da Cascavel (Crotalus) US$

9 [...] O Mico-leão (Leontopithecus chrysomelas) é vendido internamente por US$ e na Europa é facilmente comercializado por US$ O Melro (Gnorimopsar chopi) é encontrado nas feiras livres do Sul do país por US$ e nos Estados Unidos por US$

10 [...] O tráfico interno é desorganizado e feito principalmente por caminhoneiros e motoristas de ônibus de empresas que fazem vista grossa para a atividade. Já o comércio internacional é sofisticado, incluindo esquemas, subornos e condescendência de funcionários de empresas aéreas.

11 A maioria dos animais silvestres brasileiros comercializados ilegalmente provém das regiões Norte e Nordeste do país. De lá são escoados para as regiões Sul e Sudeste, utilizando-se as rodovias federais. Os principais pontos de destino desses animais são os estados do Rio de Janeiro e São Paulo, onde são vendidos em feiras livres ou exportados através dos principais portos ou aeroportos dessas regiões. Nos estados nordestinos é comum a presença de pessoas pobres nas margens das rodovias comercializando esses animais, como forma de garantir seu sustento. São pessoas aliciadas pelos grandes traficantes, que exploram sua miséria e oferecem alguns trocados para fazerem a captura dos animais nas matas.

12 O destino internacional desses animais são a Europa, Ásia e América do Norte, onde chegam para engordar coleções particulares, para serem vendidos em Pet Shops ou comporem o plantel de zoológicos, universidades, centros de pesquisa e multinacionais da indústria química e farmacêutica. [...]

13 O que podemos fazer Não compre animais silvestres. Ter espécie nativa em cativeiro, sem comprovação da origem do animal, é crime previsto em lei. Cada indivíduo capturado faz falta ao ambiente e também os descendentes que ele deixa de ter. Também não compre artesanatos feitos com partes de animais ou como penas coloridas. Seja vigilante. Se presenciar a venda na feira livre ou depósito de tráfico avise a polícia. Informe dados precisos da ocorrência. Denúncias ao IBAMA através da Linha Verde Tel [...] Vamos combater o tráfico de animais silvestres. Se ninguém compra, ninguém vende, ninguém caça. Disponível em: Acesso em: 26 fev

14 M. Pavlenco, fundador da SOS FAUNA
"Infelizmente, em muitas regiões do Brasil o tráfico de fauna silvestre impera. Para acabar com o mesmo, a dedicação de todos nós deve ser de sol a sol, incansável. Devemos estar determinados a extirpar da sociedade esta que é uma das piores modalidades de crime, um crime contra a Terra, contra a humanidade."  M. Pavlenco, fundador da SOS FAUNA Disponível em: <http://www.sosfauna.org/trafico.php>. Acesso em: 26 fev

15 Veja a seguir os animais mais comprados pela população de baixa renda:
Fauna mais traficada Veja a seguir os animais mais comprados pela população de baixa renda: Galo-de-campina Azulão Picharro Canário-da-terra Pássaro-preto Pintassilgo Cardeal Tico-tico Pixoxó Sabiá-laranjeira Coleirinha Bigodinho Brejal Chupim Corrupião Tartaruga-de-terra Tartaruga-de-água Sagui Disponível em: Acesso em: 26 fev


Carregar ppt "Tráfico de Animais - Fauna"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google