A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Redação Publicitária III 6º semestre Publicidade e Propaganda Professora Marisa Almeida.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Redação Publicitária III 6º semestre Publicidade e Propaganda Professora Marisa Almeida."— Transcrição da apresentação:

1 Redação Publicitária III 6º semestre Publicidade e Propaganda Professora Marisa Almeida

2 Recursos Retóricos - Argumentação  Processo argumentativo:conjunto de técnicas que emprega a linguagem verbal para persuadir e convencer.  Argumentação Persuasiva:vale apenas para um auditório particular. Convincente:propõe obter a adesão de todo ser racional.

3 Gênero epidítico  Centralizado na figura do orador.  Gênero epidítico e a publicidade associação das promessas de benefícios proporcionados pelos produtos.

4 Valores  Intervêm em todas as argumentações  variam de acordo com as circunstâncias.  Lugares = premissas  Premissas = causas (coerentes e adequadas) justificam a escolha de determinado tipo de argumentação.  Auditórios = público-alvo

5 Lugares  Variam de acordo com : -época -ideologia -grupo social

6 Classificação - lugares segundo Perelman  Lugares de quantidade  lugares de qualidade  lugares da ordem do existente  lugares da essência  lugares da pessoa

7 Lugares de Quantidade  Alguma coisa é melhor do que a outra por razões quantitativas. Exemplo:anúncios institucionais que visam valorizar a marca e /ou produto através de tempo no mercado.

8 Lugares de Qualidade  Contestam o valor do número e valorizam o que é único e se distingue= diferencial.

9 Lugares de Ordem/ do Existente  Superioridade do anterior sobre o posterior Lugares do existente: superioridade do que existe, do que é atual, do que é real, sobre o possível, o eventual ou impossível.

10 Privilégio e escolha do tipo de lugar  “ serão efetivados em função de certas visões de mundo, de padrões eleitos, de um tempo histórico, de uma determinada ideologia. Assim, por exemplo, as relações velho /novo, durável /momentâneo, rico /pobre, entre outras, serão valorizadas diversamente, como aliás já o foram em períodos anteriores da história”.Rocco

11 Possibilidades de Argumentação  Presença:atua de um modo direto sobre a nossa sensibilidade.  Retórica:técnica que permite aplicar a razão à imaginação para melhor mover a vontade.

12 Manutenção da Presença  “O sentimento considera presente somente o presente; a razão considera o futuro e a seqüência dos tempos. E, por causa disso, como o presente enche a imaginação, a razão em geral é vencida: mas, depois que a força da eloqüência e da persuasão fizeram as coisas distantes e futuras parecerem presentes, então a razão prevalece...”

13 Manutenção da Presença (2)  Presente:tempo daquilo que é considerado sempre atual, jamais invalidado-sentimento de presença.  Técnicas utilizadas: repetição, insistência, acumulação - evocação de detalhes - podem contribuir para a criação do presente.

14 Construção de anúncios publicitários  Os publicitários sabem que indicando o detalhe das operações que devem ser feitas para fazer a encomenda, tornam- na presente na consciência e facilitam a tomada de decisão.

15 Filmes Publicitários  Utilização do primeiro plano  isolamento do produto  exibição e valorização de detalhes favorece a criação da sensação de presença e contribui para a criação de emoção.

16 Aspecto verbal da argumentação - Modalidades  Assertiva:convém a todo tipo de argumentação, porque se apresenta de modo que não há como contestá-la.  Injuntiva:representada pelo uso do imperativo.  Interrogativa:possui uma grande importância retórica, pois procura fazer com que o interlocutor se comprometa.

17 Técnicas argumentativas  Argumentos quase lógicos  Ridículo:aquilo que merece ser sancionado pelo riso, um modo de condenar um comportamento excêntrico.  Comparação:se processa por meio de relações analógicas ou por meio de identificações.

18 Argumentos baseados na estrutura do real  Fatos  verdades  presunções  Esquema causa e efeito  Persuasão Como? Por quê? Repostas obtidas a partir dos valores do senso comum.

19 Argumento pragmático  É aquele que permite apreciar um ato ou um acontecimento consoante suas conseqüências favoráveis ou desfavoráveis. Ele não requer nenhuma justificativa.  Consiste, ainda, em propor o sucesso como critério de objetividade e validade.

20 Argumento de autoridade  Tal argumento é condicionado pelo prestígio, ou seja, uma qualidade atribuída a uma pessoa que pode ser reconhecida pelos seus feitos Membros do grupo social : dispostos a imitá-la, logo há uma relação de superioridade entre ela e o grupo.

21 Argumento de autoridade (2)  As autoridades são invocadas de acordo com:época / contextos situacionais / condições em que se produz a argumentação  O argumento de autoridade pode ser expresso por pessoas tidas como:belas, jovens, inteligentes, famosas, bem sucedidas, ou qualquer outro atributo

22 Argumento de autoridade (3)  Valorizado pelo grupo social.  Entidades:religiosas, médicas, científicas.

23 Linguagem argumentativa  Toda a linguagem é linguagem de uma determinada comunidade.  Termos utilizados, o sentido, a definição são compreendidos no contexto fornecido que levará em conta:hábitos, métodos, circunstâncias e as tradições conhecidas pelos usuários.

24 Estratégias argumentativas  Fatores que intervêm na comunicação: -emissor -receptor -mensagem -referente -código -canal

25 Estratégias persuasivas  Conjunto de argumentos que enfocam um ou mais de um dos fatores que intervêm na comunicação.

26 Estratégia centrada no emissor  Utiliza alguém credenciado para um dado discurso, que busca criar dele uma imagem favorável = argumento de autoridade.

27 Estratégia voltada para o receptor  Visa criar uma imagem favorável daquele a quem se deseja persuadir; procura mostrar ao receptor que ele passará a ser melhor, se aderir àquele produto e /ou serviço.

28 Estratégia centrada no referente  É aquela que procura dar informações sobre aquilo de que se fala, citando: fatos, dados, experimentos, etc.

29 Estratégia voltada para a mensagem  É aquela que trabalha com jogos de sentido e de sons, com combinações inusitadas de palavras. Exemplos: “Feliz Ano Novo e pás na terra aos homens de boa vontade”. “São Paulo. Trem jeito.”

30 Estratégia centrada no código  É aquela que se vale de oposições lingüísticas, de significados antigos de uma palavra, de virtualidades da língua.

31 Estratégia voltada para o canal  É aquela que valoriza o veículo da comunicação. É muito freqüente que o senso comum considere o canal como prova de veracidade de uma determinada informação.


Carregar ppt "Redação Publicitária III 6º semestre Publicidade e Propaganda Professora Marisa Almeida."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google